14 dicas de como vender pelo Instagram para você aplicar no seu negócio

14 dicas de como vender pelo Instagram para você aplicar no seu negócio

Se vender pelo Instagram não está te trazendo resultados, provavelmente, é porque você não está esperando a sua árvore crescer.

Pode parecer estranho o que estou te dizendo, mas é o seguinte…

Eu não sei você já teve a experiência de plantar uma árvore. Eu lembro que, quando estava no jardim de infância, na minha escola tinha um pau brasil de onde caíam várias sementes vermelhas no chão.

Naquela época, todo mundo da escola tinha a mania de catar aquelas sementes e levar para casa.

Não me recordo se a ideia era plantar uma árvore, mas lembro que nunca consegui fazer isso.

Colhi várias e várias sementes, porém eu só jogava elas dentro do vaso de planta que tinha na área da minha casa e esperava que algo acontecesse.

Hoje eu sei que, para a árvore crescer, eu precisava ter plantando aquela semente da maneira correta.

Tinha que ter um solo rico em nutrientes, aconchegar as raízes num bom espaço, molhar a terra e acompanhar o seu crescimento.

Além de colocá-la no sol, regar pelo menos três vezes na semana, podar, entre tantas outras coisas…

O que eu quero dizer com tudo isso é que se vender pelo Instagram não está te trazendo resultados é porque, provavelmente, você está fazendo a mesma coisa que eu fiz: não está sabendo plantar a árvore.

Ou seja é bem possível que você não está preparando o terreno do Instagram para receber suas publicações sobre os seus produtos ou serviços.

Afinal de contas, não é só ir lá e abrir uma conta na plataforma e pronto: já começar a vender.

Na verdade, você tem que pensar em estratégias que façam o reconhecimento da sua marca e o engajamento com os seus seguidores crescerem ao ponto de te trazerem mais vendas.

Você precisa plantar a semente e esperar a árvore crescer para colher os frutos. Sacou?

Então se você quer saber como fazer isso, continua comigo que vou te mostrar…

  • por que você deve vender pelo Instagram;

  • a mudança que aconteceu no algoritmo;

  • 14 dicas de como vender na plataforma;

  • e um passo a passo para você vender pelo Instagram Shop.

Vamos lá?

Por que vender pelo Instagram?

Por que vender pelo Instagram?

Eu não sei qual o motivo que te trouxe até aqui…

Se você quer abrir um negócio novo, se quer aumentar a visibilidade da sua marca, descobrir como vender mais… Ou todas essas coisas.

O que sei é que se você não está no Instagram é bem provável que você esteja perdendo vendas.

Isso porque 50% dos usuários já compraram algum produto ou contrataram algum serviço que conheceram no Instagram.

E, segundo, porque é uma ótima plataforma para o seu público consumir o seu conteúdo.

Isso significa que você terá mais chances de chamar a atenção dos seguidores, o que futuramente pode levar a realização de uma compra.

Além disso, eu não sei sei você sabe, mas 80% dos usuários seguem pelo menos um negócio no Instagram.

Isso quer dizer que as pessoas estão mais abertas a se conectar com as marcas e não se importam em interagir com elas.

Ou seja é uma ótima oportunidade para a sua empresa ficar mais perto dos potenciais clientes.

Bom, agora que você já viu a importância de vender nessa plataforma, vou te mostrar como atualmente funciona o algoritmo do Instagram.

Entenda a mudança no algoritmo do Instagram e o que isso impacta na sua estratégia de marketing

Entenda a mudança no algoritmo do Instagram e o que isso impacta na sua estratégia de marketing

Antes de dar as dicas de como vender pelo Instagram, vou te explicar como a plataforma está distribuindo o seu conteúdo atualmente.

É muito importante você saber essa informação porque cada dica que vou te mostrar tem relação com essa mudança.

Eu não sei se você se recorda, mas antes o algoritmo funcionava em ordem cronológica reversa, ou seja, as publicações apareciam no seu feed conforme as pessoas iam publicando, da mais recente para a mais antiga.  

Mas aí em 2016, o Instagram mudou o algoritmo e passou a dar prioridade na experiência do usuário.

Ou seja, começou a aparecer no topo do feed as publicações que são consideradas mais relevantes para cada pessoa.

Vou te explicar.

Já reparou que os primeiros stories, geralmente, são das mesmas pessoas?

Pois é. Isso acontece porque agora o algoritmo do Instagram está baseado em 3 príncipios:

  • Temporalidade: mesmo que não há um distribuição dos mais recentes, há uma lógica relacionada ao tempo;

  • Engajamento: postagens com mais curtidas e mais comentários tendem a aparecer mais;

  • Relacionamento: os primeiros posts e primeiros stories são de amigos e marcas que você mais interage;

Sendo assim, para você vender pelo Instagram precisa aparecer mais no feed dos seus seguidores.

Por isso vou te mostrar agora uma passo a passo para você vender pelo Instagram Shop.

Passo a passo de como vender pelo Instagram Shop

Passo a passo de como vender pelo Instagram Shop

Fonte das imagens

Desde março de 2018, o Instagram está com uma ferramenta que possibilita empresas marcarem os produtos nas publicações.

É uma funcionalidade, conhecida como Instagram Shop, que permite o seguidor ter mais detalhes sobre o que você está vendendo e direciona ele para efetivar a compra.

Só fique ligado que você só pode fazer isso em publicações orgânicas. O que quer dizer que você não pode promover a publicação para fazer uma anúncio.

Ah, outra coisa: o Instagram deixa claro que esse recurso é principalmente para mercadorias físicas. Ou seja, ainda não funciona para infoprodutos.

Agora, para você ser aprovado para usar essa ferramenta precisa seguir o passo a passo que vou te mostrar agora.

#1 Estar em conformidade com as Políticas Comerciais

Isso é bem simples, você não pode vender drogas ilegais, prescritas ou recreativas; produtos de tabaco; suplementos perigosos, armas, munições, explosivos.

Para saber direitinho sobre isso você pode dar uma olhada no arquivo disponibilizado aqui.

#2 Tenha um perfil comercial no Instagram

Se você ainda não fez isso essa é a hora. Lembra que te ensinei lá em cima como fazer? Pois é. É bem tranquilo e super fácil.

#3 Conecte a sua página do Facebook com o Instagram

Como já te falei anteriormente, um dos requisitos para ter uma conta comercial no Instagram é ter uma Fanpage integrada nele.

Para não ter erros da hora dessa configuração. Vá…

  1. Até a sua página do Facebook

  2. Clique em configurações

  3. Vá até o menu Instagram que está no canto esquerdo

  4. Entre com a sua senha do Instagram e configure a página.

#4 Ative a aba “loja” na sua Fanpage

A sua página no Facebook tem que ter a aba “loja” ativada e com os produtos cadastrados e aprovados para você conseguir utilizar o Shop no Instagram.

Aqui no blog do KP tem um artigo que te explica passo a passo de como você pode criar a sua loja dentro do Facebook.

#5 Aguarde a sua conta ser analisada

Não tem um período certo para isso. Algumas pessoas falam que em dois dias outras em uma semana.

A verdade é que você vai ter que aguardar aparecer uma notificação como essa no seu Instagram:

Aguarde a sua conta ser analisada

Depois é só ir em Configurações > Compras > Selecionar o catálogo.

Aí para marcar os seus produtos você pode escolher uma publicação, clicar em editar e marcar produtos.

Agora, se essa opção não aparecer é porque sua conta ainda está em análise ou foi recusada.

14 dicas de como vender pelo Instagram em 2019

14 dicas de como vender pelo Instagram

Enquanto escrevo esse artigo mais de 30 milhões de fotos já foram publicadas no Instagram.

Eu sei que é impossível competir com todo esse conteúdo, mas o que vou te mostrar agora vai te ajudar a se destacar e aparecer no feed do seu seguidor e até mesmo daquelas pessoas que ainda não te seguem.

Vamos lá?

1) Saiba quem é a sua persona

Eu gosto de começar com essa dica, porque para mim se você não sabe quem é a persona, o cliente ideal do seu negócio, toda a sua estratégia pode dar errado.

Isso porque é com uma persona bem definida que você consegue saber qual o melhor horário para postar, quais são as dores e preocupações que você pode ajudar a solucionar, por quem seu público é influenciado.

Sendo assim, a persona não é apenas uma descrição demográfica dos seus potenciais clientes.

Mas sim uma representação fictícia do seu cliente ideal entre todos aqueles clientes que constituem o seu público-alvo.

Para ficar mais claro, dá uma olhada nesse exemplo:Saiba quem é a sua persona

Fonte da Imagem

A persona está bem definida porque, além dos dados demográficos, tem também os valores, cotidiano, metas, sonhos, dores e como o seu negócio pode impactar de forma positiva.

Agora se você quer saber mais sobre como você pode definir a sua persona aqui no blog tem um artigo que te explica como você pode fazer isso.

2) Defina bem o que você vai vender

Se você ainda não sabe o que vender no Instagram fique tranquilo, porque você pode vender, praticamente, qualquer coisa pela plataforma.

Desde produtos físicos como, por exemplo, artigos de moda, até infoprodutos como um curso online de degustação de vinho.

O importante é deixar bem claro o que você vai vender para que o seu seguidor não fique com dúvidas sobre a sua marca.

Você pode fazer isso acrescentando informações sobre o seu produto ou serviço na descrição do seu perfil, nos stories e nas postagens regulares.

Assim você tende a aumentar as chances de atrair mais pessoas realmente interessadas no seu negócio.

3) Tenha um perfil comercial

Para você conseguir aproveitar melhor todas as funções que o Instagram tem para uma empresa você tem que habilitar o seu perfil para o modo comercial.

Para fazer isso é muito simples:

  1. Acessa o perfil na sua conta pessoal;

  2. Clica em no canto superior direito;

  3. Depois vá em configurações;

  4. Clica em “conta”;

  5. Role a tela e a escolha a opção “mudar para conta comercial”.

  6. Protinho!

A única exigência é que o seu perfil precisa estar integrando a uma fanpage no Facebook, mas se você não tiver uma não se preocupe que a própria plataforma cria uma automaticamente para você.

Agora se você quer saber como criar uma fanpage é só dá uma olhada nesse artigo do blog do KP.

4) Capriche na Bio

Como o espaço na biografia é bem limitado (150 caracteres) você precisa ser muito claro e objetivo com as informações que quer passar.

Sugiro você escrever sobre o que a sua empresa faz e como ela pode ajudar o seu seguidor.

Além disso, para conseguir converter mais vendas, você pode colocar também um link para  a sua página de vendas ou landing page, para o seu e-commerce, marketplace, site.

5) Ofereça conteúdo de qualidade

A maioria das pessoas está no Instagram ou em qualquer outra rede social para passar o tempo, ver informações e se conectar com os amigos.

Isso quer dizer que comprar não é o objetivo principal do usuário do Instagram. Sendo assim, você vai precisar atraí-lo por meio de conteúdo.

E para isso você pode usar o campo das legendas, postar fotos e vídeos. Veja só:

Vídeos

Os vídeos são ótimos para educar o seu público sobre o que você vende. Pois você pode mostrar o que você faz, como é o produto ou tirar algumas dúvidas.

O legal desse formato é que ele te deixa mais próximo do seu público e pode aumentar o seu relacionamento com a sua audiência.

Só fique ligado porque os vídeos no Instagram só podem ser de até 60 segundos, mas se for necessário você pode fazer um carrossel de vídeos.

Ou usar o IGVT, uma nova função do Instagram, que é como se fosse um Youtube dentro da plataforma onde qualquer usuário pode fazer vídeo de até 1h.

Fotos

Esse é o principal formato do Instagram, por isso é importante você publicar imagens em ótima resolução.

A ideia aqui é você explorar a identidade da sua marca e postar fotos que sejam coerente com a sua empresa.

Para isso você pode disponibilizar fotos mais descontraídas suas ou dos seus colaboradores, imagens do processo de fabricação dos produtos, making off de um evento, etc.

Para saber mais sobre isso você pode dar uma olhada no artigo aqui do blog que dá 18 dicas para você tirar as melhores fotos para postar no Instagram.

Textos

Nem só de imagem e vídeo vive o Instagram. Saber escrever uma boa legenda, além de ajudar no engajamento pode te ajudar nas vendas.

Pois é nesse espaço que você pode colocar informações que não couberam no conteúdo visual.

E, ao contrário do que alguns dizem, as legendas não necessariamente precisam ser curtas.

Afinal você tem 2.220 caracteres e pode sim usá-los.

Aproveite esse espaço e coloque tudo aquilo que você achar necessário. Pode ser uma história, explicar um assunto ou até mesmo sugerir para os seguidores fazer uma pergunta.

6) Se joga nos stories

Stories é uma função disponível no Instagram desde 2017.

É onde você pode colocar fotos e vídeos que poderão ser visualizados por 24 horas ou disponibilizados por tempo indeterminado no Destaque do seu perfil.

Os stories são o lugar ideal para você promover os seus produtos ou serviços, mostrar um pouco da rotina e até mesmo publicar alguns depoimentos de clientes.

Além disso, se você tiver mais de 10 mil seguidores também pode colocar links nos stories.

O que é ótimo para você redirecionar o seu seguidor para o seu e-commerce, página de vendas ou site.

Ah, só mais uma dica: nada de postar vários stories seguidos. Isso pode fazer o usuário pular as suas publicações e você perder mais uma oportunidade de vendas.

7) Use o Direct

Use o Direct

Se você concentra todas as suas vendas no Instagram e não tem uma página de vendas ou um e-commerce para o cliente efetuar a compra você pode usar o Instagram Direct.

Ele é um serviço de mensagens dentro da plataforma no qual o usuário pode compartilhar fotos, vídeos e textos com grupos privados e indivíduos.

Só não esquece de deixar claro na Bio que as vendas são feitas por esse canal.

Aí as pessoas que têm interesse no seu produto ou serviço pode te mandar um direct e por lá você combina a forma de pagamento.

8) Foque nas hashtags

Hashtags são palavras-chaves precedidas do símbolo “#”, elas são usadas para marcar um conteúdo dentro do Instagram.

Ela é uma ótima função para atrair mais pessoas interessadas no seu negócio.

Você pode usá-las na legenda dos posts ou nos stories. O ideal é que elas sejam relacionadas ao seu negócio e com os interesses do seu público.

Isso porque os usuários as usam para pesquisar conteúdo e descobrir novas postagens.

9) Faça parcerias com influenciadores

Uma boa maneira de aumentar as suas vendas pelo Instagram é crescer o alcance da sua marca.

Uma das formas de fazer isso é entrar em parceira com influenciadores digitais.

Pois eles são pessoas que o seu público gosta de ouvir e, provavelmente, vai confiar na opinião dele sobre o seu produto ou serviço.

Então, a ideia é buscar influenciadores que tenham a ver com a sua marca, além de terem credibilidade e uma boa reputação.

Se você não conseguir uma parceria com influenciador famoso você pode encontrar um micro influenciador, que são pessoas com mil a 100 mil seguidores no seu nicho que compartilham o que gostam sem ter isso como sua principal fonte de renda.

Eles são mais acessíveis e podem deixar a ação muito mais humanizada.  

10) Publique fotos ou vídeos dos seus clientes

Publicar imagens de consumidores reais usando o seu produto pode gerar até 30% a mais de engajamento.

E quanto mais engajamento mais a sua marca vai aparecer no feed dos seguidores e, consequentemente, mais chances de vender.

Então quando alguém marcar você ou a sua marca faça questão de compartilhar a postagem.

Isso além de aumentar o seu engajamento, também vai despertar interesse para que mais pessoas te marquem quando comprar um produto ou contratar um serviço.

11) Se concentre no engajamento

Engajamento é a interação do público com o seu conteúdo. No Instagram é quando alguém dá like, comenta, responde aos stories.

Se ela não vir naturalmente, você pode incentivar os seus seguidores com perguntas nos stories ou nas publicações, respondendo aos comentários, fazendo sorteios.

Isso dá credibilidade a sua marca, pois os usuários sabem que estão falando com pessoas reais com quem eles podem interagir.

12) Identifique a frequência das postagens

Você pode encontrar alguns artigos por aí afirmando que tal quantidade é ideal de posts e que devem ser feitos em tais dias e em tais horários.

Mas vou ser bem direta aqui com você: não existe essa coisa de frequência ideal para qualquer pessoa.

Sabe por quê?

Porque o seu público é único. E o melhor jeito de descobrir a quantidade de postagem e o melhor dia e o horário para postar é você ir testando.

Sendo assim, se você focar em produzir um conteúdo de qualidade com periodicidade, naturalmente, você vai descobrir a sua frequência.

E sabe de uma coisa: ela vai mudar constantemente. Então, nada de ficar indo atrás de estudos e mais estudos.

Olhe o seu Instagram Insights, recurso dentro da própria plataforma, e monitore os dados e o desempenho das suas publicações.

13) Use o Instagram Ads

Você já viu uma publicação patrocinada no seu feed do Instagram?

Geralmente, são de pessoas que você não segue, mas mesmo assim aparecem como se fosse uma postagem dos seus amigos.

Esse é o Instagram Ads, que nada mais é do que os anúncios no Instagram. Com ele você consegue fazer posts patrocinados no formato de fotos, vídeos e carrossel.

É uma ótima oportunidade para ganhar visibilidade e aumentar as suas vendas.

Além disso, é super simples de fazer. Se você já tem uma conta comercial é só você clicar em promover uma postagem que você já compartilhou.

Depois o Instagram vai automaticamente selecionar um público para você ou você mesmo pode fazer uma segmentação de interesse, faixa etária…

Por último é só decidir o quanto você deseja gastar com o anúncio e esperar os resultados.

Bom, se você quer saber mais como você pode vender pelo Instagram usando o Instagram Ads dá uma olhada nesse artigo do blog do KP.

14) Use ferramentas extras

Usar ferramentas fora da plataforma podem te ajudar a gerenciar e produzir conteúdo para as suas redes sociais.

E, por isso, selecionei para você algumas ferramentas que podem te ajudar na hora de vender pelo Instagram.

Vamos lá?

Klickpages

Eu não podia começar de outra forma. Pois o Klickpages é uma ótima ferramenta para te ajudar a vender pelo Instagram.

Porque você pode criar uma landing page para capturar mais leads (ou fazer uma página de vendas) e divulgar o link na sua Bio e nos Stories.  

Veja só como é bem simples:

  1. Escolha seu modelo: conheça opções de alta conversão comprovada por testes.

  2. Customize a página: edite textos, cores e imagens, além de ocultar elementos que pouco agregam.

  3. Publique: com tudo pronto, é só publicar no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

mLabs

O mLabs é uma indicação do social media aqui da empresa, ele usa para programar os posts no Instagram e acompanhar alguns relatórios.

Além disso, essa ferramenta também:

  • Programa postagens para o Facebook, Twitter, LinkedIn, Youtube e Pinterest;

  • Gerencia as mensagens enviadas no privado;

  • Pode ser usada para criar um calendário de postagens;

  • E ainda serve para acompanhar os comentários do Facebook e Instagram em uma mesma página.

Ah, ele é uma ferramenta paga e o preço dos planos varia de acordo com as funcionalidades que você escolher.  

Buffer

O Buffer é uma ferramenta bem parecia com a anterior. Nela você pode programar as postagens do Facebook, Instagram, Twitter, Pinterest, LinkedIn e Google +.

O diferencial é que tem um plano gratuito que você pode usar até 3 contas e agendar 10 postagens por mês.

Repost

O Repost já é um aplicativo bastante conhecido. Ele é ideal para quem quer repostar as publicações de outros perfis e dar o crédito pela postagem original.

Além disso, é gratuito e está disponível tanto para iOS quanto para Android.

Photo Grid

O Photo Grid é um aplicativo de edição de fotos para Android. Eu (Karol), particularmente, gosto muito dele.

Pois tem filtros diferentes, dá para redimensionar as fotos para postar no feed, fazer um vídeo de fotos que cabe perfeitamente no Instagram, entre tantas outras funcionalidades.

E tudo isso na versão gratuita. Agora se você quiser usar mais funções você pode assinar o plano premium.

Canva

O Canva também é um dos meus queridinhos. Pois ele é ótimo para você criar postagens promocionais no tamanho ideal para cada rede social que você for publicar.

Ele tem modelos prontos onde você só precisa substituir as informações ou você mesmo pode criar a sua arte.

O legal é que você pode usá-lo na no seu próprio navegador (Chrome, Mozilla, Safari) e também no celular (tanto para quem tem Android como para quem tem iOS também).

Conclusão

Conclusão

Depois desse artigo acredito que ficou mais claro porque vender pelo instagram é como plantar uma árvore.  

Pois te mostrei que primeiro você tem que conhecer o terreno onde você vai plantar e, com isso, quero dizer que você tem que entender como algoritmo do Instagram funciona.

Depois te mostrei que você tem que saber o que fazer para a semente crescer e virar uma árvore. E, por isso, te dei 14 dicas que podem te ajudar a aumentar as suas vendas.

Entre elas está você se dedicar um tempo para caprichar na sua Bio, usar hashtags e usar o Instagram Ads.

Por último, te mostrei que você tem que acompanhar o desenvolvimento da sua árvore para ela dar frutos. E, para isso, você viu 6 ferramentas que podem te ajudar a gerenciar e produzir conteúdos para o Instagram.

Ah, também te dei uma grande dica para você ter uma árvore com ótimos frutos que foi um passo a passo para você vender pelo Instagram Shop.

Bom, agora é com você.

Qual dica você pretende colocar em prática para vender mais pelo Instagram? Me conta aí nos comentários. 😉

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Karol Barbosa

Sou aquela garota sonhadora que ama ler, escrever e conversar com os amigos. Sou Jornalista de formação e escritora de nascença (desde pequena escrevia histórias nos cadernos da minha mãe). Adoro escrever sobre marketing digital, empreendedorismo, histórias de ficção e coisas aleatórias. Nas horas vagas faço parte de um grupo de teatro e nos meus “dias de fazer nada” coloco uma boa série e jogo The Sims (sim, até hoje).

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)