Marketing de Produto: venda o que eles querem, entregue o que eles precisam

“Venda o que eles querem, entregue o que eles precisam”. Eu não sei se você conhece essa técnica de venda, mas com o marketing de produto você consegue colocá-la em prática no seu negócio.

A real é que o seu cliente em potencial não está interessado no seu produto.

Eu sei que isso pode ser difícil de aceitar…

Mas o que as pessoas buscam mesmo é uma transformação, uma solução para os problemas delas.

É como vender pasta de dente para quem quer dentes mais brancos. 

O que essa pessoa quer é ficar com o dentes mais claros. Você oferece isso a ela, já que é o que ela quer, mas entrega a pasta de dentes – o que ela precisa.

A mesma coisa acontece com a pessoa que compra uma furadeira. 

O que ela realmente quer é pendurar um quadro ou algo do tipo. No máximo, ela sabe que precisa de um furo na parede.

O que você vende, nesse caso, é a possibilidade desse cliente ter independência e fazer o que precisa na casa dele. E, para isso, você entregauma furadeira.

É assim que você entrega a “transformação” para quem precisa do seu trabalho.

E como o Marketing de Produto, você encontra os consumidores certos para o seu produto e cria estratégias específicas para vendê-lo.

Isso porque o foco dessa área do marketing é ligar pessoas a produtos. E é exatamente sobre isso que eu falo nesse artigo.

Além disso, você vai ver:

  • a importância do Marketing de Produto;

  • estágios do marketing de produto;

  • e 5 dicas para uma estratégia de marketing de produto eficiente.

Vamos lá?

O que é Marketing de Produto?

O Marketing de Produto é uma parte do marketing que tem o objetivo de conectar produtos e pessoas.

O foco é encontrar os consumidores certos para um determinado produto e criar uma maneira de vendê-lo que seja interessante para essas pessoas.

Sendo assim, o marketing de produto tem como função desenvolver: 

  • o posicionamento do produto; 

  • a mensagem da empresa sobre o produto; 

  • o diferencial competitivo do produto frente aos concorrentes

  • e o alinhamento entre as equipes de vendas e marketing.

Todo produto tem um ciclo de vida composto de quatro fases: introdução no mercado, crescimento, maturidade e declínio. 

E antes da primeira fase (introdução no mercado) é onde se concentra o trabalho do marketing de produto.

Ele é essencial tanto para um produto novo no mercado, quanto para aquele que já existe, mas que será lançado em um mercado diferente, no qual os consumidores ainda não o conhecem.

Outra forma interessante de usar o marketing de produto é para testar a reação de um pequeno grupo de consumidores, antes de liberar um produto novo para o público em geral.

Mas por que você deve usar esse marketing na sua empresa? Segue aqui comigo que eu te explico.

A importância do marketing de produto 

O valor do marketing de produto está relacionado, basicamente, ao entendimento que você tem do seu cliente e do seu mercado de atuação para garantir que:

  • o produto atenda às demandas de mercado;

  • as equipes de marketing e de vendas tenham o conhecimento adequado sobre o produto para atrair novos clientes;

  • o produto esteja relacionado ao que o público-alvo e a persona precisa;

  • o produto permaneça relevante conforme o mercado evolui.

Mas para aplicar o marketing de produto na sua estratégia, você precisa seguir alguns passos…

Os 8 estágios do marketing de produto

Para que a sua estratégia de marketing de produto funcione, é fundamental seguir esses 8 estágios que eu vou detalhar aqui.

Esse processo garante um bom planejamento e que você esteja preparado para algum imprevisto.  

Vamos lá:

1. Desenvolvimento do cliente

Nesta fase é definido para quem você vai vender o produto. Isso é feito com base em informações obtidas por meio de pesquisas sobre o seu cliente.

É importante destacar que os dados dessa etapa influenciam diretamente as demais fases do processo. 

Por isso, o trabalho nesse primeiro estágio precisa ser feito com bastante cautela e comprometimento. 

2. Posicionamento do produto e da marca

Aqui precisa ficar claro como o produto em questão será apresentado para o cliente. Ou seja, é a fase em que será discutido e definido como o seu produto terá destaque para que o cliente não compre o do concorrente.

Por isso, é importante responder a três perguntas básicas: 

  • o que o produto faz? 

  • quem vai usá-lo? 

  • por que esse produto é diferente dos seus concorrentes?

O resultado desse processo é um documento que posiciona o produto dentro do mercado.

3. Divulgação para colaboradores

Antes de vender e apresentar o produto para os consumidores finais, os colaboradores da empresa precisam conhecê-lo primeiro. 

É fundamental que eles também tenham experiências com o produto para que o processo de venda seja feito da melhor forma possível. 

A ideia é conquistar os consumidores internos (seus colaboradores) para que os consumidores finais (os externos) também fiquem encantados com as características e diferenciais do produto que a sua empresa vende. 

4. Prepare sua equipe 

A próxima etapa é garantir que sua equipe tenha os argumentos necessários para fazer as vendas. 

No empreendedorismo digital, esse treinamento cabe aos colaboradores que atendem o público no chat online, Whatsapp, Telegram, email, telefone.  

Além disso, é importante que a equipe de pós-venda e os demais colaboradores tenham as informações necessárias para atender o cliente. 

5. Planejamento do lançamento

Agora que está claro quem é o cliente, como o produto funciona e a equipe está pronta para atender, o próximo passo é estruturar o lançamento do produto no mercado. 

Aqui entram as datas de cada etapa bem como as ações estratégicas que serão tomadas.

6. Conteúdo de lançamento

Esta é uma etapa para pensar e criar anúncios, conteúdos para as mídias sociais, artigos em sites e blogs, vídeos para o seu canal no YouTube.

É o momento de traçar como será o conteúdo do lançamento do seu novo produto no mercado.

É esse material que vai garantir mais impacto e visibilidade ao novo produto da sua empresa.

7. O lançamento

Sim, esta é uma etapa fundamental. A mais importante de todas neste processo de marketing de produto. 

É hora de ver o produto em ação, de ver como será a recepção do cliente e também do mercado. 

É quando ele vai para loja física ou online

8. Análise dos resultados

Depois do lançamento, se reúna com os profissionais envolvidos com o marketing de produto para analisar os resultados que foram alcançados com as estratégias. 

Verifique se existe a necessidade de ajustar alguma estratégia ou alguma funcionalidade do produto. Veja também quais foram as ações que trouxeram resultados satisfatórios para o seu negócio.

Agora, vou te mostrar alguns detalhes que podem fazer toda a diferença na hora de montar a sua estratégia.

5 dicas para uma estratégia de marketing de produto eficiente

Até aqui eu te mostrei o que é o marketing de produto e expliquei os estágio que você precisa seguir para implementá-lo no seu negócio.

Mas existem alguns detalhes que você pode usar para deixar a sua estratégia mais eficiente.

Segue aqui que eu te mostro quais são:

#1 Defina bem o público alvo

O primeiro passo para lançar um produto no mercado é saber exatamente para quem esse produto é destinado. 

Para isso, defina seu público-alvo e crie uma persona. Isso é essencial para entender o que as pessoas precisam e, assim, oferecer o produto para elas.

Aqui no blog do KP você pode tirar as suas dúvidas sobre esse tema acessando esses dois artigos:

#2 Destaque os diferenciais do produto

Faça a seguinte pergunta: “o que torna esse produto tão importante?”. 

É fundamental destacar os diferenciais daquilo que está sendo ofertado. Assim, fica mais fácil mostrar para  o seu cliente que esse produto é exatamente o que ele precisa.

#3 Encontre a melhor estratégia de divulgação

Para ser referência no seu nicho, você precisa criar uma estratégia de divulgação. Para o lançamento de produtos, vale utilizar alguns recursos, como:

Redes Sociais

Use a força das redes sociais da sua marca para gerar expectativa no período antes do lançamento. 

Grandes marcas, por exemplo, costumam divulgar datas de lançamentos, principais características e outros detalhes que geram interesse dos fãs da marca.

Você pode postar imagens do produto e explicar na legenda como ele funciona. Também é possível gravar vídeos que podem ser postados tanto no feed quanto no stories.

E esse conteúdo pode ser publicado no Instagram, Facebook, LinkedIn, YouTube, Twitter… Enfim, onde estiver o seu público-alvo. 

Email marketing

Com a sua própria lista de e-mails você pode enviar conteúdo exclusivo para essa audiência e transformar essas leads em clientes. 

Isso quer dizer que é possível oferecer ofertas e vantagens para o seu público através do email. Você consegue montar essa lista de contatos por meio de uma landing page.

Mas se você não sabe como criar uma landing page, o Klickpages é a ferramenta ideal para te ajudar.

Com o KP, você cria as suas páginas em apenas 3 passos. Olha só:

  • Escolha seu modelo: existem opções com alta taxa de conversão, já testadas e aprovadas pelo mercado.

  • Divirta-se customizando a página: edite os textos, escolha as cores e as imagens, além de ocultar os elementos que você não queira.

  • Publique: depois é só publicar no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Eventos

Para ganhar visibilidade algumas empresas lançam produtos em eventos. Nesse caso, é importante que a marca tenha visibilidade.

Você pode convidar, por exemplo, influenciadores do seu segmento para que eles sejam os primeiros a testar o produto. É uma forma de chamar a atenção da sua audiência.

#4 Tenha um atendimento estruturado

Tanto no pré-venda quanto nos pós-venda, a equipe de atendimento precisa ser bem preparada para lidar com as dúvidas e com as solicitações dos clientes. 

Com o lançamento de produto, as demandas de atendimento podem aumentar e, por isso, vale a pena definir estratégias para garantir um relacionamento forte com os clientes.

Em alguns casos, pode ser interessante incluir uma estratégia de atendimento automatizada, usando recursos como o chatbot.

#5 Ouça seus clientes

Por fim, para garantir o sucesso de seus produtos não só no lançamento, mas durante toda a existência dele, é importante escutar os clientes e receber feedbacks

Assim, é possível melhorar os produtos ou serviços constantemente.

Conclusão

Neste artigo, você viu que o marketing de produto é um ramo do marketing que tem o objetivo de conectar produtos e pessoas. O foco é encontrar os consumidores certos para um determinado produto.

Além disso, eu te mostrei que para aplicar essa metodologia é preciso seguir 8 estágios, entre eles: 

  • o desenvolvimento do cliente, etapa em que você define o seu público-alvo; 

  • posicionamento do produto, ou seja, como ele será apresentado ao seu cliente; 

  • e preparação da equipe, fase em que é essencial treinar os seus colaboradores para que eles não tenham dúvidas sobre o que vocês estão oferecendo.

Por fim, trouxe 5 dicas para uma estratégia de marketing de produto eficiente, como usar redes sociais, email e eventos para divulgar o seu produto e oferecer um atendimento bem estruturado ao seu público.

E aí, o que você achou do Marketing de Produto? Já tinha ouvido falar dessa área do marketing? Me conta aqui nos comentários! 😉

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Juliana Amorim

Jornalista de formação e redatora de coração. Apaixonada por livros, revistas e jornais, meu único caminho era escrever. Já trabalhei como repórter, editora e apresentadora (de rádio, gente, não de TV) e, agora, faço parte do time de conteúdo do Klickpages. Adoro aprender e escrever sobre o universo do Marketing Digital e do Empreendedorismo. Tenho dois gatos lindos, adoro projetos de “do it yourself” e sou daquelas que viram a noite maratonando séries. Não dispenso uma boa conversa e simplesmente consigo transformar qualquer acontecimento bobo do meu dia em uma grande história.

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)