Conteúdo interativo: como gerar o dobro de conversões para o seu negócio

Conteúdo interativo: como gerar o dobro de conversões para o seu negócio

Se você já trabalha com marketing digital, produzir conteúdo interativo é uma excelente estratégia para você dobrar as suas conversões.

E com isso quero dizer que 2 vezes mais pessoas vão cadastrar o email na sua newsletter, solicitar um orçamento ou até mesmo se tornar um cliente.

Se você já produz algum tipo de conteúdo, é bem provável que você já tenha bons resultados na sua empresa.

Só que se você não ficar atento ao que está rolando por aí, pode correr o risco de não explorar todo o potencial que um negócio online tem.

Os clientes estão exigindo muito mais do que um conteúdo de qualidade, agora eles procuram algo também interativo e que agrega valor.

E, para fazer isso, você tem que produzir conteúdos que criem uma conexão com o seu público e que prendam a atenção dele por tempo suficiente para gerar engajamento ou fazer com que eles tomem uma ação.

Isso significa que além das publicações de artigos, áudios ou vídeos, você pode (e deve!) também criar um conteúdo interativo.

O resultado provavelmente vai ser uma conversão muito mais eficiente do que com outros tipos de conteúdo, que não possibilitam essa interatividade.

Mesmo que você já tenha uma boa conversão produzindo conteúdo, você pode aumentá-la se investir em conteúdo interativo.

Pois você pode oferecer uma nova experiência para o seu público e, consequentemente, se destacar no seu nicho e aumentar a sua popularidade no mercado.

Sendo assim, se você quer saber como usar o conteúdo interativo no seu negócio para dobrar suas conversões e ter todas essas vantagens que eu acabei de falar, é só ficar comigo.

Porque nas próximas linhas eu vou te mostrar:

  • O que é conteúdo interativo;

  • Quais as vantagens de fazer um conteúdo interativo;

  • 11 tipos de conteúdo interativo para você usar no seu negócio;

  • 5 exemplos de conteúdo interativo para você se inspirar;

  • Um passo a passo simples de como fazer um conteúdo interativo;

  • E algumas ferramentas para te ajudar a criar o seu.

Bora!

O que é um conteúdo interativo?

O que é um conteúdo interativo?

Conteúdo interativo é aquele em que o público tem uma participação que vai além de ler ou assistir. Ou seja, é quando a pessoa pode clicar, responder, reproduzir, tomar uma decisão…

Um bom exemplo é o episódio da série da Netflix “Black Mirror” que bombou no final do ano passado.

Eu não sei se você chegou a assistir, mas eu explico…

O episódio “Bandersnatch” conta a história de um jovem programador que perde o controle do que é realidade e o que é mundo real. Dá uma olhada no trailer:

Pode até parecer que é só mais um episódio, só que, enquanto o espectador está assistindo, surgem opções para ele escolher como se estivesse no papel do protagonista.

episódio Bandersnatch Netflix

Pois é. Isso é um tipo de conteúdo interativo.

Muito legal, né?

Agora você deve estar se perguntando: como posso usar o conteúdo interativo no meu negócio?

Simples: existem vários formatos, além do vídeo, que são acessíveis para qualquer tipo de negócio. Como jogos, pesquisas e testes, por exemplo.

Isso tudo eu vou te mostrar nas próximas linhas, mas antes vou falar quais são os benefícios desse tipo de conteúdo.

Vantagens de fazer um conteúdo interativo

Vantagens de fazer um conteúdo interativo

Em primeiro lugar, o conteúdo interativo é excelente para aumentar o engajamento com seus potenciais clientes.

Isso porque ele provoca uma ação no usuário ― ou seja, incentiva a clicar, responder, tomar uma decisão ― o que naturalmente o faz interagir com a sua marca.

Além disso, você também pode conseguir o email do potencial cliente em troca da experiência, pode ter mais compartilhamento do seu conteúdo ou até mesmo viralizar na internet.

Em segundo lugar, o conteúdo interativo pode continuar rendendo acessos por muito tempo. Pois como não é algo estático você pode usá-lo de várias formas diferentes.

Por exemplo, quem tem um curso online de bolos caseiros, pode elaborar um quiz para ajudar os alunos a se lembrar das receitas.

E isso é algo que dá para usar com várias turmas e em vários momentos distintos: no início, no final do curso, entre módulos…

Outra vantagem é que o conteúdo interativo tem a possibilidade de aumentar a fidelidade do seu público.

Isso quer dizer que eles podem te enxergar como um especialista no seu nicho.

Voltando ao exemplo do curso online de bolos caseiros que acabei de falar…

Imagine que a empresa desenvolve uma calculadora gratuita que ajuda os visitantes do seu site a descobrir quanto tem eles têm que cobrar pelos bolos caseiros.

As chances são que isso vai atrair mais potenciais clientes que, toda vez que forem fazer uma receita nova, provavelmente vão entrar no seu site para utilizar o recurso.

E mais: é bem provável que essas pessoas se interessem em comprar o seu curso quando você decidir abrir uma nova turma.

Diante disso tudo, agora o próximo passo é você saber quais os melhores tipos de conteúdo interativo para você usar no seu negócio.

11 tipos de conteúdo interativo para usar no seu negócio

11 tipos de conteúdo interativo para usar no seu negócio

Agora que você sabe o que é um conteúdo interativo e quais as suas vantagens você vai ver agora os melhores formatos para você testar na sua empresa.

O que vou te mostrar aqui vai te ajudar a entender como você pode usar cada conteúdo interativo e o que você precisa ter para criar cada um deles.

Vamos lá?

1. Vídeo Interativo

Vídeo interativo é aquele que envolve o espectador na história e permite que ele decida qual caminho quer seguir.

Seja clicando em páginas de destino, respondendo questionários ou reproduzindo as ações com base nas escolhas do usuário.

Você pode fazer isso usando pontos de acesso, ou tags, que mostram informações diferentes dependendo do que o usuário escolher.

Dá uma olhada no exemplo da Maybelline NewYork:

Vídeo Interativo

O usuário consegue ver um tutorial de maquiagem segundo as suas preferências.

A grande sacada aqui é que o tutorial pode parecer um único vídeo, mas na verdade são vídeos interligados.

O mais legal é que você pode fazer algo parecido com isso para o seu negócio no próprio Youtube, já que a plataforma permite incluir cartões de interação simples em que o espectador pode ser redirecionado para assistir outro vídeo.

Veja só como é simples:

  1. Crie um roteiro com os diversos caminhos possíveis;

  2. Grave as cenas e edite os vídeos;

  3. Faça o upload dos vídeos na sua conta do Youtube;

  4. Depois vá no “Gerenciador de Vídeos” e encontre o primeiro vídeo que vai começar a interação;

  5. Clica na seta que está do lado do botão “editar” e selecione “anotações”;

  6. Agora vai em “adicionar anotação”;

  7. Escreva a ação no campo “Destaque”;

  8. Selecione em qual momento do vídeo a anotação vai aparecer;

  9. Coloque o link do vídeo da próxima sequência, de acordo com a opção escolhida;

  10. E pronto! Agora é só publicar!

Vai ficar mais ou menos assim, como nesse jogo de escolha de lutadores:

Vídeo Interativo no Youtube

Fonte da Imagem

Ou seja, o espectador quando for clicar em uma das imagens será redirecionado para outro vídeo.

2. Pesquisa

Fazer pesquisas é uma ótima maneira de se aproximar do seu público, conhecê-lo melhor e até mesmo para saber o que ele acha que precisa melhorar no seu negócio.

Esse é o tipo de conteúdo interativo que mostra que a empresa se preocupa com a opinião do potencial cliente e quer saber mais sobre ele.

Dá uma olha na pesquisa sobre saúde do Castlight:

Pesquisa Conteúdo Interativo

“Há uma crise de saúde comportamental na América. A sua organização está pronta?”

Nota que começa com uma pergunta provocativa, tem efeitos dinâmicos e perguntas diretas. Pois uma pesquisa deve ser atraente para convencer as pessoas a concluir todas as etapas.

Só fique ligado para não pedir informações demais ou fazer perguntas muito complexas. Porque isso complica o processo e você pode acabar não conseguindo os dados.

A dica aqui é: se for uma pesquisa muito longa, você pode oferecer uma recompensa para o seu potencial cliente como um ebook, acesso gratuito às primeiras aulas do seu curso, entre outros.

3. Jogo

Criar um jogo é uma das formas mais fascinantes para promover a sua marca.

Pois a maioria das pessoas gosta de jogar para relaxar, passar o tempo, ganhar recompensas, bater recordes, etc.

O exemplo legal é o da Callebaut. Eles criaram um jogo da memória que mostra as melhores criações de chocolate, desde receitas até competições. Veja só:

Jogo Conteúdo Interativo

Eles apresentam os chocolates da empresa de forma dinâmica e criativa.

Outra ideia legal é criar um aplicativo, como a Starbucks fez. Dá uma olhada:

Aplicativo Starbucks - Conteudo Intrativo

Para aumentar a fidelização dos clientes, a marca criou um jogo de pontuação em que é possível ganhar bebidas e descontos.

4. Concurso

É provável que você já tenha visto no Instagram aqueles concursos que pedem para a galera seguir o perfil e marcar os amigos.

Mas o que vou te mostrar aqui é um conteúdo interativo que pode atrair mais potenciais clientes que realmente tem a ver com a sua marca. Veja só:

Concurso Conteúdo Interativo

O concurso estimulou o usuário a produzir um conteúdo e isso é uma ótima maneira de atrair somente quem realmente está interessado no seu tipo de produto ou serviço.

Pois o concurso, além de criar uma conexão positiva, afasta aquelas pessoas que estão em busca apenas do prêmio.

Nesse tipo de conteúdo interativo, além de pedir para o seu público criar um vídeo, você pode também pedir uma foto, uma frase ou qualquer outro material que tenha a ver com o seu negócio.

5. Transmissão ao vivo

Não tem como falar de conteúdo interativo sem falar da transmissão ao vivo. Afinal ela é uma das principais formas de interação com o seu público.

Isso porque você tem a possibilidade de conversar com eles em tempo real.

Além disso, uma transmissão ao vivo ajuda a crescer o alcance da sua marca, já que as plataformas tendem a aumentar a distribuição desse tipo de conteúdo.

Sem contar que o custo para produzir é super baixo.

Você pode começar com um smartphone, uma boa conexão com a internet e escolher uma plataforma para fazer a transmissão (pode ser Instagram, Facebook, Youtube, entre outras).

6. Quiz ou teste

Aqui no time de conteúdo a gente sempre compartilha quizzes aleatórios entre nós. Uma vez a gente fez um para descobrir qual personagem de Brooklyn 99 cada uma era.

E até mesmo quem ainda não tinha assistido a série fez o teste e compartilhou o resultado com o grupo.

Isso aconteceu porque, geralmente, esse tipo de conteúdo interativo faz as pessoas se sentirem bem consigo mesma e, naturalmente, dividir os resultados bons com os amigos.

Um outro exemplo legal é o do portal de notícias Pew Research Center. Eles fizeram um quiz sobre notícias factuais e declarações de opinião.

O objetivo é o leitor descobrir se ele sabe ou não identificar uma notícia de uma nota opinativa apenas pelo título. Veja só:

 Quiz ou teste Conteúdo Interativo

A ideia foi associar tópicos importantes ao desejo das pessoas de estarem antenadas as notícias.

Esse tipo de conteúdo dá um ótimo retorno, porque os quizzes aumentam a distribuição de conteúdo e ainda ajudam a divulgar a marca.

Eles ainda são fáceis de produzir. Há alguns sites gratuitos que você pode elaborar o seu (vou falar mais sobre isso daqui a pouco).

7. Infográficos e mapas interativos

Infográficos e mapas são ótimos para gerar tráfego e ajudar na construção da autoridade da sua marca.

Melhor ainda se eles forem interativos. Isso porque os usuários gostam que as informações sejam exibidas de forma agradável e que ao mesmo tempo eles possam participar.

Dá uma olhada no Guia do Geek para Londres:

Infográficos e mapas interativos

Esse mapa interativo recomenda os lugares para visitar e quando você clica em uma das marcações, ele te leva para ler mais informações sobre o lugar. Legal, né?

Outro bom exemplo é o que a galera do GoCompare criou. O conteúdo mostra como o mundo atualmente gera a sua eletricidade. Veja só que bacana:

Mapa interativo GoCompare

O usuário pode escolher se quer ver os três tipos de energia ou apenas uma delas.

8. Posts de múltipla escolha

Uma maneira simples de fazer um conteúdo interativo é aproveitar as redes sociais nas quais  você já tem um perfil para fazer postagens de múltipla escolha.

No Facebook, por exemplo, você pode colocar duas imagens e pedir para os seus seguidores escolherem uma delas usando as reações na publicação.

Já no Instagram, você pode usar as funcionalidades dos stories e fazer perguntas para o seu público. Veja só as possibilidades:

Posts de múltipla escolha

Assim você envolve o usuário e ainda consegue descobrir um pouco mais sobre a sua persona.

9. Avaliação

A avaliação é um ótimo conteúdo interativo para você oferecer uma amostra gratuita do que a sua marca faz e ainda conseguir o email da sua lead.

O site do Neil Patel, por exemplo, tem uma ferramenta de SEO em que ele analisa a página do site do usuário e ainda dá sugestões do que ele pode melhorar. Veja só:

Avaliação Conteúdo Interativo

Observe que em nenhum momento ele está vendendo o seu serviço. Mas só do usuário usar a sua avaliação gratuita, isso já pode gerar autoridade no mercado e, quem sabe, uma contratação de serviço.

10. Calculadora

A calculadora é uma ótima ferramenta para atrair mais pessoais para conhecer o seu negócio.

Isso porque, geralmente, ela é uma ferramenta que facilita a vida do seu potencial cliente e ajuda as pessoas a tomarem decisões com mais segurança.

Um exemplo muito legal disso são as calculadoras do Good Horse. Uma delas, por exemplo, ajuda o usuário a saber quanto peso o cavalo dele pode carregar. Veja só:

Calculadora Conteúdo Interativo

Para usar a calculadora, o usuário só precisa ter em mãos informações que, provavelmente, já é do seu domínio.

Agora, para uma calculadora conseguir gerar engajamento para a sua marca, primeiro, ela precisa ser relevante para o seu público e, segundo, tem que pedir informações fáceis do seu público encontrar.

O legal é que qualquer coisa que possa ser quantificada matematicamente (dinheiro, peso, tempo, calorias) vire uma calculadora.

11. Ebook

O ebook é um conteúdo interativo de fácil produção. Pois você pode fazer um compilado das informações sobre um mesmo assunto do seu blog e juntá-los nesse formato.

Além disso, quando as informações são mais completas e organizadas em um único lugar atrai os leitores e aumenta o seu engajamento.

Isso porque elas são compatíveis com diversos dispositivos e você ainda pode (e deve) acrescentar gráficos interativos, vídeos, áudios, e tudo que possa deixar a leitura mais dinâmica.

5 exemplos de conteúdo interativo para te inspirar

5 exemplos de conteúdo interativo para te inspirar

O conteúdo atrativo, como te falei anteriormente, é uma das melhores formas de aumentar o engajamento da sua marca.

Mas, às vezes, só saber os tipos de conteúdo que dá para fazer não é o suficiente para colocar a mão na massa. É bom ver na prática como isso acontece.

Por isso, vou te mostrar agora 5 exemplos para você inspirar e, quem sabe, pegar como referência para criar o seu próprio conteúdo interativo.

Vamos lá?

#1 Print Technology

Print Technology Conteúdo Interativo

O Print Technology usa a interatividade para contar a história das “Revoluções na tecnologia de impressão”.

Para o usuário consumir todo o conteúdo, ele precisa participar (com a barra de rolagem) em cada etapa e acompanhar até o fim.

#2 Save the Rainforest

Save the Rainforest Conteúdo Interativo

Esse é um conteúdo interativo feito em Javascript – uma linguagem de programação que demanda um pouco mais de tempo para a produzir o conteúdo, mas o resultado é fantástico.

Aqui a galera do Rainforest usou uma ambientação em 3D e fotos em 360º. A interação permite o usuário conhecer o ambiente como se realmente estivesse nele.

#3 TAG

Nos últimos meses a TAG, um clube de assinatura de livros, disponibilizou para o seu público uma Calculadora de Tempo de Leitura.

Essa ferramenta é resultado de uma campanha que incentiva as pessoas a ler pelo menos um livro por mês.

Para ajudar o leitor a conseguir traçar a meta de quanto tempo de leitura ele tem que ter por dia, ele precisa só entrar na ferramenta e…

  1. Fazer a leitura do texto proposto;

  2. Colocar quantas páginas tem o livro que vai ler;

  3. E pronto: a ferramenta já calcula quantos minutos tem que ler por dia para alcançar a meta.

#4 Me Poupe

O Me Poupe tem quatro ferramentas gratuitas no formato de calculadora para quem está estudando sobre investimento.

Dá uma olhada:

Me Poupe Conteúdo Interativo

Trouxe esse exemplo para você perceber que aqui tem três conteúdos interativos diferentes sobre o mesmo nicho, mas cada um para um tipo específico de persona.

#5 KitKat

Sei que a maioria dos exemplos que trouxe para você foram do meio digital. Mas eu não podia deixar de fora desse artigo a ação do KitKat, que foi uma estratégia de marketing offline.

Para promover o chocolate, a marca disponibilizou um jogo de dança nas paradas de ônibus. Dá só uma olhada:

Além de proporcionar uma experiência única para o usuário, a marca ainda presenteou as pessoas que participaram da ação com uma amostra do chocolate.

Dessa forma, eles incentivaram as pessoas a participarem e promoveram a empresa sem uma campanha focada apenas no produto.

Como fazer um conteúdo interativo: passo a passo simples

Como fazer um conteúdo interativo: passo a passo simples

O primeiro passo para fazer um conteúdo interativo é entender quem é o seu público e o que ele procura. Ou seja, você precisa ter a sua persona bem definida.

Se você não sabe o que é eu te explico.

Persona é um personagem que representa o cliente ideal do seu negócio. As suas características são baseadas nas informações de clientes reais.

Então, você sabe a idade, profissão, o que ela gosta de fazer, quais são as suas dores, etc.

O segundo passo é pensar: “o que faria a vida da sua persona mais fácil?”.

Se você tem um curso de inglês, por exemplo, pode planejar uma forma de diagnosticar se a pessoa sabe ou não falar inglês, ou qual o seu nível de fluência.

E, por último, é só pensar no conteúdo que você já tem e pode reutilizar, ou quais dados a sua empresa já possui, e aliar com um dos tipos que te mostrei agora há pouco.

Voltando ao nosso exemplo do curso de inglês, dá para fazer um teste de nivelamento interativo com algumas perguntas que você já tem em mãos.

Viu como é simples? Só precisa de um pouco de dedicação e saber quais ferramentas usar na hora de produzir o conteúdo interativo.

Por falar nisso, separei para você algumas ferramentas que podem te ajudar na hora de criar o seu conteúdo.

Ferramentas para criar um conteúdo interativo

Ferramentas para criar um conteúdo interativo

Pode parecer um grande desafio criar um conteúdo interativo, mas a notícia boa é que a internet está cheia de ferramentas que vão te ajudar nessa produção.

Você só precisa pensar qual delas vai te ajudar a produzir o conteúdo da forma que você pensou e se vale a pena o investimento.

Para facilitar, eu montei uma lista com ferramentas focadas em criar conteúdo interativo. Olha só:

  • Contentools para criar quizzes, calculadoras, concursos, infográficos, mapas, etc.

  • Mapme para criar mapas interativos;

  • Thinglink para criar vídeo em 360 graus;

  • Survey Monkey e TypeForm para criar pesquisas;

  • Dot para criar vídeo interativo, quiz, conversa interativa, jogos, calculadora, raspadinha, etc.

  • Quizur para criar quiz.

Aumente as chances do público ver seu conteúdo interativo

Aumente as chances do público ver seu conteúdo interativo

Antes de aumentar o engajamento da sua marca, primeiro você precisa atrair mais potenciais clientes para o seu negócio.

E a melhor forma de fazer isso é conseguindo o email daquelas pessoas que estão interessadas no seu produto ou serviço.

Isso porque o email é o melhor contato para ficar mais perto do seu potencial cliente. Pois ali o campo é seu e você pode enviar o seu conteúdo interativo diretamente para quem está interessado.

Mas… Você sabe como conseguir o email do seu público?

Simples. Você pode fazer uma landing page e em troca do email entregar uma recompensa para a sua lead.

Agora, se você não sabe como fazer uma fique tranquilo que o Klickpages é o seu aliado nisso.

Veja só como é fácil criar a sua landing page com essa ferramenta:

  1. Escolha o modelo: conheça opções de alta conversão comprovada através de testes.

  2. Customize a página: feita a escolha, edite os textos, as cores e as imagens, além de ocultar elementos que pouco agregam.

  3. Publique: ao final, é só publicar no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Conclusão

Conclusão Conteúdo Interativo

Agora que você sabe que  conteúdo interativo é quando o usuário tem uma relação ativa com o seu conteúdo além de ler ou assistir, você já pode dobrar as conversões do seu negócio.

Pois é só colocar em prática o que te mostrei e levar o seu cliente em potencial a tomar uma ação como, por exemplo, clicar, calcular, tomar decisões.

Eu te mostrei 11 tipos de conteúdo interativo como, por exemplo, posts de múltipla escolha nas redes sociais, jogos e calculadoras.

Você viu também 5 exemplos inspiradores para você ter uma ideia do que fazer na sua marca. Entre eles está o da KitKat, que levou um jogo de dança para as paradas de ônibus.

Além disso, eu te mostrei o passo a passo simples para fazer seu próprio conteúdo interativo, sendo que o primeiro passo é conhecer bem a sua persona e saber exatamente o que ela quer.

Ah, eu também apresentei algumas ferramentas que vão te ajudar na hora de produzir o seu conteúdo.

Bom, agora é com você.

Me conta aqui nos comentários: Você já produziu algum conteúdo interativo no seu negócio? Qual foi o resultado? 😉

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Karol Barbosa

Sou aquela garota sonhadora que ama ler, escrever e conversar com os amigos. Sou Jornalista de formação e escritora de nascença (desde pequena escrevia histórias nos cadernos da minha mãe). Adoro escrever sobre marketing digital, empreendedorismo, histórias de ficção e coisas aleatórias. Nas horas vagas faço parte de um grupo de teatro e nos meus “dias de fazer nada” coloco uma boa série e jogo The Sims (sim, até hoje).

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)