Fanpage: o que é, como criar uma página de sucesso no Facebook e exemplos

Se você quer um jeito fácil e rápido para manter a sua empresa no completo anonimato é só não criar uma Fanpage no Facebook.

Você pode achar que é exagero ou propaganda gratuita para o Mark Zuckenberg, o bilionário criador daquela rede social.

Mas se hoje eu pudesse escolher cinco conselhos sobre marketing digital que ninguém pode ignorar, um deles com certeza seria esse:

Não importa quem você quer alcançar. E pouco interessa que clientes você deseja conquistar. Provavelmente eles estarão no Facebook.

Acompanhe comigo. São 2,07 bilhões de pessoas ativas por mês (dados do 3º trimestre de 2017), com crescimento de 16% na base de usuários ano após ano.

A rede social está disponível em 70 idiomas, inclusive línguas que estão em extinção, faladas por índios e nativos de ilhas do Pacífico.

O Facebook é muito grande para você ou qualquer empresa do mundo ignorar.

Se a sua empresa não está presente no Facebook, com uma Fanpage forte e engajada, é provável que seus concorrentes estejam ganhando o dinheiro que poderia cair na sua conta.

É como se você não fosse convidado para o baile de fim de ano da escola. Aquela festa que todos os estudantes se preparam para conseguir a paquera que desejaram por tanto tempo.

Nesse artigo você vai encontrar tudo que precisa saber sobre Fanpages.

Você não precisa mais se preocupar em ficar de fora da festa, mas também vai aparecer agora com a melhor roupa.

Juntei tudo que percebi das melhores estratégias de Fanpage aqui para você. Tudo que aprendi com grandes profissionais de marketing ao longo dos últimos anos.

Inclusive aqui está o conhecimento que apliquei com sucesso na página da Ignição Digital, que hoje conta com quase 2 milhões de seguidores.

Até o fim dessa leitura, você vai saber:

  • As melhores táticas para promover interação com o público

  • Como se planejar, para a sua Fanpage não exibir um conteúdo sem organização

  • Os melhores exemplos de fanpages no Facebook, de empresas pequenas a multinacionais, para você se inspirar e levar as ideias para a sua página

  • Como não cometer os mesmos erros que 90% dos seus concorrentes estão fazendo agora

Criar uma Fanpage é mais do que colocar uma foto, fazer meia dúzia de posts e esperar que caia uma chuva de clientes.

Se você não sabe por onde começar, ou quer melhorar a Fanpage que você já tem, está no lugar certo.

Eu vou te mostrar as minhas estratégias favoritas para criar uma Fanpage matadora.

Se você terminar essa leitura hoje, pode começar a aplicar esse conhecimento e aproveitar os benefícios em curto prazo.

O caminho é simples e eu te mostro agora.

O que é uma Fanpage?

Fanpage é uma página no Facebook criada para empresas (páginas para fãs, traduzindo literalmente).

Ela é feita para pessoas acompanharem suas marcas, empresas, personalidades ou bandas preferidas.

É como se você adicionasse a marca no seu Facebook e vocês virassem amigos, sabe? Só que não precisa de aprovação do pedido de amizade.

Se você “curtir” a página, está feito. Você vai receber no seu feed as atualizações daquela página.

Essa ferramenta permite você criar uma base de seguidores fiéis que terão acesso ao seu conteúdo periodicamente.

Entendeu o porquê da Fanpage ser mais valiosa que ouro? É uma das maiores vitrines para a sua empresa.

As páginas com mais seguidores no mundo chegam a passar da centena de milhão de seguidores. O jogador de futebol Cristiano Ronaldo tem 122 milhões de fãs, por exemplo.

“Hugo, mas eu não tenho tanta fama igual ao Cristiano Ronaldo!”.

Ok. Eu sei que poucos chegarão a tantos seguidores.

Mas pegue esse exemplo e adapte para a sua realidade.

Imagine o potencial de pessoas que você pode impactar se investir tempo em produzir uma Fanpage de qualidade.

A Fanpage é a sua maior vitrine. Agora você tem que atrair movimento e chamar os seus potenciais clientes para olharem o que a sua empresa está fazendo de diferente do restante do mercado.

Como criar uma Fanpage?

Eu fiz um teste. Peguei um cronômetro para contar o tempo que levaria para criar uma Fanpage.

Não demorou mais que dois minutos.

Claro, esse não é o tempo para criar uma Fanpage pronta nos mínimos detalhes, como deve ser. Mas colocá-la no ar é mais simples do que você imagina.

Passo 1: escolha uma categoria

O link para criar a Fanpage é esse aqui. Quando você entrar, aparece a seguinte página:

Ficou na dúvida entre qual categoria escolher? É normal. As duas primeiras opções costumam confundir os usuários.

  • Negócio local ou lugar: se você tiver um comércio que atenda apenas a população da sua cidade. Pode ser uma oficina, uma padaria, um costureira.

  • Empresa, organização ou instituição: nesse balaio entram empresas de todos os portes. Portanto, se você tem uma empresa pequena, pode marcar essa opção.

  • Marca ou produto: É diferente da opção “empresa”. Aqui você pode divulgar uma marca específica da sua linha de produção. Por exemplo, a Kraft Foods é produtora do chocolate mais vendido no Brasil, o Sonho de Valsa. E cada um tem a sua Fanpage.

  • Artista, banda ou figura pública: Essa fanpage é voltada para os famosos ou canditos ao estrelato. Fez uma banda com os amigos? Tomou coragem para lançar sua carreira musical? Essa é a opção.

  • Entretenimento: Você organiza festas? Produz documentários, histórias em quadrinhos, uma série de TV. Páginas com uma pegada artística entram nessa categoria.

  • Causa ou comunidade: Ongs, trabalhos sociais e ajuda a pessoas carentes.

Passo 2: Escolha as fotos

Na sequência, você pode adicionar as fotos de perfil e de capa, para a página ficar com a cara do seu negócio.

Esse é um passo importante, pois sempre que você compartilhar qualquer coisa, é a foto do seu perfil que vai aparecer. É o rosto da sua empresa. Então, escolha com cuidado.

Outra dica fundamental: lembre-se de colocar fotos no tamanho correto para o Facebook.

Tanto a foto de perfil como a de capa têm dimensões ideais para melhorar a visualização da sua imagem.

Se você tiver dúvidas, a especialista em marketing no Facebook, Camila Porto explicou qual é o tamanho de cada uma dessas medidas.

Além das fotos, já é possível colocar vídeos na capa da página. A Hotmart tem um ótimo exemplo que você pode conferir.

Vamos para o próximo passo, que falta pouco!

Passo 3: Personalize do seu jeito

Pronto, sua nova página acaba de nascer.

A primeira tela que vai aparecer para você é parecida com essa:

O Facebook tem um guia na própria página que te dá todas as dicas e explica cada uma das funções em detalhes.

E pode ficar tranquilo, você não precisa mudar tudo isso na hora que criar a página. Com calma, vá adaptando todas as configurações do seu jeito.

Qual a diferença da fanpage para um perfil tradicional?

Essa é uma dúvida muito comum. Não é raro você encontrar perfis que deveriam ser pessoais no Facebook abrigando a página de empresas.

Basicamente, o perfil é uma pessoa física. A fanpage uma pessoa jurídica.

Mas Hugo, por que ser tão rígido? Faz tanta diferença assim?

Ainda bem que você perguntou.

Existem diferenças enormes entre fanpage e perfil. Repito, não são detalhes. Quem criar um perfil para a empresa em vez de uma fanpage vai estar em desvantagem em relação ao concorrente.

Por isso é fundamental olhar com carinho para essa configuração.

Se você tem um perfil para a sua empresa e quer converter em uma fanpage, não tem problema. É simples e rápido, basta clicar aqui.

8 razões para a sua empresa ter uma fanpage, e não um perfil:

  1. Limite de seguidores

Um perfil (pessoa jurídica) pode ter 5 mil amigos, no máximo. E se tudo der certo, e eu torço por isso, sua empresa terá mais que 5 mil seguidores.

Para a fanpage não há limites de conexões. Você pode ser muito popular, e não há problema com isso.

2. Impulsionar publicações

A fanpage tem um recurso MUITO importante para aumentar seu alcance: impulsionar as atualizações.

Falaremos com mais calma desse assunto mais para frente, no tópico “Impulsione Publicações”.

Mas fique sabendo que o Facebook entrega apenas 2% do seu conteúdo para a sua base de seguidores.

Só a fanpage pode criar anúncios para atingir todo o público que você sonha. O perfil pessoal não tem acesso a esse maravilhoso recurso.

3. Livre acesso

Eu aposto que você tem uma “geladeira” no seu perfil pessoal.

Aquelas pessoas que te adicionaram, mas você não quis aceitar e elas ficaram com o convite pendente por meses, até anos.

Seria complicado se você precisasse aceitar cada solicitação de alguém que quisesse seguir a sua empresa.

Com a fanpage você não precisa fazer essa curadoria. Se a pessoa clicar em “curtir”, está feito. Sem burocracia.

4. Call To Action

Outra vantagem da fanpage em relação ao perfil pessoal: inserir os incríveis Call to Action.

Sempre presentes em estratégias de marketing digital, já conversamos sobre eles aqui no blog.

A Camila Porto usou a imagem da capa do Facebook para interagir com o Call To Action. É uma boa referência que você pode adaptar para a sua fanpage:

Existem vários tipos de Call To Action que você pode adicionar à sua fanpage no Facebook.

É uma maneira prática e rápida de alcançar seus objetivos, seja finalizar uma venda, gerar leads ou a inscrição para um webnário.

5. Distribuir funções

Se alguém resolvesse fazer um filme de terror ambientado dentro de um escritório, o roteiro contaria a história do funcionário que publicou, sem querer, uma foto pessoal na fanpage da empresa.

Para evitar essas cenas, você pode delegar funções dentro da fanpage apenas aos funcionários que usam a conta.

Existem seis tipos de cargos diferentes. Cada um deles fornece um nível de acesso maior às funcionalidades da página. Observe no gráfico as opções:

6. Acesso a estatísticas

O Facebook fornece um relatório completo sobre o desempenho da sua página. Ignorar esses dados é como guiar um carro com os olhos vendados.

E esses números vão muito além dos likes.

Você pode ver, por exemplo:

  • Como as pessoas se envolvem com a sua fanpage, em que abas clicam e por onde navegam mais

  • Números sobre o desempenho de suas Páginas

  • Que publicações têm mais envolvimento e em qual horário seu público está online

Esses números precisam ser a base de toda a sua estratégia na rede social.

Qualquer passo que você tomar, qualquer ação que você planejar, tem que envolver a consulta dessas estatísticas.

7. Menções + visibilidade

A fanpage permite que seus seguidores marquem o nome da sua empresa em todo tipo de publicações (fotos, vídeos, etc).

Diferente de quando você tem um perfil pessoal, que apenas os seus amigos podem fazer a marcação do seu nome.

Acredite: você ser mencionado é muito bom. É excelente. Quando um usuário marca a sua página, ele quer que você participe de uma discussão, de uma brincadeira que está rolando.

Você ganha visibilidade, aumenta seu engajamento e tem a chance de ganhar mais seguidores ao dar uma resposta criativa para os usuários.

É o princípio de Walter White, da incrível série Breaking Bad.

“Say My Name” ou Diga meu nome, na tradução literal.

Se você não viu, não tem problema.

A série conta a história de Walter White, ex-professor de química que descobre um câncer avassalador e começa a vender drogas para deixar uns trocados de herança para a família.

Um dos pontos altos da série ocorre quando ele está no meio de uma negociação com um traficante. Walter faz cara de bandido e ordena: “Say My Name.”

E o traficante diz o nome.

Era o sinal de que Walter era o manda-chuva do pedaço. Que todos os traficantes da região já sabiam o nome dele e quem ele era.

Se as pessoas estão dizendo o seu nome e lembrando de você ao consumirem um conteúdo, significa que você está ficando reconhecido na área.

E só com a fanpage você conseguirá ter esse alcance.

Acabou o momento cinéfilo. E se você é fã de Breaking Bad, eu já te considero um amigo.

Vamos para o próximo item.

8. Risco de perder TUDO

Por último e não menos importante. O Facebook tem longo termo de direitos e obrigações do usuário.

Ao se registrar na rede social, você assume o compromisso de não criar mais de uma conta pessoal. Ou seja, você só pode ter uma conta pessoal para você.

Se você criar outra conta pessoal para a sua empresa, corre o risco do Facebook apagar sua página e você perder tudo que conquistou. Não vale a pena, certo?

Planejamento: como deixar a sua fanpage incrível

Eu sei que você já deve estar ansioso para movimentar a sua fanpage, ver o número de seguidores crescer, postar conteúdos interessantes.

Mas antes disso, planeje cada passo que você vai dar.

De nada adianta muitas ideias, se não tiver organização.

Mas Hugo, não sei nem por onde começar essa organização!

Agora começa a vantagem que você vai abrir do seu concorrente.

Em todo meu tempo de mercado, percebo que o planejamento é uma das partes mais ignoradas na estratégia de marketing digital.

Vou te mostrar conteúdos que nasceram de rascunhos que eu sempre usava para planejar minha Fanpage.

Como eu disse no início do texto, hoje eu ajudo a administrar uma Fanpage com quase 2 milhões de seguidores. Uma das maiores do Brasil no mercado.

Você terá esse conteúdo agora, sem pagar nada.

Volte a essa parte do artigo sempre que puder, releia o conteúdo para formular seu planejamento, tenho certeza que vai te ajudar.

Porque já me ajudou — e muito — quando precisei.

1. Farejar o rastro dos seus concorrentes

Você deve dar uma espiada no que os seus vizinhos estão fazendo. Se a grama dele está mais verde, vá entender o porquê para você não ficar para trás.

Quem explica essa análise de mercado é o Benchmarking.

É uma oportunidade de aprender com as melhores práticas do seu mercado.

Você só consegue ser o melhor se estiver atento aos melhores exemplos do mercado. Nunca deixe de buscar referências.

Eu recomendo também de você buscar por fanpages tanto do seu mercado quanto de outros ramos de negócio.

Trace paralelos para buscar boas ideias. Elas vão te ajudar a passar por diferentes cenários e trazer sempre inovações para o seu público.

2. Faça a pergunta que vai transformar a sua fanpage

Se coloque no lugar do seu cliente.

Faça uma pergunta simples, mas que muitos empreendedores esquecem de fazer na correria do dia a dia, quando estão muito ocupados com outras tarefas:

Eu gostaria de receber esse conteúdo?

Eu gostaria de ler esse post?

Lembre que você está competindo pela atenção do seu usuário com dezenas de conteúdos nota 10.

Entre os vídeos de gatinho, horóscopo e reportagens relevantes, você tem que encontrar o seu espaço.

Não adianta publicar um caminhão de conteúdos se você não se planejar antes. Seu conteúdo deve ter um objetivo, ser bem pensado para o seu consumidor.

3. Com quem você quer se comunicar?

Acredite: você vai perder tempo e dinheiro se não seguir esse passo.

Antes de começar a publicar na sua fanpage, você deve saber quem são as pessoas que você quer atingir.

Quando você define quem é o seu alvo, fica mais fácil de elaborar sua estratégia e o seu conteúdo será muito mais certeiro.

No marketing digital, sem identificar sua persona, não há estratégia que funcione.

Salve nos seus favoritos o nosso artigo que conta todos os segredos para definir a sua persona. Ele será útil em qualquer estratégia que você adote daqui para frente.

O texto explica a diferença para o público-alvo e como captar exatamente o que a sua audiência espera de você.

4. Ferramentas

Existem diversos aplicativos e programas que podem te ajudar a fazer o seu planejamento no Facebook.

Eu vou listar algumas ferramentas que eu gosto de usar no meu dia a dia e que também podem te ajudar.

FanpageKarma

Olhar as estatísticas que o Facebook fornece da sua fanpage pode não ser uma tarefa amigável para os iniciantes.

Ainda bem que existe o FanpageKarma. Ele é ideal para você não perder nenhum detalhe na hora de melhorar cada ponto da sua fanpage.

Ele mostra a melhor hora para postar, perfis que influenciam a sua audiência, os fãs mais ativos, posts com mais engajamentos, temas que o seu público gosta de receber.

Buzzsumo

Esse site está no meu checklist obrigatório. Antes de ir ao ar, todo artigo do blog Klickpages passa no pente fino do Buzzsumo.

Ele busca nas principais redes sociais as postagens sobre determinado assunto que estão bombando no momento.

Digamos que você tem uma oficina mecânica e quer planejar o conteúdo da sua fanpage. O Buzzsumo mostra que posts tem mais compartilhamentos no mundo em relação a esse assunto.

Depois de conhecer esse serviço, você não vai ficar com medo de passar em branco com um assunto do momento.

Facebook Insights

Uso obrigatório. Ferramenta do próprio Facebook para você conhecer o seu público.

Ele detalha as preferências e características da sua audiência: idade, gênero, status de relacionamento, e até consumos e hábitos.

É possível checar o desempenho de publicações, filtrar análises por um tempo específico, crescimento da base de seguidores.

Ele mostra até informações do estilo de vida dos seus seguidores, como estatísticas sobre produtos que o seu público tem interesse em comprar.

Para acessar o Facebook Insights, basta clicar na aba “Informações”, que está no menu da sua fanpage.

Post Planner

Boas ideias e força de vontade não adiantam se você não tiver regularidade nas suas publicações.

Para crescer e atrair novos fãs, sua página precisa estar sempre atualizada, com novos conteúdos periodicamente.

O Post Planner ajuda – e muito – nessa tarefa. Ele é um planejador de post para o Facebook.

É ideal para quem deseja ter vida. Essa ferramenta poupa o seu tempo ao permitir que você agende conteúdos e tenha controle sobre a sua estratégia de marketing.

Ele ainda elabora um feed com base no seu ramo de negócios e interesses. Você ainda pode criar uma biblioteca para organizar os conteúdos que achar interessante.

Conteúdo

Esse é o principal combustível para a sua Fanpage. É o conteúdo que dá fôlego para a sua página conquistar cada vez mais seguidores.

Conteúdo gera credibilidade, aumenta suas vendas e cria clientes apaixonados pela sua marca.

O maior erro de muito empreendedor é usar os canais de comunicação para falar apenas do próprio umbigo.

Não adianta falar que o seu produto é bom, que o preço é imbatível e o melhor do mercado. Produzir conteúdo vai muito além disso.

Conteúdo de valor é falar do interesses do público, de temas relevantes, que provocam.

Aos poucos, você constroi a fama de maior autoridade no seu mercado. Afinal, os melhores conteúdos do tema sempre vêm de você.

Se você não gerar conteúdo de qualidade, não vai se destacar nesse mar de informação da publicidade tradicional.

Recomendo esse artigo do nosso blog sobre Marketing de Conteúdo. É um guia completo com as melhores práticas e como produzir conteúdo que vai encantar a sua audiência.

Ele te mostra como você pode ganhar o coração da sua audiência produzindo conteúdo em vídeos, gráficos, e-mail marketing e até mesmo músicas.

E dá as ferramentas para você sair do zero e colocar em prática todas essas ideias. Não deixe de conferir!

Impulsionar publicações

Se eu fizesse um ranking com as 10 dúvidas mais frequentes que recebo dos meus clientes no Klickpages, as perguntas sobre impulsionar publicações no Face teriam lugar garantido.

Investir dinheiro no Facebook para aumentar o alcance da sua publicação é uma prática obrigatória?

Existe vida além dos anúncios no Face ou minha fanpage não vai existir e ficará abandonada?

Não existe resposta correta. Depende da sua estratégia e do tempo que você espera ter retorno com as publicações.

O impulsionamento é ideal para quem quer resultados a curto prazo.

Por exemplo:

Hugo, quero ter 5 mil seguidores em três meses.

Vou lançar o meu produto daqui a dois meses

Desista de conseguir essas metas sem patrocinar suas publicações e sua fanpage.

O anúncio pago é uma combustão. Rapidamente leva o seu conteúdo a muito mais pessoas. Horas depois o seu post está sendo visualizado pela audiência.

E por que o Facebook faz isso?

Não existe almoço grátis

Essa é uma lei no mundo dos negócios. Traduzindo: é impossível receber sem dar algo em troca.

E o Facebook quer dinheiro para dar visibilidade para a sua página de maneira rápida.

E claro que o Facebook iria facilitar essa tarefa ao máximo. Para facilitar a sua vida ao impulsionar as publicações, eles criaram o Facebook Ads.

Ele te ajuda a segmentar seu conteúdo para o público que você quiser.

Você pode mostrar o seu post para quem curtiu sua página, para amigos desses seguidores, para pessoas que assistiram o seu vídeo até o fim.

Ou até por grupos de interesses. Se você vai divulgar um serviço de nutricionista, pessoas que procuram e seguem páginas dessa área tem muito mais chance de converterem leads.

Alcance orgânico

Essa é a sua estratégia se você não se importa em ter resultados a longo prazo.

Se ao impulsionar publicações você já tem o retorno do investimento horas depois com o número de pessoas alcançadas, aqui não tem como cortar caminho.

O lado negativo é que, a cada ano que passa, o alcance orgânico – as publicações sem patrocínio – vem caindo.

Estudos recentes apontam que o Facebook entrega apenas 2% do seu conteúdo para a sua base de seguidores.

Mas lembre que trazer seguidores de forma orgânica também é fundamental para a sobrevivência do seu negócio.

Se o cliente procurou seu nome, pesquisou pelo seu conteúdo até chegar a você, ele tem uma possibilidade muito maior de ser um cliente fiel e que vai consumir seus produtos.

A lead orgânica vem em menor quantidade, mas tem uma qualidade maior.

O segredo é achar um equilíbrio entre o alcance por anúncios e o alcance orgânico.

Ambos se complementam.

Responda e interaja com o público

Interação é um princípio básico de qualquer comunicação.

Mas muitas empresas esquecem disso.

Eu entendo que dá trabalho gerenciar toda a sua página, criar conteúdos, ficar de olho nas estatísticas e ainda cuidar de toda a sua empresa.

Mas o seu cliente não pode falar sozinho. Ele quer ser ouvido e perceber que estará amparado sempre que quiser.

Fique atento para responder e interagir sempre que possível com os seus seguidores.

Nos comentários positivos, seja carinhoso e mostre que você está atento e agradecido pela mensagem.

Mas principalmente esteja presente nos feedbacks negativos. Nada pior que você estar insatisfeito com um serviço e ficar falando sozinho.

Se você ignora um cliente insatisfeito, você passa a mensagem para outros possíveis clientes que você vai adotar aquela prática sempre.

Ou seja, dê a devida atenção para as interações. Elas são fundamentais para o engajamento da sua fanpage.

Regularidade

Não abandone o seu público. Parece óbvio à primeira vista, mas é um dos erros mais cometidos depois que uma empresa cria a fanpage.

Eu adoro fazer comparações com relacionamentos. Aqui é outro caso em que se encaixa muito bem.

Você começa a sair com uma pessoa. Ela é interessante, fala as coisas que você gosta de ouvir. Te liga para saber como estão as coisas, manda mensagem convidando para sair.

Não tem os defeitos das outras pessoas que você já saiu.

Você está convencido que é essa pessoa que você vai escolher.

Então a pessoa some. Várias semanas sem dizer nada. Você não encontra em nenhum lugar. Esse desinteresse é uma agonia. E quem não é visto, não é lembrado…

É isso que eu mais vejo ocorrer quando uma empresa cria uma fanpage:

  • Começa a postar com todo o gás. Todos os dias um conteúdo interessante, que começa a atrair a atenção do público

  • A empresa começa a crescer, outras atribuições vão surgindo. O conteúdo começa a ficar de lado e não é mais prioridade

  • A página fica com cara de abandonada. Vários dias seguidos sem um sinal de vida

  • Todo o esforço e tempo gasto anteriormente para engajar o público vai escorrendo pelo ralo. O público fica frustrado e busca nos concorrentes o espaço que ficou aberto

Não esqueça que o seu cliente criou expectativas. Nada pior que você pisar no freio e reduzir a quantidade ou qualidade das suas publicações.

Isso vai queimar a imagem da sua marca com o público. Uma fanpage desatualizada e largada passa uma péssima impressão de como a empresa gerencia o restante do negócio.

Mantenha um ritmo de publicações previamente acertado dentro do seu planejamento e corra desse erro comum a tantas empresas.

7 melhores exemplos de fanpages profissionais para você se inspirar

Eu acredito que o real aprendizado chega quando você se inspira nos melhores do seu mercado.

Pessoas que já trilharam o mesmo caminho que você pretende passar. Eles têm algo a dizer sobre como chegar às vitórias.

O sucesso deixa rastros.

Até aqui você aprendeu todas as dicas para fazer uma fanpage que pode alavancar o seu negócio digital.

Aqui estão as mesmas ferramentas que eu uso para gerenciar as minhas páginas que somam milhões de seguidores.

As sacadas que eu demorei anos para aprender, estão condensadas nesse artigo.

Agora eu vou mostrar os 7 melhores exemplos de fanpage no Facebook. De diferentes negócios e áreas de atuação.

E o mais importante: empresas de diferentes tamanhos.

Primeiro eu vou falar das grandes marcas. Elas elas tem equipes de ponta para pensar no marketing e trazer soluções criativas que podem ser adaptadas à sua realidade.

Mas também vou trazer exemplos de comércios locais que, com criatividade e dedicação, conseguiram bons resultados.

O marketing digital é mágico por isso. Você pode fazer com pouco investimento e tem resultados palpáveis e mensuráveis.

Você pode se inspirar em todos os casos que estão listados aqui.

Cada empresa tem uma história para contar. Todos temos uma trajetória para aprender com os erros e seguir com os acertos.

Grandes empresas

Nutella

A fanpage da Nutella tinha tudo para ser muito entediante.

Afinal, eles vivem de explicar o que fazer com o creme de avelã que eles vendem.

Eles querem mostrar a versatilidade do produto, que pode combinar com diversos tipos de alimento.

Em vez de apenas mostrar receitas, eles têm uma maneira bem criativa de engajar o consumidor.

Eles usam o produto para fazer emojis em biscoitos, fazem o consumidor imaginar como seria repetir aquele momento engraçado com a família.

A marca também faz uma grande aposta em conteúdos visuais interessantes. Mostram de várias maneiras o uso da Nutella no dia a dia.

E se você vende um creme cremoso de avelã, fazer um vídeo mostrando a utilidade dele não é nada mal. É um passo para viralizar.

Ainda mais que o Facebook já deu indícios que adora vídeos. Segundo pesquisa do Buzzsumo, o número de vídeos na timeline dos usuários dobrou entre 2016 e 2017.

Starbucks

O Starbucks usa muito bem a segmentação de conteúdo para atingir os usuários de cada país.

A campanha “Mostre Seu Sabor” foi publicada na página brasileira. Eles mostraram cada barista preparando o café de um jeito especial: dançando funk!

Os vídeos viralizaram, os usuários identificaram os baristas de cada unidade e pediram nos comentários para serem atendidos sempre com as dancinhas.

E o lançamento da campanha ocorreu em um bom momento: semanas antes do carnaval. Quando o clima festivo dá uma abertura maior para vídeos bem humorados.

Adobe

A Adobe traz uma inspiração que pode ser usada por muitas empresas menores: mostrar como o serviço impactou a vida dos clientes.

Eles mostram o trabalho realizado por pessoas que utilizaram a ferramenta da Adobe para produzir peças gráficas.

Mas imagine que você tem uma academia de musculação e quer mostrar a transformação que o seu serviço fez para a auto estima ou para a saúde de um cliente?

O princípio é o mesmo!

Crossfit

Eu sou praticante de Crossfit. Mas não foi por isso que coloquei esse exemplo aqui.

Esse é um ótimo exemplo de como usar sua Fanpage para derrubar preconceitos ou imagens erradas que tenham com o seu produto. E como ganhar com isso.

Já ouvi comentários negativos sobre o Crossfit ser voltado apenas para adultos muito saudáveis. Que um idoso por exemplo nunca praticaria, pois poderia se machucar.

A maior fanpage da modalidade no Facebook faz questão de demolir esse mito.

A foto de capa destaca nove crianças fazendo exercícios de Crossfit.

Uma sequência de posts com uma idosa e uma criança pequena realizando exercícios. Levantando pesos e correndo entre pequenos cones.

Eles mostram que é uma atividade que pode ajudar desde cedo a melhorar a postura, coordenação motora, e ter um corpo saudável na velhice.

Não é raro os posts da fanpage chegarem aos cinco dígitos em curtidas.

Se você tem um produto novo no mercado, que as pessoas ainda não sabem muito bem como utilizar, é uma boa tática para ser pensada.

Pequenas empresas

Pookie Pet

Esse pet shop mostra periodicamente o resultado dos banhos e tosas que oferecem. Difícil segurar um like quando aparece um cachorro vestido de duende na sua tela.

Eles também mostram receitas de comidas especiais para os bichos de estimação, como brigadeiro para festas de aniversário e bolo de osso.

Também compartilham fotos de animais desaparecidos, dicas de como proteger os cães do frio no inverno.

Mesmo sem uma equipe de comunicação, eles conseguem atualizar as redes sociais e passar uma boa imagem da marca.

Pizza do Zé

Uma pequena pizzaria ganhou fama em Brasília ao postar vídeos de algumas pizzas, digamos, diferentes.

O próprio dono do estabelecimento que faz os vídeos com o próprio celular. Mas só de manter a fanpage atualizada, ele já acumulou 12 mil seguidores no Facebook.

Nos comentários é possível ver clientes fazendo pedidos nos comentários da publicações, ou marcando os amigos e fazendo um convite para experimentar a pizza.

Só confesso que pizza com chili não abre meu apetite.

Cobogó Mercados de Objetos

Esse pequeno mercado de objetos também encontrou um saída para cativar o público na Fanpage.

O combo foto dos produtos + legendas fofas sempre funciona.

Perceba que eles se comunicam de um jeito simples e acessível, sem uma grande produção característica das grandes marcas.

Fotos dos produtos, dos visitantes que passam pelo mercado, da comida que será servida nos eventos.

Mas eles têm regularidade. Esse é o segredo.

Analisei um período de 11 dias dessa Fanpage. Nesse eles publicaram 18 posts.

Os fãs dessa página confiam e têm as expectativas atendidas de que terão conteúdo constante e fresco todos os dias.

Experimente levar isso para a sua fanpage também, e depois me conte aqui nos comentários.

Comece a capturar leads hoje mesmo com Klickpages

Ter uma fanpage incrível, com conteúdos que resolvam os problemas e encantem a sua audiência é ótimo para os seus negócios.

Não só pelos likes e compartilhamentos que você vai ganhar e a credibilidade que a sua marca vai ganhar no mercado.

Mas você também tem que aproveitar essa audiência para ter lucros e fechar negócios.

Essa boa relação com os clientes no Facebook é um passo importante para gerar leads e levar essa relação a outro nível.

Se você quer usar o Facebook como uma ferramenta para atrair clientes e alavancar seus negócios, eu tenho uma proposta para você.

O Klickpages é a ferramenta que vai converter seus visitantes em clientes e fazer o seu negócio digital crescer.

Milhares de pessoas conseguiram alavancar vendas e gerar leads mais rapidamente com esse serviço.

Antes, construir uma página do zero era uma tarefa complicada. Exigia a contratação de uma equipe de programadores e experts que dominavam a linguagem da computação.

Em três passos você coloca no ar uma landing page que pode ser o ponto de virada da sua trajetória:

  • Escolha seu modelo: confira as opções de alta conversão comprovada por testes.

  • Customize a página: após fazer a escolha, é só editar textos e imagens. Tudo é intuitivo, basta arrastar ou eliminar uma função que não agradar.

  • Publique: tudo pronto? É só publicar no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Conclusão

Ter uma Fanpage não é uma escolha. É uma questão de sobrevivência para o seu negócio digital.

Não importa o público que você queira atingir, ele está no Facebook. São mais de 2 bilhões de pessoas conectadas naquela rede social.

Você está perdendo oportunidades e abrindo espaço para os seus concorrentes sem uma Fanpage forte.

Esse recurso tem uma série de benefícios que um perfil pessoal não tem: os Call To Action, estatísticas, e principalmente o impulsionamento das publicações.

Separar uma verba para a publicidade no Facebook é essencial. A plataforma chega a entregar o seu conteúdo para apenas 2% dos seus seguidores.

Outro segredo é manter regularidade nas publicações. Não fique muito tempo sem dar atenção para a sua audiência.

Com um planejamento bem estruturado, você vai atingir essa regularidade que é essencial para fazer a sua página crescer gradualmente.

Com uma Fanpage recheada de bons conteúdos e interações com os seguidores, você poderá gerar o número de leads que você nunca imaginou. Múltiplos do que você gera hoje.

E quando precisar de ajuda, conte com o Klickpages, a ferramenta que você precisa para criar landing pages, atrair clientes e alavancar seu negócio.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Hugo Rocha é co-fundador da Ignição Digital e do Klickpages. Já atuou diretamente nos bastidores dos maiores lançamentos digitais do Brasil. Atualmente está a frente da equipe de tráfego e crescimento da Ignição Digital e Klickpages liderando pessoalmente mais de R$ 4 milhões de reais em investimento em tráfego nos últimos 12 meses com ROI acima de 300%.