Google Trends: descubra exatamente o que o seu público quer

Google Trends: o que é, por que e como usar na sua estratégia

Não usar o Google Trends para planejar o conteúdo do seu negócio é que nem ter miopia e tentar dirigir sem óculos.

Não sei se você tem algum problema de vista, mas se você não sabe como que é, a visão de quem é míope é mais ou menos assim:

Google Trends - Miopia

Fonte: Buzzfeed

Dependendo do grau, fica bem embaçado mesmo.

Agora imagina tentar dirigir enxergando desse jeito. É um risco e tanto!

Porque você pode não enxergar a sinalização direito, pode não ver um buraco na pista… Enfim, as chances de causar um acidente são de 99,9%.

É claro que existem vários outros fatores que influenciam você dirigir bem ou não, mas definitivamente uma pessoa que tem miopia, dirigindo sem óculos, tem grandes chances de causar um acidente.

E como você pode evitar isso?

Com uma solução bem simples: usando óculos.

A mesma coisa acontece com o planejamento de conteúdo do seu negócio.

Tem vários fatores que vão influenciar se seu blog, canal do YouTube ou redes sociais vão dar resultado ou não.

Mas uma coisa é certa: se você não tem uma visão clara de quais são as tendências do momento e o que o seu público está buscando, as chances de dar errado são bem maiores.

Você corre o risco de acabar perdendo o seu tempo escrevendo artigos para blogs ou gravando vídeos sobre assuntos que (quase) ninguém tem interesse, mas que na sua cabeça podem parecer uma boa ideia.

Acredite ou não, isso pode acontecer com você. Pois nem sempre a gente tem a visão do mercado e do público exatamente como eles são.

Acontece que, assim como para a miopia, a solução para essa situação é bem simples: usar o Google Trends.

Essa ferramenta é capaz de te dar uma visão mais clara sobre o seu público para que você possa criar conteúdos  ainda mais relevantes.

Com isso, você vai poder investir seu dinheiro, tempo e energia em algo que vale a pena e pode trazer de fato bons resultados para o seu negócio.

Então, se você quer saber mais sobre isso, continua comigo até o final deste artigo.

Porque nas próximas linhas eu vou te mostrar o que é o Google Trends, como ele funciona, por que você deve utilizar no seu negócio e como fazer isso.

Vamos lá?

O que é o Google Trends?

O que é o Google Trends?

Não sei se você tem um amigo ou conhece alguém assim…

Mas sabe aquele pessoa que sempre sabe tudo o que tem de mais novo em tecnologia, sabe todos os assuntos mais populares ao redor do mundo e está por dentro de todas as tendências?

Esse é o Google Trends, a ferramenta gratuita que mostra a popularidade de um determinado tópico nas buscas ao longo do tempo.

Ele foi criado em 2006 com o intuito de revelar informações sobre como as pessoas pesquisam no Google e no YouTube e, assim, descobrir tendências.

Por isso o nome Trends, que em inglês significa tendências.

Por meio dele, você consegue saber, por exemplo, quais têm sido os assuntos mais pesquisados na sua região.

Ou, então, quais são as palavras-chave que estão tendo um aumento nas buscas dentro do seu nicho de mercado.

Mas antes de entrar mais nos motivos pelos quais que você deveria utilizar essa ferramenta no seu negócio para otimizar sua estratégia de marketing, eu vou te mostrar como ela funciona.

Como funciona o Google Trends?

Como funciona o Google Trends?

O Google coleta e armazena de forma organizada os dados de pesquisas feitas, tanto na própria plataforma como no YouTube, desde 2004.

Ele remove as informações pessoais e também os termos que são pesquisados por pouquíssimas pessoas ou por uma mesma pessoa num curto período de tempo.

Quando você faz uma pesquisa no Google Trends, ele acessa esses dados e cria um gráfico como este, abaixo, que revela como o interesse por um determinado tópico variou ao longo do tempo.

Google Trends Como Funciona Exemplo

Como você vai ver no tópico sobre como usar essa ferramenta, ela é bastante simples e oferece informações valiosas.

Além disso, anualmente o Google Trends gera relatórios sobre as tendências do ano anterior, tanto para cada país quanto para o mundo todo.

Por que utilizar o Google Trends?

Por que utilizar o Google Trends?

Se você trabalha com marketing de conteúdo, essa é uma ferramenta de SEO que você deveria usar.

Porque ela vai te ajudar a entender quais são as palavras-chave mais relevantes dentro do nicho do seu negócio.

Afinal de contas, não adianta nada você investir em produção de conteúdo de qualidade, se você está escrevendo ou gravando vídeos sobre assuntos que (quase) ninguém quer ver.

Você precisa focar naquilo que o seu público-alvo quer saber dentro da sua área. Assim, você vai conseguir investir seu tempo, energia e dinheiro onde tem mais chances de ter resultado.

E o Google Trends consegue te ajudar com isso de 6 formas:

1. Encontrando ideias de conteúdo

Não sabe o que escrever para o próximo artigo do blog da sua empresa? Ou sobre o que vai ser o próximo vídeo do seu canal no YouTube?

O Google Trends pode te ajudar a encontrar a sua próxima ideia.

Quando você procura por qualquer termo, a ferramenta também te mostra consultas relacionadas.

Por exemplo, imagina que o nicho do seu negócio é alimentação e você não faz ideia do tema para o seu próximo vídeo no YouTube.

Pesquisando pelo termo “low carb”, o Google Trends mostra que as seguintes buscas relacionadas estão tendo um crescimento:

Encontrando ideias de conteúdo

Você pode gravar um vídeo ensinando uma dessas receitas e explicando por que ela é low carb e qual o efeito disso na alimentação, por exemplo.

2. Identificando tendências

Você pode acompanhar palavras-chave relacionadas ao seu nicho de mercado para encontrar novas tendências, como um aumento num termo que antes não era tão popular.

Além disso, a página de Principais Pesquisas te mostra o que mais tem sido pesquisado recentemente por país.

3. Comparando termos

Está na dúvida entre dois sinônimos e não sabe qual usar como palavra-chave? O Google Trends te mostra qual deles é o mais popular.

Por exemplo, cão ou cachorro? A opção bem mais popular é cachorro, segundo o Google.

Comparando termos

Mas isso não significa que você não poderia usar a palavra “cão” ao longo do seu texto. Porém “cachorro” deve ter um peso maior.

4. Identificando o melhor período para determinados conteúdos

Algumas palavras-chave têm sazonalidade, ou seja, elas têm períodos recorrentes de maior procura.

Como é o caso da palavra “resort” que teve um aumento considerável de busca entre o final de dezembro e o começo de janeiro nos últimos cinco anos.

Identificando o melhor período para determinados conteúdos

Isso quer dizer que vale a pena publicar conteúdo sobre esse assunto durante esse período, porque é quando mais pessoas estão procurando mais, logo, as chances de mais pessoas acessá-lo também são maiores.

5. Evitando palavras-chave que estão em queda

Às vezes, pode ser uma boa ideia produzir conteúdo sobre um determinado tópico que os seus concorrentes estão cobrindo.

Mas uma pesquisa rápida no Google Trends pode revelar que esse é um termo que está entrando em baixa, ou seja, as pessoas estão deixando de pesquisar sobre ele.

E pode acontecer de, até que você consiga finalizar o seu conteúdo e publicá-lo para a sua audiência, já não tenha mais interesse no assunto.

Assim, você acabaria desperdiçando o seu tempo, esforço e até mesmo investimento em algo que já não daria mais tanto retorno para o seu negócio.

6. Focando em regiões específicas

Com o Google Trends você consegue descobrir em quais regiões a palavra-chave que você quer cobrir tem mais relevância.

Isso pode ser bastante útil, por exemplo, na hora de segmentar um público para uma campanha de marketing.

Pois se você percebe que em determinados estados a busca por um produto, serviço ou termo é bem maior, pode focar neles e excluir aqueles que apresentam resultado muito baixo.

Além disso, você também pode usar essa funcionalidade para expandir a cobertura do seu negócio para regiões que você ainda não atende, mas tem uma procura alta pelo tipo de produto ou serviço que você oferece.

Qual a diferença entre o Google Trends e o Keyword Planner?

Qual a diferença entre o Google Trends e o Keyword Planner?

Se você nunca ouviu falar, o Google tem uma outra ferramenta que também serve para descobrir novas palavras-chave: o Keyword Planner.

Para quem já está familiarizado com essa outra ferramenta, pode acabar surgindo a dúvida: se as duas tem mais ou menos o mesmo objetivo, qual é a diferença entre elas?

O Keyword Panner é um planejador de palavras-chave que faz parte da plataforma de anúncios do Google, o Google Ads.

Ele mostra o volume de buscas, estimativas de lance (o quanto custaria para você criar um anúncio no Google para aquela palavra-chave) e para acessá-la você precisa de uma conta no Ads.

Ela é mais voltada para quem planeja anunciar no Google.

Já o Google Trends mostra quais são as tendências de busca dentro de uma determinada região ou nicho, qual a popularidade de um termo e como ela tem variado nos últimos meses ou anos, além de permitir a comparação de palavras-chave.

Ou seja, serve tanto para tráfego orgânico quanto para tráfego pago.

E qualquer pessoa consegue acessar a ferramenta e os relatórios anuais gerados por ela, mesmo que não tenha uma conta Google.

Como usar o Google Trends

Como usar o Google Trends

Agora que você já sabe o básico sobre a ferramenta e por que você deveria utilizá-la para otimizar a sua estratégia de marketing, eu vou te mostrar como usar o Google Trends.

Eu vou passar por cada uma das páginas da ferramenta e te falar o que você consegue fazer nelas.

E, ao final, vou te explicar como interpretar as informações e o que significam as legendas e opções de filtros nos resultados.

Para navegar entre as páginas, você pode usar o menu hambúrguer (aqueles três traços horizontais que ficam no canto superior esquerdo).

E, para começar, a primeira coisa que você precisa fazer é acessar o site do Google Trends.

Bora lá?

Página Inicial

Na página inicial, você pode pesquisar por um assunto.

Página Inicial

Ou continuar rolando a página para ver as notícias e estatísticas recentes, as pesquisas que estão em alta e acessar os relatórios sobre o que foi mais popular em cada ano.

Ver Mais

Essa é a principal página do Google Trends, porque é nela que você pode fazer buscas, comparações e ver os resultados.

Para fazer uma busca é muito simples: é só colocar o termo que você quer saber sobre a popularidade no campo Adicionar um termo de pesquisa e apertar o enter.

Logo embaixo do termo pesquisado, existem 4 filtros que você pode personalizar para especificar os resultados.

Ver mais pesquisa

O primeiro filtro é a região na qual você quer saber a popularidade do termo. Você pode escolher países específicos ou o mundo inteiro.

O segundo é o período de tempo que você quer que o Google mostre no gráfico. Você pode selecionar um das opções que a ferramenta te dá ou definir um período personalizado.

O terceiro é a categoria que aquele termo se encaixa. Ele é muito útil quando você está tentando descobrir a popularidade de um termo que pode ter mais de um significado.

Como é o caso da palavra mangueira que pode ser a árvore, a escola de samba ou o tubo de plástico usado para conduzir água de um ponto ao outro.

E, por último, você pode filtrar por pesquisa de imagem, de notícias, no Google Shopping, YouTube ou Web (que é a busca normal do Google).

Logo embaixo dos filtros, o Google Trends mostra o gráfico com o resultado sobre o interesse na palavra-chave pesquisada ao longo do tempo.

Ver mais interesse ao longo do tempo

É nesse gráfico que você consegue ver como a popularidade do termo pesquisado variou num determinado período.

Depois disso, o Google Trends mostra como esse interesse se divide por regiões. Você pode utilizar o menu suspenso para filtrar por país, sub-região ou cidade.

Ver mais interesse por região

E por último você vai ver os assuntos e as consultas relacionadas ao tema que você pesquisou.

Essa é uma seção muito interessante, pois ela pode servir de inspiração para encontrar novos assuntos para os seus conteúdos.

Ver mais assusntos e consultas relacionadas

Além de tudo isso, é nessa página que você comparar dois ou mais termos.

Para fazer isso, basta você colocar uma palavra-chave na pesquisa e depois clicar no botão de + Comparar para incluir o outro. Você consegue comparar até 5 termos simultaneamente.

Ver mais comparação

Principais pesquisas

A página de principais pesquisas mostra quais são as tendências diárias dos últimos dias e também as tendências em tempo real.

Assim você consegue ficar por dentro de quais estão sendo os temas mais pesquisados recentemente e pode encontrar alguma ideia de conteúdo.

Além disso, você pode filtrar os resultados por países e ficar sabendo o que está acontecendo no mundo inteiro.

Pesquisas do ano

Nesta página, você consegue acessar o relatório anual que mostra o que esteve em alta durante os últimos anos.

Os termos mais pesquisados são divididos em categorias, que variam de acordo com o país selecionado, e os dez primeiros de cada categoria são revelados.

Inscrições

Por último, a página de inscrições oferece a possibilidade de você se cadastrar para receber atualizações sobre um termo ou assunto.

Ou, então, para receber notificações sobre as principais tendências de pesquisa diárias.

Esse é um recurso muito interessante para quem quer sempre estar por dentro dos assuntos mais relevantes e não quer perder absolutamente nada.

Como interpretar as informações do Google Trends

Como interpretar as informações do Google Trends

Agora que você já sabe o que pode fazer em cada página do Google Trends, eu vou te explicar melhor o que significam as legendas e como você pode interpretar as informações oferecidas através dos gráficos.

Interesse ao longo do tempo

O gráfico de Interesse ao longo do tempo, o primeiro que aparece na página Ver Mais, mostra como a popularidade de um termo variou ao longo do tempo de forma relativa.

Isso quer dizer que o pico de popularidade recebe o valor 100 e os outros valores são em relação ao ponto máximo.

Ou seja, o ponto que teve a metade da popularidade do ponto máximo recebe 50 e por aí vai.

Quando dois termos são comparados, o Google Trends cria o gráfico em relação ao ponto máximo do termo que foi o mais popular.

Por isso, um mesmo ponto tem valores diferentes dependendo se o termo é pesquisado separadamente ou em comparação com o outro, apesar de o gráfico ter praticamente a mesma forma.

Olha só como isso acontece no gráfico do termo “refrigerador” e quando ele é comparado com “geladeira”, um termo que tem mais popularidade:

Interesse ao longo do tempo exemplo 1

Interesse ao longo do tempo exemplo 2

Interesse por região

O gráfico de Interesse por região mostra em quais regiões, sub-regiões ou cidades o termo foi mais pesquisado.

Isso significa que o local onde o termo é mais popular recebe o valor 100 e os outros têm valores proporcionais a 100, assim como acontece no Interesse ao longo do tempo.

Consultas relacionadas

As consultadas relacionadas são as pesquisas que as pessoas fizeram utilizando a palavra-chave que você está avaliando com algumas variações.

Por exemplo, essas são as consultas relacionadas ao tema “cadeira”:

Consultas relacionadas

Todos os resultados contém a palavra-chave e, de certa forma, podem ser consideradas palavras-chave de cauda longa por tornarem específico um termo mais abrangente.

Assuntos relacionados

Já os assuntos relacionados mostram tópicos que têm a ver com o termo pesquisado. Por exemplo, esses são os da palavra “cadeira”:

Assuntos relacionados

Apesar de mesa, escritório e roda não conterem o termo cadeira, esses são termos que, de alguma forma, estão relacionados a ela.

Principais

Em alguns menus é possível você alterar a ordem dos resultados entre Principais e Em ascensão.

Principais são aqueles que mais foram pesquisados no geral.

Em ascensão

Já os resultados em ascensão são aqueles que tiveram um aumento relevante recentemente e que seguem crescendo em popularidade.

É sempre bom ficar atento na variação entre os principais e em ascensão, porque um termo que está tendo um aumento na frequência não necessariamente é mais popular do que um que é considerado principal.

Na dúvida entre qual dos dois investir, vale a pena fazer uma comparação antes para verificar qual é a tendência de popularidade dos dois.

Transforme o seu público em potenciais clientes

Transforme o seu público em potenciais clientes

Ao longo desse artigo, eu te mostrei como a ferramenta Google Trends pode te ajudar a criar conteúdo mais relevante para o seu público.

Assim você pode focar os seus recursos produzindo vídeos, textos para o blog da sua empresa ou posts para as suas redes sociais que vão capturar a atenção da sua audiência.

Mas uma coisa é certa: o número de visitantes ou de seguidores não necessariamente significa que você tem esse tanto de potenciais clientes para o seu negócio.

Para você deixar a sua audiência um passo mais próximo de fechar uma venda, é necessário conseguir uma forma de contato (de preferência o email) para você desenvolver um relacionamento duradouro que pode resultar na compra do seu produto ou serviço.

E uma landing page caprichada é o  espaço ideal para conseguir o email dos seus potenciais clientes.

Não sabe como criar uma?

O Klickpages é o seu melhor aliado nessa hora.

Veja como é simples criar a sua landing page:

  1. Escolha seu modelo: há opções de alta conversão comprovada através de testes.

  2. Customize a página: depois, edite os textos, as cores e as imagens, além de ocultar elementos que pouco agregam.

  3. Publique: por fim, é só publicar no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Conclusão

Google Trends Conclusão

O Google Trends é como um óculos que te ajuda a enxergar melhor e com mais clareza a sua estratégia de marketing de conteúdo.

Sem ele, você corre o risco de acabar investindo em assuntos e palavras-chave que não são tão interessantes para o público que você quer alcançar.

Além disso, essa ferramenta pode te ajudar a identificar tendências, qual o melhor período para publicar sobre um determinado assunto, e a comparar termos.

Nas últimas linhas eu te mostrei como você pode utilizar o Google Trends, quais são os recursos que você encontra em cada página e como pode usá-los a seu favor.

Além disso, eu te expliquei como interpretar as informações oferecidas pela ferramenta e o que significam as legendas oferecidas por ela.

E aí? O que você achou do Google Trends? Já usava para planejar o seu conteúdo? Me conta aqui nos comentários. 😉

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Hugo Rocha

Hugo Rocha é co-fundador da Ignição Digital e do Klickpages. Já atuou diretamente nos bastidores dos maiores lançamentos digitais do Brasil. Atualmente está a frente da equipe de tráfego e crescimento da Ignição Digital e Klickpages liderando pessoalmente mais de R$ 4 milhões de reais em investimento em tráfego nos últimos 12 meses com ROI acima de 300%.

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)