Pesquisa de Marketing: o primeiro passo para você acertar na sua estratégia

Pesquisa de Marketing: o que é, para que serve e como fazer

Se você sofre da síndrome do marketing perfeito, a pesquisa de marketing é a solução ideal para a sua situação.

Essa síndrome funciona mais ou menos assim…

Você tem uma meta dentro da sua estratégia de marketing como, por exemplo, fazer um ebook ou um podcast para gerar mais leads.

Mas, de uma forma ou de outra, você sempre acaba deixando essas coisas para depois.

Porque você ainda não conseguiu a forma perfeita de divulgar o novo conteúdo ou não sabe qual é o tópico ideal para o primeiro capítulo do ebook, ou episódio do podcast, ou o horário mágico para conseguir uma super audiência.

Várias pequenas coisas, detalhinhos, acabam virando obstáculos no seu caminho para o sucesso.

Você sente uma pressão como se tivesse que acertar tudo de primeira.

Mas a verdade é que, na grande maioria das vezes, nem você, nem eu, nem ninguém vai acertar tudo na primeira tentativa.

Especialmente quando se trata de estratégias de marketing digital. Porque essa é uma área que demanda testes e melhorias até chegar na melhor fórmula.

O lance é que você precisa começar de alguma forma. Você precisa dar o primeiro passo.

Nessa hora, existem algumas opções.

Você pode usar a sua intuição e atirar no escuro na esperança de que uma hora vai acertar…

Ou então você pode usar uma bússola que vai apontar em qual direção vale a pena investir seu tempo, dinheiro e energia.

Essa bússola, no caso, é a pesquisa de marketing.

Eu vou te mostrar nas próximas linhas que, com ela, você consegue descobrir por onde começar ou o que precisa ser alterado no marketing do seu negócio para trazer melhores resultados.

Se você quer sair da paralisia da síndrome do marketing perfeito e começar a implementar estratégias que vão fazer o seu negócio crescer hoje mesmo, então continua comigo que eu vou te mostrar:

  • O que é a pesquisa de marketing;

  • Qual a diferença entre pesquisa de marketing e de mercado;

  • Qual a sua importância;

  • Tipos de pesquisa de marketing;

  • E o passo-a-passo de como fazer uma.

Então, vamos lá?

O que é Pesquisa de Marketing e para que ela serve?

O que é Pesquisa de Marketing e para que ela serve?

Você provavelmente, em algum momento, já fez uma pesquisa na sua vida. Seja nos tempos de escola, faculdade ou até mesmo para descobrir o caminho para chegar em um determinado lugar.

E, assim como toda pesquisa tem como objetivo encontrar a resposta para uma pergunta, é para isso também que serve a pesquisa de marketing.

Ela é a principal maneira de descobrir e gerar dados internos e externos para o seu negócio (como informações sobre o nicho de mercado, consumidores, produtos e serviços), que vão te ajudar a identificar soluções para problemas e caminhos de crescimento.

Ou seja, a pesquisa de marketing possibilita que o seu negócio tenha acesso a informações que podem fazer toda a diferença na hora de planejar a sua estratégia de marketing.

Dessa forma, você consegue compreender, por exemplo, por que alguns tipos de campanhas não funcionam no seu nicho ou ainda maneiras mais efetivas de se conectar com o seu público.

Qual a diferença entre Pesquisa de Marketing e de Mercado?

Qual a diferença entre Pesquisa de Marketing e de Mercado?

Se você já ouviu falar em pesquisa de mercado, talvez tenha achado a definição de pesquisa de marketing muito parecida com ela.

Então, para você não ficar confuso, antes de partir para os próximos tópicos, eu quero esclarecer isso.

Na pesquisa de mercado, o foco é entender a opinião dos consumidores sobre um determinado produto ou serviço e sobre aspectos do seu negócio ou da concorrência.

Isso ajuda a entender se vale a pena ou não investir em um determinado produto ou segmento, se existe espaço para crescimento em um setor, quais são as melhorias pelas quais o seu produto ou serviço precisa passar.

As pesquisas de satisfação que estão disponíveis quando você vai a um restaurante ou recebe por email após comprar um produto, por exemplo, são pesquisas de mercado.

Já a pesquisa de marketing é focada em informações como o comportamento dos consumidores e análise da concorrência.

Ela serve para compreender uma situação e tomar decisões relacionadas às estratégias e mix de marketing.

Por exemplo, uma pesquisa de marketing pode indicar quais são as buyer personas nas quais seu negócio deve focar ou as melhores redes sociais para interagir com o seu público.

Qual a importância da Pesquisa de Marketing para o seu negócio?

Qual a importância da Pesquisa de Marketing para o seu negócio?

A pesquisa de marketing oferece diversos benefícios tanto para o seu negócio como também para os seus clientes.

E agora que você já sabe para quê serve e a diferença entre ela e a pesquisa de mercado, eu vou te mostrar por que você deve investir nesse tipo de ação.

Melhorias nas suas estratégias de marketing

Com dados relevantes sobre a sua audiência e a sua concorrência, você pode escolher com mais clareza o que incluir na estratégia de marketing do seu negócio.

Dessa forma, você consegue otimizar os seus gastos e obter melhores resultados investindo em campanhas que tendem a dar mais retorno.

Principalmente se você está entrando agora no mundo do empreendedorismo. No começo, estabelecer as metas, orçamentos e custo para cada estratégia depende muito de intuição e testes.

Mas com uma pesquisa de marketing bem feita, você pode ter uma base e uma direção melhor para começar.

Identificação de tendências e oportunidades de negócio

O mundo do marketing digital está em constante mudança, seja por alteração nos hábitos de consumo de potenciais clientes ou até mesmo por causa de mudanças nos algoritmos das principais redes sociais e plataformas de anúncio.

A verdade é que se você não está atento aos efeitos que essas mudanças causam no processo de conquista de novos clientes, você pode estar ficando para trás.

Por isso é importante estar de olho nas tendências e oportunidades de crescimento para o seu negócio.

Isso não quer dizer que você deve apostar em tudo o que surge a todo momento, mas sim estar de olho nas mudanças, principalmente, em relação à forma como a sua audiência e potenciais clientes estão consumindo.

Assim, você terá uma noção de como ajustar as velas do seu negócio na direção do crescimento.

Acesso a informações de qualidade

Nem sempre você consegue encontrar fácil na internet as informações que você precisa sobre o seu público.

Por isso, os dados coletados através de uma pesquisa de marketing bem feita são valiosos para o seu negócio. Além de serem mais confiáveis.

Suporte para o time de vendas

Na hora de fechar a venda, os potenciais clientes do seu negócio podem apresentar algumas objeções, e os dados obtidos pela pesquisa de marketing podem ajudar você ou o seu time de vendas a resolver isso.

Para você entender, imagine a seguinte situação:

Você venda um curso que ajuda as pessoas a melhorarem o desempenho em um determinado esporte e uma das principais objeções dos seus potenciais clientes é: “esse método funciona para mim?”.

Se você tem dados que mostram a taxa de sucesso do seu curso, isso gera uma prova que reforça os argumentos a favor do seu negócio.

Além disso, os resultados da pesquisa também podem ser usados para melhorar a abordagem na hora da venda.

Como, por exemplo, utilizando o canal e a linguagem que a sua audiência prefere para assuntos relacionados a compra de produtos ou serviços.

Geração de conteúdo de valor para a sua audiência

Você pode utilizar os dados coletados na pesquisa para criar infográficos, relatórios, artigos para blog ou vídeos para o YouTube e outras redes sociais.

Tudo isso é uma forma de criar conteúdo que informa a sua audiência, ou seja, gera valor.

E quando você oferece algo de valor para o seu público a tendência é que ele queira retribuir de alguma forma e isso pode acelerar o processo de venda.

Geração de leads

Se você nunca ouviu falar nesse termo antes, a lead é um potencial cliente que você tem o contato, geralmente o email.

Não é um simples seguidor que te acompanha nas redes sociais, mas uma pessoa que já manifestou um interesse em saber mais sobre os seus conteúdos, produtos ou serviços.

Ou seja, é alguém que já deu um primeiro passo dentro do funil de vendas e está mais próximo de chegar até a compra do que alguém que só acompanha o blog ou o canal do YouTube do seu negócio.

Para gerar uma lead, você precisa conseguir o contato da pessoa e isso geralmente é feito oferecendo algo em troca.

Isso acontece quando alguém tenta baixar um ebook ou um infográfico gratuito e, antes de chegar na página de download, primeiro tem que colocar o email ou outra forma de contato, como se fosse um cadastro.

O conteúdo de valor que você gerar com os resultados da pesquisa de marketing, como você viu no tópico anterior, pode ser usado como recompensa no processo de geração de leads.

Essa é mais uma forma de utilizar a pesquisa para captar novos potenciais clientes para o seu negócio.

Construção de autoridade do seu nicho de mercado

Muitas vezes, o que faz um cliente escolher a marca A ao invés da marca B é o fato de a marca A ser uma referência no mercado.

E isso se constrói através de um produto ou serviço excelente, é claro, mas também por meio de autoridade.

Quando uma empresa passa por um processo de pesquisa de marketing, ela mostra para o público que, além de saber o que está fazendo, ela se importa em buscar informações de qualidade, o que gera confiança e credibilidade.

Além disso, os resultados da pesquisa que você divulgar podem ser citados por outras empresas e negócios, reforçando assim de forma indireta a relevância do seu negócio.

Benchmarking

A partir da pesquisa de marketing, você pode obter dados e informações sobre os seus concorrentes e o que eles estão fazendo nas estratégias de marketing deles e, assim, conseguir melhorar seus resultados.

Esse processo se chama benchmarking.

O interessante desse processo de avaliação é que ele mostra que você não precisa reinventar a roda para ter sucesso.

A partir do que as outras empresas estão fazendo, você pode enxergar tendências e melhorias para o seu próprio negócio.

Tipos de Pesquisa de Marketing

Tipos de Pesquisa de Marketing

Existem várias formas de conduzir uma pesquisa de marketing, tudo vai depender do seu objetivo e do tipo de resposta ou solução que você está procurando para o seu negócio.

Por isso, antes de te mostrar como realizar uma pesquisa, eu vou te explicar os tipos. Assim, você vai ter mais clareza na hora de realizar o passo a passo.

Exploratória

A pesquisa exploratória geralmente é feita antes ou de forma complementar a uma pesquisa mais específica.

Porque ela tem como objetivo explorar melhor uma situação desconhecida, ou seja, a pergunta ou problema que está buscando resolver ainda não está bem definido.

A partir desse tipo de pesquisa é possível entender melhor a situação e avançar para perguntas e problemas mais específicos.

Descritiva

Diferentemente do tipo anterior, a pesquisa descritiva busca descrever um problema específico e pontual para se chegar a uma conclusão de como solucioná-lo.

Experimental

A pesquisa experimental vai além de buscar uma descrição que procure resolver a questão inicial, ela tem a intenção de encontrar um explicação para o problema.

Por isso, ela também é conhecida como explicativa.

Nesse tipo de pesquisa, são testadas diferentes hipóteses com a intenção de medir e comparar resultados para chegar na melhor solução.

Esse é o caso de testes A/B, por exemplo, que controlam uma determinada situação com diferentes possibilidades para verificar qual é a melhor opção.

Passo a passo de como fazer uma Pesquisa de Marketing

Passo a passo de como fazer uma Pesquisa de Marketing

Realizar uma pesquisa de marketing é, de fato, uma tarefa complexa. Mas pode ficar tranquilo, porque com o passo a passo que eu vou te mostrar tudo vai ficar mais simples.

Eu dividi o processo para você em 9 passos para que você possa iniciar e concluir uma pesquisa de marketing de forma tranquila e desfrutando dos benefícios que eu te falei no começo do artigo.

#1 Defina um cronograma

Antes de colocar a mão na massa e começar a enviar questionários ou entrevistar pessoas, a primeira coisa que você precisa fazer é montar um cronograma.

É ele que vai te ajudar a se organizar e realizar cada etapa com tranquilidade.

Esse cronograma vai funcionar mais ou menos como um GPS, que te mostra o caminho que você precisa percorrer e te guia de uma etapa para a outra.

Se for necessário, você pode recalcular a rota, ou seja, ajustar o cronograma para que você tenha mais tempo de realizar uma etapa que demorou mais tempo que o planejado.

#2 Defina o problema da pesquisa

Qual é o seu objetivo? O que você quer responder ou qual problema você quer solucionar?

Essa etapa é como definir qual é o seu destino final no GPS, sem ele é impossível traçar uma rota.

Ou seja, de nada adianta começar uma pesquisa sem saber qual é o problema que você quer resolver com ela.

Se você fizer isso, você provavelmente vai acabar perdendo tempo e não vai encontrar resposta alguma, afinal de contas, você não tem uma pergunta definida.

#3 Defina o público

Antes mesmo de começar a coletar os dados, você precisa decidir quem são as pessoas que valem a pena entrevistar.

Por exemplo, imagine que o seu nicho está focado em atender gestantes e mães de recém-nascidos e você está fazendo uma pesquisa para descobrir quais são os canais de comunicação mais usados por esse público.

Não faz muito sentido você pedir para homens solteiros responderem ou participarem da sua pesquisa, porque eles provavelmente não vão te ajudar a encontrar a solução que você está buscando.

Além de focar os esforços em quem realmente importa, definir bem o público vai te ajudar a divulgar a pesquisa para as pessoas que você realmente precisa para que o resultado não fique tendencioso.

Por exemplo, se o seu negócio tem um alcance nacional, trabalhar com uma amostra de apenas de um estado vai gerar um resultado que pode não refletir a realidade dos seus clientes.

#4 Escolha o método de coleta

O método de coleta é a forma como você vai conseguir as informações que você precisa.

Usando a analogia do GPS, ele é o meio de transporte que você vai usar para chegar até o seu destino final.

Na pesquisa de marketing, você pode encontrar as respostas e soluções para o seu problema por meio de observações, experimentos, entrevistas e questionários.

#5 Elabore o questionário

O método mais comum de se fazer um pesquisa é por meio de questionário ou de entrevista.

Existem alguns tipos de perguntas que você pode fazer. Para facilitar esse processo, eu vou te explicar os tipos mais comuns.

Assim, você pode escolher aqueles que vão trazer as respostas que você está buscando para chegar na solução do problema do seu negócio.

Perguntas sobre dados demográficos

Perguntas sobre idade, gênero, localização e ocupação são importantes para entender melhor os participantes e segmentar as informações na hora de organizar o relatório final.

Por exemplo, elas podem ser usadas para observar se existem tendências de consumo diferentes dependendo da faixa etária.

Pergunta desqualificadora

A pergunta desqualificadora serve para evitar que pessoas que não fazem parte do seu público continue respondendo a pesquisa ou que você leve esses dados em consideração.

Retomando o exemplo da pesquisa direcionada para gestantes e mães de recém nascidos, por mais que homens solteiros não façam parte do seu público, pode ser que de alguma forma sua pesquisa chegue até algum deles.

Uma pergunta como “você é uma gestante ou mãe de um bebê de até 6 meses?” vai evitar que ele continue respondendo.

Geralmente esse tipo de pergunta requer uma resposta que seja “sim” ou “não” para facilitar o processo de qualificação ou desqualificação.

Perguntas qualitativas

As perguntas qualitativas normalmente são abertas, ou seja, não existem opções para o participante marcar e visam entender o posicionamento dele sobre um determinado ponto.

Perguntas de resposta fechada

As perguntas de resposta fechada são aquelas que o participante pode escolher uma (ou mais opções) entre as possibilidades já pré-definidas.

Elas podem ser de múltipla escolha, sim ou não, ranking (colocar na ordem de preferência), escala (avaliar um ponto de acordo com uma escala).

Uma vez que as perguntas do seu questionário ou entrevista estejam definidas, antes de passar para a próxima etapa, é interessante que você realize testes com um grupo pequeno para avaliar se as perguntas estão claras e são de fácil compreensão.

Assim, você pode fazer os ajustes necessários antes de que a pesquisa chegue de fato até o público.

#6 Faça a divulgação

Faça a divulgação

Agora que o questionário está pronto, é hora de divulgá-lo para as pessoas certas.

Para isso você pode usar as redes sociais do seu negócio, a sua lista de emails e até mesmo fazer parcerias.

Quanto mais pessoas do seu público tiver acesso ao questionário, melhor, pois os dados coletados provavelmente representarão melhor a realidade.

#7 Analise os dados

Depois que o prazo para o seu público responder a pesquisa tiver encerrado, você deve organizar os dados coletados e analisá-los.

Nesta etapa é importante que você tenha em mente o objetivo, ou seja, organize e olhe para os dados buscando encontrar a resposta para a pergunta ou problema que deu início a essa pesquisa.

#8 Prepare o relatório

Uma das últimas etapas para consolidar e encerrar a pesquisa é preparar um relatório com os resultados que foram obtidos.

É importante que neste relatório estejam informações sobre como a pesquisa foi realizada, em qual período e qual foi o método de coleta de respostas.

Dessa forma, quem tiver acesso a ele pode entender melhor a pesquisa.

E também porque, com essas informações, é possível repetir a pesquisa depois de um certo período para avaliar se houve mudanças ou o aparecimento de novas tendências.

#9 Divulgue os resultados

Por fim, você pode divulgar os resultados da sua pesquisa de marketing para que outras empresas possam usá-la como referência ou para gerar conteúdo de valor para o seu público.

Você pode tanto divulgar o relatório completo, como também infográficos e conteúdos mais reduzidos e de fácil compreensão.

Ah, e não se esqueça de divulgar os resultados para os respondentes da sua pesquisa. Essas é uma boa forma de agradecer e mostrar a importância da contribuição deles.

Conquiste novos clientes com a sua Pesquisa de Marketing

Conquiste novos clientes com a sua Pesquisa de Marketing

Como eu te falei no começo, um dos principais benefícios de se fazer uma pesquisa de marketing é capturar novas leads.

Essa é uma etapa muito importante para transformar um seguidor ou alguém que acompanha o blog ou site do seu negócio em cliente.

Para fazer isso, você pode oferecer infográficos ou o relatório final da sua pesquisa em troca do contato de email utilizando uma landing page totalmente otimizada para a conversão.

Nessas horas o Klickpages é o seu maior aliado.

Veja como é simples criar a sua landing page:

  • Escolha seu modelo: veja opções de alta conversão comprovada através de testes.

  • Customize a página: edite os textos, as cores e as imagens, além de ocultar elementos que pouco agregam.

  • Publique: por fim, é só publicar no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Conclusão

Pesquisa de Marketing Conclusão

Se você quer implementar estratégias que vão fazer o seu negócio crescer, precisa dar o primeiro passo que é determinar onde você vai investir seu tempo, dinheiro e esforço.

E a pesquisa de marketing é uma excelente forma de coletar dados internos e externos que vão te ajudar a entender melhor o seu nicho de mercado, comportamento dos consumidores e outras informações relevantes.

Tudo isso te permite encontrar soluções e oportunidades de crescimento para sua empresa.

Além disso, a pesquisa de marketing pode te ajudar a gerar mais leads, construir sua autoridade no mercado, a ajudar o seu time de vendas com informações de qualidade e até mesmo a gerar conteúdo de valor para o seu público.

Por isso, vale a pena você dedicar um pouco do seu tempo para realizar esse serviço.

Neste artigo, eu te mostrei quais são os tipos de pesquisa e como você pode conduzir a sua.

Sei que pode parecer uma tarefa um tanto complexa, mas com os 9 passos que eu te dei, provavelmente vai ficar mais fácil de você alcançar o seu objetivo.

E aí, você já fez uma pesquisa de marketing antes ou está planejando fazer uma? Me conta aqui nos comentários! 😉

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Hugo Rocha é co-fundador da Ignição Digital e do Klickpages. Já atuou diretamente nos bastidores dos maiores lançamentos digitais do Brasil. Atualmente está a frente da equipe de tráfego e crescimento da Ignição Digital e Klickpages liderando pessoalmente mais de R$ 4 milhões de reais em investimento em tráfego nos últimos 12 meses com ROI acima de 300%.