11 motivos para nunca mandar E-mails Noreply para seus clientes

11 motivos para nunca mandar E-mails Noreply para seus clientes

Você talvez nunca tenha ouvido falar, mas existe um lugar chamado A Terra dos Noreply.

Esse lugar é tão misterioso que ninguém sabe ao certo onde fica nem como surgiu, mas são muitas as histórias que circulam sobre lá.

O que se sabe é que ele é governada pela mesma família desde sempre, os Noreply. Essa família controla os e-mails de todo mundo.

Há um detalhe muito importante que você deve saber sobre essa família: somente seus membros podem falar entre si.

Isso mesmo, apenas pessoas nascidas no berço de ouro dos Noreply podem falar com outros Noreply.

Nenhum cidadão d’A Terra dos Noreply tem permissão para emitir qualquer som ou palavra perto de algum membro dessa família.

Mas não pense que eles nunca tentaram. Houve protestos, manifestações, muitos tentaram fugir para outro país. Tudo em vão.

Como ninguém pode falar com os Noreply e como essa família gosta muito das coisas como elas estão, nada nunca muda.

Porque os cidadãos são bombardeados com e-mails que eles não querem.

Todo dia, um e-mail indesejado na caixa.

É um caos e ninguém consegue falar para a família que não gosta de como as coisas estão.

Infelizmente, a vida para quem mora n’A Terra dos Noreply parece que vai continuar a mesma por muitos e muitos e muitos anos…

O que eu te contei pode parecer só uma fantasia, mas esse lugar existe e está mais próximo do que você imagina.

Eu vou te provar como.

Dê uma pausa nesse texto e entre no seu e-mail. Digite “noreply” na busca e veja a quantidade de e-mails que aparecem.

Perceba que esses e-mails seguem mais ou menos o mesmo formato: o remetente normalmente é [email protected].  

Não importa quantos e-mails você encontrou, uma coisa é certa: você não pode responder a nenhum deles. Nenhum. Porque, mesmo que você responda, ninguém vai ler sua resposta.

O que, na verdade, não é nenhuma surpresa, já que noreply significa algo como “não responda”. Ou seja, quem te enviou não quer que você responda.

  • Hugo, como assim não posso responder? Mas eu tenho uma dúvida, uma reclamação, uma observação, não quero mais receber esses e-mails!

Pois é. Você só pode fazer três coisas com eles:

  • Apagar

  • Denunciar spam

  • Procurar outra forma de se entrar com contato com a empresa (o que dá muito trabalho e gasta muito tempo)

Uma coisa eu te digo: nenhuma dessas opções é boa porque em nenhuma delas você consegue se comunicar com a empresa de forma rápida e fácil.

Se você não quer que seus clientes passem por isso, é melhor continuar lendo este artigo.

Digo isso pois enviar e-mails com alta taxa de abertura e cliques é um dos 10 mandamentos do marketing digital.

Mas, a não ser que esteja tentando espantar seus prospectos ou clientes, você deve fugir do e-mail noreply como o diabo foge da cruz.

Ainda assim, muitas empresas insistem nessa péssima estratégia. Eu vou te mostrar porque você não deve seguir o mesmo caminho que elas.

Então, é melhor separar uns minutos agora mesmo se não quiser cometer esse erro. Neste artigo, você vai ver:

  • O que é e-mail noreply

  • Porque as empresas ainda usam e-mail noreply

  • 11 motivos para você NUNCA mais usar e-mail noreply

  • A saída caso você já use um e-mail no replay

Mas, antes de partir para a explicação, você precisa entender o que é e-mail marketing.

O que é e-mail marketing?

O que é e-mail marketing?

Antes de sair enviando e-mails por aí você precisa entender o que é e-mail marketing.

Eu te digo: essa é uma poderosa estratégia de marketing digital para sua marca se manter visível aos olhos de quem interessa. É um canal de comunicação real entre marca e cliente.

Você manda e-mails para seus clientes ou prospectos com 4 objetivos principais:

  1. Engajar, nutrir e educar leads: disparar conteúdo de valor gratuito para manter as pessoas interessadas na sua marca, visando que elas comprem seu produto ou serviço;

  2. Promover seus conteúdos, como artigos de blog e vídeos para atingir o público certo;

  3. Vender seu produto ou serviço, como anunciar lançamentos de novos produtos ou fazer promoções, usar chamadas para ação (CTAs);

  4. Desenvolver o relacionamento: você garante que as pessoas lembrem de você e te considerem na hora da compra. É como quando você mantém contato com um amigo da época da escola e é convidado para o casamento dele.  

Uma grande vantagem do e-mail marketing é que dá para mensurar resultados com facilidade, assim você pode fazer ajustes para otimizar os próximos disparos de e-mail.

Então, para quem usa a internet para vender ou divulgar seu produto ou serviço, o e-mail marketing é uma ferramenta necessária.

Mas, como você vai ver a seguir, quem usa e-mails noreply está jogando no lixo essa poderosa estratégia. É como tentar tomar sopa de garfo, mesmo com a colher na mão.

O que é e-mail noreply?

O que é e-mail noreply?

Lembra da história que te contei sobre A Terra dos Noreply?

Essa família está sempre enviando conteúdo, produtos ou serviços para seus cidadãos, mas não se importa com o que eles acham sobre isso.

É um “você tem que me ouvir, mas eu não quero ouvir você”.  O que acontece com o e-mail noreply é basicamente a mesma coisa.

Não importa a grafia – no reply, no-reply ou noreply – o significado é o mesmo. Como já te disse no início do artigo, o termo quer dizer “não responda”.

Ou seja, é uma conta de e-mail não monitorada e que não permite que o destinatário responda ao remetente.

O seu cliente não pode se comunicar com você se sua conta de e-mail for noreply.

É como se você ligasse para alguém, falasse o que viesse à cabeça, desligasse e não atendesse quando a pessoa retornasse a ligação.

E-mail replay é uma grande grosseria e falta de consideração pelo seu cliente ou prospecto.

Há variações em como ele pode aparecer, mas não se engane: as pessoas sabem identificar.

Se você quer o sucesso das suas estratégias de e-mail marketing, passe longe desses exemplos!

Porque as empresas ainda usam e-mail noreply

Porque as empresas ainda usam e-mail noreply

Se e-mail noreply é tão prejudicial para o sucesso das estratégias de e-mail marketing, então por que as empresas continuam a fazer?

Porque é muito mais fácil para elas. Quando um e-mail marketing é disparado, a equipe que o enviou espera que ele atinja muita gente (centenas ou milhares de pessoas).

Suponha que um e-mail marketing foi disparado para 20 mil pessoas. Se 10% dos destinatários responderem com uma dúvida, reclamação ou elogio, serão 2 mil e-mails para a equipe de marketing olhar e dar um retorno.

Responder e-mails de clientes ou prospectos pode ser trabalhoso, mas como vou te falar em alguns minutos, é necessário!

Uma coisa é certa: pode ser que no início você conseguia lidar sozinho com essa demanda. Mas, quanto mais seu negócio cresce, mais clientes você tem (ainda bem!).

É natural que chegue um ponto que você seja um só para responder todo mundo. Se já dá trabalho responder as mensagens do grupo da família no WhatsApp, imagina responder centenas ou milhares de clientes diariamente.

Mas, pensa bem: você, como consumidor, gostaria de não conseguir se comunicar com uma empresa? Tirar dúvidas ou fazer sugestões?

Acredito fortemente que não.

O único conselho que eu posso te dar para resolver esse problema é: arrume alguém para cuidar disso PARA ONTEM. É fundamental ter pessoas na sua equipe inteiramente dedicadas a atender ao público. Ou seja, dar suporte.

Checar o e-mail para responder os clientes não deve ser algo que você faz quando “dá tempo”.

Responder clientes, tirar suas dúvidas, ouvir suas sugestões, é uma atividade diária. Por isso, a importância de ter quem faça isso por você.

Dica: dar suporte não se limita só a e-mails marketing! Você também dá suporte quando responde comentários nas redes sociais, por exemplo.

Ter alguém para responder os e-mails com agilidade mostra que a marca se preocupa com o cliente e está atenta às necessidades dele. Ser atencioso com seus clientes ou prospectos pode fidelizá-los.

Por exemplos, aqui no Klickpages eu investi pesado para que minha equipe de suporte fosse a melhor e mais atenciosa do mercado. Nosso índice de satisfação é de 99,6%.

Noreply satisfação de clientes KP

Pelos comentários e depoimentos que recebemos, eu diria que alcancei meu objetivo:

Noreply depoimentos Klickpages 1

Noreply depoimento klickpages 2

Noreply depoimento klickpages 3

Noreply depoimento klickpages 4

Outro motivo para muitas empresas ainda se apegarem aos e-mails noreply é que elas não querem lotar a caixa de entrada com centenas de respostas automáticas do tipo “estou de férias, volto dia tal”, ou “mudei de e-mail”, ou “destinatário não encontrado”.

Mas esse “problema” é na verdade uma informação muito valiosa para seu negócio, porque te ajuda a manter sua lista de e-mails atualizada.

É pelas respostas automáticas que você pode filtrar e tirar contatos desnecessários, como endereços de e-mail não encontrados, pessoas que mudaram de emprego…

Assim, você faz uma limpa na lista, otimiza seus resultados e aumenta seu ROI (retorno sobre investimento, ou seja, a relação entre o que você gastou e o quanto reverteu em benefícios).

Pensa comigo: se você perde uma mensagem automática em que alguém te diz que mudou de e-mail, você vai continuar com o endereço antigo na lista.

Se essa pessoa quiser receber seu conteúdo, terá que se recadastrar na sua lista. Quantas acha que farão isso?  

Para evitar confusão na sua caixa de entrada, uma sugestão é criar filtros no e-mail para diferenciar respostas automáticas de replies genuínos, como perguntas, sugestões e reclamações.

Uma terceira objeção das empresas é que ninguém quer lidar com clientes fora do horário. Essa é muito simples de resolver: estipule um horário de atendimento ao público (de 9h às 18h, por exemplo) e respeite esse intervalo de tempo.

11 motivos para você NÃO usar contas de e-mail noreply

11 motivos para você NÃO usar contas de e-mail noreply

Uma coisa eu te digo: você pode até bolar a melhor estratégia de e-mail marketing do mundo e escrever e-mails poderosos para persuadir o seu cliente…

Mas nada disso importa se você disparar seus e-mails com um remetente noreply. As chances são que seu cliente em potencial sequer vai abrir para ler.

Para não restar dúvida de como essa escolha é prejudicial para o seu negócio, selecionei 11 motivos para você passar longe de e-mails noreply.

  1. É uma forma de mandar seu cliente catar coquinho

Não sei se você já viu aquele filme Click (2006), com o Adam Sandler. Basicamente, Michael, o protagonista, tem um controle remoto universal capaz de alterar o tempo.

Em uma cena, ele está discutindo com a esposa e, para não ouvir as reclamações dela, aperta a tecla “mudo”.

Quem já viu o filme sabe que usar essa estratégia não levou a um final feliz.

Quando você manda um e-mail noreply, é como se você tivesse esse controle remoto e colocasse seus clientes ou prospectos no “mudo”.

Você está grosseiramente finalizando a conversa antes mesmo dela começar.

Como te falei no início deste artigo, e-mail marketing tem a ver com comunicação. Comunicação é via de mão dupla!

Ao usar o noreply, a empresa se coloca no direito de mandar e-mails para os clientes, mas não se coloca à disposição para ouvir o que eles têm a dizer.

Noreply cria uma barreira para a comunicação entre cliente e empresa. Essa é a mensagem que esse tipo de e-mail passa: “Eu, Empresa, não me importo com o que você, Cliente, tem a dizer”.

  1. Mostra que seu atendimento ao cliente é horrível

Noreply Mostra que seu atendimento ao cliente é horrível

Você deve conhecer aquela pessoa cabeça dura, que nunca escuta a opinião dos outros. Os relacionamentos não duram, todo mundo acaba se afastando e quem considerou se aproximar desiste rápido da ideia.

É o que vai acontecer com sua marca se você não dá suporte para seu público.

Qualquer negócio que não quer ouvir o que o público tem a dizer está deixando bem claro que os clientes não são importantes.

Ninguém quer ter dor de cabeça: se as pessoas ficarem com a impressão de que seu atendimento ao cliente é ruim, elas se afastam e você sai de bolsos vazios.

  1. Tira a personalidade da sua marca

Marcas sem rosto ou sem nome não geram empatia com os clientes. É o que acontece com e-mails noreply porque eles parecem vir de robôs ou máquinas e não pessoas.  

Isso prejudica a reputação da empresa, porque é muito impessoal. Pessoas gostam de se comunicar com outras pessoas.

Se você não tem a empatia de clientes e prospectos, suas taxas de conversão vão para o chão. Ou seja, cada vez menos pessoas vão assistir sua aula online, baixar seu e-book, comprar seu produto ou serviço.

  1. Você fica fora da lista de e-mails dos clientes ou prospectos

Noreply Você fica fora da lista de e-mails dos clientes ou prospectos

Você adicionaria no WhatsApp o número de alguém que não conhece, não faz  a menor ideia de quem é? Eu diria que não.

Então, por que os destinatários te marcariam como remetente confiável se eles nem sabem quem você é?

Não esqueça do que eu falei acima: e-mail noreply parece vir de uma máquina, não uma pessoa.

Não há motivo nenhum para as pessoas te adicionarem às listas de e-mail delas.

Isso é ruim para você, porque quando seu destinatário não te considera um remetente confiável, as chances são que provedores de e-mail (como o Gmail) considerem seu conteúdo como spam.

Se a quantidade de destinatários abrindo, clicando nos links ou respondendo o e-mail for baixa, os provedores entendem que aquele conteúdo não é relevante para essas pessoas.

O contrário também é verdade: quando as pessoas interagem com seu e-mail, você tem mais chances de entrar na lista de remetentes confiáveis e mais confiável seu domínio é para os provedores.

  1. Reduz a taxa de abertura e cliques

Ao mesmo tempo em que aumenta a insatisfação do seu cliente ou prospecto com o suporte que você dá a ele.

Pensa comigo no seguinte cenário: a caixa de entrada lotada, a aba de promoções está transbordando e-mails oferecendo mil oportunidades.

No meio desse oceano de ofertas e conteúdos, está seu e-mail noreply.

Por que alguém se daria o trabalho de abrir e ler um e-mail que ela nem sabe de quem veio e nem vai poder interagir?

  • Ah, Hugo. Mas meu destinatário não vai saber que é um e-mail noreply porque o endereço de e-mail não aparece na caixa de entrada, só o nome do remetente…

Não se engane: é comum os provedores de e-mail mostrarem não só o nome do remetente, mas também e endereço de e-mail.

Se é um [email protected] você, como consumidor, abriria? Provavelmente não.

Quando as pessoas não abrem seu e-mail, elas não clicam na CTA.

Ou seja, não convertem e seu negócio continua parado no meio do mar esperando por socorro.

  1. Seu e-mail vai direto para a caixa de spam

Noreply Seu e-mail vai direto para a caixa de spam

Lembra do que eu te falei no início, quem recebe e-mail noreply só tem três opções: apagar, procurar outra forma de entrar em contato com a empresa ou denunciar spam.

As pessoas ficam frustradas porque não conseguem entrar em contato com a empresa, ou se irritam com o destinatário que não conhecem e te dão sinal vermelho.

Mas existe uma outra forma de parar no buraco negro dos e-mails, onde ninguém nunca vai e nunca olha: quando os provedores de e-mail entendem que seu conteúdo não é relevante.

Como já te falei neste artigo, e-mail relevante é aquele com o qual o destinatário interage.

Uma coisa eu te digo: se os provedores de e-mail te jogarem pro spam, a entrega do e-mail para os seus clientes ou prospectos é prejudicada.

É como mandar seu convite de casamento para 200 pessoas e só 20 receberem. Você gastou tempo e dinheiro fazendo os convites e preparando a festa, para quase ninguém aparecer.

  1. Suas métricas vão despencar

Uma vantagem do e-mail marketing é que ele permite mensurar os resultados dos seus disparos de e-mails por meio de métricas.

Você consegue ver, por exemplo, quem recebeu a mensagem, quem a abriu, quem interagiu e quem a rejeitou.

Bom, se e-mail noreply provoca rejeição imediata, se seus clientes não vou abrir seus e-mails, nem clicar nas CTAs, nem responder… Métrica lá no chão é apenas consequência de tudo o que eu já falei até aqui.

Ou seja, sua campanha vai falhar e será um gasto desnecessário de tempo e energia.

  1. Não fideliza clientes

Noreply Não fideliza clientes

Como já te expliquei, criar relacionamentos com seus prospectos ou clientes é uma estratégia poderosa para aumentar suas taxas de conversão e, assim, vender mais.

Relacionamentos fidelizam clientes. É como uma amizade. Você ajuda e oferece o ombro amigo para quem você gosta e confia.

O cliente se mantém fiel à marca quando ela se conecta a ele. Então, ao usar o noreply você perde a oportunidade de desenvolver um relacionamento e estabelecer uma ligação com seu cliente.

  1. Dificulta a vida do seu cliente ou prospecto

Eu tenho certeza que o controle da televisão foi feito para se perder em meio às almofadas do sofá, debaixo da cama, dentro da gaveta.

Não sei você, mas eu acho bem irritante sair revirando a casa toda atrás do controle. Às vezes apenas desisto de ver tv.

Quando você usa e-mail noreply, é assim que seu cliente ou prospecto vai se sentir se tiver que procurar uma forma de entrar em contato com você (vasculhando seu site, por exemplo). Ele pode se cansar e desistir.

Por isso, facilite a vida do seu cliente ou prospecto: use um e-mail que ele possa responder!

  1. É um sinal de preguiça da empresa

Noreply É um sinal de preguiça da empresa

É só clicar em “enviar” e pronto: você está imune aos comentários, reclamações e sugestões. Ou seja, esforço zero.

Noreply demonstra não só preguiça, mas também inércia de levantar da cadeira e fazer o trabalho completo, justamente porque você não tem que fazer nenhum esforço após disparar o e-mail.

  1. Força os destinatários a receberem seu conteúdo

Assim como os cidadãos da Terra dos Noreply da história que te contei no início desse artigo, quando você envia e-mails noreply está forçando os destinatários a recebê-los.

Se eles não conseguem responder pedindo para sair da sua lista de e-mails, estão presos a essa condição (a não ser que denunciem spam).

A saída caso você já use um e-mail noreply

A saída caso você já use um e-mail noreply

  • Mas eu já tenho uma conta noreply, Hugo. Como posso fazer?

Calma: tudo tem solução.

Como você viu neste artigo, contas de e-mail reais, que são monitoradas e respondem com agilidade, passam imagem de credibilidade, transparência e confiança.

Significa que você está aberto para ouvir o que seu cliente tem a dizer.

Então, a melhor coisa que você pode fazer é criar uma conta monitorada e amigável para seu cliente ou prospecto. Como assim?

Eu já te falei quais endereços de e-mail não funcionam se você quer as pessoas abram e cliquem no seu e-mail. Também separei alguns exemplos que funcionam muito bem:

Se você quiser deixar ainda mais personalizado, adicione o nome da sua marca:

Como fazer para divulgar o novo endereço de e-mail para seus clientes ou prospectos?

Você pode usar a conta noreply uma última vez para avisar à sua lista que ela pode se comunicar com você através do novo e-mail.  

A solução é colocar no corpo do e-mail como o cliente pode fazer para te contatar caso ele queira. Na imagem abaixo, eu trouxe um exemplo real que aconteceu com uma das meninas da minha equipe:

Noreply não responda esse email

 

No caso deste exemplo, a marca não indicou um e-mail para a Nathalia falar com eles, mas a ideia é a mesma. Você poderia substituir por:para se comunicar conosco, basta entrar em contato pelo e-mail [email protected], por exemplo.

Outra ideia é configurar uma mensagem automática para quem tentar responder a um e-mail noreply.

Mas confesso que essa não é minha estratégia favorita, porque a pessoa tem o retrabalho de enviar o e-mail para o endereço certo.

Dica: depois de criar seu endereço de e-mail amigável, que seu público possa se comunicar com você, eu sugiro que configure respostas automáticas avisando que a mensagem foi recebida.

Também coloque o tempo máximo que a pessoa terá que esperar pela resposta (48h, por exemplo). Assim, ela não fica perdida e sabe que o problema vai ser resolvido rapidamente.

Comece a captar leads hoje mesmo com o Klickpages

Noreply Comece a captar leads hoje mesmo com o Klickpages

Depois dessas dicas, você está preparado para enviar e-mails matadores. Para começar agora mesmo, você precisa capturar leads.

Monte a sua base de contatos da melhor maneira com o Klickpages.

Você pode oferecer uma newsletter com novidades, talvez baixar um e-book ou se inscrever em um curso.

Para isso, só precisa de um CTA bem construído e de uma landing page que vai confirmar as conversões desejadas.

Veja como é fácil usar o Klickpages para isso:

  1. Escolha seu modelo: veja opções de alta conversão comprovada por testes.

  2. Customize a página: edite textos, cores e imagens, além de ocultar elementos que pouco agregam.

  3. Publique: publique no próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Conclusão

Noreply Conclusão

Hoje eu te mostrei o quão prejudicial os e-mails noreply podem ser para o sucesso do seu negócio, já que os clientes ou prospectos não conseguem se comunicar com a empresa.

Você pode acabar na caixa de spam e prejudicar a entrega de e-mails para seus destinatários, as taxas de aberturas e cliques vão pro chão e você passa a imagem de que não se importa com o que seu público tem a dizer.

Mesmo assim, muitas empresas continuam a investir nessa estratégia ruim e eu te mostrei porque elas fazem isso.  

Depois dos 11 motivos que eu te dei para você nunca mais usar e-mails noreply, você sabe o quanto é importante investir em contas de e-mails reais e que geram proximidade com o destinatário.

Se você ainda usa uma conta noreply, viu neste artigo que tem solução para esse problema.

Depois dessas dicas, você está preparado para otimizar suas estratégias de e-mail marketing e potencializar seus resultados!

Não deixa de me contar nos comentários se acrescentaria mais desvantagens na lista dos 11 motivos e se esse artigo foi útil para você.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Hugo Rocha é co-fundador da Ignição Digital e do Klickpages. Já atuou diretamente nos bastidores dos maiores lançamentos digitais do Brasil. Atualmente está a frente da equipe de tráfego e crescimento da Ignição Digital e Klickpages liderando pessoalmente mais de R$ 4 milhões de reais em investimento em tráfego nos últimos 12 meses com ROI acima de 300%.