Página de captura: por que ter uma não vai te fazer capturar mais leads

Página de captura: como criar uma e 5 dicas para aumentar a conversão

Ter uma página de captura não vai te fazer capturar leads.

Eu sei que a frase acima parece completamente sem sentido, afinal capturar leads é o objetivo de uma página de captura. 

Mas acompanha o raciocínio comigo. 

O seu nível de preocupação com a página de captura pode ser exatamente o motivo pelo qual você não consegue aumentar a sua lista de potenciais clientes.

E existem dois cenários clássicos sobre isso. 

O primeiro é de nível de preocupação baixo demais. 

É quando você fica tão focado em anunciar e divulgar a sua página de captura, fazer as pessoas chegarem até ela, que não percebe que ela é um muro de tijolos que não deixa ninguém chegar perto. 

Você não se preocupa em fazer uma página otimizada para conversão e aí, é claro, ela não converte. 

O segundo cenário é de nível de preocupação alto demais. 

Aqui, você dedicou quase todo o seu tempo e energia para criar uma página de captura de primeira, mas esqueceu de todo o resto da estratégia de geração de leads, como divulgar a página ou oferecer uma recompensa de valor. 

Mais uma vez, ela não converte.

É por isso que eu disse aquilo lá no início. Seja em um extremo ou em outro, apenas colocar uma página de captura no ar não vai trazer novas leads. 

Você precisa olhar para o todo, pensar em cada parte do processo para não apenas alimentar sua lista de leads, mas também nutrir essas leads até que estejam prontas para virarem clientes fiéis.

Só aí a página de captura será realmente sua aliada para fazer o seu negócio crescer.  

Então fica aqui comigo porque nas próximas linhas eu vou te mostrar:

  • os elementos essenciais de uma página de captura

  • como criar a sua em apenas 3 passos

  • e 5 dicas para aumentar as suas conversões

Mas antes, quero falar rapidamente sobre…  

O que é a página de captura e por que ela é importante? 

O que é a página de captura e por que ela é importante?

A página de captura é um espaço cujo único objetivo é conseguir o contato do visitante para transformá-lo em uma lead (cliente em potencial). 

Ela é uma etapa dentro da estratégia de geração de leads.

Aqui, o visitante dá o contato dele em troca de uma recompensa (seja um ebook, infográfico, whitepaper, vídeo, enfim). 

Ou seja, a página de captura é um tipo de landing page. Digo um tipo porque existem landing pages com outras funções além de capturar leads, como encaminhar para uma página de vendas, por exemplo. 

Mas por que ela é importante?

Pensa comigo. 

Você já perdeu amizades de anos porque não falava mais com a pessoa? Ninguém brigou com ninguém, a vida simplesmente aconteceu, vocês pararam de se falar e a amizade ficou para trás?

Ao mesmo tempo, já aconteceu de conhecer uma pessoa nova e se tornar tão próxima a ela que em poucas semanas vocês são melhores amigos?

Eu sei que já rolou comigo. No meu casamento, deixei de convidar amigos distantes para chamar amigos recentes apenas porque meu contato com os novos amigos era muito maior. 

Estou te falando isso porque a mesma coisa acontece com seus clientes em potencial.

Se a "amizade" esfria, ele meio que esquece que você existe e corre para a concorrência quando tem a chance. 

Mas, quanto maior é o seu relacionamento e quanto mais sólida é a confiança dele em você, maiores são as chances de vender seu produto ou serviço. Porque as pessoas tendem a comprar de quem confiam.

É aí que as páginas de captura entram. A conversão de visitantes em leads é o primeiro passo para fortalecer esse relacionamento.

Com sua lista de contatos em mãos, você pode estreitar os laços com conteúdos de alto nível até que as leads estejam prontas para comprar de você, ou manter o contato com atuais clientes para não deixar o relacionamento com a sua marca esfriar.

Por isso páginas de captura são importantes.

Dito tudo isso, quero te mostrar os elementos essenciais de uma para você não errar na estrutura. 

Elementos essenciais de uma página de captura

Elementos essenciais de uma página de captura

Lembra o que eu te falei no início sobre ter um nível de preocupação baixo com a sua página de captura? 

Então, nas próximas linhas você vai ver a estrutura ideal de uma página de captura para não cometer mais esse erro

São basicamente 6 elementos que merecem a sua atenção (vou ilustrar com exemplos internos para você ver como é). 

E talvez você se pergunte… por que tanta informação em uma página que tem como objetivo conseguir o contato de potenciais clientes?

Primeiro porque quanto mais argumentos a seu favor, melhor. 

Tem visitante que vai chegar até sua página de captura com uma pulga atrás da orelha. E como vou te mostrar, cada elemento ajuda a persuadi-lo para que ele se torne sua lead. 

Segundo porque os espertos jogam o jogo do Google e sobre isso eu vou me aprofundar já já.

Mas, por enquanto, é importante você saber que os elementos essenciais de uma página de captura são:

Headline

Headline

A headline é o título da sua página de captura. 

É por ela que você chama a atenção do visitante e deixa sua promessa clara. 

Já ouviu falar no princípio de Pareto ou princípio do 80/20, no qual 80% do resultado vem de 20% do esforço? 

Pois é, na sua página de captura 80% da atenção do visitante é causada por 20% do seu conteúdo, ou seja, a headline.

A sua headline pode ser a diferença entre a pessoa continuar na página para ver o que mais você tem a oferecer ou simplesmente virar as costas, já que 90% dos visitantes que leem a headline também vão ler a chamada para ação

Por isso, dê atenção a esse item. 

Chamada para ação

Chamada para ação

Além de causar impacto e chamar a atenção com a headline, você precisa fazer uma CTA (chamada para ação) que realmente faça a pessoa agir.

Não se esqueça que o único objetivo da sua página de captura é converter visitantes em leads, mas se sua CTA for fraca ou inexistente, ninguém vai saber direito o que fazer. As pessoas vão ficar confusas.

E o fato é que confusão gera estagnação. 

É só pensar em quanto tempo você demora para escolher um filme na Netflix… tem tanta opção disponível que eu fico igual barata tonta quando é minha vez de procurar um filme (e muitas vezes desisto). 

Portanto, tenha uma chamada para ação clara e objetiva que não gere dúvidas na cabeça do visitante sobre o que ele deve fazer.  

Pode ser baixar uma recompensa como um ebook, infográfico, enfim. O importante é focar em apenas uma oferta para não gerar confusão.

E só prestar atenção nisso já te coloca na frente, já que 48% das páginas contém mais de uma oferta

Formulário para inscrição

Formulário para inscrição

O objetivo da sua CTA é fazer o cara preencher o formulário de inscrição da página de captura. 

É aqui que ele dá o contato em troca da recompensa.

Você pode pedir o email, telefone, nome, empresa na qual trabalha e outras informações que sejam pertinentes.

Mas eu não recomendo que você sobrecarregue seu visitante com tantos campos para preencher. Quanto menos informações você pedir nesse momento, melhor.

Pensa comigo.

Se a pessoa ainda é um visitante da sua página que você quer que converta em lead, as chances são que ele ainda não te conhece muito bem.

Imagina que desconfortável um estranho te pedir mil informações. Não sei você, mas eu, como usuária, acho ruim ter que fornecer um monte de informações em troca da recompensa. 

Nem banco pede tanto dado assim, gente. 

Por isso, sugiro que você foque em solicitar o email ou, no máximo, email e telefone.

Caso você precise de outras informações para segmentar suas leads, pode pedi-las depois quando essa lead já tiver avançado um pouco nas etapas do funil de vendas e já confie mais em você para passar os dados. 

Benefícios

Benefícios

Você distribui seu endereço de email ou telefone pelos quatro ventos? Acredito que não.

A mesma coisa acontece com o visitante da página de captura. Ele não vai dar o contato de graça.

Então, qual é o benefício em tomar essa ação? Você precisa deixar bem claro.

Aqui entra a recompensa, como um ebook. Esclareça o que a pessoa vai aprender com esse ebook que seja tão valioso ao ponto dela te passar o contato. O porquê de baixá-lo. 

Também vale explicar brevemente o conteúdo de cada capítulo.

É uma relação de ganha-ganha: você ganha o contato e o visitante ganha algo de valor em troca. 

Uma breve bio sobre você ou sua empresa

Uma breve bio sobre você ou sua empresa

É provável que o visitante que chegou até sua recompensa não saiba muito sobre você ou sua empresa. Talvez ele nem saiba que você existe e está interessado apenas na recompensa naquele momento. 

Só que, quanto mais consciente ele estiver, maiores as chances de se tornar um cliente no futuro. Essa é a sacada da bio na sua página de captura.

Ela não precisa ser extensa, um breve resumo já resolve. Aí, depois da conversão em lead, você pode trabalhar mais a fundo na conscientização sobre você e sua marca para realizar a venda.

Prova social

Prova social

Esse é um dos gatilhos mentais mais poderosos para causar a ação que você deseja.

Um exemplo prático: quase todo sábado uns amigos meus vão tomar açaí no mesmo lugar e postam fotos das tigelas mega elaboradas.

Eu não conheço o lugar, nem sabia que existia. Mas só porque essas pessoas vão lá constantemente, tiram fotos e falam bem da comida, eu estou doida para ir.

Não só quero experimentar o açaí de lá, como estou convencendo duas outras amigas a irem junto comigo.

É assim que a prova social funciona: quanto mais pessoas falando sobre ou consumindo determinada coisa, mais gente tende a querer também. 

Por isso, se puder, coloque na sua página de captura depoimentos de quem já recebeu a sua recompensa ou comprou seu produto ou serviço para ajudar novos visitantes a tomarem a ação que você quer. 

Pronto. Agora que você sabe os elementos essenciais da página, é hora de ver como criar a sua. 

Como criar uma página de captura em 3 passos

Como criar uma página de captura em 3 passos

Não faz muito tempo desde que saber como criar páginas na internet exigia muito conhecimento técnico. Basicamente, só a galera formada na área conseguia concluir a missão.

Mas até os melhores programadores levavam um tempo considerável para criar item por item.

Só que hoje existem ferramentas que te ajudam a criar e customizar páginas em poucos cliques, com agilidade e sem necessidade de conhecimento ou experiência com programação. 

E quando o assunto é landing pages, o Klickpages é a minha dica para você.

Porque com apenas 3 passos você cria suas páginas de captura (e muitos outros tipos). 

  • Passo 1 – Escolha seu modelo: veja opções de alta conversão comprovada por testes. Você pode escolher um dos templates prontos do KP, ou fazer tudo do seu jeitinho, como pintar uma tela em branco.

  • Passo 2 – Customize a página: as páginas são divididas em seções para facilitar a customização. Seção por seção, você edita todos os elementos, desde textos do cabeçalho e rodapé, até logotipo, links, descrições, formulários, cores e imagens.

  • Passo 3 – Publique: publique no próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem. 

Nesse vídeo tutorial dá para ver como é fácil:

E caso você esteja se perguntando… Sim, você ainda pode contratar algum cara da TI para criar sua página do zero.

Mas o fato é que não vale a pena. 

Primeiro porque vai demorar mais para finalizar todos os detalhes.

Sem contar que, se você precisar de alterações na página, vai depender da disponibilidade de terceiros para fazê-las para você. 

E vamos combinar: nem sempre eles estarão disponíveis para te atender na hora, diferente do KP onde você faz tudo em poucos cliques e vê as alterações em tempo real. 

No artigo O que é Klickpages: a ferramenta para você focar em resultados (e não em tarefas), você encontra detalhes sobre o KP e suas principais funcionalidades, como a proteção de conteúdo e o redirecionamento inteligente

5 dicas para aumentar as suas conversões

5 dicas para aumentar as suas conversões

Aqui no blog, a galera já falou sobre os 22 erros ao criar landing pages que estão matando as suas conversões e demos 15 exemplos de páginas criativas e matadoras

Mas hoje, eu quero te contar 5 dicas para converter visitantes em leads com uma página de captura otimizada, alimentar sua lista de contatos e vender mais

A primeira delas é… 

1 – Tenha um plano de geração de leads

Um anúncio por si só não converte.

Uma página de captura por si só não converte.

Uma lista de contatos por si só não converte.

Ter um plano de geração de leads e pensar em todas as etapas do processo, isso sim converte. 

O erro, como eu te falei desde o início desse texto, é esquecer que se trata de uma estratégia de médio e longo prazo, não etapas isoladas para gerar resultado para ontem.

Portanto, conheça a fundo o público que você quer converter, elabore uma recompensa de valor, capriche na otimização da página de captura, crie sua lista e nutra suas leads com conteúdos de qualidade.

Assim, passo a passo, elas vão chegar mais perto de se tornarem suas clientes.

É como aquele ditado: quem é apressado come cru e quente. 

Para saber mais sobre essa estratégia, veja o artigo Geração de leads: a forma mais eficiente de vender na internet aqui do blog do KP.

2 – Direcione a sua comunicação para quem tem interesse

O meu marido adora filmes de heróis, histórias em quadrinhos e todo esse universo geek. Quando tem algum evento relacionado a esses gostos, ele fica maluco para ir e quer que eu vá junto. 

Só que essa não é a minha praia. Prefiro mil vezes ficar em casa assistindo a filmes antigos de faroeste do que ir a esses eventos ou passar 3h da minha vida vendo um filme dos Vingadores (desculpa, mundo).

Por que estou falando isso?

Porque se o seu público é como o meu marido, não adianta tentar convencer pessoas como eu a baixarem o seu ebook ou verem o seu vídeo.

Ou seja, não adianta falar com quem não tem interesse em te ouvir. 

Então, além de saber tim tim por tim tim de quem é a sua persona, tenha claro em que estágio do funil de vendas o seu cliente em potencial está para oferecer a recompensa ideal para ele.

Se você vende um curso online de pintura, não adianta oferecer um guia com técnicas avançadas para iniciantes, por exemplo.

Portanto, antes de sequer criar a sua página de captura, esses pontos precisam estar claros para que você não corra o risco de errar na comunicação. 

3 – Crie sua lista lead por lead

Crie sua lista lead por lead

Atalhos ou caminhos alternativos às vezes podem ser ótimos para fugir do trânsito ou explorar novas rotas. 

Mas quando o assunto é criar sua lista de leads, atalhos podem acabar com a sua estratégia.

E por atalhos, entenda comprar listas prontas ou usar a lista de outra pessoa que não tem nada a ver com o seu negócio

Mas por que isso é um tiro no pé? Porque a pessoa não te deu autorização para falar com ela.

Aí, é bem provável que ela simplesmente te ignore, ou pior: te coloque na lista de spam ou na lista-de-empresas-inconvenientes para ela. 

Nem dá para culpar a pessoa. É como se um completo estranho te mandasse mensagem do nada. Não sei você, mas eu bloquearia na hora.  

Por isso, antes de sequer pensar na sua página de captura, pense na integridade em conseguir os contatos para a sua lista. Capture lead por lead e colha os resultados no futuro. 

4 – Jogue o jogo do Google

Há pouco eu te falei que explicaria em detalhes por que você deve jogar o jogo do Google e ter várias informações na sua página de captura.

O motivo para entrar no jogo é simples: porque ter informação faltando pode prejudicar os seus anúncios. Aqui na empresa, já tivemos anúncios reprovados no Google porque o rodapé não estava completo, por exemplo.  

O Google entende que a experiência do usuário é melhor quando você coloca o máximo de informações porque assim a pessoa sabe com quem está falando e quem é o responsável pela página, antes de te dar o contato dela. 

No rodapé, por exemplo, sacamos que é importante colocar o endereço e o CNPJ da empresa para aumentar a credibilidade da página aos olhos do Google. 

Mas você também pode acrescentar outros elementos. 

Se sua recompensa for um ebook, dá para dizer quanto tempo de leitura, quantas páginas, quantas pessoas já baixaram, além dos componentes que já te mostrei nesse artigo. 

Dica: você pode fazer tudo isso com o Klickpages. 😉

5 – Ofereça algo de valor em troca do contato

Sabe aquelas brincadeiras de programa de auditório que o participante entra numa cabine isolada e precisa responder "sim" ou "não" para as ofertas do apresentador e na última pergunta acaba trocando um videogame de última geração por um ursinho de pelúcia?

Pois é, o seu cliente em potencial não quer se sentir assim. E você, como cliente em potencial de outras empresas, provavelmente também não quer.

Ou seja, ele não quer sentir que dá o contato dele em troca de uma recompensa ruim. 

Então, antes de criar sua página de captura, dedique atenção para fazer uma recompensa que realmente gere valor para sua lead, ajude a resolver algum problema ou sanar alguma dor e, ao mesmo tempo, a conscientize sobre sua empresa, produto ou serviço. 

Como te falei lá no início, é uma troca ganha-ganha. Você ganha novas leads e suas leads ganham uma recompensa de valor. 

Conclusão

Página de captura Conclusão

Nas últimas linhas você viu que simplesmente ter uma página de captura não vai te fazer capturar leads.

Ela é uma etapa dentro da estratégia de geração de leads e não um passo isolado e independente. 

Eu te mostrei que o único objetivo de uma página de captura é converter visitantes em leads. Esse é o primeiro passo para criar sua lista de contatos, desenvolver o relacionamento com a lista e só então vender. 

Você também sabe que a headline, a chamada para ação e o formulário de inscrição são alguns dos elementos essenciais de uma página de captura.

Além disso, viu que com apenas 3 passos você consegue criar a sua com o Klickpages: basta escolher o template, customizá-lo e clicar em publicar. 

Por fim, te dei 5 dicas para aumentar as suas conversões, desde direcionar sua comunicação para quem tem interesse em te ouvir, até jogar o jogo do Google e criar sua lista lead por lead.

Pronto! Agora é com você. Não esquece de me contar nos comentários se você já usa o Klickpages para criar suas páginas. 

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Nathalia Melo

Na identidade é Nathalia, mas pode me chamar de Nath. Faço parte do time de conteúdo do Klickpages e me amarro em escrever sobre marketing digital e empreendedorismo. Pratiquei circo por três anos, agora me aventuro no levantamento de peso olímpico e adoro assistir jogos de basquete (por isso o tanto de analogia com esporte nos meus artigos). No time de conteúdo, sou a "mãezinha" da galera. No fone de ouvido, sou uma senhorinha de 80 anos. Na vida, converso sobre assuntos aleatórios, desde composição de shampoo até o sentido da existência humana.

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)