Gestão de Tempo: como eliminar um dos maiores ladrões de energia da sua vida

Gestão de Tempo: como eliminar um dos maiores ladrões de energia da sua vida

Você provavelmente convive com um dos maiores ladrões de energia que existem e a culpa é toda sua. Simplesmente porque você não se preocupa em ter uma boa gestão de tempo.

Eu explico.

Sabe quando você está no trabalho, mas pensando no tanto de coisas que precisa fazer quando chegar em casa?

Ou quando está em casa, pensando nos trabalhos daquele curso online que você se matriculou?

Ou quando está sentado pronto para estudar e começa a esboçar o que precisa fazer no dia seguinte quando chegar no trabalho?

Pois é. Se isso acontece com você, as chances são que você acaba não fazendo nada do que deveria ser feito direito, e ainda fica extremamente cansado e cheio de pendências.

Com sensação de que precisaria ter mais horas no dia para dar conta de tudo.

Esse é o tipo de coisa que simplesmente suga toda a sua energia e não resulta em nada produtivo.

É exatamente por isso que esse lance de ficar pensando em um coisa no momento em que ela não pode ser feita é considerado um dos maiores ladrões de energia que existem.

Mas por que eu falo que a culpa de conviver com isso é toda sua?

Porque todos têm as mesmas 24 horas para fazer o que bem entender, todo santo dia.

E, mesmo assim, algumas pessoas parecem ter tempo suficiente para fazer tudo o que querem, enquanto outras estão sempre correndo de tarefa em tarefa e nunca terminam nada.

Sendo que, na verdade, todos temos tempo suficiente para cumprir nossa rotina.

A diferença entre esses dois tipos de pessoa é o controle que cada um tem do seu próprio tempo.

E quem decide e administra isso é você. Só você.

Então, como é que você resolve isso e elimina de uma vez por todas esse ladrão de energia da sua vida? Com uma boa gestão de tempo.

Se você não faz ideia do que é isso, não se preocupe. É justamente por isso que eu estou aqui hoje. Vou te explicar tudo sobre o assunto:

  • Por que é importante gerenciar o próprio tempo

  • Quais são os principais vilões da gestão de tempo

  • As técnicas que você pode utilizar para administrá-lo melhor

  • Ferramentas que vão te ajudar a otimizar seu tempo

E ainda dou 20 dicas que você pode colocar em prática hoje mesmo para ser uma pessoa mais produtiva. É só continuar aqui comigo.

Então, vamos!

O que é Gestão de Tempo?

O que é Gestão de Tempo?

Gestão de tempo (ou gerenciamento de tempo) é a forma que você decide usar o seu tempo para maximizar a sua produtividade e alcançar seus objetivos.

Como eu acabei de falar, apesar de todos terem as mesmas 24 horas todo dia, apenas algumas poucas pessoas conseguem usá-las de forma mais proveitosa e, assim, terem mais sucesso.

Isso quer dizer que essas pessoas são especiais? Que elas nasceram com um dom? Absolutamente não.

A verdade é que tudo tem a ver com a forma como cada um administra o seu próprio tempo.

E gerir seu tempo é justamente o processo de planejar, controlar e executar suas ações de forma que você tenha consciência sobre a quantidade de tempo que leva para fazer cada uma das suas atividades do dia.

O principal objetivo é fazer com que você seja mais efetivo (realmente faça as coisas que precisa fazer), eficiente (faça essas coisas bem feitas) e produtivo (consiga aproveitar o seu tempo da melhor maneira para fazê-las).

Eu diria que esse processo é essencial, principalmente, para pequenos empreendedores que estão começando o próprio negócio.

Pensa comigo.

Já não é fácil tocar todos os projetos, lançamentos, seguir com o planejamento definido, gerir o marketing, as vendas… Enfim, lidar com toda a demanda do negócio.

Agora imagine fazer isso sem o mínimo de organização ou mesmo consciência do próprio tempo.

Pois é.

Para que tudo dê certo no fim das contas, é preciso saber como distribuir cada pequena tarefa de acordo com o tempo disponível até que, ao final do dia, você tenha dado um check em toda a sua lista de afazeres.

Exatamente por isso o gerenciamento do tempo é considerado um ponto importantíssimo dentro de uma gestão de projetos, de atenção e inclusive de gestão pessoal.

E, se você acha que apenas pessoas extremamente organizadas conseguem fazer uma boa gestão de tempo, calma…

É algo totalmente treinável. Até mesmo uma pessoa que tem a rotina toda bagunçada, confusa e que não consegue terminar as coisas no tempo determinado, por exemplo, consegue fazer uma boa gestão do tempo.

Basta ter em mãos as técnicas, ferramentas e habilidades certas para isso.

E tem mais: o que eu vou te falar nas próximas linhas pode ser aplicado tanto no trabalho, quanto nas suas atividades pessoais.

O ideal é que você consiga aliar as duas coisas para ter uma rotina completamente produtiva e de sucesso.

Por que é importante gerenciar seu tempo?

Por que é importante gerenciar seu tempo?

Gerenciar o seu próprio tempo impacta diretamente na sua vida. Na verdade, é justamente sobre como você irá vivê-la.

E o próprio conceito de gestão de tempo já fala do objetivo central da parada: o aumento da produtividade, que é justamente a capacidade de conseguir produzir mais, melhor e em menos tempo.

Só por isso, eu mesma já fico bastante entusiasmada com o assunto (e você também deveria!). Mas o melhor é que não para por aí.

Uma boa administração do seu tempo pode te ajudar a lidar com prazos curtos e apertados, te dá clareza sobre o que precisa ser feito e quando você conseguirá finalizar cada tarefa.

Além de diminuir as chances de você ser pego de surpresa com alguma demanda não planejada.

Logo, as chances são que você passará por menos estresse no seu dia a dia (pelo menos em relação a isso, né).

Seus compromissos e atividades tendem a ser cumpridos no tempo certo, trazendo maior satisfação e autoconfiança em relação ao seu próprio trabalho.

Você também terá menos retrabalho, menos tempo perdido e mais tempo livre e de qualidade, podendo focar no que realmente importa.

E ainda terá uma boa reputação: as pessoas saberão que podem confiar em você, já que você será uma pessoa mais propensa a respeitar prazos combinados.

Agora, como fazer para ter tudo isso na sua vida? Bom, você vai precisar de algumas habilidades, que eu vou falar já já.

Antes, deixa eu te apresentar….

Os principais vilões da gestão de tempo

Os principais vilões da gestão de tempo

Antes de falar as dicas para uma vida mais produtiva através da boa gestão do tempo, eu preciso te dar a letra sobre as coisas que te atrapalham nesse processo.

Que, provavelmente, estão roubando o seu tempo e sua energia.

Sem contar as coisas externas e imprevistos do dia a dia que podem dificultar a sua vida, existem aquelas coisas que só dependem de você.

Eu estou falando da desorganização e da procrastinação.

Para fugir dessas duas ciladas, sugiro que você fique atento em como anda o seu local de trabalho, se as coisas que você usa costumam estar sempre à mão, no mesmo lugar…

Ou ainda se você parece estar sempre apagando incêndios, realizando atividades em cima da hora.

A questão é que, se você não mantém uma ordem ou fica deixando as coisas mais importantes ou complexas para depois, você só está adiando um problema que uma hora precisará ser resolvido.

Isso afeta negativamente a sua produtividade e pode resultar em um esforço totalmente desnecessário.

Então, cuidado para você não estar se enganando e auto-sabotando.

E eu te falei especificamente sobre esses dois pontos de atenção, porque evitá-los é fundamental para que você consiga colocar em prática as…

20 dicas essenciais para uma boa gestão de tempo

20 dicas essenciais para uma boa gestão de tempo

Agora você já sabe que gestão de tempo é algo completamente treinável.

Algumas das habilidades que eu vou te falar a seguir podem parecer improváveis de serem feitas, mas deixa eu te contar uma coisa…

Isso tem a ver justamente com os hábitos que você já cultivou na sua vida.

Se você tiver estabelecido hábitos ruins para o seu gerenciamento do tempo, realmente o que eu vou te falar aqui vai parecer coisa de outro mundo.

Mas não é. Nenhuma delas.

A verdade é que você pode muito bem começar a colocar cada uma em prática no seu dia a dia e não precisa ser de uma vez, até porque a mudança é gradual mesmo.

É aquela história: a direção é mais importante que a velocidade.

Pois é. Então, anota aí o que você precisa fazer para conseguir fazer um bom gerenciamento do seu tempo:

1. Encontre o seu "horário nobre"

Você já percebeu que existem alguns horários em que você tem um desempenho muito melhor do que em relação ao restante do dia?

Pois é. Esses são os chamados “horários nobres” da produtividade.

Para algumas pessoas, é no início da manhã; para outras, de tarde ou até de madrugada. A questão é que isso varia muito de pessoa para pessoa.

Antes de começar a planejar sua rotina e trabalhar a sua gestão de tempo, é importante que você encontre o seu próprio horário nobre.

Porque esse será o momento no qual você vai priorizar as suas atividades mais importantes e as que demandam mais tempo e energia.

2. Saiba quanto tempo cada coisa demanda

Estou dando a letra aqui para que você não faça que nem eu, que demorei a entender o tempo real de realizar minhas tarefas, e terminava quase todos os meus dias frustrada.

É importante que você conheça bem o tempo que você tem para fazer suas coisas e quanto tempo elas realmente levam para ser feitas.

Então, faça uma lista das suas atividades diárias e anote do lado uma estimativa realista de quanto tempo cada uma delas demanda.

Isso evita que haja uma diferença muito grande entre o seu planejamento e a realidade.

3. Planeje-se com antecedência

Uma das piores coisas que você pode fazer é entrar no dia de trabalho sem ter clareza sobre o que precisa ser feito.

O tempo que você gasta pensando e planejando suas atividades é trivial comparado com o tempo que você perderá pulando de uma coisa para outra (e raramente completando qualquer uma delas).

Eu sugiro que você faça duas coisas, a princípio:

  1. À noite ou no final do dia, reserve 15 minutos para limpar sua mesa e planejar suas atividades do dia seguinte.

  2. E de manhã aproveite para revisar essas anotações e relembrar como será a sua rotina do ao longo do dia.

Se quiser ir além, recomendo também o planejamento mensal, que pode te dar uma luz de como serão as próximas semanas e como se preparar melhor para elas.

São detalhes que podem tornar o seu dia ainda mais produtivo.

4. Agende suas tarefas

Reserve alguns minutos na sua semana (eu costumo fazer isso no domingo) para criar um plano para sua semana inteira, dividindo seus objetivos em tarefas diárias.

Assim, você só precisa dar uma olhada de vez em quando nesta lista enquanto trabalha.

O Geronimo Theml, um dos maiores especialistas em produtividade do Brasil, costuma dizer que “se você não agenda suas tarefas, você acaba virando a agenda de alguém”.

Então, se antecipe e gerencie suas tarefas, seja no papel, em uma planilha ou em um aplicativo voltado para isso.

Faça uma lista de todas as tarefas que vêm em sua mente e o tempo necessário para cada uma, como eu expliquei há pouco.

Tente concluí-las uma por vez e não comece a seguinte a menos que você tenha terminado sua tarefa anterior.

Quando tiver terminado, assinale as atividades concluídas. Isso dá um sentimento de recompensa ao seu cérebro, que se torna ainda mais motivado a continuar.

Ah! Enquanto anota suas atividades na agenda, lembre-se que seus níveis de energia e criatividade podem variar durante a semana.

À medida que for conhecendo melhor o seu próprio ritmo, vá ajustando o seu planejamento para ele se torne mais realista e factível.

Dica: Adicione uma área de "feitos" à sua lista de tarefas.

Às vezes, demandas inesperadas e urgentes surgem durante o dia. Anote-os em uma lista separada ao lado de suas tarefas programadas. Isso vai trazer uma satisfação extra no final do dia.

5. Priorize o mais importante

Priorize o mais importante

A maioria das pessoas parece que vive apagando incêndios durante o dia, sempre lidando com o inesperado, com algo de última hora.

Para evitar que isso aconteça com você, o lance é priorizar as tarefas de acordo com sua importância e urgência.

Isso implica planejamento (antecedência), organização, produtividade e eficiência.

Uma boa maneira de saber identificar o que é mais importante é usar a Regra do 80-20, também conhecida como Princípio de Pareto.

Esta regra afirma que 80% dos efeitos vêm de 20% das causas.

E essa teoria está presente em tudo na vida.

20% da população mundial têm 80% dos recursos.

20% das pessoas têm 80% dos resultados.

20% do seu time de vendedores vai realizar 80% das vendas.

E, claro, 80% dos esforços vêm de 20% dos resultados.

Identifique os 20% dos esforços que estão produzindo 80% dos seus resultados e coloque no topo da sua lista de tarefas.  

Outra forma é o método GUT, que eu vou explicar com detalhes daqui a pouco.

6. Não queira abraçar o mundo com as pernas

Essa expressão eu já escutei muito dos meus pais. Quer dizer que você não deveria se comprometer com mais coisas do que realmente é capaz de fazer.

Porque quando nossa mente acha que tem muita coisa pra fazer, que não vai dar conta do recado, ela simplesmente paralisa.

A tendência é você se sentir cada vez mais cansado e frustrado.

Então, presta atenção nos próximos tópicos (7, 8 e 9), pois eles vão te ajudar nessa missão.

7. Delegue tarefas

Delegar não é fugir das suas responsabilidades. Nada disso. É justamente gerenciar o seu tempo e o da sua equipe com sabedoria.

Já diria Steve Jobs: “Concentre-se naquilo que você é bom, delegue todo o resto”.

Essa é, inclusive, uma função importante de cargos de gerência ou liderança.

O importante é fazer isso respeitando a capacidade de cada um da sua equipe.

8. Cancele, se precisar

Você também tem a opção de cancelar atividades ou compromissos da sua agenda. Por que não?

Não tenha medo de tomar essa decisão quando ela precisar ser feita. Assuma a responsabilidade pelo seu tempo.

Se você acha que algo programado não te ajudará em nada durante o dia, basta cancelar enquanto há tempo.

9. Saiba dizer não

Se você é como eu, talvez tenha dificuldade nessa habilidade aqui. Principalmente se gosta de ajudar, de estar sempre disponível

Mas pensa o seguinte: se você não colocar o seu próprio tempo primeiro lugar, ninguém vai.

Lembre-se que seu tempo é precioso. Não rola de desperdiçá-lo com pessoas e projetos que não estão alinhados aos seus objetivos.

Está tudo bem em dizer “vou checar minha disponibilidade e te aviso”.

Isso vai te permitir ter tempo de avaliar melhor a proposta e tomar as melhores decisões.

10. Defina prazos

Assim que você assumir uma tarefa, defina prazos e se esforce para concluí-las até mesmo antes.

Mas faça isso com sabedoria. Lembre-se de analisar o que te falei lá em cima: quanto tempo precisa ser dedicado a uma tarefa específica e por quantos dias.

Até porque é importante colocar um limite de tempo para suas atividades. É o tipo de coisa que vai te “forçar” a concentrar melhor e trabalhar com maior eficiência.

Se você tiver 2 meses para concluir um projeto, você fará em 2 meses. Se você só tiver 2 semanas, você dará um jeito de finalizar em 2 semanas.

11. Evite multitarefas

Evite multitarefas

“Por que não consegui cumprir minhas demandas, se não parei de trabalhar nem por um minuto?”

Já aconteceu contigo de ter esse pensamento no fim do dia?

Isso acontece muito com quem costuma fazer mil coisas ao mesmo tempo, achando que vai fechar o dia com todas elas feitas.

A real é que não funciona assim. Não dá para fazer muitas coisas e manter seus padrões de qualidade ao mesmo tempo.

Na verdade, o ser humano faz melhor suas atividades quando foca e concentra em uma coisa de cada vez.

Ser multitarefa só reforça a ideia de que você não tem uma gestão de tempo adequada.

Pense que a raiz do problema, além de gerenciar o tempo, também é gerenciar a atenção. Tenha foco no que você começou e vá até o final.

12. Faça pausas planejadas

Está saturado? Faça uma pausa.

Mas não deixe para fazer isso apenas em situações extremas. O lance aqui é realmente planejar pausas estratégicas.

Para você ter uma ideia, o cérebro humano só pode se concentrar por cerca de 90 minutos por vez.

Logo, programe uma pausa pelo menos a cada 90 minutos para evitar o desgaste e manter alta produtividade ao longo do dia.

13. Fuja das distrações

Essa dica aqui tem a ver com aquela parada de controlar o seu ambiente.

Quer ser mais produtivo e se concentrar no que realmente importa? Então programe e controle o seu local de trabalho para atingir esse objetivo.

Quando estiver trabalhando em tarefas específicas, ative a função “não perturbe” dos seus dispositivos.

Ficar offline também pode ser uma opção, dependendo da atividade que estiver realizando.

E falando em distrações…

14. Estabeleça um momento para as redes sociais

Vejo muitas pessoas falando que para ser mais produtivo e usar o tempo com mais qualidade, você precisa desinstalar ou desativar suas contas nas redes sociais.

Só que você não precisa fazer nada disso. Até porque eles são parte fundamental da sua estratégia de marketing.

A parada aqui é saber a hora certa de usar. Porque você sabe como funciona… Uma checada no Instagram se transforma em horas vendo stories dos amigos.

Então, quando planejar o seu dia, estabeleça um horário para fazer o que tiver que ser feito no Facebook, LinkedIn, Twitter e até mesmo WhatsApp.

Isso diminui as chances de você ficar procrastinando ao invés de passar para o próximo item da lista de tarefas.

15. Não espere pela inspiração: só vai!

Não espere pela inspiração: só vai!

Alguns profissionais, principalmente artistas, têm a mania de esperar por inspiração para agir.

Eu mesmo quando comecei a trabalhar escrevendo achei que era assim que funcionava.

Só que não. Você não precisa sentir vontade ou inspirado para fazer qualquer coisa.

É questão de começar, mesmo quando você se sentir inseguro. A partir daí é que vai surgir motivação para continuar.

16. Não se apegue à perfeição – ela não existe

Querer alcançar a perfeição é que nem tentar alcançar o pôr do Sol. Você pode até tentar, tentar e tentar…

Mas só vai se cansar, porque esse é um ponto literalmente que nunca chega.

Além do fato de que falhar repetidamente é fundamental para aprender com seus erros. Tudo é questão de experiência.

Logo, não fique preso em pequenos detalhes. Em vez de se entregar ao perfeccionismo, tenha em mente o quadro geral.

“Feito é melhor do que perfeito”. Faça disso o seu mantra.

17. Aproveite ao máximo as horas de espera

Esperar em filas, salas de espera, terminais de aeroportos e etc. é algo que acontece com todo mundo. Ninguém consegue escapar.

Só que fazer disso um tempo perdido é literalmente uma escolha. Porque é totalmente possível tornar esses momentos produtivos de alguma forma.

Dá para responder emails pelo seu celular, ler um livro, ouvir podcasts

Só não se deixe ser pego despreparado para essas situações.

18. Cuide de você

Se você não estiver bem, definitivamente não vai conseguir colocar em prática todas as outras dicas anteriores.

Por isso, é importante que durante esse processo de gestão de tempo, você adote hábitos mais saudáveis, como exercitar-se com frequência, dormir bem e programar momentos para relaxar.

Você ficará surpreso com os efeitos positivos que um tempo tranqüilo e de qualidade pode ter em seus processos criativos.

19. Viva o momento

Pronto. Aqui está aquele lance que eu falei no início desse texto, do maior ladrão de energia que existe.

Com tudo que aprendeu, desenvolva o hábito de fazer a coisa certa no momento certo, já que o trabalho realizado na hora errada não é de muita utilidade.

Nada de ficar pensando “naquilo” na hora que “aquilo” não pode ser feito. 😉

20. Transforme tudo isso em hábito

Pegue todos as dicas que você acabou de ver e comece a colocar em prática o quanto antes.

Não precisa ser tudo de uma só vez, pode ser um processo gradativo mesmo. O importante é você internalizar essa mentalidade produtiva.

A minha sugestão é que você defina uma espécie de cronograma e estabeleça um prazo para que cada uma dessas habilidades esteja funcionando bem na sua rotina.

Dessa forma, as chances são que elas serão cada vez mais automáticas e se tornarão bons hábitos com o passar do tempo.

Outra coisa que pode te ajudar a colocar essa parada para funcionar são as…

4 técnicas para uma boa gestão de tempo

4 técnicas para uma boa gestão de tempo

Se você aplicar tudo o que viu até aqui, já vai dar para perceber uma baita diferença na sua produtividade.

Mas eu sei que existem algumas pessoas que têm mais dificuldades em colocar essas dicas em prática.

Eu não sei se é o seu caso. Mas, mesmo assim, acho que o que eu vou te mostrar agora pode melhorar ainda mais o jeito que você organiza sua rotina.

O que eu separei aqui são 4 técnicas que vão te ajudar a botar ordem no seu dia a dia.

Olha só:

Método GTD

A metodologia GTD vem do inglês, da “Getting Things Done”, que significa “fazer acontecer”.

Ela parte do princípio que ter maior controle e clareza sobre o que você está fazendo te permite alcançar melhores resultados.

E, para isso, você precisa limpar a sua mente, registrando em algum lugar tudo o que você precisa fazer.

Assim, a sua cabeça fica tranquila e “livre” para focar totalmente na execução dessas tarefas.

O método se dá em 5 etapas:

  • Coletar: coloque no papel tudo o que precisa ser feito;

  • Processar: analise o grau de prioridade e a ordem em que elas serão feitas;

  • Organizar: separe as tarefas de acordo com as semelhanças entre elas e monte seu plano de ação;

  • Executar: aqui é colocar a mão na massa. É focar e, de fato, fazer acontecer;

  • Revisar: volte à lista para marcar o que já foi feito e conferir se não ficou nada para trás.

Método Pomodoro

O método Pomodoro (essa palavra, inclusive, significa tomate, em italiano) busca um melhor aproveitamento do seu tempo, dividindo o fluxo de trabalho em intervalos.

Acontece assim: você cria a sua lista de tarefas e marca o cronômetro para um período de 25 minutos (que são chamados de “pomodoro”), nos quais você irá trabalhar em uma só coisa, sem interrupções.

Ao final desse tempo, você faz uma pausa de 5 minutos para descansar a mente. Depois, retoma mais um ciclo de 25 minutos.

Quando você completar 4 ciclos, você faz uma pausa maior, de 15 a 20 minutos.

E começa tudo de novo.

Ah! Se, por algum motivo, um ciclo é interrompido, você zera o cronômetro e reinicia tudo.

Método GUT

A matriz GUT é baseada em três pontos principais, que juntas formam essa sigla, sendo elas: Gravidade, Urgência e Tendência.

O lance aqui é atribuir notas de 1 a 5 para cada uma das suas demandas e começar pelas tarefas de notas mais altas.

Para saber determinar essas notas, é só seguir o seguinte critério:

Gravidade

1 – Sem gravidade;

2 – Pouco grave;

3 – Grave;

4 – Muito grave;

5 – Extremamente grave.

Urgência

1 – Pode esperar;

2 – Pouco urgente;

3 – Resolver rapidamente, pelo menos no curto prazo;

4 – É urgente;

5 – Precisa de ação imediata.

Tendência

1 – Não mudará;

2 – Irá piorar a longo prazo;

3 – Irá piorar a médio prazo;

4 – Irá piorar em pouco tempo;

5 – Irá piorar rapidamente.

Método Kanban

Método Kanban

O método Kanban consiste em agrupar as tarefas em um quadro, separando e classificando por listas.

Ele foi criado originalmente como uma técnica de gerenciamento de projetos, para que todos pudessem ver claramente em que estágio cada parte do projeto se encontrava.

Mas, existe uma versão simplificada dessa estratégia que pode ser usada para facilitar a sua gestão de tempo.

Basicamente, o que você precisa fazer é escrever cada tarefa em um cartão (manualmente ou em um aplicativo) e ir mudando seu lugar no quadro geral, de acordo com o seu andamento.

Uma coisa que nós, produtoras de conteúdo do KP, gostamos de fazer é criar listas com “Fazer”, “Em andamento” e “Concluído” e, então, posicionamos cada uma das nossas tarefas conforme realizamos cada uma delas.

O melhor é ter uma visão geral de como as coisas estão indo ao longo da semana. 😉

6 ferramentas para gerenciar melhor o seu tempo

Ferramentas para gerenciar melhor o seu tempo

Além de tudo isso que eu já te mostrei, tem ainda mais um item daquela lista de coisas essenciais para uma boa gestão de tempo: as ferramentas.

No caso, eu resolvi trazer para você 6 ferramentas online, como alguns softwares e aplicativos, que podem te ajudar a ter melhor controle das suas tarefas e de como você pode executá-las.

Anota aí:

  1. Trello software que utiliza a metodologia kanban, com blocos temáticos, e ótimo para administrar projetos;

  2. Evernote é um serviço que funciona na nuvem e permite criar listas, lembretes, anexar documentos e compartilhar esses conteúdos com outras pessoas envolvidas;

  3. Wunderlist esse aplicativo serve como uma lista colaborativa de tarefas e dá para dividir as demandas com outras pessoas;

  4. Google Calendar é um calendário digital que te ajuda a organizar suas tarefas e seus respectivos prazos;

  5. Rescue Timecom esse aplicativo você sabe quanto tempo passou navegando na internet e, assim, consegue avaliar quanto poderia estar investindo em coisas mais úteis e importantes;

  6. Aplicativos de comunicação internaessa aqui serve principalmente para quem trabalha em equipe, onde uma comunicação interna efetiva é fundamental para otimizar tempo. Neste se encaixam as redes sociais, o Slack, HipChat ou o Azendoo, por exemplo.

Outra ferramenta que pode otimizar ainda mais o seu tempo

Outra ferramenta que pode otimizar ainda mais o seu tempo

Já que estou falando de ferramentas, quero falar de mais uma que, a princípio, parece não ter nada a ver com gestão de tempo, mas te ajuda e muito a otimizar sua rotina: uma landing page.

Eu explico.

Imagina ir atrás de cada um dos seus prospectos, fazendo um trabalho de formiguinha para educar e nutrir cada um deles, até convertê-los em reais clientes para o seu negócio.

No marketing digital não é assim que funciona, né?

O ideal é que você tenha uma boa base de contatos, onde você possa se comunicar com todos eles, com uma abordagem direcionada para a sua marca.

Para isso, você precisa oferecer um material rico para atrair aquelas pessoas que realmente se interessam pelo seu produto ou serviço e que estão dispostas a ouvir o que você tem a dizer.

E o melhor jeito de fazer isso é através de uma landing page caprichada, onde você irá disponibilizar esse conteúdo de valor para sua audiência, pedindo em troca algum contato (e eu sugiro que seja o email).

E, nessas horas, o Klickpages é o seu melhor aliado.

Se você não sabe como criar a sua landing page, não precisa se preocupar. É muito simples!

Dá para fazer isso em apenas 3 passos, olha só:

  • Escolha o modelo: veja opções de alta conversão comprovada por testes.

  • Customize a página: feita a escolha, edite os textos, as cores e as imagens, além de ocultar elementos que pouco agregam.

  • Publique: ao final, publique no próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Conclusão

Conclusão Gestão de Tempo

Depois desse artigo, você não vai parar de conviver com um dos maiores ladrões de energia que podem existir.

Porque você tem em mãos tudo que é necessário para uma boa gestão de tempo.

Eu te mostrei o que é, qual a importância de gerenciar seu tempo e quais são os principais dificultadores desse processo.

Você viu 20 dicas que podem ser aplicadas hoje mesmo para administrar bem a sua rotina, como delegar tarefas, definir prazos, priorizar o mais importante, planejar-se com antecedência e fugir das distrações.

E também 4 métodos que vão te ajudar a administrar melhor o seu tempo, entre eles a técnica pomodoro e matriz GUT.

Ainda dei a letra sobre algumas ferramentas para otimizar ainda mais o seu tempo e da sua equipe.

Sério. Não tem mais desculpas para que o seu dia continue sendo insuficiente para as suas demandas.

O lance é assumir a responsabilidade sobre o seu tempo e fazer a parada acontecer.

Você vai ver que quando conseguir superar esse desafio na sua vida, as chances são que conseguirá fazer o mesmo em outras áreas, sendo cada vez mais produtivo em todas elas.

E aí? Curtiu as dicas deste artigo? Tem alguma coisa dessa lista que você já coloca em prática no seu dia a dia?

Me conta aqui nos comentários! Vou adorar saber. 😉

Abraços e até mais!

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Susanne Melo

Meu nome é Susanne, mas pode me chamar de Suse. Faço parte do time de conteúdo do Klickpages e amo aprender coisas novas, principalmente relacionadas a tecnologia e marketing. Sou brasiliense, mãe de gato, curto muito cultura pop, ler nas horas vagas e gosto de escrever ouvindo rock ou música clássica ou funk (ou...), enfim, sou bem eclética. Tudo depende do meu humor no dia. Me comunico basicamente usando gifs e memes, e gosto de conversar com pessoas que entendem as referências (pelo menos as principais, né? QUEM É QUE AINDA NÃO VIU FRIENDS?!). Ah, também sou uma pessoa muito intensa, como podem perceber. :D

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)