Técnicas de Redação para SEO: as melhores dicas e o que não fazer

Técnicas de Redação para SEO: as melhores dicas e o que não fazer

Se saber como aplicar as melhores técnicas de redação SEO é um dos maiores pontos de interrogação para você…

Se é um pesadelo toda vez que você precisa produzir conteúdo para o blog da sua empresa…

Se, caro leitor, você tenta, tenta, tenta, mas não sabe mais o que fazer para melhorar seu texto…

Fique tranquilo, pois veio ao lugar certo!

Eu percebi que muitas pessoas travam na hora de produzir conteúdo online porque acham muito complicado.

Eu mesmo pensava que, para produzir ótimos artigos, precisava ser um grande redator e ter muita experiência com texto.

Mas o que descobri é que qualquer pessoa pode escrever textos excelentes usando técnicas de redação SEO sem dificuldade.  

Por isso, preparei um guia simples e direto com 5 passos valiosos e com alto poder de conversão:

  • O que é um texto SEO?

  • Por que investir em técnicas de redação SEO?

  • Quais são as 20 melhores técnicas de redação SEO?

  • A estrutura ideal de uma redação web

  • O que NÃO fazer na hora de escrever textos matadores

Estou dividindo essas informações com você porque elas mudaram a minha vida e eu quero que mudem a sua também.

Ao final deste artigo, você vai estar preparado para escrever o texto otimizado para SEO e confiante para vencer a concorrência e se tornar referência no mercado.

Aplique as técnicas de redação SEO que eu ensinar aqui e terá benefícios imediatos:

  • Otimizar o tempo de escrita e produzir mais textos

  • Otimizar os textos em SEO

  • Atrair mais leads

  • Aumentar as taxas de conversão

  • Tornar-se referência

  • Ganhar a confiança do seu público-alvo

  • Ter mais credibilidade

  • Aumentar o engajamento nos comentários da página

  • Ganhar mais dinheiro

Leia este texto até o final para absorver o máximo de conteúdo e consulte-o sempre que tiver dúvidas.

Boa leitura!

O que é um texto otimizado para SEO?

Técnicas de Redação, o que é um texto otimizado para SEO?

Há alguns anos, as pessoas iam até as saudosas bancas de jornais e revistas para consumir conteúdo escrito.

Notícias, reportagens, artigos, entrevistas, opiniões… tudo era impresso.

Algumas bancas de jornal ainda existem, mas a verdade é que a forma como as pessoas consomem conteúdo mudou nos últimos anos.

Em vez de irem até as bancas para escolher qual conteúdo interessa mais, as pessoas digitam o que quiserem no computador ou celular e encontram inúmeras páginas sobre o assunto.

Portanto, a competitividade para captar a atenção dos leitores é grande.

Então, como garantir que eles acessem seu conteúdo e não o da concorrência?

Colocando seu conteúdo na primeira página dos mecanismos de busca, como o Google.

Como isso funciona?

Quando você digita alguma coisa no Google, ele busca em seu banco de dados o conteúdo que acredita que será melhor para você.

Essa análise feita pelo Google não é aleatória. Ele se baseia em uma série de regras para determinar que site ou conteúdo é mais relevante.

Ou seja, a página que mais utiliza essas regras tem mais chances de ser considerada relevante para os leitores.

Essas regras são as estratégias de SEO. A sigla SEO significa Search Engine Optimization, isto é, otimização para mecanismos de busca.

Essas estratégias de otimização servem para ajudar sua página a se tornar mais relevante para os mecanismos de busca.

Em outras palavras, as estratégias de SEO ajudam melhorar o seu conteúdo para que ele tenha mais chances de aparecer na primeira página do Google (ou outro mecanismo de busca).

Um texto pensado em SEO é, portanto, um texto que segue essas estratégias.

Por que investir em técnicas de redação SEO?  

Por que investir em técnicas de redação SEO?

O motivo é muito simples: para alavancar o seu negócio!

Se os clientes em potencial conseguem fácil acesso ao seu conteúdo e à sua marca maiores as chances de conversão e de dinheiro na sua conta.

O que garante o fácil acesso é usar corretamente as técnicas de redação SEO e rankear seu conteúdo na primeira página de pesquisa do Google.

Produzir conteúdo com base em SEO significa que você quer ver o seu negócio crescer.

As 20 melhores técnicas de redação SEO

As 20 melhores técnicas de redação SEO

Agora que você já aprendeu o que é um texto SEO e qual a importância de investir em técnicas de redação SEO, está na hora de conhecer que técnicas são essas.

Eu separei as 20 técnicas de redação SEO que considero mais valiosas e fáceis de botar em prática.

Você não precisa ser um expert da escrita para colocar aplicar essas técnicas no seu texto.

O que você vai ver a seguir é simples, mas fundamental para otimizar seu conteúdo.

Vamos lá!

1 – Defina o tema e a palavra-chave

Técnicas de Redação defina o tema e a palavra-chave

Imagine que você adora ler, mas no último ano não teve tempo para atualizar sua lista de leitura. Uma das suas promessas do Ano Novo é ler no mínimo dois livros por mês.

Como saber quais livros escolher? Pesquisando na internet.

Você digita no Google “lista de melhores livros”. Essas palavras que você digitou são as palavras-chave da sua busca.

Um dos primeiros passos para começar seu texto é justamente definir sua palavra-chave.

Mas, como fazer isso?

Mais cedo, te falei sobre as estratégias de SEO. Existem ferramentas SEO que servem para aplicar essas estratégias e te ajudar a escolher as melhores palavras-chave para seus textos.

Dica: palavras-chave com maior número de buscas são interessantes porque significa que muita gente procura por aquilo.

Voltando ao exemplo… quando você pesquisou por “lista de melhores livros” os resultados foram muito gerais.

De empreendedorismo a literatura contemporânea, dos anos 30 até hoje. Assim fica muito confuso para você decidir os que vão entrar para sua lista.

Então, você decide usar palavras-chave de cauda longa, ou seja, mais específicas.

Você muda a busca de “lista de melhores livros” para “lista de melhores livros de empreendedorismo de 2017” e encontra livros que têm mais a ver com seus interesses.

As palavras-chave de cauda longa são muito úteis para quem quer algo mais específico – e pensar nisso na hora de escolher suas palavras-chave é muito importante.

Ótimo, eu te falei como definir as palavras-chave, sejam mais gerais ou de cauda longa.

Enquanto estiver escrevendo, repita a palavra-chave algumas vezes e escreva variações dela para potencializar o texto e não deixá-lo repetitivo.

Por exemplo, quem busca por “lista de melhores livros de empreendedorismo de 2017” também pode buscar por “livros para empreendedores”, “livros sobre negócios”, “obras para empreendedores”…

Eu te disse para repetir a palavra-chave “algumas vezes”, mas quantas?

Não há um número exato, você só precisa prestar se seu texto está natural, gostoso de ler e não repetitivo.

2 – Analise as dúvidas do público-alvo por meio da palavra-chave

Você, ao pesquisar determinado assunto no Google e se deparar com um texto, o que espera encontrar ao longo das linhas?

É simples: respostas para suas dúvidas.

Por isso, ao escrever uma redação para web, tenha em mente que o público-alvo está em busca de respostas para sanar problemas.

Seja o solucionador dos problemas do seu público-alvo.

Faça com que ele não precise procurar por respostas em outra página.

Sempre responda ou aponte caminhos em seu texto para solucionar problemas do seu leitor.

O que ele busca? Quais dúvidas frequentes estão em torno da palavra-chave que você definiu?

Para descobrir, analise os textos que estão na primeira página de busca do Google e considere as buscas relacionadas.

3 – Entenda o objetivo do seu texto

Técnicas de redação Entenda o objetivo do seu texto

Muitos redatores morrem na praia neste tópico. Por isso, é essencial pensar:

  • Por que você decidiu escrever o texto?

  • Por que ele é importante?

  • O que ele vai trazer de resultados para você e para a persona, ou seja, seu público-alvo?

É um erro escrever apenas para cumprir demanda sem pensar nos motivos pelos quais a redação é relevante.

Portanto, esteja seguro do seu objetivo antes de iniciar o processo de escrita.

4 – Faça um esqueleto do texto

Escrever sem primeiro estruturar impede que você otimize seu tempo.

Além de perder minutos preciosos, seu texto tem mais chances de ficar desorganizado e confuso.

Portanto, defina quais pontos deseja abordar antes de começar a desenvolver seu texto.

Veja mais sobre como fazer isso no tópico A estrutura ideal para redação web.

5 – Divida seu texto em tópicos

Técnicas de redação Divida seu texto em tópicos

Lembre-se de quantas vezes deixou de consumir um conteúdo porque se deparou com um bloco infinito de texto.

Você não sabe por onde começar.

E, se por algum motivo interromper a leitura, fica difícil saber onde parou.

Tópicos servem como guias para a leitura.

Mas não basta a estrutura – os tópicos devem ser criados de forma analítica, de acordo com o que as pessoas buscam ao redor do tema.

Na primeira dessas 20 técnicas de redação para SEO eu te expliquei sobre palavras-chave e palavras relacionadas.

Minha dica é: além de espalhar ao longo do texto, use as palavras-chave e palavras relacionadas no título dos tópicos.

Além de aumentar suas chances de aparecer na primeira página do Google, também é uma forma de guiar o seu leitor e chamar atenção para o assunto que será desenvolvido nos tópicos.

6 – Faça uma boa introdução

Técnicas de redação faça uma boa introdução

No mundo do marketing, é muito comum usar a palavra lead para se referir a um cliente em potencial que escreve comentários nas suas páginas, ou fornece o e-mail para baixar um ebook, por exemplo.

É alguém que já tem um certo interesse pela sua empresa.

Mas lead também tem outro significado: introdução, ou abertura do texto.

Como Michael Masterson e John Forde explicam no excelente Great Leads, a introdução, ou lead, é o que prende a atenção do leitor e dá a ele uma impressão positiva do que vem pela frente.

O lead é responsável por persuadir emocionalmente o seu público-alvo.

É o que indica ao leitor o que ele ganha se ler até o final. Por isso, você deve instigá-lo desde a primeira frase.

Se o lead não é matador, seu texto está propenso ao fracasso.

“A primeira frase é sempre a mais difícil.” António Lobos Antunes

7 – Use pelo menos 2000 palavras por texto

As ferramentas de busca do Google entendem que um texto com maior número de palavras é mais completo e se aprofunda mais no assunto.

Portanto, maiores as chances de ele aparecer na primeira página.

ATENÇÃO: Não encha linguiça. É melhor que o texto seja mais longo, sim, mas só escreva o que fizer sentido para aquele tema.

Não fique enrolando só para completar as 2000 palavras! Isso só torna seu texto confuso e entediante.

No início, eu tive bastante dificuldade para cumprir a meta das 2000 palavras, então entendo que pode ser um desafio para você.

Mas não se preocupe – é tudo uma questão de prática e costume.

8 – Escreva usando gatilhos mentais

Técnicas de Redação Escreva usando gatilhos mentais

Imagine que você é um professor e precisa ensinar um conteúdo bastante complicado para seus alunos.

Se passar horas falando mecanicamente como se lesse um livro didático, não vai captar a atenção de ninguém.

É bem provável que seus alunos durmam ou pensem no que os espera depois dessa aula torturante.

Os gatilhos mentais servem para deixar seu texto mais interessante e convidativo.

O que acabei de fazer é um exemplo de gatilho mental – eu te contei uma história.

Tanto contar quanto ouvir histórias facilita em 20 vezes a memorização do que foi dito, segundo o psicólogo Jerome Bruner.

Por isso, contar histórias é, sem dúvidas, uma técnica de redação poderosa.

Mas existem muitas outras, como escassez, reciprocidade, autoridade, prova, prova social…  

No livro Como Usar a Internet Para Alavancar Vendas ou Criar um Negócio Digital do Zero, Érico Rocha define os gatilhos mentais como expressões, palavras ou parte de um conteúdo que disparam uma determinada ação dentro da cabeça da pessoa.

Quando você usa gatilhos mentais da maneira certa, as pessoas prestam atenção na sua mensagem e fazem as ações que você quer, como clicar em um link ou se inscrever em um workshop.  

Fazer com que seu cliente em potencial faça uma ação tem tudo a ver com as taxas de conversão que mencionei no início deste artigo.

9 – Use links externos e internos

Além de enriquecerem seu texto em termos de conteúdo, os links externos e internos aumentam as chances de seu post ir para a primeira página de busca.

  • Links internos são aqueles que direcionam para outros conteúdos dentro da mesma página, neste caso a sua.

  • Links externos direcionam para outras páginas.

Use os dois sempre que possível, mas apenas quando fizer sentido, como explica Neil Patel, uma das mentes mais importantes do Marketing Digital.

“Não espalhe os links aleatoriamente no lugar que você quiser em sua página da web. Ao invés disso, tenha uma abordagem de uma forma mais estratégica” Neil Patel

10 – Escreva com objetividade e simplicidade

Técnicas de redação Escreva com objetividade e simplicidade

Aqui na empresa, se você passar pelos corredores e olhar para a tela do pessoal, vai perceber que a maioria deixa muitas abas abertas no navegador.

Isso significa que seu leitor pode mudar de aba a qualquer momento e deixar o seu conteúdo de lado.

Por isso, optar por uma linguagem simples e objetiva é uma das técnicas de redação para mantê-lo em sua página.

Como assim simples e objetiva?

Se você já leu algum livro mais antigo ou viu um filme de época, deve ter percebido que o jeito que as pessoas escreviam ou falavam não tem nada a ver com o cotidiano de quem vive em 2018.

Nesses casos, pode ser difícil acompanhar o raciocínio porque aquilo não faz parte da sua rotina. Praticamente ninguém fala “dar-se-á” ou “por obséquio”.

Linguagem rebuscada não ajuda em nada na compreensão do seu texto.

Escreva como se estivesse explicando para um amigo que não sabe muito sobre o assunto e assim seu texto se torna simples.

Já sobre objetividade… imagine que você recebe uma ligação da sua avó.

Ela diz que tem uma notícia inacreditável para te dar. Quando começa a contar, “abre parênteses” o tempo todo e nunca vai direto ao ponto.

Após 20 minutos de conversa, você já não sabe mais como aquela história começou e nem como chegou até ali.

Textos com muitos parênteses deixam seu leitor confuso. No final do parágrafo ele não vai saber o que acabou de ler.

Por isso, escrever de forma simples e objetiva torna a leitura mais fácil e você garante que seu público-alvo entenda todos os conceitos apresentados.

11 – Fale diretamente com o leitor

Você já deve ter visto essa imagem repetidas vezes.

Técnicas de redação Fale diretamente com o leitor

Fonte da imagem: Wikipedia

O famoso  pôster de recrutamento do Tio Sam é um dos maiores ícones da Primeira Guerra Mundial.

Quase um século desde o final da guerra, esse pôster ainda é massivamente divulgado como um importante símbolo de persuasão.

Ele foi o responsável por convencer homens a darem a própria vida em nome dos Estados Unidos.

O dedo indicador apontado para quem olha para o pôster combina com a frase “I Want You For U.S Army”, em tradução livre “Quero Você No Exército Americano”.

O grande impacto aqui está no uso de you (você). É um argumento com o qual não tem discussão.

Usar “você” para se comunicar com o leitor é a estratégia mais eficiente para se conectar imediatamente com ele e desenvolver o relacionamento.

Textos impessoais não geram emoção e não criam identificação do leitor com as linhas e, consequentemente, com a sua marca.

No caso do exemplo do pôster, o uso do “você” foi tão poderoso que levou milhares de soldados para as trincheiras.

Você deve ter percebido que fiz uso desse recurso ao longo do texto (até agora foram 44 vezes).

Como acha que seria o impacto em você e no seu envolvimento com o texto se eu não tivesse usado?

12 – Faça uma pergunta ao final do texto para gerar engajamento

Técnicas de redação Faça uma pergunta ao final do texto para gerar engajamento

Instigue o leitor a interagir com você por meio de comentários na sua página.

É uma forma direta de se manter atualizado sobre quem consome seu conteúdo e aumentar o engajamento.

Evite ao máximo questionamentos de “sim” ou “não”, pois podem causar rejeição ao conteúdo caso o leitor discorde de você.

Prefira perguntas do tipo “e se”, “o que”, “o qual”.

Você também pode instigá-los com perguntas indiretas, como “escreva nos comentários”, ou “me conta aqui embaixo”.

No seu caso, qual é a melhor forma de provocar engajamento com seu público-alvo: por meio de perguntas diretas ou indiretas?

Ah! Não esqueça de responder aos comentários!

13 – Dê atenção especial ao título

Embora pareça contraditório, o título é o último dos passos na produção de um texto web.

Isso porque ele é o contato imediato do público-alvo com seu conteúdo.

É o título que determina se o leitor vai clicar no link para sua página.

Dados mostram que 59% das pessoas não passam do título.

Honestamente, quantas vezes você fez a mesma coisa? Eu sei que já fiz muitas!

Na competitividade do mundo online, investir em um título chamativo é a diferença entre viralizar seu conteúdo ou não.

Um título matador influencia a expectativa do leitor sobre o texto e afeta qualquer conhecimento prévio em sua cabeça.

Por isso, é fundamental criá-lo com carinho.

Pense em várias opções de título e use as ferramentas SEO que falei no início para verificar qual delas é a mais atrativa e chamativa.

14 – Consuma conteúdo de outras páginas

Técnicas de redação Consuma conteúdo de outras páginas

Antes de sentar para escrever esse texto, fiz uma pausa para tomar um café.

Comecei a conversar com a Nathalia, uma menina da minha equipe. Ela é formada em Jornalismo e sempre teve facilidade para escrever (aliás, escrever bem foi um dos motivos para ela escolher esse curso).

A Nathalia me contou que, desde pequena, adora ler. Seu pai tinha uma estante do teto ao chão cheia de livros e ela aprendeu a ter gosto pela leitura desde cedo.

Ler é um modo clássico de melhorar sua escrita, não só a Gramática, mas encontrar seu estilo.

Pode ser que você não tenha começado cedo como a Nathalia – não tem problema, é só começar agora.

Para você se tornar um excelente redator web, leia muito. Livros, artigos e, claro, o que sua concorrência escreve no blog e nas redes sociais.

Sim, estudar sua concorrência é uma estratégia poderosa para melhorar sua escrita.

Leia, leia, leia!

15 – Invista no conteúdo

Técnicas de redação Invista no conteúdo

A internet é um oceano de possibilidades.

O ambiente digital modificou a relação entre consumidores e marca.

A globalização se intensificou e, cada vez mais, qualquer pessoa de qualquer lugar do mundo pode acessar informações sobre o que quiser.

Isso significa que você não é o único produzindo conteúdo sobre determinado assunto.

Muitos redatores seguem à risca todos os passos anteriores, mas se esquecem que basta um clique para o visitante deixar sua página.

Para passar na frente da concorrência, você precisa ter o seguinte em mente: exclusividade e relevância.

  • Exclusividade significa que em nenhuma outra página o leitor encontra o conteúdo da mesma forma que na sua.

  • Relevância significa considerar as dúvidas e problemas do leitor e escrever para solucioná-las, como você já aprendeu neste artigo.

Não adianta seguir todas as técnicas de redação que te ensinei se não pensar na importância do conteúdo.

Por isso, faça uma pesquisa intensa e extensa sobre o assunto. Beba de fontes sólidas.

Traga dados estatísticos, compartilhe fontes confiáveis e use especialistas no assunto como base para seu texto.  

Tenha em mente que muitas vezes o segredo do sucesso da sua redação web está nos detalhes.

Portanto, investir em detalhes que captem o olhar do seu visitante é determinante para ele decidir permanecer na sua página ou não.

Isso tem tudo a ver com as próximas técnicas de redação:

16 – Escreva pequenos blocos de texto com no máximo 3 linhas

Quando as pessoas leem um texto, principalmente na web, primeiro “varrem” o conteúdo com os olhos.

Se chamar a atenção, permanecem na página.

Porém, parágrafos com muitas linhas assustam e o leitor não se sente motivado a consumir seu conteúdo.

Blocos de texto pequenos são um incentivo maior para a leitura, além de descansarem a vista e facilitarem a “escaneada” inicial.

17 – Use recursos visuais como imagens, infográficos, vídeos, etc

Técnicas de redação Use recursos visuais como imagens, infográficos, vídeos

É o mesmo princípio do item acima.

Imagens captam a atenção do leitor e ajudam a descansar os olhos do texto.

Lembre-se: o conteúdo não é apenas a parte escrita, mas sim a junção de todos os recursos utilizados.

Portanto, imagens, infográficos e vídeos também são parte do conteúdo e são recursos mais convidativos para a leitura.

18 – Destaque a palavra-chave e palavras relacionadas colocando-as em negrito

Palavras destacadas chamam atenção imediatamente. Por isso é importante selecionar bem quais prefere destacar.

Opte pelas palavras-chave e termos relacionados.  

Fazer isso melhora a experiência de quem está lendo seu texto.

19 – Dê comandos para o leitor nos intertítulos

Técnicas de Redação Dê comandos para o leitor nos intertítulos

Você já reparou em como criança fica teimosa perto dos pais?

A Nathalia, aquela menina da minha equipe, tem um sobrinho de um ano de idade (que é a paixão da vida dela).

Quando ela cuida dele sem os pais por perto, é o bebê dos sonhos. Ri, brinca, faz tudo o que ela pede – “Come mais um pedaço”, “Guarda seus brinquedos”, “Toma água”, “Vem para cá”.

Mas é só o bebê ouvir a voz da mãe que a manha começa. Ele não quer fazer nada, não obedece. Se a mãe dá qualquer ordem, vem o chororô.

A mãe, para ele, é quem o proíbe de fazer as coisas, é quem dá ordens e o leva embora no meio da brincadeira.

Já a Nathalia é a tia legal e preocupada que o deixa de barriga cheia e não quer que ele se machuque.

Perceba: ninguém quer receber ordem de ninguém. Quando você dá uma ordem, a pessoa automaticamente sente vontade de fazer o contrário.

Já com comandos o quadro muda. Comandos soam mais como sugestões e dão aquele ar de credibilidade para quem dá o comando.

Neste artigo, por exemplo, eu já te dei vários comandos:

  • Defina o tema e a palavra-chave

  • Analise as dúvidas do público-alvo

  • Faça um esqueleto do texto

  • Use links externos e internos

  • Dê atenção especial ao título

  • Escreva usando gatilhos mentais

  • Consuma conteúdo de outras páginas

Mas, em nenhum momento, estou te forçando a seguir meus comandos. Não estou te coagindo a obedecer – estou te dando sugestões.

Quem escolhe comandos ao invés de ordens soa mais como um mentor do que como um “mandão”.

Assim, fica mais fácil que o leitor tenha empatia por você e realmente siga suas sugestões.

O legal de usar os comandos em intertítulos é que intertítulos se destacam enquanto a pessoa corre os olhos pelo texto.

20 – Revise

Técnicas de redação Revise

A revisão de texto deve ser um hábito tão presente no seu cotidiano quanto escovar os dentes.

Ou, se preferir, um mantra.

Se você revisar seu texto com atenção e mais de uma vez, vai evitar erros gramaticais e de conteúdo.

Peça para outra pessoa revisar também, porque você pode estar viciado no texto que escreveu, ou seja, não consegue perceber alguns erros.

Por isso…

Revisarás teu texto mais de uma vez

Revisarás teu texto mais de uma vez

Revisarás teu texto mais de uma vez

A estrutura ideal para redação web

Técnicas de redação A estrutura ideal para redação web

Quando eu era criança e me pediam para escrever alguma coisa, o máximo que conseguia fazer era um bilhete cheio de erros.

Mais velho, durante as primeiras aulas de escrita na escola, meus textos eram blocos de palavras sem estrutura alguma.

Eu sequer sabia o que era parágrafo, muito menos como organizar minhas ideias.

Aos poucos e com insistência, passei a entender que, não importa o gênero textual, qualquer um segue uma estrutura.

Bilhetes, cartas, e-mails, reportagens e scripts de cinema. Todos eles.

Eu vou te dizer qual é o grande segredo das redações web…

O segredo é que com redações web a premissa é a mesma.

Elas também precisam de uma estrutura base para guiar tanto você quanto seu público-alvo.

Ao longo deste artigo eu já te falei sobre o quanto o título e o lead são importantes para captar atenção do seu leitor e mantê-lo na página.

Mas se a estrutura do seu texto for errada, você vai perder leitores imediatamente.

Não cometa esse erro.

Use o método da pirâmide invertida.

Técnicas de redação método da pirâmide invertida

Fonte da imagem: The Publishing Culture

Essa é uma das técnicas de redação mais valiosas, pois vai da informação mais importante para a menos importante.

Antes de começar a escrever, faça um esboço do texto em forma de tópicos.

Estruture seu esboço como se fizesse o sumário de um livro. Essa estratégia otimizará o seu tempo.

Aplique o método da pirâmide invertida dividindo o texto em 3 partes principais:

  • Introdução ou lead

Eu já te falei detalhadamente sobre este tópico.

Mas vou relembrar: é o que prende a atenção do leitor e dá a ele uma impressão positiva do que vem pela frente.

Reúna as informações mais importantes, cite todos os tópicos que serão explicados  ao longo do texto, use palavras de ação e gatilhos mentais para captar a atenção.

Você deve deixar claro para o leitor quais são os benefícios que ele ganha ao ler o seu texto e o que aprenderá até o final das linhas.

  • Desenvolvimento

Escolha e desenvolva pelo menos 3 tópicos relacionados ao tema.

Você deve usar o desenvolvimento para detalhar os tópicos e, assim, sanar as dúvidas do leitor.

  • Conclusão

É a hora de reforçar pelo menos 2 pontos principais do texto e usar as Call to Action (ou CTA), ou seja, chamar seu leitor para a ação.

Seja baixar um ebook, se inscrever em um curso, realizar uma compra, escrever nos comentários… Depende do seu objetivo.

Como já te falei ao longo deste artigo, faça uma pergunta direta ou indireta no final do texto pois isso aumenta o engajamento em sua página.  

O que NÃO fazer na hora de escrever textos matadores

Técnicas de redação O que NÃO fazer na hora de escrever textos matadores

Agora você já sabe quais são as melhores técnicas de redação SEO e como estruturar seu texto.

Garanto que verá resultados se aplicar essas estratégias em seu negócio.

Porém, também é preciso entender os maiores erros na produção de redação para não cometê-los!  

Não se colocar no lugar do leitor

Técnicas de redação Não se colocar no lugar do leitor

Na década de 1990, a psicóloga Elizabeth Newton desenvolveu uma pesquisa que separava pessoas em dois grupos: os tappers e os listeners.

Os tappers receberam uma lista com 25 das músicas mais conhecidas. Sua tarefa era escolher uma das músicas e tocá-la em forma de batidas numa mesa para os listeners.

Ao ouvirem as batidas, os listeners tinham que adivinhar qual era a música sendo tocada.

Segundo a pesquisadora, os tappers apostaram que seus colegas acertariam 50% das vezes.

Resultado: os listeners acertaram apenas 3 de 120 músicas.

O que isso significa?

Quando a pessoa tem o conhecimento de algo, aquilo se torna óbvio para ela. E, de algum modo, ela assume que é óbvio para as outras pessoas – mesmo que não seja.

Fica fácil de entender porque esse estudo foi chamado de A Maldição do Conhecimento (ou Curse of Knowledge, no original em inglês).

Por isso, é fundamental que você se coloque no lugar do seu leitor como se não conhecesse aquele conteúdo.

Desta forma, fica mais fácil sentir as dores e saber as dúvidas dele.

Um dos grandes erros de quem escreve um texto é esquecer que, antes de tudo, é um leitor.

Não cometa esse erro.

Escreva tendo em mente os listeners, não os tappers.

Negligenciar título, subtítulo e introdução do texto

Você já entendeu a importância disso, logo não preciso me alongar aqui.

Quem negligencia esses tópicos come poeira da concorrência.

Basta decidir se quem come poeira é você ou seu concorrente.

Não saber quem é a persona para quem está escrevendo

Técnicas de redação Não saber quem é a persona para quem está escrevendo

Definir sua persona é um dos primeiros passos antes de abrir um negócio.

Determinar os medos, anseios, preferências, em que parte do funil de vendas ela está, por exemplo, é fundamental em todos as etapas da sua estratégia de marketing.

Isso inclui, é claro, o marketing de conteúdo.  

Pensar que basta escrever corretamente

Ninguém quer ler um texto cheio de erros gramaticais, mas eu te mostrei ao longo deste artigo que isso não é o suficiente.

Ser um bom redator inclui saber sobre o que você está escrevendo, para evitar informações erradas e conteúdo raso.

E, é claro, usar as técnicas de redação SEO que estou te ensinando.

Não enxergar o texto como estratégia de venda

Técnicas de redação Não enxergar o texto como estratégia de venda

De que forma você geralmente procura informações sobre determinado assunto?

Acredito que a resposta seja Google e te digo o porquê.

Em 2016, o volume de buscas na plataforma era de 2,3 milhões a cada segundo.

Está cada vez mais natural pesquisar no Google.

Isso significa que seu público-alvo também procura informações por lá.

É possível que seja o primeiro contato do potencial cliente com a sua marca, ou seja, sua chance de iniciar a conexão com ele.

Se você tiver essa visão de gerar conversões a partir do conteúdo, alcançará:

  • Maior confiança e credibilidade

  • Lista de contatos aquecida, com isso maior taxa de aberturas e cliques

  • Melhor relacionamento com a lista de contatos

  • Melhoria na divulgação da sua marca sem gastar muito

Por isso, é fundamental enxergar o texto como estratégia de venda e produzir a maior quantidade de conteúdo com a maior qualidade possível.

A forma mais eficaz para escrever com foco em vendas é por meio do  copywriting.

Copywriting é uma técnica de redação voltada para conversão e com base nas características do público-alvo.

É uma estratégia de venda poderosa.

Comece a captar leads agora mesmo com o Klickpages

Técnicas de redação Comece a captar leads agora mesmo com o Klickpages

Neste artigo, eu te falei sobre as CTA ou chamadas para ação, que é quando você solicita alguma coisa para seu visitante.  A CTA serve para que seu visitante saia da inércia e reaja a seu conteúdo.

Como seu visitante pode fazer isso? Alguns exemplos são:

  • Ao baixar algum conteúdo, como ebooks ou aulas online

  • Ao se inscrever para um curso ou workshop

Para isso, você precisa de uma landing page, ou seja, uma página de conversões feita para seu visitante deixar nome e e-mail em troca do conteúdo ou da inscrição.

É assim que você conquista mais leads e aquece a lista de e-mails!

A ferramenta ideal para criar a sua landing page é o Klickpages.

Em apenas três passos simples você cria sua página de inscrição:

  1. Escolha o modelo (ou template).

  2. Customize: edite textos, cores, imagens e tire aquilo que não te interessa

  3. Publique!

Veja aqui como é fácil criar landing pages usando o Klickpages.

Conclusão

Técnicas de Redação Conclusão

Neste artigo, eu te ensinei as 20 melhores técnicas de redação SEO, como, por exemplo, definir palavras-chave, fazer um título matador e usar gatilhos mentais no seu texto.  

Além disso, você viu como estruturar uma redação web usando o método da pirâmide invertida.

Também te mostrei o que NÃO fazer na hora de escrever um texto matador, como, por exemplo, cometer a Maldição do Conhecimento e não enxergar a produção de conteúdo como estratégia de venda.

Ótimo! Agora você pode começar a otimizar seus textos para SEO.

Eu te garanto que, se você seguir as técnicas de redação que eu te ensinei, seus resultados vão melhorar.

Comece a implementá-las já e me conte nos comentários seus resultados.

 

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Hugo Rocha é co-fundador da Ignição Digital e do Klickpages. Já atuou diretamente nos bastidores dos maiores lançamentos digitais do Brasil. Atualmente está a frente da equipe de tráfego e crescimento da Ignição Digital e Klickpages liderando pessoalmente mais de R$ 4 milhões de reais em investimento em tráfego nos últimos 12 meses com ROI acima de 300%.