Hashtag (#): o que é e como usar no Instagram, Twitter e outras redes

Você certamente já viu uma hashtag aplicada em diferentes contextos e canais na internet.

Mas como você pode se beneficiar dela?

Tenha a certeza de que esse deve ser um ponto de atenção.

Mais do que isso: uma estratégia com grande potencial de marketing, seja ele pessoal ou empresarial.

O que antes era apenas um símbolo no teclado do telefone, agora marca presença nas redes sociais mais populares.

E isso inclui Facebook, Twitter e Instagram, entre outras.

As hastags vêm se tornando o meio mais comum de categorizar conteúdo nesses canais.

Na prática, funcionam como um atalho para que os usuários encontrem informações relevantes sobre quaisquer assuntos, marcas e empresas.

Incluindo a sua.

Então, não resta dúvidas que saber como usar hashtags é fundamental para o seu sucesso nas mídias sociais.

Quer aprender como?

Neste artigo, vamos explicar o que são, quando e como usá-las para ajudá-lo a alcançar o sucesso desejado.

Boa leitura!

O que é hashtag?

Uma grande quantidade de palavras foram incluídas no dicionário nas últimas duas décadas graças às mídias sociais.

Por outro lado, poucas se tornaram tão aceitas e utilizadas como hashtag.

Trata-se de uma espécie de palavra-chave associada a uma informação.

É um tipo de etiqueta, sempre precedida pelo símbolo cerquilha, ou jogo da velha – #.

Quem a utiliza indica ao receptor da mensagem do que se trata.

Mais do que isso, a utilização em massa de uma hastag concentra uma discussão específica.

Pode ser usada, portanto, para marcar determinado assunto em evidência na web.

No cenário digital, as hashtags são usadas para classificar e indexar o conteúdo desses canais através de listas facilmente navegáveis.

O primeiro uso de uma hashtag pode ser atribuído à Chris Messina, um ex-funcionário da Google que trabalhou em relações de desenvolvedores e como designer no Google+.

http://newsbytes.ph/wp-content/uploads/2017/08/hashtag.jpg

Esse tweet foi publicado em agosto de 2007.

Hoje, mais de uma década depois, a certeza é de que as hashtags vieram para ficar.

O que significa hashtag?

Hashtag é uma palavra-chave ou mesmo uma frase escrita sem espaços, precedida por um sinal de cerquilha, utilizada em mídias sociais e aplicativos.

Sua função é identificar mensagens direcionadas a um tópico específico.

OK, isso você já sabe.

Mas lembra o que falamos antes sobre dicionários?

Em 2014, o renomado Oxford incorporou o termo à língua inglesa, apresentando a definição que acabamos de destacar, em uma tradução livre.

As hashtags tendem a abordar o tema da postagem nas redes sociais e podem ser inseridas em qualquer lugar: no início, no final, ou até mesmo ao longo do texto.

Adicionando o símbolo # em frente às suas palavras-chaves, automaticamente, é criado um hiperlink que irá direcionar as pessoas para o fluxo de todas as outras postagens que também utilizaram aquela hashtag específica.

Vale lembrar que, para que a publicação com uma hashtag apareça na busca de qualquer pessoa, a postagem deve ser pública.

Quando usar?

Quando usadas corretamente, as hashtags resultam em uma ótima estratégia.

Isso vale tanto para as pessoas quanto as marcas.

Elas possibilitam tornar as suas postagens mais visíveis, o que aumenta o engajamento com os seguidores.

Além disso, servem para atualizar um grupo de pessoas com ideias semelhantes sobre o mesmo tópico em tempo real.

Por isso, são comumente utilizadas para unir conversas em torno de temas em comum.

Veja exemplos:

  • Eventos ou conferências – #Rio2016

  • Desastres ou emergências – #PrayForOlando

  • Feriados ou celebrações – #carnaval2018

  • Tópicos de cultura popular – #GameofThrones

  • Hashtags populares – #tbt ou #instagood.

A chave é usar hashtags com moderação e somente quando tiverem real valor.

Utilizá-las em excesso pode confundir e até mesmo irritar seus seguidores.

E, nas redes sociais, esse nunca é um sentimento a ser despertado na audiência, pois seu potencial é sabidamente devastador.

Falaremos mais sobre isso no tópico a seguir.

Como usar?

Usar hashtags em uma postagem é realmente tão simples como parece.

Basta adicionar o sinal # antes de uma única palavra ou frase, sem espaços ou pontuação.

O problema, muitas vezes, mora justamente nessa simplicidade toda.

Diante de uma oportunidade tão descomplicado, não raro as pessoas apelam para a hastag em todas as suas postagens.

Assim, se tornam repetitivas, o que tende a gerar mais repulsa do que atração.

Percebe o tamanho do problema?

Mas não precisa ser assim.

Existem boas práticas que você deve adotar para aproveitar ao máximo o potencial desse recurso.

Aqui vão algumas dicas rápidas sobre como usar hashtags que irão dar mais sentido para a sua estratégia.

Não coloque todo o conteúdo em forma de hashtag

A primeira boa prática, e uma das mais importantes, é esta: não tenha mais hashtags do que palavras.

#IssoMesmoQueVoceAcabouDeLer

Além de dificultar a leitura e a compreensão, hashtags muito longas especificam até demais o conteúdo e acabam diminuindo o volume de pesquisas.

Elas servem para tornar seu conteúdo visível para um público amplo.

Mas a verdade é que nem tudo o que você produz e escreve vai se encaixar nessa categoria.

Se o seu tweet, post ou comentário não está agregando relevância alguma à conversa, talvez a melhor opção pode ser deixar a hashtag de lado.

O ideal é você mantê-las curtas e em pouca quantidade.

Não use uma hashtag para cada palavra

#essa #tambem #e #outra #pratica #fundamental #para #ser #bem #sucedido #nessa #estrategia

Muitos usuários do Instagram, por exemplo, partem da premissa de que mais hashtags podem significar maior alcance e interesses.

Então, sobrecarregam suas postagens com o tanto de hashtags que for possível, o que é supostamente 30.

Não é assim que funciona.

Você não precisa usar 30 hashtags em uma única publicação.

E nem deve.

Na verdade, você não precisa usar nem cinco.

Até mesmo porque, utilizando uma hashtag para cada palavra, você coloca seu conteúdo em vários fluxos e grupos diferentes, surtindo o efeito contrário da prática citada acima.

Você pode até ganhar mais seguidores desta forma, mas muitas vezes é o tipo errado de seguidor ou pessoas que só estão interessadas em serem seguidas de volta.

O efeito prático em termos de resultado é zero.

Ou pior ainda: perda de tempo.

Use uma hashtag que esteja de acordo com o tema do post

Uma coisa é certa: é imprescindível adequar as hashtags com o conteúdo da sua postagem.

Escolher hashtags só porque estão em alta pode não trazer o público certo para sua página.

Por isso, é bom experimentar e se aperfeiçoar nos grupos de pessoas que compartilham o interesse em um tema específico.

Assim, quanto mais de acordo com o tema do post a sua hashtag estiver, mais segmentada será sua audiência.

E todos sabemos que um público mais segmentado geralmente significa um engajamento mais qualificado.

Se o seu negócio ainda não possui hashtags próprias, encontre uma ou duas delas que realmente tenham relevância e se encaixem com as suas postagens.

Quer um exemplo?

Supondo que a sua empresa trabalhe com fotografia de recém-nascidos.

Ao invés de usar #bebes, o que poderia remeter a bebês de diferentes meses de vida, opte por #newborn.

A hashtag #newborn é específica para esse tipo de trabalho e irá atingir em cheio seu cliente-alvo: os pais.

Confira a ortografia

O propósito das hashtags é serem informais, criativas e divertidas.

Mas cuidado como faz uso dessa liberdade toda.

Isso não significa que você possa esquecer de checar a ortografia antes de postar.

Jamais caia nessa armadilha.

Os erros podem acabar diminuindo sua credibilidade.

Mas não apenas isso.

Talvez criem links que não irão direcionar os usuários para a página que você gostaria, resultando em mais desperdício de tempo e esforço.

Como funciona a hashtag em cada uma das redes sociais?

Curioso para saber como explorar a hastag em cada rede social?

Antes disso, você tem uma tarefa adicional a cumprir.

É preciso que realize pesquisas e tente identificar como o seu público-alvo se comporta em cada rede social e de que forma ele costuma gastar seu tempo nela.

Isso porque, mesmo depois de uma década do início das hashtags no Twitter, várias outras plataformas incorporaram esse recurso, cada uma com seus próprios objetivos.

E aí podemos citar Facebook, Instagram, Pinterest, LinkedIn, entre outras.

Você saberia dizer onde estão seus potenciais clientes?

Quais canais eles utilizam com maior frequência?

Entendido esse ponto, podemos avançar.

Vamos explicar agora como a hashtag funciona nas três principais redes sociais que fazem uso desse recurso: Twitter, Instagram e Facebook.

Twitter

A hashtag no Twitter serve para falar sobre assuntos do momento.

Também para ligar as conversas de diferentes usuários em um mesmo fluxo.

Se esses usuários não estiverem conectados um ao outro, mas falam sobre o mesmo tópico usando uma hashtag específica, seus tweets aparecerão no mesmo fluxo.

Interessante, não?

E para criar uma hashtag e um fluxo de conversa é simples: basta incluí-la no tweet que será publicado.

Vale lembrar que apenas os tweets publicados a partir de uma conta pública serão visíveis na pesquisa daquela hashtag.

Depois de publicá-la, não deixe de acompanhar a sua repercussão, se as pessoas estão usando a hashtag e como estão fazendo isso.

Você pode realizar esse monitoramento de duas formas:

  • Com a busca simples: escrevendo a hashtag corretamente no campo indicado com a lupa

  • Com a busca avançada: filtrando a busca pela data ou localização, por exemplo.

Os resultados poderão ser exibidos de cinco maneiras diferentes, cada uma com suas características próprias.

Veja só:

  • Top: os tweets com maior envolvimento são exibidos primeiro

  • Live: são exibidos cronologicamente conforme são publicados

  • Accounts: uma lista das principais contas do Twitter relacionadas com a hashtag

  • Photos: exibem tweets de imagens que trazem a hashtag

  • Videos: exibem tweets de vídeos que trazem a hashtag.

Além disso, a plataforma possui um ranking próprio, o “Trending Topics”.

Basicamente, ele mostra, em tempo real, quais são as hashtags que estão em alta, sendo as mais utilizadas.

Quando a hashtag de uma campanha consegue se posicionar no Trending Topics, podemos afirmar que as pessoas estão falando – e muito – sobre a sua estratégia.

Instagram

Assim como no Twitter, para sua hashtag ser encontrada pelos usuários do Instagram, basta adicioná-la na legenda da sua foto ou vídeo e publicá-la por uma conta pública.

Além disso, você já deve ter notado que, quando você começa a digitar uma hashtag usando o símbolo #, o próprio Instagram sugere ideias de hashtags para você com base em sua popularidade.

É um detalhe a mais para ajudá-lo a acertar na estratégia.

Outro diferencial da plataforma é que você pode pesquisar por hashtags na seção “Explorar”, indicada pela lupa na parte inferior.

Há três movimentos que você pode fazer nessa seção:

  • Encontrar hashtags relacionadas

  • Ver as hashtags mais publicadas

  • Procurar postagens recentes.

Facebook

Para usar uma hashtag no Facebook, tudo o que você precisa fazer é incluí-la dentro da publicação.

Simples assim.

Se você quer que outras pessoas, além dos seus amigos, possam encontrá-la, então, certifique-se de que sua postagem seja pública.

Para isso, basta clicar no botão à direita de "Publicar" e escolher "Público" no menu suspenso.

A partir do momento em que você publica a hashtag, ela vira um hiperlink que irá direcionar quem clicá-la para uma página paralela.

Nela, estão outras publicações com a mesma hashtag.

Ao buscar por uma hashtag, você notará que os resultados podem listar aquelas mais utilizadas nas seguintes categorias:

  • Pessoas

  • Grupos

  • Páginas

  • Eventos

  • Lugares.

Hashtags mais usadas

Em retrospectiva sobre 2017, o Instagram divulgou a relação das hashtags mais utilizadas ao longo do ano passado.

Confira quais foram as dez primeiras do ranking:

  1. #love

  2. #fashion

  3. #photooftheday

  4. #photography

  5. #art

  6. #beautiful

  7. #travel

  8. #happy

  9. #nature

  10. #picoftheday

Como pesquisar por hashtags

Devido à popularidade de hashtags, há uma série de ferramentas que você pode usar na busca da hashtag perfeita.

Vamos conhecer algumas delas?

  • Hashtagify.me: ferramenta gratuita para encontrar hashtags. Também fornece dados numéricos sobre o uso da hashtag e ajuda você a mapeá-la em relação a outras opções semelhantes.

  • RiteTag: poderosa ferramenta de pesquisa de hashtag que você pode usar para o Facebook e Twitter. Ela fornece dados atualizados sobre a performance da sua hashtag.

  • Sprout Social: ferramenta que analisa e identifica as hashtags com maior engajamento e mais relevância em torno de sua marca.

Além dessas ferramentas, você também pode pesquisar por hashtags de forma muito simples.

Não sabe como?

Visite contas semelhantes, veja quais hashtags eles estão usando e clique para ver como outras contas estão usando-as também.

Nada mais é do que uma análise da concorrência.

Assim, você pode facilmente descobrir hashtags importantes que talvez não apareçam em pesquisas realizadas nas ferramentas citadas.

Crie sua própria hashtag

O que acha de otimizar as suas hashtags e usar frases ou palavras-chave adequadas ao seu nicho de mercado?

Se fizer isso, as chances do seu negócio ser descoberto são bem maiores.

Considerando que é mais fácil encontrar a sua empresa dessa forma, é provável que você também note um maior tráfego de redes sociais.

Mas, além de otimizar suas hashtags, por que não criar uma própria para seu negócio?

Sim, você pode.

Antes de começar a pensar em frases inteligentes ou palavras-chave, você deve definir seu objetivo final.

São exemplos:

  • Aumentar o número total de cliques no link

  • Medir o alcance da suas publicações

  • Se tornar mais visível em uma rede social específica.

Após definido o objetivo e as redes sociais que você irá usar, é a hora de se tornar criativo.

Apenas se certifique de seguir as dicas já apresentadas para manter o equilíbrio entre uma postagem criativa e uma postagem irritante.

Suas hashtags devem ser únicas e relevantes para o seu negócio e sua marca.

Não basta criar uma hashtag só para ter uma.

Em vez disso, tenha certeza de que essa estratégia irá efetivamente impactar seu público – e de forma positiva, é claro.

Hashtags bem-sucedidas são frequentemente fáceis de lembrar, adequadas para sua marca, focadas em uma mensagem, exclusivas e únicas para seu negócio.

Tem um slogan legal?

O nome da marca é bastante exclusivo?

Que tal torná-los uma hashtag?

Caso a resposta tenha sido “não”, fique tranquilo!

Você também pode seguir os passos abaixo para realizar esse processo:

  • Brainstorm: a hashtag representará sua marca, mas também precisa ser curta e divertida. Pense em alguns potenciais com base em seu nome, evento, etc.

  • Pesquisa: verifique se já está em uso. Você quer criar uma comunidade em torno de sua hashtag e, para isso, precisa começar do zero

  • Promover: escreva sobre sua hashtag em todas as mídias sociais. Coloque-a em seus folhetos e tenha-a em um lugar visível do seu banner ou outdoor

  • Monitore: certifique-se de acompanhar o que as pessoas marcam com sua hashtag e interaja com elas sempre que fizer sentido. Sua comunidade espera que você seja o pilar central da comunicação, então, tenha certeza de que nada pode passar despercebido.

Exemplo de hashtag

Antes de finalizarmos, vale falar de um case de sucesso.

Um exemplo recente de hashtag própria foi o Projeto #FanFeat da Coca-Cola.

Ele abriu a votação para o público escolher três de nove artistas para gravarem uma música juntos.

Dê uma olhada no vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=WbjsKJ3vWD8

Comece a capturar leads hoje mesmo com o Klickpages

Você ainda não usa as redes sociais para capturar leads?

Não perca essa excelente oportunidade!

Conforme interage com seu público, envie convites para assinar uma newsletter, receber novidades por e-mail, baixar um e-book ou mesmo se inscrever em um curso gratuito.

Seja qual for a ação, caprichar na landing page aumenta as chance de confirmar as conversões desejadas.

Nessa, o Klickpages é a ferramenta ideal.

Veja como criar a sua:

  1. Escolha seu modelo: há opções de alta conversão comprovada por testes.

  2. Customize a página: é só editar os textos, as cores e as imagens, além de ocultar elementos que pouco agregam.

  3. Publique: publique no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Conclusão

Neste artigo, falamos sobre hashtag, a etiqueta que agrupa publicações em torno de um único assunto na web.

Embora cada rede social tenha suas próprias regras e diretrizes, entender os conceitos básicos de como usar hashtags é um passo importante para adequar a sua estratégia de marketing digital.

As hashtags podem ajudá-lo a se comunicar com os seguidores, a promover e gerar envolvimento com seu conteúdo e até mesmo atrair um novo público para a sua marca.

Siga as dicas que conferiu neste artigo.

E não deixe de compartilhar suas experiências conosco, nos comentários abaixo.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Hugo Rocha é co-fundador da Ignição Digital e do Klickpages. Já atuou diretamente nos bastidores dos maiores lançamentos digitais do Brasil. Atualmente está a frente da equipe de tráfego e crescimento da Ignição Digital e Klickpages liderando pessoalmente mais de R$ 4 milhões de reais em investimento em tráfego nos últimos 12 meses com ROI acima de 300%.