Métricas de Marketing: o que são e 18 métricas que você precisa medir

Métricas de Marketing: o que são e 18 métricas que você precisa medir

Quais métricas de marketing você acompanha na sua empresa?

Antes de elaborar uma estratégia ou campanha de marketing, é importante que você pergunte a si mesmo: vou poder medir isso de forma assertiva?

Se você deseja saber se está mais perto de suas metas e objetivos, o ideal é que a resposta seja sim!

Em um cenário mercadológico em constante e rápida mudança, a necessidade de medir seu desempenho com a maior eficiência possível aumenta a cada dia.

Definir métricas se constitui, então, como uma base sólida para avaliar o desempenho de qualquer ação.

Assim, para começar a identificar se os seus esforços valem a pena, fique ligado neste artigo.

Abordaremos as principais métricas de marketing digital que você precisa começar a medir hoje mesmo.

Boa leitura!

O que são métricas no marketing?

As métricas, como o nome sugere, são valores utilizados para medir e acompanhar o desempenho de suas campanhas de marketing.

É a partir desses instrumentos que você consegue ter uma real ideia sobre a correção de suas ações, se está indo ou não no caminho certo.

Estamos falando de algo imprescindível para qualquer negócio – e não é difícil entender o porquê.

As equipes de marketing digital usam várias estratégias para promover seus serviços e produtos.

Assim, acompanhar os resultados de cada uma muitas vezes pode ser demorado e difícil.

Ao definir métricas específicas, você consegue determinar suas metas e objetivos para, então, medir o desempenho com base nesses valores.

E se algo estiver aquém do desejado?

Nesse caso, você identifica uma necessidade de ajuste na estratégia, como veremos a seguir.

Por que mensurar resultados é fundamental?

Métricas de marketing Por que mensurar resultados é fundamental?

Ao acompanhar e avaliar suas principais métricas de marketing, a estratégia se beneficia de diferentes formas.

Quer ver só?

  • Você identifica o que está funcionando ou não em tempo real e com maior facilidade

  • Você é alertado para problemas e pode corrigi-los antes que virem uma bola de neve de difícil solução

  • O desempenho da sua equipe melhora. Quando você compartilha as métricas com todos os colaboradores, eles tendem a qualificar suas ações, pois se sentem como uma peça fundamental para alcançar os objetivos estabelecidos

  • Você aumenta a sua lucratividade, pois consegue ajustar o que precisa para garantir o melhor ROI possível.

Lembrando que ROI significa Retorno sobre o Investimento, um conceito totalmente relacionado às métricas de marketing.

Vale a leitura deste artigo para saber mais sobre o ROI.

18 Principais métricas que você deve acompanhar em suas campanhas de marketing

Métricas de marketing 18 Principais métricas que você deve acompanhar em suas campanhas de marketing

O grande trunfo do marketing digital é poder medir o sucesso das campanhas com precisão através das várias métricas de marketing.
No entanto, com as toneladas de dados disponíveis, escolher o tipo certo de métrica para monitorar pode ser um desafio, principalmente, para quem está começando.

Para evitar que você caia no erro de monitorar métricas de "vaidade" e perder tempo analisando dados que não dizem nada para seus negócios, selecionamos as principais métricas de marketing que você pode – e deve – acompanhar.

E adivinha só por qual começamos?

1. ROI (Retorno Sobre Investimento)

O Retorno Sobre o Investimento (ROI) é uma das métricas mais importantes para qualquer estratégia de marketing.

Isso porque está relacionada diretamente com a parcela do tráfego do website que eventualmente é convertida em clientes reais.

Ela te ajuda a identificar qual área em sua campanha de marketing digital está impulsionando as vendas e a receita, e quais ações devem ser otimizadas.

Um ROI positivo significa que sua estratégia é eficaz e lucrativa, enquanto um ROI negativo indica uma necessidade urgente de ajustes.

É uma oportunidade e tanto para qualificar a sua estratégia de marketing.

2. Total de conversões

Podemos dizer que uma conversão ocorre quando os usuários concluem qualquer ação desejada no seu website.

Pode ser preencher um formulário, solicitar uma demonstração do serviço, fazer o download de um e-book, criar uma conta, entre outras.

Analisar o total de conversões ajuda você a identificar exatamente com quais componentes as pessoas estão interagindo em seu site e quais deles precisam de ajustes e otimizações.

Um valor baixo de conversões pode significar ofertas indesejadas, público desinteressado, um design não atrativo, entre outros fatores de alerta.
Ou seja, talvez seja hora de investir na modernização do seu website.

Mas como você iria saber sem contar com métricas de marketing?

3. Receita

Métricas de marketing Receita

A receita corresponde ao faturamento da empresa.

É o lucro antes das despesas.

É nada mais, nada menos, que o objetivo de qualquer negócio.

O importante é que você acompanhe essa métrica durante todo o mês e não apenas no final de um trimestre, por exemplo.

Dessa forma, você consegue visualizar se está próximo dos seus objetivos ou não.

4. Taxa de conversão

Seja qual for a ação desejada, acompanhar a sua taxa de conversão pode fornecer uma ótima visão de quais estratégias da sua campanha de marketing digital estão produzindo os melhores resultados.

Basicamente, ela é a razão do número total de visitantes pela número desses visitantes que são realmente convertidos em leads ou vendas.

Considera, portanto, os visitantes qualificados, que executaram algum tipo de interação com o seu conteúdo.

Por isso, não importa se o seu objetivo é coletar informações valiosas sobre seus clientes em potencial ou converter seus leads em clientes reais.

A certeza é uma só: monitorar essa métrica é essencial para seu sucesso.

5. Custo por Lead (CPL)

Um dos fatores de sucesso de qualquer campanha de marketing digital é quão bem o seu site e conteúdo convertem os visitantes em leads ou clientes.

De preferência, com o menor custo possível ainda por cima, não é mesmo?

Sendo assim, o CPL é definido pela razão da taxa de conversão de leads de uma campanha específica e seu custo total.

É uma boa métrica para obter insights sobre a lucratividade de sua campanha.

6. Custo por Aquisição de Cliente (CAC)

Métricas de marketing Custo por Aquisição de Cliente (CAC)

Como vimos lá no início, o ROI é medido pelo número de novos clientes durante um determinado período de tempo.

Já o Custo por Aquisição de Cliente, por outro lado, é definido pela razão do total de seus custos de marketing para aquele período de tempo específico pelo número de novos clientes pagantes gerados durante o mesmo período.

Ou seja, qual investimento se fez necessário para a aquisição de clientes.

Embora os cálculos possam não ser tão perfeitos, essa métrica pode te dar uma ideia se você está gastando mais para adquirir o cliente do que ele mesmo está gerando de receita para você.

7. Total de visitas

Essencialmente, medir o número total de visitas te dá uma ideia geral sobre a quantidade de tráfego que sua campanha está gerando.

Você pode avaliar esse número em qualquer página relevante para sua estratégia, da home até a landing page para a oferta exclusiva de uma campanha de mídia paga, por exemplo.

Alguns produtos e serviços estão sujeitos a sazonalidade, isso é normal e pode refletir nas visitas a seu website.

Por outro lado, uma campanha eficiente deve fazer que esse número cresça de forma constante.

Se você perceber que suas visitas estão caindo de um mês para o outro, talvez seja a hora de investigar os seus canais de marketing para descobrir algum motivo que passou despercebido.

8. Visitantes únicos

A métrica “visitantes únicos” é uma boa maneira de avaliar a popularidade do seu site, pois exibe o número total de indivíduos que visualizam seu website.

Lembrando que uma pessoa pode voltar ao seu site diversas vezes, sendo o seu retorno contabilizado entre as visitas, mas apenas uma vez para efeitos de visitas únicas.

Uma alta taxa de visitantes únicos significa que seu conteúdo é atraente e está atingindo um maior número de usuários.

9. Fontes de tráfego

Métricas de marketing Fontes de tráfego

Como o nome sugere, essa métrica mede quais canais estão direcionando os visitantes para o seu site.

Além disso, ela fornece uma comparação de cada uma dessas fontes.

As principais fontes de tráfego são:

  • Orgânico: são pessoas que chegaram em seu site através de uma pesquisa em um mecanismo de buscas, como o Google, clicando na página de resultados de pesquisa orgânicos (não pagos)

  • Direto: quando o usuário digita diretamente a sua URL para visitar o site

  • Referência: é o tráfego externo, isto é, as pessoas que acessaram seu site através de outro website

  • Paga: visitantes vindos através de campanhas pagas, como anúncios de pesquisa e display no Google Adwords

  • Social: visitantes que acessaram seu site a partir de alguma rede social.

Tenha em mente que cada uma dessas fontes é um indicador da integridade do seu site.

Por exemplo, um grande volume de tráfego de referência mostra que sua marca ou site está sendo falado com frequência por sites de terceiros ou em mídias sociais.

10. Tráfego em dispositivos móveis

O consumo de conteúdo através de dispositivos móveis está se tornando cada vez mais predominante.

Logo, rastrear seu tráfego específico nessas plataformas é crucial para você entender como esse público se comporta e também como melhorar a abordagem para aumentar as conversões.

Por exemplo, você pode identificar quais dispositivos e navegadores eles usam, qual conteúdo estão consumindo, se vêm do tráfego direto, orgânico, de referência ou social, entre outros elementos.

Outro fator importante que deve ser analisado é a velocidade do seu site.

Um carregamento lento afeta negativamente a experiência do usuário e, por consequência, as suas métricas de marketing para dispositivos móveis.

11. Número de visitantes recorrentes

Métricas de marketing Número de visitantes recorrentes

Tenha em mente que a popularidade do seu site não está apenas relacionada com a quantidade de tráfego que ele gera, mas também pelo número de visitantes que continuam voltando para consumir mais do que você tem a oferecer.

A métrica é organizada de acordo com o número de vezes que um visitante retornou ao site usando os seguintes agrupamentos: 2 a 3 visitas, 4 a 9 visitas e mais de 10 visitas.

Além disso, ela fornece informações sobre a taxa média de navegação (páginas por sessão) e o tempo médio no site para essas sessões de retorno.

Assim, você consegue identificar como pode melhorar seu conteúdo para atrair esses visitantes recorrentes para que haja a conversão finalmente.

12. Ticket médio

Como o nome sugere, o ticket médio refere-se ao valor médio que cada cliente gastou fazendo negócios com você.

Calcular o ticket médio da sua empresa é bem simples: basta fazer a média entre valor bruto do faturamento durante um determinado período de tempo pela quantidade de clientes que gerou esse faturamento nesse mesmo período.

Essa é uma métrica que o ajuda a entender quais produtos ou serviços são mais rentáveis para o negócio, ajustando as suas ações de marketing a partir daí.

13. Bounce rate

Essencialmente, a bounce rate, ou taxa de rejeição, mostra a proporção ou porcentagem de visitantes que deixam seu site sem clicar e avançar para outras páginas.

Isso significa que, quanto menor a bounce rate, melhor!

Já uma alta taxa de rejeição significa que você precisa fazer ajustes e otimizações imediatos tanto no seu website quanto nas suas estratégias de marketing geral.

Na prática, seu conteúdo está pouco atrativo e o usuário não se sente instigado a ir além da página que visitou.

14. Quantidade de compartilhamento nas redes sociais

Métricas de marketing Quantidade de compartilhamento nas redes sociais

O número de compartilhamentos, juntamente com o número de likes e comentários, ajuda a medir seu engajamento nas redes sociais.

Dessa forma, pode ser aproveitado para determinar quais tipos de conteúdo mais atraem e estimulam essas interações com os seguidores.

15. CTR (Taxa de Cliques)

O CTR é usado principalmente para avaliar o desempenho das suas campanhas Pay-Per-Click (PPC).

Sabemos que uma “impressão” corresponde à cada vez que seu anúncio é visualizado, certo?

Assim, a Taxa de Cliques é obtida pela razão entre a quantidade de pessoas que realmente clicaram no seu anúncio pelo número total de impressões.

Não existe um valor ideal para o CTR – tudo depende do mercado no qual a sua empresa está inserida.

O que podemos dizer é que, quanto maior o CTR, melhores serão os seus Índices de Qualidade, permitindo que você reduza seus custos de PPC.

16. LTV (Lifetime Value)

O LTV, ou Customer Lifetime Value, mede o lucro que sua empresa obtém de um determinado cliente durante todo o relacionamento dele com você.

O objetivo é avaliar o valor financeiro vitalício do cliente para te ajudar na tomada de decisões sobre vendas, marketing, desenvolvimento de produtos e suporte ao cliente.

Ao fazer essa avaliação, você consegue identificar quem são os seus melhores clientes, como você pode oferecer produtos e serviços personalizados para eles, quanto deve gastar para manter um cliente, entre outros insights interessantes.

17. Abertura de e-mails

Métricas de marketing Abertura de e-mails

Basicamente, a taxa de abertura de e-mail corresponde à porcentagem de destinatários da sua lista que abriram uma determinada mensagem eletrônica.

Para tirar melhor proveito dessas informações, o ideal é que você utilize essa métrica de forma comparativa.

Por exemplo, ao comparar as taxas do e-mail desta semana com as da semana anterior, enviados para as mesmas listas, você pode obter algumas dicas, pois as variáveis ​​são um pouco controladas.

Vale ressaltar que e-mails com linhas de assunto personalizadas têm 26% mais chances de serem abertos.

Então, procure seguir essa estratégia.

18. Cliques em e-mails

A taxa de cliques do seu e-mail corresponde à frequência com que os destinatários se envolvem com as mensagens.

Isso acontece ao clicar em algum Call-to-Action (CTA) ou outro link no corpo do e-mail.

Obviamente, uma maior taxa de cliques significa que você está conseguindo alinhar seu conteúdo e ofertas com as expectativas dos leads e clientes.

Comece a capturar leads hoje mesmo com o Klickpages

Métricas de marketing Comece a capturar leads hoje mesmo com o Klickpages

Quer extrair o melhor da sua estratégia de marketing digital?

Se você ainda não utiliza seu site, blog ou redes sociais para capturar leads, está perdendo uma oportunidade.

Conforme conversa com o consumidor em artigos ou ao apresentar promoções, não perca a chance de obter seu contato para, depois, promover abordagens mais direcionadas.

Pode ser um convite para assinar uma newsletter, receber novidades por e-mail, baixar um e-book ou se inscrever em um curso gratuito.

Seja qual for a ação, caprichar na landing page aumenta muito a chance de confirmar as conversões desejadas.

Para isso, o Klickpages é a ferramenta ideal.

Confira os três passos básicos para criar a sua:

  1. Escolha seu modelo: veja as opções de alta conversão comprovada por testes.

  2. Customize a página: feita a escolha, edite os textos, as cores e as imagens, além de ocultar elementos que pouco agregam.

  3. Publique: tudo pronto? Por fim, é só publicar no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Conclusão

Métricas de marketing Conclusão

Você pode querer ou não acompanhar formalmente cada uma dessas métricas, mas uma coisa é certa: analisar esses dados te dará uma visão bastante precisa de como você está indo, quais canais são eficazes e onde seus esforços precisa de melhorias.

Com a prática, logo você entra em um ritmo que permite identificar facilmente tendências e variações, além de permitir fazer ajustes rápidos para garantir um fluxo contínuo de leads e clientes.

Alguma outra métrica que você julga importante e que não está aí na lista?

Então, não deixe de compartilhar com a gente nos comentários.

E não se esqueça de ter no Klickpages o parceiro ideal para a sua estratégia de marketing digital.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Hugo Rocha é co-fundador da Ignição Digital e do Klickpages. Já atuou diretamente nos bastidores dos maiores lançamentos digitais do Brasil. Atualmente está a frente da equipe de tráfego e crescimento da Ignição Digital e Klickpages liderando pessoalmente mais de R$ 4 milhões de reais em investimento em tráfego nos últimos 12 meses com ROI acima de 300%.