Lista de contatos: comece a vender antes mesmo de fazer uma oferta

Lista de contatos: comece a vender antes mesmo de fazer uma oferta

Talvez você não saiba, mas com a lista de contatos de potenciais clientes nas mãos, você tem a chance de começar a vender antes mesmo de fazer uma oferta.

Parece estranho? Calma, eu explico.

Isso tem a ver com o fato de você reunir uma galera que têm interesses em comum.

Por exemplo, eu faço parte de vários grupos de WhatsApp criados para debater livros, novidades sobre literatura e marcar encontros presenciais de grupos de leitura.

Hoje em dia, para você criar um grupo como esse, existe um link que você pode deixar disponível para quem quiser entrar, o que facilita todo o processo.

Mas quem é mais antigo nas redes sociais deve lembrar que existia um jeito bem “raiz” de criar um grupo no WhatsApp.

Funcionava assim: você anunciava que ia criar um grupo e falava o assunto que seria abordado por lá. Quem tinha interesse, deixava um comentário ou mandava uma mensagem com o número de contato para que fosse adicionado ao grupo.

E aí você tinha uma lista com os números de uma galera com um interesse específico.

Ter essa lista de contatos (nesse caso, o telefone da galera) permitia que você quem estava realmente interessado naquilo que você estava propondo.

Seja uma ideia, a organização de uma festinha ou para compras coletivas com objetivo de dividir o frete (afinal, quem nunca? Hahaha).

Ou seja, dava para saber com antecedência quem realmente queria estar naquele grupo, quem queria receber aquele conteúdo ou não.

Não precisava perder tempo adicionando pessoas que não tinham nada a ver com aquilo e que sairiam do grupo minutos depois de saber do que se trata.

Pois é. É exatamente isso que você faz quando cria a sua própria lista de contatos: você junta uma audiência que tem interesse no que você tem a oferecer antes mesmo de entregar o que eles querem.

O que já é ótimo porque você seleciona quem realmente é o seu público-alvo.

Mas não é só isso. Com essas informações, você ainda tem a chance de oferecer conteúdo de valor para essa galera, através de campanhas de email marketing direcionadas.

E com esse conteúdo você nutre e educa essas pessoas sobre as vantagens, a importância e a necessidade do seu produto ou serviço.

Em outras palavras, já começa a vender antes mesmo de você fazer uma oferta.

Essa estratégia de vendas é interessante para você? Ótimo! Porque nas próximas linhas eu vou te explicar:

  • O que é uma lista de contatos;

  • Para que serve;

  • Benefícios de criar sua própria lista;

  • E quais são os primeiros passos para ter a sua.

Então, vamos!

O que é uma lista de contatos?

O que é uma lista de contatos?

Lista de contatos é uma lista com informações de potenciais clientes para o seu negócio.

O princípio é o mesmo dos contatos salvos na agenda do seu celular. Quando precisa ligar ou mandar mensagem para alguém, é só você buscar a informação na sua agenda, neste caso o número da pessoa.

Além da lista de contatos, existem vários tipos de lista que você pode usar em sua estratégia de marketing, como por exemplo:

Todos esses tipos são potencialmente úteis, mas se tem uma que você não pode deixar de lado de forma alguma é a lista de emails. Simplesmente porque ela é o maior ativo do seu negócio.

Pode parecer pretensioso, mas não é.

Em primeiro lugar, sua mensagem tem 5x mais chances de ser vista se for enviada por email do que pelas redes sociais.

Segundo que, como eu vou destrinchar mais para a frente, sua lista de emails é só sua e ninguém tira. Você não depende de nenhum intermediário (como o Facebook) para disparar a sua mensagem.

Isso sem contar que o email é quase 40 vezes mais eficiente para conquistar clientes do que a junção de Facebook e Twitter.

Mas antes de sair por aí pedindo o email da galera, calma.

Porque a lista de emails, por mais indispensável que seja, não é tão poderosa quanto uma lista de contatos.

Qual é a diferença, então?

O fato é que a lista de contatos contém mais informações sobre seus clientes em potencial.

Além do email, ela te fornece dados poderosos que podem ajudar a segmentar o seu público para, então, enviar mensagens mais direcionadas e assertivas.  

Como, por exemplo: a data de nascimento, empresa onde trabalha, cidade, país, site.

A grande sacada é transformar a sua lista de emails em uma lista de contatos, ao pedir informações mais específicas para suas leads.

Pronto, agora que a diferença está explicada, quero conversar com você sobre para que serve uma lista de contatos de fato.

E ainda vou te dar a letra sobre a ferramenta ideal para gerenciar a sua lista.

Para que serve a lista de contatos?

Para que serve a lista de contatos?

A lista de contatos serve para manter as informações sobre os seus clientes e leads organizadas de forma inteligente em um só lugar.

É como aquelas lojas de material para construção que oferecem de tudo do básico ao acabamento.

Você não tem que ir em diferentes lugares para comprar os materiais que vai em cada uma das etapas da construção, pois tudo o que você precisa vai encontrar lá.

Assim, você acaba economizando tempo e energia.

No Klicksend, a lista de contatos reúne tudo o que você necessita saber sobre os seus potenciais e atuais clientes.

Desde o email para contato e as informações básicas até o histórico de ações das suas leads (se elas confirmaram o cadastro, abriram seus emails) e o quanto elas estão engajadas com as suas campanhas de email marketing.

Dessa forma, você não precisa ficar batendo cabeça procurando informações sobre as suas leads em diferentes plataformas e ferramentas.

E tem tudo o que é necessário na mão para criar e segmentar os seus emails para enviar as informações certas para quem interessa.

Além disso, a lista de contato oferece vários benefícios, que é o que eu vou te mostrar agora.

Benefícios de criar uma lista de contatos

Benefícios de criar uma lista de contatos

Eu acabei de te falar que a lista de emails é simplesmente o maior ativo no seu negócio. E que, com os lista de contatos mais completa, você tem ainda mais oportunidades para o seu negócio.

Beleza. Tudo isso você já sabe.

Agora, por que é importante que você invista na criação da sua própria lista de contatos?

Bom. Para começo de conversa, porque a sua lista de contatos é sua, e ninguém tira isso de você. Logo, você tem maior controle sobre as informações das suas leads.

Eu explico.

A verdade é que existem duas formas de contato com o seu público:

Uma em que você não tem controle absoluto (como as redes sociais) e outra em que o controle está totalmente nas suas mãos (é o caso do o email).

Digo isso porque nas suas páginas do Facebook e Instagram, por exemplo, você não tem controle nenhum sobre como será o seu alcance e engajamento.

Até porque, por causa dos algoritmos, quando você posta algum conteúdo nessas plataformas, não dá para ter certeza que toda sua audiência vai receber a sua publicação.

E ainda tem o fato de que você não tem garantias de que esse espaço ainda estará disponível lá amanhã. Você simplesmente não tem autoridade sobre isso, não depende de você.

Imagina se você só tem as suas contas nas redes sociais para se comunicar com seus prospectos e clientes, e um dia essas plataformas decidem simplesmente sair do ar, assim como aconteceu com o falecido Orkut?

Você ficaria totalmente na mão, sem saída.

Por isso que é importante ter em mãos a sua própria lista.

Com ela, você tem controle da situação e não depende de mídias sociais (que podem mudar as regras do jogo a qualquer momento) para enviar sua mensagem.

E eu não poderia deixar de falar na grana que você economiza ao construir a sua lista de contatos.

É o seguinte.

Enquanto você não tem os contatos do seu potencial cliente, para fazer com que seus conteúdos tenham maior alcance e atingir as pessoas certas, você precisa investir em anúncios nas redes sociais.

Feito isso e direcionando seu público para uma boa landing page (como vou te explicar daqui a pouco), as chances são que você irá captar novas leads para o seu negócio.

Com o contato dessas leads em mãos, você tem a possibilidade de se comunicar de uma forma mais direta, seja por email, por telefone ou outra maneira que preferir.

Logo, da próxima vez que você quiser atingir essa mesma pessoa com um novo conteúdo ou até mesmo uma oferta, não será necessário gastar mais dinheiro para novas campanhas pagas.

Ou seja, você tem a chance de vender para ela sem gastar mais com isso.

O que significa que você pode colocar sua energia e dinheiro para alcançar novas leads ou mesmo em outras estratégias de crescimento para o seu negócio.

Quer saber como começar a construir a sua lista de contatos? Pois é isso que eu vou te mostrar agora.

Por onde começar?

Por onde começar?

Existem três passos básicos que você deve seguir para construir a sua lista de contatos de forma eficaz e que realmente te ajude a conquistar mais clientes, vender mais e crescer o seu negócio.

A primeira delas é…

Definir o seu público-alvo

O fato é que não adianta tentar vender carne bovina para vegetarianos, por melhor que seja a qualidade do produto.

Por isso, é fundamental você definir bem direitinho o seu público-alvo. Assim, você sabe exatamente com quem está falando e evita uma comunicação ineficaz como no exemplo acima.

Você precisa saber desde dados demográficos, como sexo, idade e profissão, por exemplo…

Até dados comportamentais, como as dores, os medos, os desejos, os hábitos de consumo, gostos e preferências. Esses são ainda mais importantes porque é aqui que você entra na cabeça do seu público para saber como abordá-lo da maneira mais eficaz.

Depois de traçar essas informações, é hora de trazer essa galera até você. Neste caso, você deve…

Produzir conteúdo gratuito de qualidade para atrair seu público

As pessoas estão na internet em busca de três coisas:

  • Relacionamento

  • Entretenimento

  • Informação

E a melhor coisa que você pode oferecer para suprir todas essas necessidades é: conteúdo de qualidade e que gere valor.

Como assim? Quando você cria conteúdo gratuito que ajuda o seu público a resolver um problema ou dor, a chegar mais perto de um objetivo e a economizar tempo, você gera valor.

Já que você sabe exatamente quem é o seu público, seus medos e gostos, fica mais fácil criar conteúdo que cumpra essas missões.

Aí, ele fica muito mais propenso a ouvir a sua oferta, quando você fizer uma.

É como eu falei lá no início desse texto… é muito mais fácil que um amigo faça algo por você do que um completo desconhecido.

E, ao gerar valor com conteúdo, você aproxima o público de você. Ou seja, é muito mais provável que o visitante te passe o contato dele se você der algo em troca que ajude a construir um relacionamento entre vocês.

Há vários tipos de conteúdo, como ebooks, webinários, podcasts, artigos para blog, newsletters, enfim. O importante é ser relevante e que deixe o seu público com a sensação de que valeu a pena parar para ouvir o que você tem a dizer.

Aí, você usa esse conteúdo para construir a sua lista de contatos. Como? É o que eu falo a seguir.

Crie uma landing page

Crie uma landing page

Esse é o pulo do gato quando o assunto é construção de lista de contatos. Porque o único objetivo de uma landing page é converter visitantes em leads (potenciais clientes).

Sem uma página dessas, você fica de mãos atadas. Porque essa é a ponte entre o seu conteúdo e a pessoa que quer consumi-lo.

É lá que acontece a troca: a pessoa te dá o email e você disponibiliza o conteúdo de valor para ela.

Até um tempo atrás, criar landing pages era missão dos "caras da TI". Criar tudo sozinho, sem conhecimento em códigos e programação era praticamente impossível.

Mas agora, com a ferramenta certa, você faz tudo intuitivamente e com apenas alguns cliques. E não precisa entender uma vírgula sobre programação.

Claro que, se quiser, você pode contratar um profissional da área para cumprir a missão.

Mas, na boa: não vale a pena. Digo isso porque se você precisar de alguma alteração na página ou quiser testar algo novo, vai depender de terceiros para fazer as mudanças.

Só que hoje você tem muito mais autonomia e agilidade, se tiver em mãos a ferramenta ideal. É para isso que existe o Klickpages: para você criar landing pages com facilidade para conquistar mais leads e crescer sua lista de contatos.

E o que fazer com essa lista depois? Afinal, não adianta você ter uma lista se não tiver a ferramenta certa para gerenciar suas leads.

Há pouco eu falei sobre o Klicksend, e esta é a ferramenta ideal para a missão. Lá você pode enviar campanhas direcionadas, uma mensagem mais pessoal e ter uma lista de contatos mais simples e intuitiva.

O melhor é que você pode ter o Klickpages e o Klicksend juntos, de uma só vez. Quer saber como? Então clique aqui para conhecer todas as opções de pacotes disponíveis.

Conclusão

Conclusão Lista de contatos

Agora você sabe que é totalmente possível começar a vender para uma galera antes mesmo de fazer uma oferta.

Porque eu te mostrei aqui justamente como usar sua lista de contatos para impulsionar a sua estratégia de marketing.

Já que ela te fornece dados poderosos que podem ajudar a segmentar o seu público para, então, enviar mensagens mais direcionadas e assertivas.  

Te falei também que é importante ter em mãos a sua própria lista, para ter controle da situação e não depende de mídias sociais (que podem mudar as regras do jogo a qualquer momento) para enviar sua mensagem.

Você viu também que no Klicksend você tem tudo que você precisa saber sobre os seus potenciais e atuais clientes em um só lugar.

E que os primeiros passos para construir a sua lista de contatos de forma eficaz são definir seu público-alvo, produzir conteúdo e criar uma landing page.

Pronto. Você tem o que precisa para conquistar mais clientes, vender mais e crescer o seu negócio a partir de agora!

Não deixa de me contar aqui nos comentários se você já tem a sua própria lista de contatos. =)

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Nathalia Melo

Na identidade é Nathalia, mas pode me chamar de Nath. Faço parte do time de conteúdo do Klickpages e me amarro em escrever sobre marketing digital e empreendedorismo. Pratiquei circo por três anos, agora me aventuro no levantamento de peso olímpico e adoro assistir jogos de basquete (por isso o tanto de analogia com esporte nos meus artigos). No time de conteúdo, sou a "mãezinha" da galera. No fone de ouvido, sou uma senhorinha de 80 anos. Na vida, converso sobre assuntos aleatórios, desde composição de shampoo até o sentido da existência humana.

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)