Social media marketing: a sua marca fazendo parte da história dos seus seguidores

Social media marketing: a sua marca fazendo parte da história dos seus seguidores

Se você não tem uma estratégia de social media marketing no seu negócio, é bem provável que a sua marca não faça diferença nenhuma na vida dos seus seguidores.

Deixa eu te explicar o porquê.

O brasileiro fica, em média, mais de 3 horas por dia nas redes sociais.

Isso quer dizer que com todo esse tempo daria para assistir, em média, 2 filmes. Mas quantas pessoas você conhece que fazem isso?

Eu diria que praticamente ninguém, porque ao longo do dia elas estão gastando esse tempo dando uma olhadinha no Facebook, nos stories do Instagram e até mesmo no tweet mais recente.

E dessa forma elas vão criando e mantendo os relacionamentos com amigos, familiares, colegas de trabalho…

Afinal de contas, esse é basicamente o propósito de toda rede social, unir pessoas em torno de um interesse em comum.

E a sua marca não deve ficar de fora disso. Porque é criando relacionamentos que você consegue ficar mais próximo do seu público e transformá-lo em potenciais clientes para o seu negócio.

Além disso, essa presença nas redes sociais pode ser tão poderosa que pode fazer com que a sua marca entre para a história das pessoas.

E quando isso acontece, elas não viram apenas clientes, elas fazem publicidade de graça para o seu negócio.

Olha só esse exemplo do que aconteceu com a Tesla, uma marca de automóveis:

Exemplo Tesla Social Media Marketing

Nesse tweet compartilhado pela a empresa, uma cliente agradeceu a marca por transformar um momento de espera que era chato para a filha de 10 anos em algo descontraído.

O relacionamento com a Tesla marcou tanto a vida dessa cliente, que ela decidiu compartilhar com outras pessoas e, assim, provavelmente atraiu novos clientes para a empresa.

Quando a marca retuitou, indiretamente, ela incentivou outros seguidores a mostrar como a Tesla faz parte da vida deles.

E é isso que uma boa estratégia de social media marketing faz, ela marca a história dos seus seguidores, criando experiências únicas e atraindo novos clientes.

Se você quer saber como inspirar seus clientes e fazer parte da vida deles, fica comigo até o final deste artigo.

Porque vou te mostrar como montar uma estratégia de social media marketing e vou te dar 7 dicas incríveis que você colocar em prática desde já.  

Além disso, também vou te explicar sobre a carreira do profissional dessa área.

Vamos lá?

A diferença entre marketing digital e social media marketing

A diferença entre marketing digital e social media marketing

Antes de te explicar como de fato aplicar essa estratégia, você sabe qual a diferença entre marketing digital e social media marketing?

Tem gente que acaba fazendo confusão e acha que os dois termos são praticamente a mesma coisa.

Mas não é bem assim. Para ficar claro, o marketing digital é um conjunto de estratégias usadas nos canais online e dentro dele você pode encontrar as seguintes categorias:

  1. Marketing dos mecanismos de busca (SEM);

  2. Marketing de conteúdo;

  3. Social media marketing (SMM);

  4. Anúncio pague-por-clique (PPC);

  5. Marketing de afiliados;

  6. E-mail Marketing,

  7. Entre outros.

Ou seja, o social media marketing é um tipo de marketing digital.

E o que seria o social media marketing, afinal?

E o que seria o social media marketing, afinal?

De forma bem simples, é criar conteúdos em texto, imagem ou vídeos para as redes sociais para interagir com o público e promover a sua marca.

Por exemplo, uma empresa no nicho de mercado imobiliário e que publica no Facebook um texto com dicas para ajudar as pessoas a saírem do aluguel está fazendo social media marketing.

Por parecer algo simples, algumas pessoas podem até achar que não vale a pena investir nisso. Mas a verdade é que um social media marketing bem feito pode trazer bons resultados para a sua empresa.

E é disso que eu vou te falar agora.

Por que fazer social media marketing?

Por que fazer social media marketing?

A cada dia que passa mais e mais empresas utilizam as mídias sociais para atingir o público-alvo delas.

Porque, em primeiro lugar, é uma opção acessível a qualquer empreendedor.

Para você ter ideia não precisa ter uma empresa grande ou investir milhares de reais para conseguir fazer o social media marketing.  

Você mesmo pode fazer ou então contratar apenas um profissional para desenvolver essa estratégia na sua empresa.

Segundo, porque o social media marketing é uma excelente maneira de aumentar o reconhecimento da sua marca.

Ou seja, aumenta a probabilidade da sua marca ficar tão gravada na cabeça das pessoas, que quando elas precisam de um produto, elas lembram do seu, de a sua empresa ser reconhecida de cara através da logomarca.

Além disso, fazendo um bom social media marketing você consegue que a sua marca faça parte da história das pessoas.

E isso é ótimo, porque os seguidores podem se tornar consumidores fiéis, pessoas que compartilham sobre a sua marca nas redes sociais e vendem seu produto por você.

E não é só isso.

Lembra que te falei que o brasileiro fica cerca de 3 horas acessando as redes sociais?

Então, esse é um tempo valioso que você deve aproveitar para mostrar quem é a sua empresa.

Você pode criar publicações mostrando soluções para os seus potenciais consumidores ou explicando algum assunto para ganhar autoridade.

Assim, você cria um canal de comunicação e interação com o seus seguidores, que pode levá-los a futuramente se tornarem clientes.

Bom, agora que você já viu a importância do social media marketing vou te explicar como montar uma estratégia que vai te ajudar a se conectar com o seu público-alvo.

Como montar uma estratégia de social media marketing em 7 etapas

Como montar uma estratégia de social media marketing

Tem pessoas que acham que é só criar um perfil no Facebook e outro no Instagram que pronto, estão fazendo social media marketing!

Mas não é bem assim que funciona. É uma estratégia simples, porém que exige planejamento e dedicação.

Por exemplo, quando você quer trocar de carro o que você faz? Vai na concessionária e compra pelo primeiro que vê?

Provavelmente não.

O ideal é primeiro fazer uma pesquisa, olhar os modelos que mais te chamam atenção, depois ir na concessionária, fazer um test-drive, negociar os valores e a forma de pagamento e só depois comprar o carro novo.

A mesma coisa é com o social media marketing, você precisa planejar antes de executar.

Por isso, vou te mostrar o passo a passo de como montar a sua estratégia de social media marketing.

Etapa 1: Conheça o seu público

Antes de qualquer coisa você tem que entender como o seu público se comporta nas mídias sociais.

Se você não faz ideia dessa informação, defina quem são as suas personas (clientes ideais) e faça uma pesquisa sobre como elas usam as redes sociais, qual é a mais popular quais são os horários mais acessados, o tipo de conteúdo que elas buscam…

Essas são informações importantes, porque, por exemplo, se você concentrar esforços e recursos no Facebook, mas o seu público estiver muito mais presente no Instagram, você vai estar fazendo um mau uso do seu investimento.

Etapa 2: Crie metas e defina as métricas que você vai acompanhar

Agora que você já sabe onde está o seu público, você precisa definir as metas que quer alcançar.

Um método comum para fazer isso é a técnica SMART, usada por diversos profissionais, ela ajuda definir se a sua meta é:

  • Específica: clara, simples e definida;

  • Mensurável: se você consegue medir;

  • Alcançável: se é possível dentro dos seus recursos;

  • Realista: se dá para realizar com o seu tempo e investimento atual;

  • Sensível ao tempo: se tem um período para finalizar.

Eu gosto dessa técnica, porque você consegue acompanhar os resultados e perceber se vai ou não alcançar o seu objetivo.

Vou te dar um exemplo.

Imagine que a sua meta é “aumentar o reconhecimento da marca até outubro de 2019”. Ela é específica, mensurável, alcançável, realista e sensível ao tempo?

Ainda não. Falta deixar claro o que você vai medir.

Nesse caso, você pode verificar, por exemplo, o alcance médio de postagem.

A sua meta, então, fica assim:  “aumentar o alcance da marca em mil pessoas por postagem até outubro de 2019”.

Além de definir as metas, você precisa decidir quais métricas são importantes e devem ser acompanhadas para saber se você está alcançando o seu objetivo.

Aqui no blog do KP tem um artigo explicando as métricas mais comuns e o que elas significam.  

Só fique de olho para não cair nas métricas de vaidade, como por exemplo likes, seguidores, comentários, porque elas não revelam a verdadeira situação do seu negócio.

Ou seja, elas não refletem o número de clientes e potenciais clientes que você está conquistando e nem te ajudam a ver o quanto de dinheiro que você está ganhando ou perdendo com a sua estratégia de social media marketing.

Etapa 3: Observe seus concorrentes

Até aqui você focou apenas na sua empresa. Agora está na hora de olhar para os lados e ver o que os seus concorrentes estão fazendo.

Não estou falando para roubar as ideias deles, mas sim entender o que eles estão fazendo e o que você pode usar para melhorar a sua estratégia.

Se por acaso, você não souber quem é o seu concorrente, fique tranquilo.

O jeito mais simples de descobrir é fazendo uma pesquisa no Google. Dá uma olhada:

  1. Busque por palavras-chave, frases e termos de mercado;

  2. Observe quais sites estão na primeira página;

  3. Acesse a página daqueles que têm mais em comum com o seu nicho de mercado;

  4. Encontre os seus concorrentes nas mídias sociais;

  5. E, por último, faça uma análise sobre as postagens e o que eles fazem para gerar engajamento.

Etapa 4: Crie um calendário de conteúdo

Essa etapa é obrigatória para você manter a sua mídia social organizada.

Se você for criando e postando imediatamente, há grandes chances de você não ser consistente nas publicações.

O que significa que você vai quebrar um compromisso que você fez com os seus seguidores.

Para você conseguir manter uma frequência sugiro que você monte um calendário editorial de conteúdo.  

Não precisa ser nada muito complexo.

Primeiro, estabeleça os dias e os horário que você vai publicar e depois escolha quais serão os temas que você vai cobrir em cada dia.

Você também pode usar ferramentas de agendamento para facilitar a postagem do conteúdo de acordo com o planejado.

Isso vai permitir que você tenha conteúdos espaçados de forma adequada e evitar que os perfis do seu negócio acabem caindo no esquecimento

Etapa 5: Crie conteúdos

Só agora você vai criar conteúdo.

Pode ser imagens, fotos, textos, vídeos… Tudo vai depender dos recursos disponíveis, da sua criatividade e da equipe que você tem à disposição para isso.

Se você está começando agora e não sabe o que esses conteúdos devem conter, use a regra 80-20:

  • 80% das postagens você informa, educa ou entretém o seu público;

  • 20% você promove sua marca diretamente.

Em outras palavras, você não deve bombardear seus seguidores com mensagens promocionais, mas também não pode esquecer de promover a sua marca.

Etapa 6: Envolva-se com o público

A principal vantagem das mídias sociais é exatamente essa: ser um espaço para conversar com o seu público.

O cara que está do outro lado da tela gosta de saber que está falando com alguém real.

Você não deve simplesmente responder os comentários com apenas um “obrigado”. Aproveite essa oportunidade para discutir tópicos e compartilhar conteúdo.

Aqui no blog do KP, por exemplo, eu e a minha equipe interagimos com o público por meio dos comentários deixados nas nossas mídias sociais.

Dá uma olhada:  

Etapa 7 : Acompanhe os seus esforços

Poderia dizer para você que esse é último passo, mas não é.

Isso porque a estratégia de social media marketing é um documento vivo.

Você deve estar se perguntando: como assim?

Acompanhar os seus esforços é um processo constante pois você pode ter que ajustar algum ponto da sua estratégia e refazer alguma etapa.

Ou seja, não é algo que você deve fazer uma vez ou outra. Mas, sim, regularmente.

Conforme você for acompanhando os resultados, pode descobrir que algumas estratégias não funcionaram tão bem quanto você imaginava.

E se isso acontecer não tenha medo de fazer alterações. Veja as mudanças como um momento para implementar novas metas, ferramentas e planos de ação.

Agora que você já tem bagagem para montar uma estratégia vem comigo que vou te mostrar 7 dicas para você mandar muito bem no social media marketing.

7 dicas para dominar o social media marketing em 2019

7 dicas para dominar o social media marketing em 2019

Depois de ver todas as etapas de como montar uma estratégia de social media marketing, é hora de ver algumas dicas que podem te ajudar a colocar o seu plano em ação desde já.

São soluções de simples execução e muito eficientes.

Veja só:

1. Faça anúncios

Para aumentar o tráfego nas suas mídias sociais o caminho mais rápido é pagar para o seu conteúdo ser distribuído.

Você pode fazer isso de dentro das próprias plataformas.

A maioria delas possuem uma ferramenta que permite criar campanhas e gerenciar os seus anúncios.

Assim você consegue mostrar o seu serviço ou produto para pessoas potencialmente interessadas na sua marca.

E não é só isso.

Se você não investir em anúncios o seu alcance pode simplesmente despencar.

Não sei se você sabe, mas desde 2018 as publicações de amigos e familiares estão com mais prioridade e visibilidade no seu feed do Facebook do que outros conteúdos.

Isso significa que para a sua empresa aparecer organicamente no feed de notícias do usuário você terá que se esforçar muito mais.

E como fazer isso focando nas pessoas certas?

Criando anúncios.

Se você não sabe por onde começar eu tenho aqui no blog artigos sobre como anunciar no Facebook e no Instagram que podem te ajudam.

2. Crie ou participe de grupos privados

Não sei se você sabe, mas no perfil da sua mídia social tem vários tipos de seguidores.  

Tem aqueles que querem somente informação, tem os curiosos e aqueles que realmente amam o seu produto ou serviço.

Para conseguir separar eles uma ótima solução é você criar um grupo privado para quem é realmente é fã do seu conteúdo.

Fazendo essa separação você fala diretamente com quem tem interesse pelo seu produto ou serviço.

3. Não seja o guru das mídias sociais

“O Facebook vai acabar”

Mídia social X vai derrubar o Instagram”

Eu sei que depois da morte do Orkut é importante pensar sobre as novas tendências.

Mas primeiro só acompanhe, não saia apostando na próxima mídia social que acabou de ser lançada e está ganhando vários usuários.

É claro que se você acertar quem será o próximo Facebook ou próximo Instagram pode ser bem recompensador.

Mas pensa comigo: você tem tempo para planejar conteúdo para todas as mídias sociais que estão surgindo constantemente?

Vou ser sincero com você, eu não tenho.

Não estou dizendo que você deve ignorar as novas tendências. É aquela velha história, um olho no peixe e outro no gato.

Acompanhe como essas novas redes sociais estão evoluindo, mas foque os seus esforços onde seu público realmente está.

4. Conte uma boa história

Se existe o lugar ideal para contar uma história é as mídias sociais.

É lá que a maioria das pessoas vão para compartilhar suas experiências de vida com amigos e familiares, seja por meio de fotos, vídeos ou textos.

E você, como empresa, também deve fazer o mesmo.

Contar uma história torna a sua marca mais humana e pode inspirar o público a testar o seu produto ou serviço.

Você pode fazer isso usando uma técnica chamada storytelling.

De forma bem resumida, o impacto dessa técnica nas pessoas é mais ou menos assim: quando uma boa história é contada, o cérebro libera ocitocina e esse hormônio aumenta a confiança na pessoa que está contando a história.

Ou seja, o storytelling pode te ajudar a alcançar as emoções do ser humano e a criar relacionamentos que futuramente pode levar a compra do seu produto ou serviço.

Enfim, se você quiser saber mais sobre essa técnica, eu explico tudo neste artigo.

5. Coloque um rosto humano na sua marca

Quem vem na sua cabeça quando falo em Facebook?

Provavelmente você pensou no Mark Zuckerberg. Certo?

Coloque um rosto humano na sua marca

Fonte da Imagem

Pois é. Não é atoa que o CEO da maior mídia social do mundo estampa sua cara por aí.

Colocar um rosto na sua marca é essencial para desenvolver confiança e lealdade com o seu público.

Empresas pequenas também devem fazer o mesmo.

Essa estratégia ajuda a conectar os clientes naturalmente pois a visão de perto do líder da empresa pode consolidar a reputação da marca.

6. Faça vídeos de selfie

Você já viu nos stories do Instagram, Facebook ou WhatsApp um vídeo em primeira pessoa do seu amigo dando uma opinião ou simplesmente cantando uma música?

Estes sãos os vídeos de selfie.

Eles estão se popularizando nas mídias sociais e a sua empresa não pode ficar por fora dessa tendência.

Esse tipo de conteúdo humaniza a marca e permite ter um contato direto com o seu público, porque você pode fazer gravações em tempo real tornando a comunicação mais profunda e pessoal.

7. Use chatbots

Por mais que você queira, as chances de você não conseguir responder o seu potencial cliente no mesmo instante são muito grandes.

Então, para você não perder essas interações pode usar um programa chamado chatbot que serve para automatizar esse processo.

Sabe quando você entra em uma página do Facebook e recebe uma mensagem automaticamente?

É um chatbot entrando em ação.

Ele é uma espécie de assistente virtual que se comunica e interage com as pessoas através da inteligência virtual.

É claro que ele não vai sanar todas os questionamentos, mas conseguirá responder as dúvidas mais recorrentes, deixando você livre para focar em dúvidas específicas.

A carreira de social media marketing

A carreira de social media marketing

Antes de terminar, eu quero compartilhar com você que além de ser um tipo de marketing digital a expressão “social media marketing” também pode ser usada para uma profissão.

Carinhosamente definido como o menino (ou a menina) das redes sociais, o social media é aquele profissional que trabalha para melhorar a presença da marca nas mídias sociais.

Isso não quer dizer que ele só fica respondendo comentários e postando imagens legais.

Como deu para perceber nesse artigo, o social media tem muito trabalho para fazer.

Geralmente, ele fica responsável por planejar a estratégia, criar conteúdo e analisar as métricas.  

Além disso, algumas empresas exigem formação em Comunicação Social, Marketing, Jornalismo ou Publicidade e Propaganda.

Se você quer entrar nessa área saiba que o salário varia muito de região para região, mas geralmente fica entre R$ 1500 e R$ 4000.

Use as mídias sociais para aumentar as suas vendas

Use as mídias sociais para aumentar as suas vendas

No final das contas, tudo o que eu te mostrei aqui tem um único objetivo: fazer você vender mais.

Por isso que, além das dicas, quero te mostrar como você pode usar as mídias sociais para capturar leads para o seu negócio.

Para um seguidor virar uma lead (ou seja, um potencial cliente), você precisa conseguir o contato dele, geralmente o e-mail.

Esse contato é importante porque é por meio dele que você vai conseguir nutrir e educar suas leads até que elas estejam prontas para tornarem clientes.

E a melhor forma de conseguir esse contato é por meio de uma landing page totalmente otimizada para conversão.

Não sabe como criar uma? Nessas horas o Klickpages é o seu maior aliado.

Veja só como é fácil:

  • Escolha seu modelo: veja as opções de alta conversão comprovada por testes.

  • Customize a página: feita a escolha, edite os textos, as cores e as imagens, além de ocultar elementos que pouco agregam.

  • Publique: agora, é só publicar no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Conclusão

Conclusão

Social media marketing é importante não só para aumentar o reconhecimento da sua marca e te deixar mais perto do seu público alvo.

Como também para tornar o seu negócio parte da vída dos seus clientes, aumentando assim a probabilidade de ter clientes fiéis, que compartilham a sua marca com amigos e familiares.

Por isso, eu te mostrei como montar uma estratégia de social media marketing em 7 etapas.

Você viu que, para criar um bom relacionamento com os seus seguidores, você precisa fazer um planejamento, observar os seus concorrentes e acompanhar os seu resultados.

Além disso, te dei 7 dicas para você dominar o social media marketing e otimizar a sua estratégia.

Agora chegou a hora de você colocar em prática o que viu aqui e fazer o seu planejamento em mídias sociais.

Só não esquece de depois me contar nos comentários qual parte desse artigo mais te ajudou na hora de colocar a mão na massa. Beleza?  😉

 

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Hugo Rocha

Hugo Rocha é co-fundador da Ignição Digital e do Klickpages. Já atuou diretamente nos bastidores dos maiores lançamentos digitais do Brasil. Atualmente está a frente da equipe de tráfego e crescimento da Ignição Digital e Klickpages liderando pessoalmente mais de R$ 4 milhões de reais em investimento em tráfego nos últimos 12 meses com ROI acima de 300%.

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)