Otimização de sites: o que é e 7 técnicas para você otimizar o seu

Otimização de sites: o que é e 7 técnicas para você otimizar o seu

Como fazer otimização de sites?

Não é só você que tem essa dúvida, pode apostar.

O potencial de geração de tráfego na web é tão grande que não dá para deixar a oportunidade passar.

Um site bem otimizado pode ser a porta de entrada para futuros clientes. Mas antes de pensar em convertê-los de visitantes a compradores, é preciso preparar bem o ambiente para recebê-los.

Arrumar a casa é o básico para abrir as portas para as visitas. Agora, se você quer que elas fiquem encantadas com você, o anfitrião, precisa fazer algo a mais. Como servir um bolo feito na hora ou um lanche gostoso.

Esse algo a mais é a otimização de sites e é sobre isso que irei falar neste artigo.

Nas próximas linhas vou explicar como esse processo funciona e destacar as técnicas que você precisa conhecer antes de preparar sua estratégia.

O que é otimização de sites?

O que é otimização de sites?

A otimização de sites se refere ao processo de melhorar a experiência do usuário dentro de uma página na internet.

Para que isso aconteça, você faz faz alguns ajustes pessoais para aumentar as chances de ele realizar uma determinada ação, como um clique ou compra, o que se traduz em melhores taxas de conversão.

Nesse contexto, é quase como um processo científico:

Você elabora uma hipótese para uma mudança que acredita que aumentará a taxa de conversão.

Então, testa essa hipótese, aplicando um teste A/B para experimentar uma ou mais variações nas páginas do website e determinar quais delas resultarão em mais conversões.

Se a sua hipótese estiver correta e as conversões aumentarem, é só mudar para o novo formato.

Caso contrário, é melhor manter a versão original e rodar novos testes até encontrar a variação mais adequada.

E funciona? As chances de dar certo são muito altas.

E tem ainda o bônus de aprender sobre o público-alvo, seus hábitos, interesses e preferências, o que permite a você testar ideias ainda melhores no futuro.

Os 3 pilares do SEO

Os 3 pilares do SEO

Muitas são as técnicas e estratégias para ranquear bem um site no Google.

São ações que integram os esforços de SEO, sigla para Search Engine Optimization, que nada mais é do que a otimização de sites.

Mas se eu tivesse que eleger os três pilares fundamentais, seriam estes aqui:

  • Relevância: priorizar os temas de maior interesse do público e entregar uma resposta de valor às suas buscas na web;

  • Conteúdo: produzir conteúdo de valor, que resolva uma dúvida específica do usuário;

  • Autoridade: ser uma referência para os usuários e os mecanismos de busca.

Como funciona a otimização de sites?

Como funciona a otimização de sites?

Pode até parecer um tanto complexo, se você for analisar todos os diferentes fatores que afetam a classificação do site em um mecanismo de busca.

Mas o processo básico não é difícil de entender.

O objetivo de um site de buscas, como o Google é entregar resultados que não são apenas de alta qualidade, mas também relevantes para aquilo que o usuário está procurando.

Para isso, ele rastreia o conteúdo e a estrutura de vários sites para entender melhor o que cada um oferece e como é a navegação neles, entre outros fatores.

A partir daí, recompensa aqueles que oferecem a melhor resposta à dúvida do usuário junto a uma boa experiência na página.

E a recompensa é colocar esses sites nas posições mais altas da página de resultados do mecanismo de busca.

Assim, para ajudar a garantir que seu site esteja próximo do topo para palavras-chave relevantes, as otimizações podem ser feitas no conteúdo, no on-page e off-page.

Dá só uma olha em cada uma dessas abordagens que vou mostrar agora:

Conteúdo

Quanto mais envolvente e eficaz o conteúdo que você tiver em seu site, maior a probabilidade de os visitantes acharem que o tempo que eles passam no seu site realmente vale a pena e converterem em leads (ou mesmo em vendas).

Crie conteúdos em torno de palavras-chave relevantes para o público, pois isso aumenta suas chances de classificação mais alta na primeira página de resultados do Google que, cá entre nós, é o que realmente importa.

Outro fator que pode afetar a classificação é a frequência que você publica novos conteúdos.

Se publicar sempre no mesmo dia e horário, acaba doutrinando o buscador, marcando encontro com ele para que volte ao seu site.

Você também pode atualizar seu conteúdo de tempos em tempos, reescrevendo ou acrescentando novas informações e estatísticas, por exemplo, para torná-lo ainda mais eficaz.

On-page SEO

Os fatores SEO on-page estão presentes no próprio site, como conteúdo, título, meta description, links internos, imagens com alt text, entre outros.

São os aspectos sobre os quais você tem controle total, o que significa que pode trabalhar para melhorar esses fatores ao longo do tempo, seguindo as práticas recomendadas para SEO.

Off-page SEO

Além dos elementos de SEO on-page, há também fatores de SEO fora da página que podem afetar sua classificação.

Entre eles, estão links externos de outros sites, compartilhamento nas redes sociais, entre outros.

Embora você não tenha controle direto sobre o que acontece fora de sua organização, você pode aumentar suas chances de melhorar o SEO fora da página simplesmente criando conteúdo de qualidade e que não tem data de validade que outros acharão valioso.

Quanto mais relevante e interessante for o seu conteúdo, maiores são as chances de outros sites se conectarem a ele e do seu público compartilha-lo nas redes sociais.

Quando os usuários confiam no seu conteúdo, os mecanismos de busca fazem o mesmo.

Em quanto tempo se tem o retorno do investimento (ROI)?

Em quanto tempo se tem o retorno do investimento (ROI)?

Dúvida cruel!

Quando começo a ver os resultados dessa otimização nos meus lucros de fato?

Você não está errado por querer ver logo o retorno do investimento em otimizações no seu site, mas SEO costuma exigir paciência.

Os resultados tendem a ser consistentes, mas nem sempre aparecem no curto prazo.

Se seu mercado tem uma competitividade baixa, provavelmente você conseguirá notar os primeiros resultados a partir de 3 meses ou, quando bem feito, talvez até mesmo antes disso.

Agora, se o nicho tem um certo grau de competitividade, é possível notar os resultados a médio e longo prazo, mais ou menos a partir de 6 meses.

Você estará lidando com palavras-chave com concorrência alta, o que acaba dificultando esse processo de ranqueamento.

Mas há algo que não muda: quanto maior for o seu esforço para otimizar essas palavras, mais rápido será o retorno.

Por que investir em otimização de sites?

Por que investir em otimização de sites?

E se eu dissesse que você poderia obter muito mais conversões do seu tráfego atual com a otimização, estaria interessado?

Se a resposta for sim, você definitivamente deve otimizar seu site.

O ideal é que qualquer cliente em potencial que visite seu site goste do que ele vê e tome alguma ação, seja ligar para você, enviar um formulário de lead ou inscrever-se em uma newsletter, por exemplo.

Assim, quanto melhor o seu site atender às necessidades dos usuários, maior a probabilidade de haver uma conversão.

Exigir mais tráfego em um site que não funciona para seus clientes em potencial é um desperdício de dinheiro.

Dessa forma, ao otimizar suas páginas, você melhora a experiência dos usuários.

Também consegue obter maior valor do tráfego que já está direcionando para seu website, aumentando a taxa de conversão sem elevar os custos.

E quem não quer isso?

7 Técnicas de SEO para você otimizar seu site e aumentar seu tráfego

7 Técnicas de SEO para você otimizar seu site e aumentar seu tráfego

Agora que você sabe como funciona a otimização de sites e por que ela é importante para seu negócio, vamos ao que interessa: como fazer isso na prática?

Em primeiro lugar, entenda que não existe um método secreto ou fórmula mágica para se classificar como o número 1 no Google.

No entanto, você pode alcançar ótimos resultados e melhorar drasticamente o ranking orgânico do seu site aplicando as melhores práticas de SEO.

Quer ver só? Vamos começar!

1. Comece pelos títulos e meta tag description

Supondo que você já tenha feito sua pesquisa de palavras-chave, o título é um dos elementos de SEO mais importantes na página.

Serve para informar aos usuários e mecanismos de busca sobre o assunto abordado e por que a página é relevante para determinada palavra-chave.

Por isso, o ideal é que cada página do seu site tenha um título exclusivo.

Isso aumenta a visibilidade e acaba influenciando a taxa de cliques também, já que os mecanismos de pesquisa vão destacar o título se um usuário pesquisar por aquelas palavras-chave específicas.

Para aumentar as chances de sucesso, mantenha o título com 55 caracteres ou menos, incluindo espaços.

Já a meta description, embora não seja tão importante quanto o título no ranqueamento, é valiosa para fazer os usuários clicarem na página de resultados do Google ou outro mecanismo do tipo.

Ela funciona como uma breve descrição do conteúdo da página. O tamanho recomendado é entre 150 a 160 caracteres.

Esse é o momento também de usar palavras-chave com sabedoria, pois as SERPs (páginas de resultados do Google) destacam os termos que o usuário pesquisou, aumentando a probabilidade de ele clicar no seu link.

Dito isso, sua meta description precisa ser atraente o suficiente para chamar a atenção do usuário e induzi-lo ao clique.

2. Crie alt tag para suas imagens

Alt tag é uma etiqueta para imagem.

Assim como título e meta description, todas as imagens do seu site devem usar alt tags apropriadas.

Elas também devem ser amigáveis para SEO. Ou seja, o ideal é incluir as palavras-chave no nome da sua imagem.

Uma dica: use traços entre as palavras, ao invés de underline, e evite utilizar caracteres não alfanuméricos (&, %, $, etc.).

Além de influenciar no ranqueamento nos mecanismos de busca, as alt tags também são um ponto positivo para acessibilidade.

Se alguém estiver usando um leitor de tela, por exemplo, será capaz de ouvir o que é essa imagem.

Vale lembrar que a pesquisa por imagens também atrai um tráfego valioso.

3. Faça uma auditoria da estrutura do seu site

A estrutura do seu site desempenha um papel crucial no SEO.

Ter um sitemap (arquivo com dados relevantes do site) bem elaborado ajuda o Google a rastrear facilmente todas suas páginas e indexar seu website.

Se você tem um site WordPress, pode gerar um sitemap através de plugins, programas que adicionam funções, como Sitemap XML ou Google XML Sitemaps.

Depois de criar o sitemap, é preciso fazer uma auditoria nessa estrutura para identificar pontos e páginas com fraco desempenho, corrigindo o que for necessário para reverter a situação.

Se você não tem ideia de como fazer isso, pode usar a ferramenta do QuickSprout.

Basta acessar o site, inserir o URL da página que deseja auditar e, em seguida, analisar os dados e ajustar o que for preciso.

4. Criar landing pages mais otimizadas para ajudar na otimização de sites

Criar landing pages mais otimizadas para ajudar na otimização de sites

As landing pages de produtos ou campanhas publicitárias também costumam ser uma área do site que pode – e deve – ser otimizada.

Devido ao tráfego de alta qualidade que está sendo enviado para elas por anúncios, e-mail ou mídias sociais, é preciso que tenham uma estrutura que garanta boa legibilidade para aumentar a taxa de conversão.

Assim, as palavras-chave devem ser bem colocadas no título, no URL, na meta description e, claro, no conteúdo, o qual deve explicar para o usuário exatamente o que ele ganha com aquela oferta.

Existem ferramentas como o Klickpages, que possibilitam a você criar landing pages matadoras dentro da própria plataforma e fazer seu negócio crescer.

O melhor de tudo é não é preciso conhecimento de programação para criar suas páginas nessa ferramenta.

O design em blocos é bem intuitivo e você pode personalizar de acordo com a sua preferência, otimizando suas palavras-chave e garantindo uma alta taxa de conversão.

5. Faça seu site responsivo e otimizado para dispositivos móveis

Você já deve ter notado que os dispositivos móveis transformaram a forma de consumir conteúdo e informações.

Grande parte das pessoas utilizam seus celulares para buscar produtos ou soluções para seus problemas.

As informações estão ali, na palma da mão.

Nesse contexto, é importante criar seu site já pensando em como será a visualização e a navegação em dispositivos móveis, como celulares e tabletas. Ou seja, é preciso que ele tenha um design responsivo para evitar que os usuários saiam da sua página.

Basicamente, o design responsivo encolhe ou cresce de acordo com o dispositivo utilizado para acessar o conteúdo.

Além de influenciar vários fatores, como a velocidade do site, vale lembrar que o design responsivo é o padrão de design recomendado pelo Google.

6. Trabalhe a linkagem interna para outras páginas do site

Trabalhe a linkagem interna para outras páginas do site

Em poucas palavras, a linkagem interna refere-se a um link em uma página que aponta para outra página no mesmo site.

Esse processo é importante porque ajuda a fortalecer as palavras-chave internamente para essas páginas.

E sem esquecer que isso informa aos mecanismos de pesquisa que a página é relevante para determinada palavra-chave.

Se você não sabe por onde começar, um boa maneira de aplicar essa prática é usar o conteúdo dos artigos no seu blog.

Talvez você tenha percebido que, ao longo deste artigo, eu usei links para outros conteúdos aqui do blog.

Isso ajuda seus usuários a passarem mais tempo em seu website, visitando outros artigos úteis.

Um tempo médio melhor no seu website leva a uma taxa de rejeição mais baixa e a uma melhor experiência do usuário.

Basta selecionar um bom texto âncora – com as palavras-chave certas – para usar no link e atrair a atenção de quem estiver lendo.

7. Remova conteúdo duplicado

Uma coisa é certa: conteúdo duplicado pode ser o pior inimigo do seu site.

O Google leva muito a sério a penalização de sites com conteúdo, descrições ou títulos duplicados.

Por isso, nada de “Ctrl C + Ctrl V” no conteúdo de outros sites.

Se você quer ter uma boa colocação no ranking das páginas de resultado, o conteúdo do seu site deve ser único e genuíno.

Ferramentas como o CopyScape ou o Google Webmaster Tools são boas pedidas quando se trata de detectar problemas de conteúdo duplicado em websites.

Crie landing pages para capturar leads com o Klickpages

Crie landing pages para capturar leads com o Klickpages

Em tópicos anteriores, já dei a dica, mas não custa repetir: uma landing page caprichada é fundamental para gerar leads para o seu negócio.

Então, faça isso a partir do seu site, oferecendo um material rico, coletando os contatos do visitante e, depois, direcionando abordagens mais específicas para ele.

Não sabe como criar uma landing page?

Faça isso em apenas três passos no Klickpages:

  1. Escolha o modelo: conheça opções de alta conversão comprovada através de testes.

  2. Customize a página: na sequência, é só editar os textos, as cores e as imagens, além de ocultar elementos que pouco agregam.

  3. Publique: está tudo pronto? Então, publique no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Conclusão

Conclusão Otimização de Sites

Depois desse artigo, você tem todas as ferramentas na mão para fazer a otimização do seu site.

As técnicas de SEO que falamos acima podem ajudar você a aumentar seu tráfego orgânico, mas tenha em mente que esse é um trabalho que não dá resultados da noite para o dia.

É preciso planejamento, frequência, monitoramento e muito esforço.

A boa notícia é que, quando feito corretamente, você obtém muitos benefícios a médio e longo prazo.

Tem mais alguma dica sobre SEO ou quer deixar sua opinião? Me conta aqui embaixo nos comentários.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Hugo Rocha

Hugo Rocha é co-fundador da Ignição Digital e do Klickpages. Já atuou diretamente nos bastidores dos maiores lançamentos digitais do Brasil. Atualmente está a frente da equipe de tráfego e crescimento da Ignição Digital e Klickpages liderando pessoalmente mais de R$ 4 milhões de reais em investimento em tráfego nos últimos 12 meses com ROI acima de 300%.

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)