Gerenciamento de Redes Sociais: 5 etapas para entrar na categoria de elite

Gerenciamento de Redes Sociais: 5 etapas para entrar na categoria de elite

Gerenciamento de redes sociais é talvez um dos assuntos mais clichês que eu já abordei aqui no blog.

Simplesmente porque as pessoas acham que sabem demais sobre esse assunto.

Provavelmente você já deve ter percebido, ao longo das suas pesquisas, que existem milhares de “pseudo-experts” em mídias sociais por aí.

Mas a verdade é que a grande maioria não sabe o que está fazendo.

Não digo que são poucos a ponto de conseguir contar nos dedos, mas garanto que esse tanto de especialista de gestão de redes sociais não passa de ilusão.

É que a maioria não sabe jogar o jogo dos que estão no alto nível.

Isso me lembra muito o universo do crossfit.

Pode parecer estranho, mas eu te explico o porquê.

Eu pratico crossfit há 3 anos e, de fato, esse é um esporte que se popularizou bastante aqui no Brasil nos últimos anos.

Mas acontece que ter muita gente que pratica não significa que tem muita gente capacitada para jogar no alto nível.

Até porque o Brasil até hoje não chegou nem ao 20º lugar do campeonato mundial, mesmo estando em segundo lugar no ranking de países com mais boxes de crossfit.

E os países que se classificam nos primeiros lugares, que estão no grupo de elite do campeonato (tirando os Estados Unidos, que estão em primeiro lugar no ranking que eu citei), não necessariamente contam com um número alto de praticantes.

Então, o que separa toda essa galera de nós brasileiros, que começamos há pouco tempo nesse esporte?

Na minha opinião a diferença está, essencialmente, nessas três coisas:

  • Tempo de prática

  • Consistência

  • Saber fazer (e fazer bem feito!)

Essas três coisas, combinadas, foram capazes de levar os times desses países a um outro patamar, à categoria de elite, mesmo não tendo tantos boxes de treino quanto aqui no Brasil.

E é exatamente por isso que crossfit me lembra gerenciamento de redes sociais.

Porque, por mais que muitas pessoas batam no peito dizendo que sabem fazer, poucos são os que realmente levam uma empresa a outro patamar com essa estratégia.

Além disso, o fundamentos, como você vai ver nesse artigo, se assemelha muito ao esporte: saber fazer não é suficiente. É preciso fazer de forma consistente.

Então, se você quer fazer parte do grupo que joga no nível alto de jogo, eu sugiro que você leia esse artigo até o final.

Porque até o final desse texto você vai saber:

  • quais são as principais etapas do gerenciamento de redes sociais;

  • como montar uma boa estratégia;

  • em quais redes sociais você precisa estar;

  • qual a melhor maneira de interagir;

  • e ainda como analisar os resultados dessa interação.

Para quem quer elevar o nível do jogo, esse material tá imperdível.

O que é Gerenciamento de Redes Sociais?

O que é Gerenciamento de Redes Sociais?

O gerenciamento de redes sociais é um conjunto de ações que organiza e otimiza esses canais de comunicação te preparando para atender ao público de acordo com as peculiaridades de cada plataforma.

Essas ações previstas dentro da estratégia de marketing vão muito além de simplesmente publicar conteúdos nas páginas e nos feeds.

Consistem em definir estratégias, planejar postagens, produzir conteúdos e até mesmo monitoramento e análise dos resultados obtidos.

É um processo que se tornou indispensável para o sucesso de muitas empresas, justamente por potencializar o poder dessas mídias para seus objetivos.

Afinal, ter um espaço consolidado na internet é uma excelente maneira de divulgar a marca, se aproximar do público e fidelizar clientes.

E uma boa gestão desses importantes canais de relacionamento com o cliente também geram credibilidade e autoridade dentro do seu mercado, como você vai ver melhor no próximo tópico.

Acontece que a crescente popularização dessas plataformas tornou a missão de gerir as redes sociais uma necessidade.

Com isso, a presença das empresas no mundo digital passou a ter uma importância sem igual e, à medida que o tempo foi passando, só estar presente nessas plataformas deixou de ser suficiente.

E então o bom gerenciamento passou a ser essencial para uma marca conquistar mais espaço e se fortalecer no ambiente digital.

Dessa forma, as marcas agora precisam se posicionar e planejar sua própria estratégia de comunicação antes mesmo de uma publicação sequer ser feita.

Tudo isso é pensado de forma a apresentar a empresa e criar uma reputação que impacte positivamente o público – o que é um baita desafio, já que disputa a atenção de tantos outras empresas e produtores de conteúdo.

E, depois de todo esse processo, ainda é necessário mensurar os resultados obtidos com todo esse investimento, que servem de base para decisões mais precisas.

E quem faz tudo isso é o….

Analista de redes sociais

Uma empresa que realmente entende a importância do gerenciamento de redes sociais para o crescimento e fortalecimento da marca não deixa essa tarefa nas mãos de qualquer um.

Até porque esse não é o tipo de coisa que qualquer pessoa consegue fazer ou que pode ser feito de qualquer jeito. Longe disso.

Trabalhar com redes sociais exige planejamento, análise de dados e expertise em produção de conteúdo direcionado.

Então, o ideal é que esse trabalho seja feito por um analista, que dedique o seu tempo de forma integral para esse processo.

E como essa gestão é uma parte importante do seu negócio, recomendo que você tenha na sua equipe um ou mais especialistas em mídias sociais para garantir bons resultados para a sua marca.

Sei bem que esse é o tipo de coisa que, a princípio, parece um custo que não é prioridade no orçamento.

Bom, se você pensa assim, sugiro que pense mais uma vez e reveja esse conceito a partir da importância dessa estratégia.

Falo por experiência própria, já que hoje um dos maiores investimentos na minha empresa é voltado para essa área.

Ou ainda, se isso realmente não cabe agora no seu orçamento e você prefere dar os primeiros por conta própria, fica ligado porque eu vou te mostrar já já quais são as principais etapas de uma boa gestão. 😉

Por que é importante gerenciar suas redes sociais

Por que é importante gerenciar suas redes sociais

Que as redes sociais têm o poder de estreitar relacionamentos, unir pessoas com interesses semelhantes e conectar uma audiência interessada no produto ou serviço que você oferece com a sua marca, provavelmente você já sabe.

Mas depois de ver como funciona o gerenciamento de redes sociais, você pode estar se perguntando por que eu fico batendo na tecla de que isso muda o jogo.

Bom, primeiro, porque simplesmente não adianta correr para criar sua página ou perfil nas principais plataformas e não ter noção do que acontece depois disso.

Só estar presente não garante que você consiga fortalecer sua marca nessas plataformas.

Não se trata apenas de postar muito conteúdo, sem planejamento, e depois deixar nas mãos do destino, sem um acompanhamento adequado.

É importante planejar, monitorar e fazer uma boa gestão para que os objetivos que sua empresa realmente querem alcançar sejam, de fato, atingidos.

Porque é isso que permite uma boa divulgação da sua marca e que ela tenha uma boa (ou má, dependendo do caso) reputação.

Além de evitar ruídos na comunicação, manter o diálogo e criar uma conexão com seus potenciais clientes.

E todo esse cuidado é essencial porque as redes sociais são um dos principais canais de comunicação entre empresa e clientes.

Uma das melhores maneiras se aproximar da sua audiência, indo exatamente onde ela está, para mostrar o que você tem a oferecer.

Com presença ativa e uma boa gestão nessas redes, você consegue se estabelecer como uma autoridade no seu nicho e passar credibilidade para o seu público.

Outra vantagem é a facilidade que as pessoas que nunca ouviram falar da sua empresa tem de encontrar a sua marca.

Isso significa que você tem mais chances de conquistar leads para o seu negócio e fazer com que mais pessoas entrem para o seu funil de vendas.

As 5 principais etapas do gerenciamento de redes sociais

As 5 principais etapas do gerenciamento de redes sociais

Agora que você já sabe que para ter sucesso na internet só publicar não é o suficiente, eu vou te mostrar quais são as 5 etapas que não podem faltar na hora fazer o seu gerenciamento de redes sociais.

1. Estudo da marca e do público

O primeiro passo é colocar na ponta do lápis o histórico da sua marca e entender o cenário em que o seu cliente está inserido.

Leve em conta as coisas que você já fazia antes e sempre questione se isso era realmente relevante para a sua audiência.

Além das redes sociais, você deve considerar também outros canais digitais e até mesmo quais influenciadores digitais impactam seu público.

Essas informações vão te ajudar a propor uma boa estratégia, que seja compatível com os objetivos da empresa e com o que o seu cliente em potencial espera de você.

Analisar esses pontos vão te dar uma base sólida para construir uma forte presença digital para o seu negócio.

2. Planejamento de estratégias digitais

Nessa etapa, a primeira coisa que você precisa ter em mente é qual o objetivo principal que sua empresa quer alcançar com o marketing digital.

Se você não sabe como fazer isso, não se preocupe. Eu vou explicar isso melhor daqui a pouco.

O fato é que existem várias formas de se ter um retorno do investimento feito nas redes sociais.

Só é possível saber o que é sucesso para você, se você tiver bem claro qual o seu objetivo principal.

Uma vez que o objetivo é definido, é hora de traçar qual a melhor maneira  de usar as plataformas online para alcançá-lo.

Dentro do seu planejamento, pontos importantes como linha editorial e cronograma de ações precisam ficar bem claros.

Outros pontos que precisam ser esclarecidos na definição da sua estratégia são o posicionamento, a linguagem e os tipos de publicações que tem mais a ver com o seu negócio.

Claro que você e sua equipe vão precisar testar bastante antes de ter bem alinhado o que funciona melhor para a sua empresa.

E alguns ajustes podem ser feitos ao longo do caminho.

Mas é essencial que desde o primeiro momento vocês já consigam visualizar quais serão os próximos passos a serem dados dentro desse processo.

3. Execução

Execução

Depois de ter uma estratégia planejada de acordo com o perfil da sua empresa e do seu cliente, é hora de partir para a ação.

Essa fase consiste basicamente em três coisas: produção de conteúdo, gestão de anúncios e interação com os usuários.

Produção de conteúdo

A partir de uma linha editorial previamente definida, você ou sua equipe (designers, redatores…) produzem conteúdo que representam a identidade da sua marca.

De preferência, esse conteúdo precisa ser adaptado para cada rede social em que será publicado e ser coerente com o produto ou serviço que sua empresa oferece.

O planejamento de conteúdo tem que ser constantemente revisado e ajustado, conforme as respostas dadas pela sua audiência.

Anúncios

Em um mundo perfeito, todo mundo conseguiria ter resultados incríveis sem precisar investir nenhum centavo.

Mas a realidade é bem diferente.

Claro que, como acabei de falar, um bom conteúdo ajuda muito na hora de consolidar e aumentar o engajamento com a sua marca.

Para não ficar à mercê dos algoritmos das redes sociais, o ideal é que você invista em anúncios patrocinados.

Assim você garante que o seu conteúdo chegue de fato ao feed de notícias ou mural de mais pessoas.

Até porque o alcance orgânico em algumas dessas plataformas já não colabora muito com páginas comerciais. O tráfego orgânico do Facebook, por exemplo, praticamente morreu.

Por isso que um gerenciamento de redes sociais completo demanda o equilíbrio entre o tráfego orgânico e espontâneo (através dos conteúdos) e tráfego pago (anúncios), dentro de uma mesma campanha.

Interação

Ao interagir com o seu público, você estimula que mais e mais pessoas tenham interesse em se comunicar com sua marca.

Porque elas vão saber que não estão falando sozinhas.

Porém, além de responder os seus seguidores, é fundamental que você tenha o cuidado de propor soluções para os problemas dos clientes, quando necessário.

Lembre-se que as redes sociais têm o poder de criar uma reputação positiva ou negativa para a sua empresa.

O seu papel é atender o público da melhor maneira possível para garantir uma boa imagem.

Dica: a linguagem utilizada vai depender muito do público com o qual você está conversando.

Fique atento para não acabar se desconectando dos seus reais seguidores e clientes em potencial.

4. Monitoramento

Monitorar as redes sociais é sobre acompanhar de perto os números de visualizações, compartilhamentos, curtidas, comentários e outros dados que mostram como anda o engajamento do seu público.

Com esses dados, você poderá:

  • gerenciar melhor a sua reputação online;

  • ver o que estão falando sobre a sua marca;

  • antecipar possíveis problemas e resolvê-los mais facilmente;

  • trabalhar rapidamente com críticas e possíveis crises;

  • e garantir a satisfação do seu cliente.

Um monitoramento constante permite que você ou sua equipe monte um relatório estratégico, que pode ser fundamental para a tomada de futuras decisões.

5. Levantamento e análise dos resultados

Com os dados coletados e detalhados na etapa de monitoramento, hora de cruzar com aqueles objetivos que você definiu lá no início do seu planejamento.

Porque os números podem até ser bonitos de ver mas, se não forem analisados conforme as metas definidas na sua estratégia, eles não vão fazer nenhum sentido para você.

Além disso, com uma real análise dos resultados obtidos, você vai conseguir ter mais clareza sobre os próximos passos da sua empresa nas redes sociais e vai tomar decisões com mais segurança.

Em quais redes sociais é importante estar presente?

Em quais redes sociais é importante estar presente?

Muitos empreendedores pensam que em quanto mais redes sociais tiverem perfis, melhor.

Eu até entendo. Mas eu preciso te alertar de que não é bem assim que funciona.

As plataformas mais comuns usadas pelas empresas são:

Mas isso não significa que a sua marca precisa estar presentes em todas elas necessariamente. Mais uma vez, vai depender muito dos perfis da sua empresa e do seu cliente.

Até porque são redes sociais com objetivos muito diferentes. O que funciona no Youtube, pode não funcionar no Twitter e nem no Instagram, por exemplo.

Para saber em quais você realmente deve estar, eu sugiro que você conte com as métricas detalhadas na etapa de monitoramento para isso.

Você precisa descobrir onde o seu público está dedicando sua atenção.

Teste as opções que você considera boas para o seu público e analise quais plataformas de fato dão retorno e quais não merecem o tempo, energia e dinheiro que você está investindo.

Você não perde nada por tentar. No fim, tudo vira aprendizado.

5 dicas para elaborar uma boa estratégia para redes sociais

5 dicas para elaborar uma boa estratégia para redes sociais

Com as etapas que você viu no tópico anterior, já dá para começar a colocar a mão na massa.

Mas eu vou compartilhar algumas dicas que funcionaram muito bem para mim quando eu comecei a fazer a minha gestão de redes sociais, e que eu acredito que podem te ajudar também.

Se seguir tudo direitinho, difícil é não ter o resultado que você espera dentro do marketing digital.

1. Estabeleça objetivos

Antes de qualquer coisa, você precisa estabelecer o que significa sucesso para a sua empresa.

Ou seja, quais são os seus objetivos com o marketing nas redes sociais.

Não adianta ter uma presença online se você não tiver objetivos e metas claras a alcançar com essa estratégia.

Se for assim, você não vai chegar a lugar nenhum. Só vai perder tempo.

Não importa qual seja o seu objetivo:

  • aumentar alcance;

  • criar autoridade no seu mercado;

  • ter uma comunicação aberta com o cliente;

  • educar através da divulgação de conteúdo;

  • criar reconhecimento de marca;

  • aumentar vendas;

  • aumentar o tráfego do seu site…

Não importa.

Pode até ser isso tudo.

E pode também variar e evoluir com o passar do tempo.

O importante é que ele esteja claro para você, porque isso facilita na hora de desenhar o exato passo a passo a ser percorrido para atingi-lo.

2. Crie um calendário editorial

Quando se trata de redes sociais, consistência é o poder.

Para que conseguir isso e até mesmo facilitar esse processo para você, eu recomendo que você tenha uma rotina de publicações.

Para isso, defina qual será a frequência e os horários de postagem dos seus conteúdos.

É importante que essas informações sejam registradas e fiquem claras para você e sua equipe.

Com essa consistência, você vai gerar muito mais confiança e conquistar seguidores mais fiéis.

3. Automatize as suas publicações

Automatize as suas publicações

Gerenciar é um processo trabalhoso. Isso é fato.

Depois de produzir conteúdo e formatá-lo para cada rede social, outra etapa que pode ser bastante cansativa é a de distribuir esse conteúdo em cada uma das plataformas.

O meu conselho é que você automatize as suas publicações, o máximo que puder.

Se possível utilize algumas ferramentas para te ajudar nesse processo.

Aqui na minha empresa, minha equipe usa o MLabs para agendar nossas publicações, por exemplo.

Fazendo isso, você não precisa parar tudo que está fazendo para que o conteúdo vá ao ar na hora prevista e nem corre o risco de atrasos por causa de imprevistos do dia a dia.

Isso vai agilizar bastante o seu trabalho e não vai prejudicar a sua produtividade.

4. Ofereça conteúdo de valor

Quando você oferece algo valioso para os seus seguidores, você ativa o gatilho mental da reciprocidade.

Não importa qual o seu nicho ou em qual mercado você atua. O seu cliente sempre vai buscar conteúdos que satisfaçam suas necessidades e sanem suas dúvidas.

Por isso, informação nunca é demais quando o objetivo é entregar valor.

Você vai perceber que o relacionamento entre vocês ficará cada vez mais estreito e duradouro.

5. Tenha foco

Não dá para sair criando perfis em todas as redes sociais.

Concentre-se nas principais redes sociais que o seu cliente em potencial está presente.

Porque, quanto mais redes você investe, mais difícil acompanhar de perto e dar a atenção necessária para o seu público.

E você pode estar perdendo tempo e energia em uma plataforma que nem dá tanto retorno assim para o que você realmente precisa.

Capture ainda mais leads para seu negócio com o Klickpages

Capture ainda mais leads para seu negócio com o Klickpages

Já que estamos falando em aprimorar a sua estratégia de marketing digital, eu tenho mais uma dica para você.

Para capturar ainda mais leads para o seu negócio, você precisa de uma boa landing page.

Não sabe como criar a sua?

Não se preocupe. O Klickpages pode te ajudar. 😉

Veja como é fácil com apenas três passos:

  • Escolha seu modelo: conheça opções de alta conversão comprovada por testes.

  • Customize a página: feita a escolha, edite os textos, as cores e as imagens, além de ocultar elementos que pouco agregam.

  • Publique: agora, é só publicar no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Conclusão

Conclusão Gerenciamento de Redes Sociais

Agora você já sabe que gerenciamento de redes sociais não é apenas sobre publicar conteúdo nas plataformas e deixar que o destino cuide do resto.

Que, na verdade, consiste em muita estratégia, execução, monitoramento e análise.

E você viu que a gestão das redes sociais organiza todos os seus canais e deixa você preparado para atender a demanda do público de acordo com as peculiaridades de cada uma dessas plataformas.  

Eu ainda te mostrei quais são as principais etapas desse processo e dei 5 dicas para fazer um bom plano de gerenciamento para sua empresa.

Pronto. É a sua vez de colocar em prática tudo o que viu nesse artigo e impulsionar hoje mesmo a sua presença online.

Depois me diz nos comentários quais são as principais redes sociais que você usa e o que tem dado mais certo para você. 😉

Ah! E aproveita para seguir o Klickpages:

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Hugo Rocha

Hugo Rocha é co-fundador da Ignição Digital e do Klickpages. Já atuou diretamente nos bastidores dos maiores lançamentos digitais do Brasil. Atualmente está a frente da equipe de tráfego e crescimento da Ignição Digital e Klickpages liderando pessoalmente mais de R$ 4 milhões de reais em investimento em tráfego nos últimos 12 meses com ROI acima de 300%.

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)