LinkedIn para Empresas: 13 oportunidades que (quase) ninguém está vendo

LinkedIn para Empresas: 13 oportunidades que (quase) ninguém está vendo

É bem provável que você esteja desperdiçando o potencial do LinkedIn para empresas.

Na minha opinião, essa plataforma é como um cavalo selado que está passando debaixo do seu nariz e talvez você esteja ignorando.

Não sei se você conhece essa expressão do cavalo selado, mas funciona assim…

Sabe aquele tipo de oportunidade que já vem completinha, com tudo o que você precisa (quer você saiba, quer não) e está lá só esperando ser aproveitada?

Essa mesmo, que não costuma aparecer o tempo todo e parece até mesmo boa demais para ser verdade?

É disso que eu estou falando.

Digo isso porque o LinkedIn para Empresas oferece muitas oportunidades de promover um negócio e é pouquíssimo explorado.

Para você ter uma ideia, dos 500 milhões de usuários ativos hoje, apenas 3 milhões compartilham conteúdo semanalmente. E você já deve saber que conteúdo é o poder no marketing digital.

Eu, sinceramente, acho um tremendo desperdício, já que muitos empreendedores têm nas mãos a chance de alavancar o negócio com as várias oportunidades oferecidas por essa rede social.

Acontece que muitas dessas oportunidades estão passando despercebidas por muitas empresas.

Quase ninguém está vendo e isso é uma ótima notícia para você.

Porque a pouca competição que ainda existe no LinkedIn permite que você nade de braçadas na hora de promover a sua marca.

Além de fazer com que o custo por lead na plataforma seja muito mais barato do que outros canais de comunicação mais concorridos por aí.

E você ainda tem um público muito mais segmentado, o que possibilita que seus anúncios tenham resultados mais eficazes.

A minha missão aqui é que você não deixe esse cavalo selado passar.

Se você quer saber como aproveitar a plataforma para alavancar o seu negócio, é só continuar aqui comigo.

Porque nesse artigo eu te mostro não uma, mas 13 oportunidades que o LinkedIn oferece para impulsionar os resultados da sua empresa.

Mas, antes disso, olha só como funciona e por que você deve incluir essa rede social na sua estratégia:

Como funciona o LinkedIn para empresas?

Como funciona o LinkedIn para empresas?

O LinkedIn é uma poderosa rede social voltada para negócios.

Ela conta hoje com mais de 26 milhões de empresas dos mais diversos ramos e segmentos e é muito útil para buscar novos profissionais, mas não só para isso.

Nem todas as empresas que têm um perfil na rede social pretendem buscar novos colaboradores, algumas só estão ativas para mostrar seu trabalho e publicar materiais relevantes.

Essa plataforma também é eficiente quando o assunto é interagir com o público e atrair novos clientes para o seu negócio.

Além disso, muitas empresas investem nessa rede social para receber feedback dos usuários e, com o resultado obtido, melhorar o seu desempenho.

Nessa rede, os contatos são chamados de conexões, que é uma espécie de ligação entre os usuários que possibilita conectar pessoas e empresas que compartilham os mesmos interesses profissionais.

Suas conexões podem ser pessoas conhecidas ou não, mas o ideal é que sejam ligadas à sua área de atuação. São esses contatos que você consegue acompanhar diretamente e alcançar com as suas publicações.

E a verdade é que você conta não só com a sua rede de conexões, mas com a rede de todas as pessoas com quem você está conectado.

Funciona assim: se você tem 100 conexões e essas 100 também têm outras 100, significa que seu perfil estará disponível a um total de 10.000 conexões quase que diretamente.

E se você quer propagar ideias da sua marca, fortalecer e conquistar tanto clientes quanto profissionais, você tem uma repercussão muito maior nessa rede social.

Agora, é possível que você queira saber…

Por que incluir o LinkedIn na estratégia da sua empresa

Por que incluir o LinkedIn para Empresas na sua estratégia

A maior função da rede é a possibilidade da oferta e candidaturas de vagas de trabalho. No entanto, aplicando a estratégia de marketing correta, o LinkedIn pode oferecer muito mais.

O LinkedIn pode ajudar a impulsionar o crescimento do seu negócio e alavancar seu reconhecimento como autoridade na área.

Incluir essa rede social hoje na sua estratégia de marketing é uma boa pedida, já que se trata de uma ótima ferramenta para construir uma base de networking sólida, prospectar e trabalhar o engajamento de possíveis novos clientes.

Além disso, é possível interagir com gente da mesma área e trocar experiências com pessoas que podem te oferecer conexões para futuros negócios.

As páginas empresariais possuem seções específicas para a apresentação de produtos e serviços, e, assim como no Facebook, seus seguidores receberão através do feed todas as atualizações postadas, como frases, status, links e imagens.

Com um perfil profissional ativo você também pode anunciar no LinkedIn e promover seus conteúdos para um público altamente segmentado, além de te ajudar na sua estratégia de SEO, já que as páginas também são indexadas pelo Google e outros mecanismos de busca.

Com isso, você tem o melhor dos dois mundos: no tráfego pago e no orgânico.

Ou seja, você tem uma verdadeira vitrine nessa rede social.

Agora que você já sabe as vantagens de investir no LinkedIn, vem comigo que eu te mostro como dar o primeiro passo.

Passo a passo para criar uma página corporativa no LinkedIn

Passo a passo para criar uma página corporativa no LinkedIn

A primeira coisa que você precisa fazer, antes de qualquer uma das dicas que eu vou dar nesse artigo, é criar a sua própria Company Page.

Para isso, você precisa já ter um perfil pessoal no Linkedin, ser ativo na rede e declarar para a plataforma que você fala pela empresa e se responsabiliza pelo conteúdo publicado na página.

A partir daí, é só seguir o passo a passo abaixo:

#1 – Clique na aba "Soluções", que fica no canto superior direito da página inicial, e depois em "Criar uma Company Page".

Ou então clica nesse link aqui, que você vai cair na seguinte página:

Nessa etapa, você escolhe em qual categoria a sua empresa está atualmente.

#2 – Complete suas informações de cadastro

Obs.: O nome da sua página não precisa ser exclusivo, mas a URL sim.

Só com uma URL exclusiva os mecanismos de busca e os usuários da plataforma encontrarão sua página.

#3 – Confirme que você pode criar uma página em nome da empresa, na caixa de verificação e, logo em seguida, clique no botão "criar página".

#4 – Clique em "Comece já" para começar a sua página corporativa.

Se você ainda tiver dúvidas de como fazer esse processo, clique aqui para ver um guia mais detalhado feito pelo próprio LinkedIn. 😉

Dica: procure usar um email corporativo (por exemplo, [email protected]) na hora de criar sua conta na plataforma.

Agora que você já sabe por que usar e o passo a passo de como criar a sua conta corporativa no LinkedIn, está na hora de ver as 13 dicas que eu separei para você crescer o seu negócio com essa rede social:

13 maneiras de aproveitar o melhor do LinkedIn para empresas

13 maneiras de aproveitar o melhor do LinkedIn para empresas

Agora vamos ao que interessa: aqui estão 13 oportunidades que o LinkedIn oferece para a sua empresa se promover de maneira eficiente e se destacar em meio à concorrência.

Prepara o lápis e o papel que tem muita coisa aqui para aplicar hoje mesmo no seu negócio.

1. Encontre clientes e conexões altamente segmentados

Essa é uma rede social excelente para encontrar pessoas que estarão mais dispostas a investir no que você oferece.

Sério. A segmentação no LinkedIn é incomparável no marketing digital.

Isso porque ele é um grande banco de informações sobre todos os profissionais cadastrados.

Ele tem informações que outras redes sociais não possuem, bem mais específicas, como grau de escolaridade, por exemplo.

Isso é ótimo para que as empresas foquem no setor, no tipo de empresa e no cargo que eles sabem que normalmente comprariam seu produto ou serviço.

2. Personalize a sua URL

Assim que a sua Company Page é criada, você ganha automaticamente uma URL padrão.

Só que, se você quer ser encontrado com mais facilidade tanto pelos usuários quanto pelo Google, o ideal é que a sua URL seja personalizada.

Essa dica é importante especialmente para quem tem muita conexão com clientes em potencial.

Você pode reivindicar isso com o suporte do LinkedIn no ícone de configurações, pedindo que ele contenha o nome da sua empresa (caso ainda esteja disponível).

O importante é que seja uma URL simples e amigável.

A minha sugestão é que você opte pela mesma extensão que costuma usar em outras redes sociais.

3. Complete a seção “Resumo”

Não cometa o erro de muitos perfis e páginas comerciais, que é negligenciar a seção resumo.

Esse é um espaço valioso. Pensa bem: você tem 2.000 caracteres para falar com seu público-alvo, direta e persuasivamente.

Pessoas gostam e querem se conectar com a marca, antes mesmo do produto ou serviço oferecido, e esta é a sua oportunidade de se apresentar aos clientes em potencial.

Escreva em primeira pessoa, use frases completas e seja claro.

4. Comece com conexões e crie relacionamentos

A essência do LinkedIn é a conexão entre os profissionais. Mas isso não quer dizer que você não possa dar um passo além na sua relação com os outros usuários.

Aproveite suas conexões com clientes em potencial, parceiros estratégicos e outros empreendedores para estreitar laços e criar relacionamentos duradouros.

5. Publique conteúdo de alta qualidade

Publique conteúdo de alta qualidade

Agora você me pergunta: “mas como vou criar esse relacionamento com os usuários do LinkedIn?”

Mais uma vez, a resposta é: conteúdo.

Através da criação e compartilhamento de conteúdos que sejam relevantes para seu público-alvo, que deve atingir dois objetivos:

  1. ensinar sua audiência sobre como resolver um problema

  2. estabelecer você como um líder e uma referência no assunto

Essas duas coisas levam naturalmente a mais vendas no fim das contas.

Para te ajudar com esse processo, o LinkedIn oferece uma funcionalidade que te permite fazer publicações em uma plataforma própria, chamada de Pulse.

O LinkedIn Pulse é uma ferramenta voltada para produção de conteúdo e é muito parecido com um blog.

Nela os usuários podem escrever artigos e compartilhá-los com as suas conexões, permitindo uma importante troca de ideias e interação entre os profissionais da rede.

Além de conteúdo escrito, você pode incluir fotos, vídeos e links para deixar o seu conteúdo ainda mais atrativo.

Depois, ainda é possível mensurar o alcance com o número de visualizações e curtidas da publicação.

Apesar de ser exclusivo a usuários e não aberto às páginas corporativas, você pode aproveitar dos benefícios do LinkedIn Pulse.

Basta criar o seu conteúdo como pessoa física e depois compartilhar na página da sua empresa.

6. Crie uma agenda de conteúdos

Você já sabe que pode (e deve) investir em conteúdos na sua página.

Que, além de criar artigos com o LinkedIn Pulse, pode compartilhar materiais relevantes feitos pelo seu perfil pessoal ou então links externos, inclusive de outro canais de comunicação da sua empresa.

Além disso, sua empresa pode criar pequenas postagens cotidianas para dividir experiências e curiosidades sobre processos dentro da sua empresa com seus seguidores, por exemplo.

Acontece que, para se tornar de fato um influenciador que vale a pena acompanhar de perto, é importante que você mantenha uma frequência de postagens e que elas sejam organizadas.

Por isso, é fundamental estabelecer uma agenda de conteúdos. Montar um esquema que garanta sua presença assídua na plataforma.

Só não se esqueça que o conteúdo precisa ser relevante, nada de mero entretenimento.

Não desvie do objetivo principal que é entregar valor para o seu público.

7. Mensure o desempenho das suas publicações

Conteúdo produzido, organizado e compartilhado?

Agora é hora de acompanhar de perto e analisar informações como quantidade de visualizações, cliques e engajamento nas últimas publicações da sua empresa.

Esse processo é fundamental para identificar o que deu mais resultado com a sua audiência e saber quais estratégias manter ou não nas próximas publicações.

8. Faça anúncios na plataforma

Faça anúncios na plataforma

Você também pode anunciar no LinkedIn. Ter uma página corporativa permite que você execute ações patrocinadas para promover o seu conteúdo.

Os anúncios atingem mais pessoas, porém eles requerem um investimento.

Mas é um investimento que vale a pena. Só no Brasil, cerca de 35 milhões de pessoas podem ser alcançadas com anúncios no LinkedIn.

Como você já viu aqui, a capacidade de segmentação e foco é muitas vezes superior à de outras redes, como o Facebook.

Por meio de uma atualização patrocinada pelo LinkedIn, você pode segmentar seu nicho, aumentar os visitantes do site e, se o conteúdo for atraente, gerar leads de vendas.

Ou seja, essa é uma ótima oportunidade de levar tráfego de alta qualidade ao seu site em um curto período de tempo.

São 3 tipos de anúncios que o LinkedIn oferece, ou seja, os tipos de LinkedIn Ads.

  • Sponsored Content;

  • Text Ads;

  • Sponsored InMail.

Vou explicar um a um em detalhes.

Sponsored Content

Traduzindo para o português, esse é o famoso conteúdo patrocinado.

Esse formato promove o seu próprio material, mas para usar a ferramenta é preciso ter uma company page, já que o conteúdo irá direcionar para o perfil da sua empresa.

Text Ads

Esse é o mais parecido com o Google Ads, pois esse tipo de anúncio funciona como um link externo, ou seja, ele irá direcionar os usuários para o seu site. Não precisa ter uma company page.

Sponsored InMail

Esse formato é o que mais chama a atenção do usuário, pois se trata de uma mensagem encaminhada diretamente para a caixa de entrada pessoal dele.

Exatamente por esse motivo, ele só pode ser feito através de uma nova conta, como gerente de contas do LinkedIn.

Pronto! Agora que você sabe o que é LinkedIn Ads, fica mais tranquilo criar o seu anúncio.

São 3 passos bem simples:

  • Vá em “gerenciador de campanhas LinkedIn Ads”

  • Clique em “criar campanha” (ou Create Campaign)

  • Selecione qual é a melhor campanha que se encaixa no seu objetivo

Quando selecionada uma das opções, basta você nomear a campanha e criá-la.

9. Crie e participe ativamente de grupos

Para quem quer investir no networking, geração de leads, aumento de autoridade e vários outros benefícios para sua empresa, eu sugiro ficar de olho nos grupos do LinkedIn.

Nesse espaço, profissionais com interesses semelhantes aos seus e até mesmo o seu público-alvo abrem fóruns de discussão e trocam experiências de maneira direta.

Essa é uma ótima forma de ouvir o que a sua audiência está precisando ou querendo saber. Daqui, você pode tirar muitas ideias para criar os seus conteúdos gratuitos.

Além de que participar ativamente desses grupos te ajuda a fortalecer a sua marca e a sua posição de referência no mercado.

10. Cuide da imagem da sua Company Page

A imagem da sua Company Page deve ser compatível com a sua marca. Isso é um ponto importante para a presença e credibilidade da sua página.

As imagens, as cores e o conteúdo devem ser consistentes com o seu site e com qualquer outro perfil de mídia social que a empresa tenha.

Atualize a página regularmente, de modo que a marca esteja ativa e sempre atual.

Já se deparou com um perfil ou página totalmente desatualizado ou que é alimentado bem de vez em quando, sem nenhuma organização?

Eu já. E, para mim, essa empresa perde a moral quando isso acontece.

Porque só demonstra que ela não está nem um pouco interessada em gerar valor para a sua audiência, ou então que trata com desleixo um importante canal de comunicação com o cliente.

Por isso, além da imagem, cuide da presença da sua página na plataforma.

11. Não exagere nas vendas

Pode parecer estranho falar isso, mas é o que é.

Por mais que o seu objetivo final com a estratégia de marketing no LinkedIn seja aumentar suas vendas, é preciso tomar cuidado com a maneira que você a conduz.

A estratégia no LinkedIn é mais de relacionamento, de criar relacionamentos que evoluem e resultam em vendas.

Entrar na plataforma só para ficar anunciando, vendendo de forma descarada, pode ser um tiro no pé.

Tenha em mente que as pessoas não querem ser interrompidas enquanto navegam. O que você precisa fazer é investir em Inbound Marketing e se esforçar para se encontrado por lá.

12. Gere novos potenciais clientes organicamente

Gere novos potenciais clientes organicamente

Mesmo tendo a possibilidade de fazer anúncios na plataforma, quem não gostaria de economizar na hora de gerar novas leads para o seu negócio?

Seguindo todas as dicas sobre como usar o LinkedIn para empresas que eu dei até aqui, você já terá um perfil sólido o suficiente para atrair novos potenciais clientes de maneira orgânica, naturalmente.

Quanto mais conteúdo de valor você oferece na sua company page, mais chances tem de chamar a atenção desse público qualificado e disposto a investir no seu produto ou serviço.

Quanto mais conteúdo interessante você publicar, maiores serão suas chances de atrair novos visitantes para sua página, que converterão em trabalhos alinhados ao seu perfil.

A minha dica é que você potencialize esse processo, oferecendo na sua página uma recompensa acima da média e muito relevante para a sua audiência, em troca de alguma forma de contato (preferencialmente o email).

Assim, você pode promover abordagens mais direcionadas, educá-lo e nutri-lo até que ele esteja pronto para se tornar um cliente de fato.

O ideal é que você faça isso através de uma landing page de alta conversão. E, para isso, você pode contar com a ajuda do Klickpages.

É simples criar a sua landing page personalizada, olha só:

  • Escolha seu modelo: veja opções de alta conversão comprovada através de testes.

  • Customize a página: edite os textos, as cores e as imagens, além de ocultar elementos que pouco agregam.

  • Publique: por fim, é só publicar no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

13. Potencialize o desempenho do SEO

Ainda falando em conquistar clientes sem ter que investir uma grana para isso, aqui vai uma boa notícia.

As Company Pages são extremamente amigáveis para o Google. Isso é ótimo para a sua estratégia de SEO.

A minha dica é: certifique-se de ter selecionado as palavras-chave certas para o seu negócio, de estar usando termos relevantes na descrição da sua empresa e de que o conteúdo da sua página esteja adequado ao seu público-alvo.

Com as ferramentas certas, você pode aumentar ainda mais o alcance da sua página e, consequentemente, da sua marca no maior mecanismo de buscas que existe.

Conclusão

Conclusão LinkedIn para Empresas

Não dá mais para ignorar o potencial do LinkedIn para empresas, como você acabou de ver.

Algumas oportunidades já aparecem com o “pacote completo” e estão apenas esperando que você vá lá e aproveite tudo que elas podem te oferecer.

Certamente, são raras as vezes que damos de cara com elas, mas o que você viu nesse artigo é uma dessas oportunidades que você não pode deixar passar batido.

Eu te mostrei como funciona o LinkedIn para empresas e por que incluí-lo na sua estratégia de marketing é uma excelente ideia.

E ainda separei as 13 oportunidades que a plataforma oferece para você aplicar no seu negócio e alavancar suas vendas.

Por exemplo, como segmentar melhor o seu público, fazer anúncios mais eficazes, mensurar o desempenho das suas publicações e gerar leads qualificados de forma orgânica.

E o melhor é que tudo que eu falei aqui pode ser aplicado na sua empresa hoje mesmo.

E aí? Você já conhecia alguma dessas possibilidades que o LinkedIn para empresas te oferece? Já usava alguma delas no seu negócio?

Me conta aqui nos comentários! Abraço!

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Hugo Rocha

Hugo Rocha é co-fundador da Ignição Digital e do Klickpages. Já atuou diretamente nos bastidores dos maiores lançamentos digitais do Brasil. Atualmente está a frente da equipe de tráfego e crescimento da Ignição Digital e Klickpages liderando pessoalmente mais de R$ 4 milhões de reais em investimento em tráfego nos últimos 12 meses com ROI acima de 300%.

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)