Facebook Live: descubra o que já estava previsto há 50 anos

Facebook Live: o que é, como usar e como fazer uma live no Facebook

Se você deixou a Live do Facebook de lado, lamento dizer que está comendo poeira. Porque já tem gente cantando essa pedra desde os anos 60.

Digo isso porque em 1967 aconteceu a primeira transmissão mundial ao vivo na televisão.

Essa foi a primeira vez que as pessoas olharam para a tela e acompanharam em tempo real as coisas acontecerem. Como se estivessem lá na hora.

O evento escolhido para fazer história foi uma apresentação dos Beatles, uma das bandas mais importantes do mundo.

O fato é que esse foi o primeiro passo em direção ao futuro. E o futuro já bateu na sua porta, já deixou uma mensagem no WhatsApp e já fez uma ligação de vídeo para te avisar que ele chegou com tudo.

Eu explico.

Antes, para as pessoas acompanharem no mesmo segundo o que estava acontecendo, as emissoras de TV tinham que comprar equipamentos sofisticados, ter uma equipe preparada e um alto investimento.

Além de que o feedback do público demorava a chegar (quando chegava).

Agora, você pode fazer a sua própria “transmissão dos Beatles”. Sem sair de casa, sem gastar um absurdo, sem depender de uma emissora ou uma equipe.

Só o que você precisa é ter alguma coisa relevante para falar e fazer uma transmissão ao vivo, como a Facebook Live. Sem complicações como antes.

E a resposta é imediata: sua audiência pode curtir, comentar e compartilhar em poucos segundos. Mas essa possibilidade nunca existiria sem o evento de 50 anos atrás. 

O fato é que essa ferramenta é muito poderosa para você aumentar o engajamento da sua audiência do Facebook.

É, certamente, uma das melhores formas de usar o vídeo como parte de suas ações para crescer como opção na mente dos consumidores, reforçar sua marca e a própria autoridade no segmento em que atua.

Tudo isso está a algumas linhas de você.

Até o final deste artigo, você vai descobrir mais sobre o Facebook Live e aprender o passo a passo de como extrair o melhor da ferramenta.

Essa é sua oportunidade para não comer mais poeira.

O que é Facebook Live?

O que é Facebook Live?

O Facebook Live é um recurso de streaming dentro da plataforma, que permite transmitir um vídeo ao vivo para o seu público através do perfil pessoal ou da página da empresa, a fanpage.

Lançada em 2016, seguindo os passos de outras redes sociais, como o YouTube, a ferramenta foi incorporado ao Facebook, permitindo aos seus usuários realizar transmissões ao vivo diretamente de um dispositivo Android ou iOS.

E tem mais: uma vez que ela é finalizada, o vídeo fica disponível em sua página ou perfil para os seguidores que perderam o evento ao vivo poderem visualizá-lo.

Dessa forma, sua audiência pode consumir o conteúdo tanto em tempo real quanto posteriormente, no momento que desejar.

Os vídeos são qualificados para aparecer no feed de notícias do usuário durante o evento ao vivo, assim como após o término dele.

É super fácil para a sua audiência ter acesso ao conteúdo a qualquer momento.

No entanto, é importante saber que as chances de ver um vídeo enquanto ele está vivo agora são maiores.

O Facebook atualizou seu algoritmo de classificação para priorizar a exibição de mais vídeos ao vivo.

Além disso, os usuários costumam receber uma notificação quando começa uma transmissão ao vivo de alguém que eles seguem.

Não é por acaso que os resultados obtidos por quem faz uso do Facebook Live são cada vez mais expressivos.

Você sabia que uma live no Facebook chega a engajar 3x mais a audiência do que um vídeo gravado previamente?

Se você está pensando agora que precisa experimentar, a gente concorda.

E se começar parece difícil, não precisa se preocupar.

Criar e transmitir conteúdo ao vivo pode soar como um desafio, mas a configuração de uma transmissão ao vivo em dispositivos móveis é um processo bastante simples.

É o que vamos explicar no próximo tópico, que traz um passo a passo para usar o Facebook Live.

Passo a passo para fazer uma live no Facebook

Passo a passo para fazer uma live no Facebook

Nunca transmitiu um vídeo ao vivo para seus seguidores?

Sem problemas!

A boa notícia é que é muito simples fazer uma live no Facebook.

Tudo o que você precisa é de um dispositivo móvel ou desktop que tenha uma câmera ou webcam e microfone.

Com os recursos mínimos garantidos, é só seguir os passos que vamos relacionar a partir de agora.

Passo 1: Selecione a opção “Live”

O primeiro passo para configurar uma transmissão ao vivo é iniciar o aplicativo do Facebook como você faria normalmente.

Na guia "Feed de notícias", selecione o botão "Transmitir ao vivo” logo abaixo da seção "No que você está pensando?", que fica na parte superior da tela.

Encontrou? Ótimo!

Passo 2: Conceda ao Facebook acesso à câmera e ao microfone do dispositivo

Se essa for a sua primeira transmissão ao vivo no Facebook, o aplicativo vai solicitar permissão para acessar a câmera e o microfone do seu dispositivo.

Obviamente, você precisa conceder permissão.

Caso contrário, você não poderá transmitir vídeos do seu dispositivo.

Passo 3: Escolha quem poderá ver a transmissão

O terceiro passo envolve ajustar as configurações de privacidade de sua live.

É um recurso interessante, já que você pode escolher quem pode ver seu vídeo.

Se a transmissão for para uma marca, deixar a publicação pública é a melhor opção.

Já se for uma live a partir de um perfil pessoal, talvez queira deixar sua transmissão disponível apenas para seus amigos.

Se é a sua primeira vez e não quer cometer nenhum erro, você pode até escolher a opção "Somente eu" para testar uma gravação sem que ninguém assista ainda.

Viu só que maravilha?

Passo 4: Escreva uma descrição atrativa

A descrição tem o intuito de chamar a atenção para o conteúdo a ser transmitido.

Ela será exibida nos feeds dos usuários, como uma atualização de status acima do vídeo.

Junto a uma miniatura do vídeo (thumbnail), funciona como parte essencial para atrair a sua audiência, convidando-a a assistir.

Por isso, certifique-se que sua descrição seja direta, acionável e informativa, com um toque de mistério para despertar a curiosidade e interesse em seus seguidores.

Passo 5: Inclua outros detalhes

Facebook Live Inclua outros detalhes

Essa etapa é opcional, mas serve para personalizar ainda mais seu vídeo e fazer com que as pessoas queiram assisti-lo.

Se desejar usar, é muito fácil também.

Basta clicar nos ícones na parte inferior da tela para marcar as pessoas que também estão na transmissão ao vivo, adicionar o local de onde você está filmando ou compartilhar alguma atividade que você está fazendo.

Além disso, ao clicar no ícone da varinha mágica no canto inferior esquerdo da tela, você pode adicionar filtros, máscaras ou escrever e desenhar para tornar o vídeo mais chamativo.

Pense nas preferências do seu público-alvo ao partir para qualquer tipo de personalização.

Passo 6: Configure a visão da câmera

Certifique-se de que sua câmera está apontando para onde você quer antes de clicar em “Iniciar vídeo ao vivo”.

Pode parecer uma dica óbvia, mas um descuido aqui já causaria uma impressão negativa na sua live logo de cara.

Essa etapa é bastante simples: se você quiser alterar a visualização da câmera para selfie ou vice-versa, basta clicar no ícone de setas giratórias no canto superior esquerdo da tela.

Passo 7: Clique em “Iniciar vídeo ao vivo” e comece a transmitir

Quando tudo estiver configurado, basta pressionar o botão azul "Iniciar vídeo ao vivo” na parte inferior da tela para compartilhar sua transmissão para as pessoas que você definiu em 3, 2, 1…

Vale lembrar que você pode transmitir durante 90 minutos.

Quanto mais tempo transmitir, mais pessoas percorrendo seus feeds poderão encontrar a sua live.

Mas é claro que você precisa ter conteúdo para permanecer ao vivo tanto tempo.

Passo 8: Interaja com os espectadores

Uma das principais vantagens em usar o Facebook Live está na interação com a audiência.

Você pode falar diretamente com os espectadores em seu vídeo e, incentivando-os a participar e comentar na sua transmissão.

Responder a eles pode ser uma excelente ideia.

Durante a live, você verá o tempo decorrido da transmissão junto com o número de espectadores.

Os comentários e reações serão exibidos ao vivo na parte inferior do seu feed.

Eles aparecerão em ordem cronológica inversa, como no Twitter.

Então, tenha em mente que os primeiros podem estar mais abaixo.

Passo 9: Clique em “Concluir” para encerrar a live

Quando tiver gravado tudo o que queria, basta clicar em "Concluir" para encerrar a transmissão ao vivo.

O Facebook salvará e publicará automaticamente o vídeo na sua página para que todos que o perderem possam assisti-lo mais tarde.

Lembre que, depois de postado na sua timeline, você pode sempre editar a descrição, alterar as configurações de privacidade ou excluir o vídeo, assim como faria com qualquer outra postagem.

Prontinho, você acabou de aprender a usar o Facebook Live. Fácil, não é mesmo?

Bônus: tornando o vídeo mais profissional

Não tem segredo para transmitir ao vivo no Facebook, mas se você estiver realmente interessado em levar essa estratégia adiante, invista na qualidade de seu áudio com um microfone externo e melhore a estabilização da imagem para se destacar.

Esses acessórios certamente não são obrigatórios, mas permitem que você leve suas transmissão para um nível mais alto, se estiver interessado em fazer isso, é claro.

Dicas ao fazer uma transmissão ao vivo no Facebook

Facebook Live Dicas ao fazer uma transmissão ao vivo no Facebook

Ter uma conexão de internet rápida e confiável é uma dica óbvia para qualquer pessoa que deseja fazer uma live no Facebook.

Mas não pára por aí.

Existem várias outras recomendações que podem ajudar você a orientar bem a sua transmissão no caminho do sucesso.

Por isso, aqui estão seis dicas fáceis para melhorar a sua performance no Facebook Live e trazer muitos mais espectadores para a transmissão.

Vamos lá?

1. Adicione um CTA

Uma coisa é certa: o Facebook Live não serve apenas para aumentar a visibilidade da sua página ou marca, mas, principalmente, para ajudar você a atingir seu objetivo estratégico com a rede social.

Vamos supor que você tenha a meta de conseguir um maior tráfego e uma maior taxa de conversão nos conteúdos produzidos por sua empresa.

É um objetivo básico a qualquer negócio e qualquer estratégia de marketing digital, certamente.

Para tanto, você pode simplesmente adicionar um Call-to-Action (CTA) na descrição do vídeo ou até mesmo nos comentários.

Nele, pode inserir um link para outro material relacionado ao assunto da live e que direcione o espectador para outras áreas do seu site.

Da mesma forma, se o seu objetivo é a venda de um produto ou a demonstração de uma solicitação do seu serviço, não deixe de incluir um CTA, como “Comprar agora” ou “Ligue agora”.

Só não esqueça de testar o fluxo para garantir que está enviando o usuário para a página certa.

2. Tenha consistência

Ter consistência é importante em qualquer estratégia de marketing, principalmente, quando tratamos de marketing digital e marketing de conteúdo.

Então, se você deseja investir no formato do Facebook Live, é preciso manter os espectadores atraídos, sintonizados e ansiosos para conferir a sua próxima transmissão.

Tal qual faria com as postagens em um blog ou com as próprias publicações em rede social, elabore uma espécie de calendário editorial para suas transmissões ao vivo.

Assim, você consegue se organizar melhor, se mantém consistente, define datas e horários e garante sempre uma base fiel de espectadores para as próximos lives.

Isso não significa que você precisa usar necessariamente sempre a mesma roupa ou cenário em todas as transmissões.

Porém, aplicar o mesmo "conjunto" e configurar sua câmera no mesmo lugar e na mesma distância em cada postagem pode garantir unidade e consistência para suas lives.

Além disso, cria uma identificação entre você e seus seguidores.

3. Qualquer um pode fazer

Facebook Live Qualquer um pode fazer

Não importa se você tem um perfil pessoal ou se é uma empresa que deseja melhorar a visibilidade e alcance do seu negócio.

O Facebook Live não tem restrições quanto a quem deveria ou não transmitir conteúdo para a sua audiência.

Resumindo, a ferramenta é bastante democrática.

Imagine que a sua empresa trabalhe e seja referência em um segmento de mercado específico, como o do marketing digital, por exemplo.

A partir daí, você pode planejar transmissões com conteúdos que interessem seu público.

Afinal, o formato de vídeo é um dos favoritos do público na hora de consumir conteúdo.

Logo, nada mais justo do que engajar sua audiência com material relevante para estreitar a relação entre vocês.

O grande trunfo do Facebook Live é que ele permite que você compartilhe as suas experiências em tempo real e crie uma conexão mais humana com o seu público.

É basicamente isso que os digital influencers fazem, compartilhando alguns pedaços da sua vida para se conectar com o público em um nível mais pessoal.

4. Não é necessário equipamentos profissionais

Como já mencionado, qualquer pessoa com um smartphone pode fazer uma live, ou seja, não é necessário contar com equipamentos profissionais para começar a transmitir.

Mas isso não significa que você ignore elementos básicos para uma transmissão de sucesso, não é mesmo?

Veja os principais:

  • Câmera: obviamente, é preciso uma câmera para gravar. Você pode usar a própria câmera do seu celular ou alguma webcam acoplada no seu computador ou notebook

  • Microfone: pode ser o que já vem embutido no seu dispositivo ou um microfone externo, como preferir

  • Iluminação: aproveite a iluminação natural durante o dia ou invista em fontes de iluminação artificiais – só não fique no escuro

  • Internet: uma internet rápida e estável é essencial para manter a audiência conectada com a sua transmissão.

5. Use outros canais para divulgar suas transmissões

Quem disse que a sua transmissão deve ser promovida apenas no Facebook?

Essa é uma dica importante para atingir os seus objetivos.

O ideal é que você promova o conteúdo em outros canais e redes sociais para que os usuários sintonizem o seu vídeo no Facebook.

É claro que nem sempre você conseguirá que todos os seguidores que possui no Instagram ou no Twitter assistam, mas fornecer um link para o vídeo facilitará esse processo.

6. Mensure os seus resultados

Por fim, mas não menos importante, como ocorre com qualquer estratégia no mundo do marketing, você deve sempre analisar e aprender com o que realiza.

Com o Facebook Live, não seria diferente.

A própria plataforma contém várias métricas na guia “Insights”, que você pode usar para medir o desempenho dos seus vídeos ao vivo.

Lá, você terá acesso a métricas como:

  • Visualizações de minutos

  • Número total de visualizações

  • Número de visualizações exclusivas

  • Visualizações de 10 segundos

  • % concluído

  • Tempo médio

  • Número de reações

  • Comentários e compartilhamentos.

Você pode até mesmo descobrir quantas pessoas estavam assistindo em horários específicos.

Interessante, não é mesmo?

Essa é uma ótima maneira de descobrir em quais momentos ocorreu o maior impacto do vídeo sobre o seu público, por exemplo.

A análise dessas métricas permite que você continue aperfeiçoando a sua estratégia de vídeo do Facebook Live daqui para a frente.

Então, use os dados coletados para experimentar e otimizar seu próximo vídeo.

Dessa forma, testes A/B podem – e devem – ser aplicados da mesma maneira que você faria com qualquer outro tipo de conteúdo.

Comece a capturar leads hoje mesmo com o Klickpages

Facebook Live Comece a capturar leads hoje mesmo com o Klickpages

Vai investir num bom CTA em sua live no Facebook?

É uma ótima decisão para ficar mais próximo dos seus objetivos de marketing.

Seja um convite para assinar uma newsletter, receber novidades por e-mail, baixar um e-book ou mesmo a venda de um infoproduto, caprichar na landing page aumenta muito a chance de confirmar as conversões desejadas.

E, para isso, o Klickpages é a ferramenta ideal.

São apenas três passos para criar a sua.

Veja:

  1. Escolha seu modelo: há opções de alta conversão comprovada por testes.

  2. Customize a página: feita a escolha, edite os textos, as cores e as imagens, além de ocultar elementos que pouco agregam.

  3. Publique: com tudo pronto, é só publicar no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Conclusão

Facebook Live Conclusão

Em um mundo no qual é preciso conexões cada vez mais fortes e humanas entre clientes e suas marcas favoritas, é inegável o potencial do Facebook Live como parte integrante da sua estratégia de marketing para redes sociais.

Assim, as transmissões ao vivo se tornam inerentemente atraentes para os usuários que acessam essas plataformas para conferir as últimas atualizações e tendências.

Com as dicas que conferiu neste artigo para fazer uma live, você tem tudo de que precisa para iniciar sua transmissão no caminho certo.

Não deixe de compartilhar com a gente suas experiências e outras dicas nos comentários.

No mais, boa sorte e bom streaming!

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Hugo Rocha é co-fundador da Ignição Digital e do Klickpages. Já atuou diretamente nos bastidores dos maiores lançamentos digitais do Brasil. Atualmente está a frente da equipe de tráfego e crescimento da Ignição Digital e Klickpages liderando pessoalmente mais de R$ 4 milhões de reais em investimento em tráfego nos últimos 12 meses com ROI acima de 300%.