O que é CTR: a métrica que mede a eficiência de pontos cruciais da sua estratégia de marketing

O que é CTR, importância e como aumentar sua taxa de cliques

Se você não sabe o que é CTR e nem acompanha essa métrica, você provavelmente está perdendo pontos valiosos na jornada para bater suas metas de vendas.

Isso porque o caminho entre você conquistar um potencial cliente, transformá-lo em cliente e depois em um embaixador da sua marca funciona como uma corrida de revezamento.

Em cada etapa do processo de conversão, você tem um canal de marketing envolvido ou uma estratégia que vai levar o cliente para a próxima fase.

Por exemplo, você pode usar o YouTube para formar uma audiência, depois oferecer uma recompensa através de uma landing page para conquistar o contato de potenciais clientes.

Através do e-mail marketing, pode nutrir e educar essas leads e, então, fazer a sua oferta através de uma página de vendas.

É como se cada uma dessas estratégias e canais fossem um corredor e o cliente é o bastão que é conduzido de um estágio para o outro durante o revezamento.

A grande sacada aqui é que um dos pontos mais importantes e cruciais da corrida de revezamento é a passagem do bastão.

Todo o resultado da corrida pode ser comprometido se a troca não é bem feita. Uma equipe pode até ser desclassificada por uma entrega incorreta.

No marketing, isso quer dizer que se na transição entre um canal e outro, uma estratégia e outra, um potencial cliente não passa de um estágio a outro no momento certo e da forma certa, você pode colocar os seus resultados a perder.

E o que a CTR tem a ver com isso?

Bom, tudo. Porque ela é a métrica que mede se o seu negócio está sendo eficiente na hora de levar o seu potencial cliente de uma etapa para a próxima do funil de vendas.

Se você está aplicando as técnicas corretas para conquistar a atenção da sua audiência e persuadi-la a dar o próximo passo na jornada do cliente. 

Então, se você não conhece essa métrica ou não a acompanha nas suas estratégias, pode estar perdendo de vista oportunidades de otimização para converter mais clientes para o seu negócio.

Para não cair nesse erro, continua aqui comigo até o final que eu vou te falar:

  • o que é, exatamente, a CTR;

  • qual a importância;

  • como calcular;

  • o que um valor baixo diz sobre suas estratégias;

  • e 12 dicas de como aumentar sua CTR.

Bora lá!

O que é CTR?

O que é CTR?

A sigla CTR significa Click-through rate, que em português quer dizer taxa de cliques.

Essa é uma métrica de marketing que te mostra a porcentagem de pessoas que visualizaram o seu conteúdo (e aqui entram também os anúncios) e decidiram clicar nele.

Por exemplo, você criou uma campanha no Instagram para capturar leads usando um e-book como recompensa. Uma quantidade X de pessoas vai ver esse anúncio, mas nem todas elas vão clicar. 

A taxa de cliques serve exatamente para te mostrar o percentual de cliques que você está conseguindo e, com base nisso, poder tirar conclusões sobre a eficácia da sua campanha ou estratégia (já já eu te falo mais sobre isso).

Essa métrica pode ser calculada para as suas ações de tráfego pago, para o seu tráfego orgânico e até mesmo para a sua estratégia de e-mail marketing.

Mas antes de entrar na parte do cálculo, eu vou te mostrar por que essa é uma métrica importante para o seu negócio.

Qual a importância da CTR?

Qual a importância da CTR?

Dentro da sua estratégia de marketing, existem alguns momentos em que você precisa levar o seu potencial cliente de um ponto a outro através de um link.

E, geralmente, essas são situações cruciais dentro do seu funil de vendas para levar as pessoas até o ponto final de conversão.

Pensa comigo…

É meio óbvio que se você faz um anúncio visando vender um produto ou serviço, é necessário que o seu potencial cliente clique para ser redirecionado para a página de vendas, por exemplo.

Sem esse clique aí é impossível você realizar essa venda.

Mas dando alguns passos atrás nas etapas do funil de vendas, se você está no estágio de gerar leads, os visitantes precisam clicar na CTA da sua landing page para se cadastrarem na sua lista e se tornarem leads.

Se você já está nutrindo e educando os seus potenciais clientes com conteúdo de valor, você provavelmente também depende de cliques.

Isso porque se você envia uma newsletter, por exemplo, para divulgar os artigos do seu blog ou os vídeos do seu canal do YouTube, os leitores precisarão clicar nos links que levarão até o conteúdo.

O mesmo vale para SEO, se você está utilizando técnicas de otimização para ferramentas de busca, não adianta só conseguir ranquear a sua página entre os primeiros resultados. Para você impactar de fato as pessoas, elas precisam de clicar.

Acho que já deu para você sacar como essa é uma parada que realmente está presente nos pontos cruciais de conversão que vão levar, no final das contas, à venda. 

Sem uma métrica que mostre a eficácia da sua estratégia para alcançar esse objetivo, fica difícil saber se você está indo no caminho certo ou não.

Além disso, a CTR tem um impacto muito grande em dois pontos do seu negócio:

Na mídia paga

Especialmente quando você anuncia no Google, a plataforma usa, dentre outros fatores, a taxa de cliques para otimizar a sua campanha.

Isso quer dizer que quanto maior é a sua CTR, mais o Google Ads tende a distribuir o seu conteúdo e diminuir o valor do seu lance.

A taxa de cliques é uma das métricas que fazem parte do índice de qualidade, um indicador do Google que é determinante para definir o quanto você paga para anunciar.

No final das contas, se você tem uma CTR alta, menor é o investimento em marketing que você precisa fazer para alcançar uma quantidade de pessoas.

Na mídia orgânica

Se você aplica técnicas de SEO para aumentar o alcance orgânico do seu conteúdo (ou seja, para distribuir mais a sua mensagem sem pagar um centavo por isso), você provavelmente já sabe que a CTR é um fator que influencia no ranqueamento.

Isso acontece porque tanto o Google como as outras ferramentas de busca querem entregar resultados que satisfaçam a pesquisa do usuário.

Quanto mais cliques um link tem, mais pontos os buscadores dão para aquele conteúdo, pois eles enxergam uma correspondência aí entre o que foi pesquisado e o resultado encontrado.

Ou seja, se você investe em SEO, mas ignora como está a sua taxa de cliques e o que você pode fazer para melhorá-la, você está jogando parte do seu esforço fora.

Mais para frente eu vou te mostrar o que você pode fazer para aumentar a sua CTR, mas primeiro vamos ao cálculo.

Como calcular a CTR?

Como calcular a CTR?

Se você não é muito do números e evita se meter em qualquer coisa que envolva matemática, pode ficar tranquilo que o cálculo da CTR é muito simples de fazer.

E, nas principais plataformas de anúncio e ferramentas de e-mail marketing, essa métrica já vem pronta para você.

A fórmula da CTR é a seguinte:

Como calcular a CTR

Para cada anúncio, e-mail, página e canal de marketing, você deve aplicar essa fórmula separadamente. Não vale juntar todas os seus números e calcular uma CTR só. 

As impressões são a quantidade de vezes que o link para o seu conteúdo é exibido, isso vale para os seus conjuntos de anúncio como também para as ferramentas de busca.

No Google e no Facebook Ads, você consegue ver a quantidade de impressões de um determinado anúncio acessando a funcionalidade de relatórios.

Para saber a quantidade de impressões do link para seu site ou páginas na pesquisa do Google, você pode acessar o relatório de desempenho no Google Search Console. Lá também você consegue ver a sua CTR média.

Agora, para deixar o cálculo mais claro na sua cabeça, eu vou te dar dois exemplos.

Imagine que você está organizando um webinar e envie o convite para as pessoas se inscreverem por e-mail.

Do total de e-mails que você enviou, 2 mil foram abertos e 150 pessoas clicaram no link de inscrição. Nesse caso, a sua CTR é de 7,5%.

Como calcular a CTR - Exemplo 1

Ou, então, você está usando uma landing page para capturar leads e mil pessoas acessaram a página, mas só 200 clicaram no botão de CTA para finalizar a inscrição na sua lista.

Aí a sua CTR é 20%.

Como calcular a CTR - Exemplo 2

Agora que você já sabe como o cálculo é feito, eu vou te mostrar…

O que uma CTR baixa diz sobre as minhas estratégias?

O que uma CTR baixa diz sobre as minhas estratégias?

A primeira coisa que você precisa considerar, antes mesmo de olhar para a sua taxa de clique, é se você está analisando uma estratégia onde o objetivo é levar o usuário a clicar em um link ou botão.

Porque, pensa só, uma campanha com a meta de aumentar o alcance e reconhecimento da sua marca, ou seja, uma ação de branding, não depende da CTR para ser eficiente.

E, neste caso, as chances são que ela vai ter uma taxa de cliques baixa, mas está tudo bem, pois essa métrica não é um indicador de sucesso para essa estratégia especificamente.

Agora, se o clique é um ponto crucial para o seu objetivo ser alcançado, uma CTR baixa pode indicar problemas em 3 áreas:

Público-alvo

Talvez você já tenha visto aqui no blog do KP a seguinte frase: “é que nem vender churrasco para vegetariano”.

O fato é que não adianta você ter o melhor churrasco, a carne mais macia, o tempero mais saboroso se você estiver oferecendo para alguém que por qualquer motivo simplesmente não come carne.

A mesma coisa é com o seu produto ou serviço. Não importa o quão irresistível é a sua oferta, se você focar na audiência errada, não vai funcionar.

Principalmente no tráfego pago, onde você pode segmentar o seu público e definir para quem a sua mensagem será distribuída, um erro neste ponto pode levar a sua CTR lá embaixo.

Criativo

O criativo é o conjunto de elementos que compõe o seu anúncio. Aqui entra vídeo, imagem, texto e a chamada para ação.

O problema com o criativo é que você pode até segmentar o público de forma adequada, mas se a sua oferta não for irresistível, não tem por que as pessoas clicarem.

É como se você tentasse vender churrasco para uma pessoa que gosta de carne, mas não fizesse o esforço certo para mostrar que o seu é o mais saboroso e não deixasse a pessoa com água na boca.

Copy

A copy é o texto que você usa para persuadir uma pessoa a tomar uma ação, seja acessar um link, se cadastrar ou fazer o download de um material, por exemplo.

Quando se trata se tráfego orgânico, você não tem muito como segmentar ou alterar o seu criativo (afinal de contas não se trata de um anúncio).

Neste caso, o que faz as pessoas clicarem, seja numa CTA ou para acessar seu conteúdo, é o texto que você usa para persuadir, o título da página, a forma como você faz a chamada para ação, os benefícios que você apresenta para o leitor…

Uma taxa de cliques baixa nas suas landing pages, e-mail marketing e resultados de busca pode indicar um problema na sua copy. 

Provavelmente você não está convencendo o seu potencial cliente a dar o próximo passo.

12 dicas de como aumentar a CTR

12 dicas de como aumentar a CTR

Pelos problemas que a CTR indica, já dá para ter uma noção por cima de ações que você pode colocar em prática para aumentar a sua taxa de cliques.

Mas para entrar mais a fundo nesse ponto, eu trouxe aqui para você 12 dicas que você pode colocar em prática nas suas estratégias para aumentar a quantidade de pessoas que clicam no seu conteúdo.

Olha só:

#1 Ajuste a segmentação de público

Como eu te falei, uma CTR baixa pode ser um problema na sua segmentação. Por isso, a solução mais óbvia neste caso é ajustar esse ponto da sua campanha.

Não fique só nos dados demográficos – como idade, localização – esse é só o primeiro passo para você definir sua audiência, mas você deve ir mais a fundo e olhar para o comportamento dos seus potenciais clientes.

O ideal é na hora de segmentar o seu público, definir bem que é a persona (um perfil de cliente ideal) do seu negócio.

#2 Utilize a palavra-chave principal

A palavra-chave são os termos que um usuário utiliza na hora de fazer uma pesquisa na internet.

Incluir essas palavras e sinônimos no título e no texto dos seus anúncios e páginas é uma forma de mostrar que aquele conteúdo corresponde ao que uma pessoa está procurando.

Ou se é em um anúncio em display (aqueles banners que aparecem em sites), o uso da palavra-chave serve para indicar que ele tem a ver com algo que o usuário tem interesse. 

#3 Faça a negativação de termos irrelevantes

Quando você segmenta anúncios por palavras-chave é importante negativar termos irrelevantes.

O que isso quer dizer? Significa que você deve excluir, deixar claro para a plataforma de anúncios que a sua campanha não corresponde ao que algumas pessoas estão procurando.

Por exemplo, você está vendendo um curso sobre cuidados com a pele. 

Não é interessante para você que pessoas que estejam usando o termo “grátis” na pesquisa se deparem com o seu anúncio, ainda que elas estejam buscando por um tópico relacionado.

Afinal de contas, elas já estão deixando explícito que querem uma solução que não vai custar nada.

Se você não faz a negativação de termos irrelevantes, os seus anúncios correm o risco de serem exibidos para pessoas que não têm interesse e não vão clicar, o que leva a sua CTR lá para baixo.

#4 Crie uma meta description irresistível

A meta description é aquela descrição curta que aparece logo abaixo do título da página no resultado de uma busca.

O objetivo dela é dar mais informações e convencer o leitor de que aquele link vai oferecer as respostas que a pessoa está procurando.

Para saber mais sobre o poder da meta description e como criar uma, leia o artigo Meta description: 10 dicas para descrever sua página de maneira irresistível.

#5 Crie headlines poderosas

A headline é o título da sua página ou do seu vídeo, ou a chamada (aquela frase principal) do seu anúncio.

Um boa headline desperta a curiosidade e demonstra que o conteúdo tem um benefício para o usuário.

Quanto melhor for a sua headline, mais chances você tem de atrair cliques para os seus anúncios e páginas.

Só fique atento para não prometer mais do que o seu conteúdo vai entregar e acabar praticando clickbait negativo.

#6 Capriche na CTA

A CTA (call to action) é a chamada para ação, a forma como você convida o usuário a clicar no seu link para saber mais, se cadastrar, comprar um produto…

Uma CTA caprichada pode fazer toda a diferença para aumentar sua CTR. 

Aqui no blog do KP você encontra dois artigos para te ajudar nessa missão: O que é CTA (Call to Action), porque é importante e exemplos e 14 Exemplos de Call to Action para aumentar sua conversão

#7 Não se esqueça de ter uma URL amigável

Além de ser um fator que contribui para melhorar o ranqueamento das suas páginas, uma URL amigável pode tornar o seu conteúdo num verdadeiro imã de cliques.

Para saber como transformar suas URLs comuns em amigáveis, confira esse artigo: URL amigável: transforme seus links em verdadeiros imãs de cliques.

#8 Utilize gatilhos mentais

Os gatilhos mentais são estratégias utilizadas para ajudar uma pessoa a tomar uma decisão de forma mais rápida e eles podem (e devem) ser aplicados na hora de vender ou atrair potenciais clientes.

Você pode incluir gatilhos mentais nas suas headlines, meta descriptions e CTAs.

Quer saber mais sobre esse assunto? Então, confere esse artigo aqui: Gatilhos Mentais: o que são e 10 exemplos do uso no marketing.

#9 Analise a concorrência

A sua concorrência pode servir de grande fonte de inspiração. 

Ver as estratégias que eles estão usando para distribuir conteúdo, fazer anúncios e, se for o caso, ranquear páginas entre os primeiros resultados do Google pode te despertar insights para melhorar a sua CTR.

#10 Invista em campanhas sazonais

Quando se pensa em campanhas sazonais, a primeira coisa que vem a sua cabeça provavelmente é datas como Dias das Mães, Natal, Ano Novo e por aí vai.

Mas o fato é que campanhas sazonais podem ser muito mais do que isso. 

Alguns termos tendem a ter um aumento ou queda no interesse de acordo com determinadas épocas do ano. Como eu é o caso da palavra “férias”.

 Invista em campanhas sazonais

Nos últimos, 5 anos ela teve picos de interesse, geralmente por volta de Dezembro, Janeiro, Junho e Julho.

Neste caso, se você tem um produto relacionado a férias, viagens, passeios… vale a pena aumentar os seus esforços nesses períodos onde tem mais procura.

Para medir a sazonalidade de uma palavra-chave, você pode usar ferramentas como o Google Trends.

No artigo Google Trends: descubra exatamente o que o seu público quer, o Hugo explica tudo o que você precisa saber sobre esse assunto.

#11 Aproveite as extensões de anúncio

As extensões de anúncios são linhas que complementam o anúncio de texto padrão na rede de pesquisa (aqueles links patrocinados que aparecem quando você procura por algo no Google).

Ou seja, as extensões são uma forma de você dar mais informações sobre seu produto ou serviço no seu anúncio para aumentar as chances de ter cliques no seu link.

#12 Faça testes A/B

A melhor forma de testar o que gera mais clique, seja nas suas campanhas de e-mail marketing, anúncio ou nas CTAs das suas landing pages é fazer um teste A/B.

Isso quer dizer colocar duas versões diferentes no ar por um período de teste e ver qual obtém resultados melhores.

Mas fica a dica: só altere um elemento por vez, senão não tem como saber exatamente qual mudança foi que fez a diferença.

Tenha landing pages otimizadas para CTR

Tenha landing pages otimizadas para CTR

Uma parada que pode fazer toda a diferença para ter páginas otimizadas e conquistar mais cliques é a ferramenta que você usa para a criação.

Isso porque é por meio dela que você vai ter os recursos necessários para implementar nas suas páginas as dicas que eu te dei aqui.

Por isso, eu não poderia deixar de te dar uma última dica antes de encerrar esse artigo.

Na hora de criar landing pages otimizadas para conversão, o Klickpages é o seu maior aliado.

Com ele basta seguir apenas esses 3 passos para ter sua página customizada no ar:

  • Escolha o modelo: vejas as opções de alta conversão comprovada por testes;

  • Customize a página: edite os textos, cores e imagens;

  • Publique: por fim, é só publicar no seu próprio domínio

Conclusão

O que é CTR -  Conclusão

Nas últimas linhas você viu que, assim como, numa corrida de revezamento, onde a passagem de bastão é um dos pontos mais cruciais e delicados, no marketing, os pontos de conversão que vão levar um potencial de cliente de uma etapa para outra até chegar na venda podem fazer toda a diferença no resultado final das sua estratégia.

E a métrica que calcula se você está sendo eficiente na hora de levar suas leads de um estágio a outro é a CTR, que é a sigla de Click-through rate e em português quer dizer taxa de cliques. 

Ela mostra a proporção de pessoas que viram o seu link e clicaram nele. Isso vale para seus anúncios, páginas nos resultados de busca, campanhas de e-mail marketing e chamadas para ação nas suas landing pages.

Eu te mostrei que essa métrica pode impactar no seu investimento em marketing nas mídias pagas e também no ranqueamento nas ferramentas de busca.

Além disso, você viu a fórmula de como calcular a CTR. Mas lembre-se de que a maioria das ferramentas já te dá esse resultado pronto para que você não precise mexer com números.

E, por último, eu falei sobre os 3 problemas que uma CTR baixa pode sinalizar e te dei 12 dicas para aumentar a sua taxa de cliques como, por exemplo, ajustar a segmentação, utilizar gatilhos mentais e fazer testes A/B.

E aí você já conhecia essa métrica? Quais das dicas que eu dei você já aplicava antes? Me conta aqui nos comentários! 😉

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Angela de Oliveira

Meu nome é Angela, mas algumas pessoas me chamam de Angel. Faço parte do time de conteúdo do Klickpages e sou apaixonada por tecnologia e marketing. Uma das minhas coisas favoritas é falar sobre redes sociais e anúncios. Além disso, sou especialista em informações aleatórias (você sabia que o Alaska está mais perto da Rússia do que Brasília de Goiânia? Pois é...), fã de country americano e louca em esportes. Acompanho de tudo, mas meus favoritos são Fórmula 1 e futebol, inclusive assisto a jogos mesmo quando o meu time (Palmeiras <3) não está em campo. Ah, eu acredito que música de natal deveria tocar o ano inteiro e Christmas Peaceful Piano está entre as 3 playlists mais tocadas no meu Spotify.

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)