Email transacional: entenda a importância de não deixar suas leads “no vácuo”

Email transacional: entenda a importância de não deixar suas leads “no vácuo”

Quando você ignora o email transacional, você literalmente deixa a sua lead no vácuo.

Se você não sabe, “ficar no vácuo” é uma expressão que significa ser ignorado, ficar falando sozinho.

Para que entenda melhor como isso é ruim para o seu negócio, deixa eu te fazer uma pergunta.

Já aconteceu com você de perguntar algo para alguém e a pessoa não te responder?

Ou você já enviou uma mensagem no WhatsApp, a pessoa visualizou e simplesmente te ignorou completamente?

Como você se sentiu? 

Geralmente, quem passa por isso se sente perdido. Não sabe como reagir. Se continua a conversa ou não. É bem estranho.

A sensação é de abandono.

Eu imagino que você não queria que o seu cliente ou potencial cliente se sinta abandonado pela sua empresa. 

Afinal, isso afetaria e muito o relacionamento de vocês e traria prejuízos para o seu negócio.

O lance é que o email de transação é o tipo de mensagem que já é esperada pela sua lead. 

Quando ela toma uma ação dentro do seu processo de vendas, automaticamente espera por uma resposta da sua parte.

Não é à toa que a taxa de abertura do email transacional é 8 vezes maior do que os outros tipos de email.

Só que, se você não o envia, deixa a pessoa esperando por uma resposta que nunca vai chegar.

Por isso que eu digo que não incluir esse tipo de email na sua estratégia significa verdadeiramente deixar a sua lead no vácuo.

E também é por isso que eu recomendo que você fique comigo até o final deste artigo. Pois eu vou te mostrar aqui:

  • O que é email transacional

  • Como funciona

  • Por que ele é importante para o seu negócio

  • Os principais tipos que você pode usar

E ainda te dou 10 dicas simples para enviar emails de transação eficazes para a sua lista.

Vamos lá!

O que é email transacional?

O que é email transacional?

Email transacional é uma mensagem que você envia para sua lead depois que uma ação é realizada. Ou seja, é a informação que completa uma transação.

Nesse tipo de email, você dispara uma resposta automática a cada ação tomada pelo usuário, que pode ser se inscrever na sua newsletter, realizar uma compra ou fazer o download de um ebook, por exemplo. 

E o seu principal objetivo é agradecer, informar ou mesmo guiar sua lead a respeito do próximo passo a ser dado.

São inúmeras as possibilidades de interação, como você verá daqui a pouco.

Agora, eu preciso destacar aqui um ponto importante: o fato de ser uma mensagem enviada automaticamente não significa que esse tipo de email seja um spam

Ao contrário, essas mensagens são personalizadas, individualizadas e, como eu já falei ali em cima, até mesmo esperadas pelo usuário. 

Sendo assim, o email transacional acaba fazendo parte da estratégia de relacionamento com a lead, uma vez que ele possibilita uma comunicação clara e efetiva, e ainda aumenta a interação e o engajamento com ela.

Antes de eu te falar como isso funciona na prática, eu preciso deixar claro aqui…

A diferença entre email transacional e email marketing

A diferença entre email transacional e email marketing

Basicamente, o email transacional é um elemento dentro da estratégia de email marketing. Assim como outros tipos de email, esse também tem suas funções mais específicas.

Mas a principal diferença entre os dois é que os emails marketing costumam ser enviados para listas de clientes ou potenciais clientes, de maneira geral.

Como campanhas promocionais, ofertas ou conteúdos de valor para nutrir essas leads, a fim de que elas avancem nas etapas do funil de vendas.

Enquanto os emails transacionais não são enviados para uma lista inteira de uma só vez. São individuais.

Nesse caso, você automatiza uma resposta a um usuário específico, de acordo com a ação tomada por ele, como resgate de senha, confirmação de pedidos ou de cadastro.

Certo. Mas como isso funciona na prática?

Email transacional: como funciona?

Email transacional: como funciona?

Mas e aí, Suse? Como eu faço isso? Eu preciso ficar atento e, toda vez que um cliente realizar uma ação, eu crio e envio o email transacional?

Não. Absolutamente não. A não ser que você queira fazer dessa maneira. 

Mas, das duas, uma: ou você não vai conseguir escalar o seu negócio e atender mais e mais clientes, ou vai acabar enlouquecendo e não gerindo a sua empresa como deveria.

Por isso, existe uma maneira bem mais simples de enviar esses emails transacionais.

O que você precisa fazer é criar um modelo de email específico para cada ação prevista da lead em relação ao seu negócio e programar para que ele seja disparado quando essa ação for realizada.

Essa otimização pode ser feita através de ferramentas de email específicas, vinculando as ações dos usuários com as respostas automáticas que você criou.

E mais: elas ainda assim têm uma linguagem personalizada e citam, inclusive, o nome da pessoa que irá receber o email.

Você não precisa se preocupar, pois existem ferramentas especialistas nesse tipo de envio (no final desse artigo eu te falo qual é a melhor para as suas campanhas).

Sabendo disso, dá só uma olhada na importância de investir seus esforços na criação de emails transacionais.

Por que o email transacional é importante para a sua estratégia

Por que o email transacional é importante para a sua estratégia

O primeiro e principal motivo eu já te falei, que é não deixar a sua lead no vácuo. 

Porque quando você envia um email de transação, você a mantém atualizada e informada sobre o próximo passo a seguir.

Ela não fica esperando uma resposta que nunca chega e nem vai ficar com aquela sensação de "E aí? E agora?".

E, claro, isso influencia positivamente no relacionamento dela com a sua marca e tende a impactar também no aumento das vendas

Além disso, existem outros 3 benefícios para a o seu negócio. Se liga:

Entregabilidade

Entre as maiores vantagens do email transacional, está a capacidade de entregar o conteúdo na caixa de entrada do usuários.

Enquanto os emails enviados em massa tendem a ter mais problemas relacionados a spam, os emails de transação têm taxas bem maiores de entregabilidade e abertura.

Isso porque, como eles são enviados após uma ação realizada, a sua lead já está esperando por algo que confirme e finalize essa ação.

E, justamente por atenderem uma necessidade específica daquele contato, eles tendem também a ter mais cliques

Atenção

Se no mesmo instante chegam na caixa de entrada do usuário uma newsletter com os conteúdos que saíram no seu blog e uma resposta à solicitação de alteração de senha…

As chances são que ele clicará primeiro no email com o link para alterar a senha. 

Mais uma vez, por ser algo esperado pelo usuário e por ter uma identificação maior com ele naquele momento, o nível de atenção que o email transacional recebe tende a ser bem maior que outro tipo de conteúdo.

Oportunidade de call to action

Com toda a atenção que o usuário dá ao seu email de transação, você tem a possibilidade de apresentar e oferecer outras oportunidades relacionadas ao seu trabalho.

É o momento perfeito para engajar a sua lead e incentivá-la a conhecer outros produtos ou serviços através de CTAs (chamadas para ação) estratégicas.

Para isso, o ideal é escrever de forma bastante persuasiva. 

Se quiser saber mais sobre como fazer isso, dá uma olhada no artigo: O que é Copywriting e como escrever focando em conversões.

Beleza. Agora que você viu a importância do email transacional para o seu negócio, deixa eu te mostrar os principais tipos que você pode usar.

Tipos de email transacional

Tipos de email transacional

Até aqui eu já citei alguns exemplos de email transacional para que você entendesse melhor como ele funciona e para que serve.

Só que esse tipo de email oferece várias possibilidades. 

Dá só uma olhada nos principais emails de transação que você pode criar aí na sua estratégia:

  • Agradecimento

  • Mensagem de boas vindas

  • Confirmação de cadastro ou alterações de cadastro (landing pages, sites, blogs, etc)

  • Confirmação do pedido

  • Confirmação de pagamento

  • Entrega de nota fiscal

  • Status do pedido e rastreamento

  • Informações sobre fatura

  • Alteração de senha

  • Encerramento de conta

  • Abandono de carrinho

  • Protocolos de atendimento

Esses são apenas alguns exemplos. 

Você pode criar outras mensagens de transação de acordo com as suas necessidades e a sua estratégia de marketing. Basta ter criatividade e colocar a mão na massa.

Falando em colocar a mão na massa…

10 dicas simples e eficazes para enviar emails transacionais 

10 dicas simples e eficazes para enviar emails transacionais 

Como você já deve ter percebido, investir na criação e envio de emails transacionais pode fazer toda a diferença na sua estratégia.

Só que alguns detalhes tendem a potencializar ainda mais os resultados dessa comunicação nas suas vendas. 

Por isso, eu separei para você 10 dicas simples que vão te ajudar a enviar emails de transação mais eficazes.

Anota aí.

1. O mais importante vem primeiro

Eu sei que te falei agora há pouco sobre a oportunidade de abordar outros assuntos no seu email transacional. 

Mas não se esqueça do objetivo principal da mensagem que você está enviando.

As informações sobre a ação realizada devem vir em primeiro lugar. Elas são o maior destaque, afinal, foi por elas que a sua lead abriu o email para começo de conversa.

2. Mantenha a consistência na sua identidade

Sabe a identidade visual, linguagem, cores e todos os elementos que você definiu para a sua marca?

Pois é. Elas precisam estar presentes também no seu email de transação.

Pode parecer detalhe, mas na verdade faz toda a diferença para a experiência do usuário e em como ele enxerga a sua empresa, te dando mais autoridade e credibilidade.

3. Timing é tudo

Outra coisa que você deve ficar atento é à rapidez no envio dos seus emails.

Principalmente porque alguns tipos de resposta automática têm mais urgência que outras, como é o caso das solicitações de troca de senha.

Por isso, na hora de planejar suas mensagens e os seus disparos, tenha em mente que o tempo curto de resposta é essencial.

4. Aproveite para vender mais

Com a atenção recebida nesse tipo de email, você tem em mãos a oportunidade de persuadir a sua lead a comprar um item mais caro ou considerar adquirir a versão premium de um serviço. 

Uma ideia é oferecer que ele coloque mais produtos no carrinho pagando o mesmo frete da compra atual, por exemplo.

Pense na estratégia mais adequada de acordo com o comportamento e, claro, na ação tomada por aquele usuário.

Inclusive, se você quiser entender melhor como aplicar essas estratégias, pode dar uma olhada nos artigos:

5. E também para reter os seus clientes

Entre as ações que requerem esse tipo de resposta automática, estão o encerramento de conta, cancelamento de assinatura, descadastramento de newsletter e o abandono de carrinho.

Ou seja, você nem sempre vai enviar emails que gostaria de enviar.

Mas isso não significa que não possa fazer uma última tentativa de reter os seus clientes que estão nessa situação.

Considere incluir na sua mensagem alguma oferta irresistível que faça o usuário pensar duas vezes antes de concluir a desistência de fato.

Não custa nada tentar. 😉

6. Capriche nos detalhes das informações

Na hora de confirmar uma informação ou concluir uma transação, certifique-se que você está dando todos os detalhes que o seu cliente ou potencial cliente precisa saber.

Além de garantir a sua satisfação, você evita que eles precisem recorrer à equipe de suporte desnecessariamente.

7. Pense nos dispositivos móveis

Pense nos dispositivos móveis

De acordo com o Google, mais de 40% das transações online são feitas agora em dispositivos móveis

Isso significa que você precisa otimizar os seus emails transacionais para que sejam eficazes também nesses aparelhos.

O blog do KP já publicou um artigo todo voltado para a importância de ter conteúdos responsivos no seu negócio. Olha só: Mobile Marketing: o que é, vantagens, exemplos de ações e dicas

8. Personalização

Eu já falei que esse tipo de email não é daqueles que você envia para toda a sua lista de contatos. Ou seja, é um contato “um a um”. 

Por isso, o ideal é que a mensagem seja personalizada, mostrando que você conhece a pessoa do outro lado da tela, assim como suas necessidades.

Isso colabora para estreitar ainda mais os laços entre vocês.

9. Incentive o compartilhamento

Se você tiver a oportunidade, incentive a sua lead a compartilhar a sua experiência com familiares e amigos. 

É o que o Nubank faz quando diz para os seus clientes compartilharem nas redes sociais foto do cartão roxinho com a hashtag #sounu.

Coloque a criatividade para jogo e crie um motivo legal para eles espalharem por aí a mensagem da sua marca.

10. Otimize o envio dos seus emails

Depois que você analisar e identificar os pontos-chave de interação com sua lead que demandam emails transacionais caprichados, é hora de escolher a ferramenta certa para realizar os envios.

Para otimizar esse processo, o seu melhor aliado é o Klicksend.

Porque, além de automatizar envios, com o Klicksend você também pode:

Ah! E você não precisa saber absolutamente nada de programação, muito menos ficar digitando linhas de código para ter os resultados esperados. 

Isso te interessa? Então clique aqui e conheça todos os planos do Klicksend.

Conclusão

Conclusão Email Transacional

Agora você sabe que não pode deixar suas leads no vácuo e, por isso, precisa investir na criação de emails transacionais para completar a ação realizada por elas.

Seja essa ação uma compra feita no seu site, a inscrição na sua newsletter ou ainda o download de um ebook.

Porque neste artigo eu te mostrei que quando envia um email de transação, você mantém sua lead atualizada e informada sobre o próximo passo a seguir. 

E que entre as vantagens dessa estratégia estão a maior entregabilidade desse tipo de email (que tem a taxa de abertura 8 vezes maior que os outros), a atenção dada pelo usuário e a oportunidade de engajá-lo a tomar outras ações.

Falei ainda dos tipos de email que podem ser enviados, como a mensagem de boas vindas, a confirmação de pagamento e alteração de senha.

Por fim, mas não menos importante, dei 10 dicas  para enviar emails de transação eficazes para a sua empresa.

E aí? Curtiu saber o que um "simples" email pode fazer pelo seu negócio? Me conta aqui nos comentários!

Abraços. =)

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Susanne Melo

Meu nome é Susanne, mas pode me chamar de Suse. Faço parte do time de conteúdo do Klickpages e amo aprender coisas novas, principalmente relacionadas a tecnologia e marketing. Sou brasiliense, mãe de gato, curto muito cultura pop, ler nas horas vagas e gosto de escrever ouvindo rock ou música clássica ou funk (ou...), enfim, sou bem eclética. Tudo depende do meu humor no dia. Me comunico basicamente usando gifs e memes, e gosto de conversar com pessoas que entendem as referências (pelo menos as principais, né? QUEM É QUE AINDA NÃO VIU FRIENDS?!). Ah, também sou uma pessoa muito intensa, como podem perceber. :D

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)