27 ferramentas do Google para usar no seu negócio sem precisar gastar um centavo

Quanto você pagaria para ter todas as ferramentas que você precisa no seu negócio? Com as ferramentas gratuitas do Google você tem um pacote completo e não precisa gastar um centavo com isso.

Como empreendedor, você deve saber que é importante ter ferramentas para gerenciar e organizar suas demandas, prazos e estratégias.

Afinal de contas, é uma forma de automatizar e facilitar o seu trabalho.

E imagino que só de pensar nisso pode bater aquele desespero de ter que gastar dinheiro com mais uma coisa. 

Aliás, várias coisas…

São ferramentas para criar anúncios, definir palavra-chave para conteúdos, monitorar o seu mercado, fazer pesquisa com o seu público-alvo, organizar a sua agenda… E por aí vai.

Mas a real é quando eu parei para escrever esse artigo, percebi que você não precisa pagar por tudo isso.

De verdade.

É possível sim tocar a sua empresa com ferramentas de qualidade e sem precisar colocar a mão no bolso.

Isso porque o Google disponibiliza muitas delas de forma gratuita, uma verdadeira mão na roda para qualquer empreendedor.

Ou seja, não é por isso que o seu negócio vai parar.

Quer saber que ferramentas gratuitas são essas? Então segue aqui que eu separei uma lista com 27 delas.

Vamos lá.

1- Google Busca

Com essa ferramenta de buscas é possível fazer pesquisas na internet sobre qualquer tipo de assunto ou conteúdo

Pra você ter uma noção do poder do Google: essa ferramenta processa, em média, mais de 40.000 consultas de pesquisas a cada segundo, traduzindo mais de 3,5 bilhões de pesquisas diárias e 1,2 trilhões de pesquisas anuais em todo o mundo.

Aqui no blog tem um artigo bem completinho de como fazer uma pesquisa avançada no Google e ter as coordenadas exatas do que você procura.

2 – Google Search Console

É um serviço oferecido pelo Google para te ajudar a monitorar e melhorar a presença das suas páginas nos resultados de pesquisa.

Na prática, essa ferramenta te ajuda a entender como o buscador do Google enxerga o seu conteúdo e também dá dicas de como resolver os problemas encontrados.

Com o Google Search Console, você consegue saber quais são as pesquisas que levam mais gente para o seu site e conhece o desempenho e o tráfego das suas páginas.

Para conhecer mais sobre essa ferramenta, clique aqui.

3 – Google Ads

O Google Ads é uma das principais fontes de receita do Google.

A ideia dessa ferramenta é simples: permitir que empresas anunciem para um público relevante e segmentado. Ou seja, que tenha interesse no que elas têm a oferecer.

Logo, o Ads é o serviço de publicidade do Google. 

Lembrando que para usar a ferramenta é gratuito, você só precisa pagar pelos anúncios criados. 

Aqui no blog tem um artigo explicando como anunciar no Google e por que agora é a hora de investir nessa estratégia.

4 – Google Keyword Planner

O Google Keyword Planner ajuda a encontrar as palavras-chave mais adequadas para anúncios, criação de conteúdo e SEO.

Com essa ferramenta, empreendedores podem saber se o conteúdo que eles oferecem é de interesse de um público grande ou pequeno.

Além disso, auxilia a tomar decisões importantes sobre investimentos na internet, encontrar estratégias para rentabilizar o conteúdo e economizar trabalho e dinheiro.

5 – Google Suggest

Quem faz pesquisas no Google, provavelmente, já usou essa ferramenta.

O Google Suggest é o autocomplete do Google. Ou seja, ele sugere palavras sempre que você começa a digitar o que quer buscar.

O sistema funciona baseado em históricos. As sugestões são os termos mais pesquisados e as combinações mais usadas para as palavras que você está digitando.

Então, ao começar a escrever determinada palavra você consegue entender quais são os outros termos que estão relacionadas à sua busca e que tem um alto volume de procura.

6 – Google Trends

Mostra a popularidade de um determinado assunto nas buscas do Google ao longo do tempo.

Por isso o nome Trends, que em inglês significa tendência.

Com essa ferramenta você consegue saber, por exemplo, quais têm sido os assuntos mais pesquisados na sua região ou área de atuação, por exemplo.

É uma forma de eliminar o “achismo” na sua estratégia de marketing. Já que com o Google Trends você tem certeza do que as pessoas estão buscando. 

No artigo Google Trends: descubra exatamente o que o seu público quer, aqui do blog, você fica sabendo mais informações sobre essa ferramenta. 

7 – Google Alerts

Com o Google Alerts você recebe atualizações de conteúdos sobre um determinado tema.

Você pode acompanhar, por exemplo, citações referentes aos seus concorrentes, às palavras importantes dentro do seu mercado ou até sobre o que estão falando na internet sobre o seu produto ou serviço.

Por meio dele, o usuário recebe um alerta por email cada vez que algum termo que esteja monitorando é citado na internet.

8 – YouTube

O Youtube é a plataforma de vídeos do Google e também é considerado uma ferramenta buscas.

Ele está entre os três primeiros sites mais acessados do mundo, juntamente com o Google e o Facebook.

Aqui no nosso blog tem um monte de conteúdo sobre essa ferramenta para você entender melhor como ela funciona e usá-la nas suas estratégias de marketing:

9 – Google Shopping

Também conhecido como Product Ads, ele é basicamente um agregador de lojas online.

Com ele você pode anunciar produtos no próprio Google e colocar um link para a sua loja.

Os anúncios mostram aos usuários uma foto do produto, além de título, preço, nome da loja e outras informações.

E você paga pelos anúncios somente quando as pessoas clicam para visitar seu site. 

10 – Google Analytics

É um sistema do Google que reúne várias ferramentas de monitoramento de tráfego.

Ele pode ser instalado em sites, blogs e até mesmo em lojas virtuais.

Com o Analytics você consegue analisar todo o comportamento de quem passou pelo seu site: número de visitantes, tempo médio de permanência nas páginas, de onde vieram as pessoas, entre outros.

Há ainda possibilidades de uso mais avançadas, como observar o funil, as taxas de conversões por categorias ou até mesmo a criação de testes A/B de páginas.

Aqui no blog do KP tem um artigo que explica o que é Google Analytics e por que ele pode te ajudar a criar estratégias que convertem.

11 – Gmail

O Gmail é o serviço de email do Google. Ele tem um design amigável, diferentes formas de organizar as mensagens e um filtro de spam eficiente.

Também é possível ter uma versão corporativa do Gmail. Assim, você pode utilizar o domínio da sua empresa.

O email corporativo da Google também conta com 99,9% de disponibilidade garantida em contrato, diferentemente do Gmail pessoal. 

Isso quer dizer que, com uma versão corporativa, provavelmente, você nunca ficará com email fora do ar.

12 – Google Agenda

O Google Agenda permite marcar compromissos e enviar convites automaticamente para todos os participantes de um evento ou reunião.

Por ser online, pode ser acessado de qualquer dispositivo (celular, tablet, computador) com conexão à internet.

Além disso, é possível programar para receber lembretes por email, SMS e notificações de celular.

13 – Google Drive

O Drive é o serviço de armazenamento e sincronização de arquivos do Google na nuvem.

Ou seja, você pode acessar seus arquivos de qualquer lugar, basta ter um computador, celular ou tablet ligado à internet. 

Com o Google Drive, você pode fazer o upload de diferentes tipos de arquivos: documentos, imagens, vídeos, músicas…

Além disso, é possível converter determinados tipos de arquivos em um formato Google, como documentos, planilhas ou apresentações.

Com até 15 GB de capacidade de armazenamento, a ferramenta é gratuita. 

14 – Google Forms

O Google Forms é uma ferramenta de formulários que pode ser utilizada para fazer pesquisas, inscrições em eventos e coletar dados. 

Depois das pessoas preenchem o documento, o Google cria uma aba de resultados com tudo compilado, tabulado e contextualizado.

Você pode customizar os formulários como quiser ou escolher um tema pronto.

15 – Google Planilhas

É basicamente o Excel (aquele do Microsoft Office) do Google. A grande diferença é que os arquivos ficam salvos na nuvem.

Isso quer dizer que você pode acessar suas planilhas de qualquer dispositivo com conexão à internet e sem precisar instalar nada.

Com essa ferramenta dá para fazer planilhas e gráficos, tudo isso com fórmulas integradas, tabelas dinâmicas e muitas opções de formatação.

16 – Google Docs

Esse é o Word do Google. É uma ferramenta para produção de conteúdo escrito na nuvem. 

A grande vantagem do Docs é a facilidade de compartilhamento do documento com outras pessoas, seja da mesma empresa ou não.

A ferramenta permite também que sejam feitos comentários e sugestões, contribuindo para a construção coletiva de artigos, e-books e outros documentos.

17 – Google Apresentações

É uma ferramenta de criação de slides. Com ela você pode criar e editar apresentações diretamente do navegador. Ou seja, não é preciso usar ou instalar nenhum programa.

Além disso, várias pessoas podem trabalhar simultaneamente em uma única apresentação online. 

O Google Apresentações é compatível com o PowerPoint – do Microsoft Office, podendo exportar e importar arquivos desse programa.

18 – Hangouts

Hangouts é uma plataforma de comunicação que inclui mensagens instantâneas, chat de vídeo, SMS e VOIP.

É possível fazer reuniões em áudio e vídeo com até 25 pessoas, de dentro ou fora da sua empresa.

Além disso, o Hangouts tem um bate-papo que fica dentro do Gmail.

19 – Google Meu Negócio

É uma plataforma do Google em que empreendedores podem divulgar o seu negócio de forma gratuita nos resultados orgânicos de pesquisa e no Google Maps.

Com ele você pode:

  • Inserir e apresentar sua localização no Google Maps (incluindo um tour virtual pelo seu negócio e o traçado de rotas para o estabelecimento);

  • Acrescentar dados de contato, como endereço, e-mail, site e telefone (se um usuário pesquisar de um celular, ele poderá fazer a ligação a partir do próprio buscador);

  • Divulgar o horário de funcionamento da empresa e os horários de maior movimentação;

  • Mostrar as notas e comentários de clientes;

  • Publicar fotos da empresa;

  • Compartilhar perfis em outras redes sociais;

Aqui no blog tem artigo sobre esse assunto:

Google Meu Negócio: a sua empresa pode estar invisível se você não sabe o que é

20 – Google Data Studio

O Google Data Studio é uma ferramenta de análises com o objetivo de transformar dados em informações valiosas.

Isso pode ajudar empreendedores na na hora de tomar decisões.

Com ele, o usuário pode ver seus dados por meio de gráficos e tabelas personalizáveis.

O Google Data Studio pode ser integrado com várias fontes de dados diferentes.

A ferramenta permite, por exemplo, combinar duas fontes diferentes do Google Analytics para avaliar o desempenho do seu aplicativo e do seu site em uma única tela.

Você pode ainda avaliar a quantidade de acessos do site em relação à população de cada estado ou país. Tudo isso em um relatório apenas. 

21 – Google Mobile-Friendly Test

Com essa ferramenta você descobre se o seu site é adaptado ou não para dispositivos móveis, como celulares e tablets.

Basta colocar o endereço do site e clicar em “testar URL” para saber o resultado.

Eu não sei se você sabe, mas hoje, mais de 60% das buscas na internet são feitas a partir de celulares.

Logo, o seu site precisa abrir de forma rápida e com a configuração correta nesses dispositivos. 

Caso contrário, as chances dos usuários buscarem informações em outro site são grandes. 

Além disso, o próprio Google já deixou claro que os sites adaptados para celulares e outros aparelhos móveis têm preferência na hora de fazer  ranqueamento de uma pesquisa

22 – Google PageSpeed Insights

Essa ferramenta online do Google avalia a velocidade de carregamento de uma página da internet.

Talvez você não saiba, mas a velocidade também é um fator de ranqueamento nos resultados de buscas do Google. 

A avaliação feita por essa ferramenta separa o desempenho em dispositivos móveis da performance em computadores, e ainda oferece sugestões práticas para otimizar a velocidade das páginas.

Aqui no blog do KP tem um artigo explicando direitinho como é feita essa análise e por que você não deve tentar alcançar a nota máxima no Google Pagespeed Insights.

23 – Google Keep

Esse aplicativo permite que o usuário crie notas e listas de tarefas com áudio, imagem e até mesmo os “post-its” virtuais.

As notas, figuras e fotos podem ser personalizadas com até oito cores diferentes.

Também é possível transcrever o áudio em texto, incorporando o áudio original à nota. Assim, você tem o arquivo nos dois formatos.

É uma boa forma de organizar e não perder nenhum prazo ou informação.

24 – Blogger

É um serviço do Google que oferece ferramentas para edição e gerenciamento de blogs. Ele é bem parecido com o WordPress.

O blogger, porém, é mas indicado para usuários que nunca criaram um blog ou que não tenham muito familiaridade com tecnologia.

Isso porque o layout e as ferramentas são mais simples do que outras plataformas.

25 – Gerenciador de Tags

O Gerenciador de Tags do Google facilita na hora de atualizar e adicionar tags em um site, incluindo as do Google Analytics e de remarketing.

Tags são pequenos pedaços de código que permitem que você avalie, por exemplo, o tráfego e o comportamento dos visitantes do seu site. Ou o desempenho dos seus anúncios do Google.

Mas para fazer todo esse acompanhamento é necessário instalar scripts para cada um dos serviços que você quer integrar no seu site.

Com o Gerenciador de Tags, você coloca apenas um código nas suas páginas e, a partir daí, instala vários serviços sem precisar mais alterar as configurações.

Ou seja, toda outra tag que você precisar adicionar é só colocar no Gerenciador de forma simples e prática.

Com isso, você não precisa ser programador ou contratar alguém para fazer isso.

26 – Google Fonts

Centenas de fontes gratuitas, de código aberto e otimizadas para uso em sites.

Esse diretório conta com quase mil fontes gratuitas, que podem ser baixadas por qualquer pessoa.

A biblioteca de fontes também é distribuída pela SkyFonts da Monotype e Edge Web Fonts da Adobe.

27 – Google Consumer Surveys

É uma ferramenta para a criação de pesquisas de mercado. Ela é indicada para quem precisa de fundamentos antes de tomar uma decisão no negócio.

Com o Google Consumer Surveys, você pode criar uma pesquisas com o público sobre assuntos que vão impactar na sua estratégia.

Toda vez que o usuário cria uma pesquisa, o Google aprova e, depois, a envia para sites parceiros, aplicativos e plataformas.

A partir disso, os dados dos usuários são analisados e serem forem compatíveis com a segmentação definida, o Google envia a pesquisa para ser respondida.

O Google encontra o público que você quer atingir e envia a pesquisa para ele. Ou seja, você não tem o trabalho de buscar o público.

A melhor forma de oferecer o seu conteúdo

Até aqui eu te mostrei as principais ferramentas gratuitas do Google que podem te ajudar a organizar melhor suas demandas, criar conteúdos baseados em palavras-chaves e públicos específicos, além de criar e gerenciar anúncios para divulgar o seu produto ou serviço.

Agora, vou te mostrar a melhor forma de oferecer o seu conteúdo: através de uma landing page

Nessa página, você pode oferecer alguma recompensa (e-book, aula online, webinar) em troca do contato das pessoas – o e-mail é sempre a melhor opção.

Com a sua própria lista de e-mails você pode enviar conteúdo de qualidade para essa audiência e transformar essas leads em clientes. 

Mas se você não sabe como criar uma landing page, o Klickpages é a ferramenta ideal para te ajudar.

Com o KP, você cria as suas páginas em apenas 3 passos. Olha só:

  1. Escolha seu modelo: existem opções com alta taxa de conversão, já testadas e aprovadas pelo mercado.

  2. Divirta-se customizando a página: edite os textos, escolha as cores e as imagens, além de ocultar os elementos que você não queira.

  3. Publique: depois é só publicar no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Conclusão

Neste artigo, você viu que não é por falta de dinheiro para investir em ferramentas de gerenciamento e planejamento que o seu negócio vai ficar parado. 

Isso porque o Google disponibiliza diversas ferramentas gratuitas para ajudar nessa missão.

Eu separei aqui neste artigo 27 dessas ferramentas, entre elas:

  • Google Meu Negócio: uma plataforma em que empreendedores podem divulgar o seu negócio de forma gratuita nos resultados orgânicos de pesquisa. Com ela é possível mostrar endereço, contato, horário de funcionamento, site, redes sociais.

  • Google Agenda: permite marcar compromissos e enviar convites automaticamente para todos os participantes de um evento ou reunião.

  • Google Trends: mostra a popularidade de um determinado assunto nas buscas do Google. Uma boa ferramenta para criar conteúdo.

Agora me diz aqui nos comentários se você já usa alguma dessas ferramentas ou se interessou por alguma dessa lista.

 

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Juliana Amorim

Jornalista de formação e redatora de coração. Apaixonada por livros, revistas e jornais, meu único caminho era escrever. Já trabalhei como repórter, editora e apresentadora (de rádio, gente, não de TV) e, agora, faço parte do time de conteúdo do Klickpages. Adoro aprender e escrever sobre o universo do Marketing Digital e do Empreendedorismo. Tenho dois gatos lindos, adoro projetos de “do it yourself” e sou daquelas que viram a noite maratonando séries. Não dispenso uma boa conversa e simplesmente consigo transformar qualquer acontecimento bobo do meu dia em uma grande história.

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)