Comunicação interna: você corre o risco de perder 84% dos colaboradores sem ela

Comunicação interna: o que é, 10 dicas e diferença de endomarketing |

Comunicação interna tem tudo a ver com um conselho que eu ouvia da minha vó (e, cá entre nós, vovós estão sempre certas). 

Ela dizia assim: "Não importa se o rapaz parece ser gente boa ou é bonito. Repare muito bem em como ele trata a própria mãe, porque é assim que ele vai te tratar também".

Mas o que isso tem a ver com comunicação interna?

O fato é o seguinte: basicamente tudo o que acontece dentro da sua empresa reflete nos seus clientes, de um jeito ou de outro. Ou seja, reflete nas suas vendas e no seu faturamento no final das contas. 

E se a comunicação entre quatro paredes não anda bem das pernas, isso terá um impacto negativo no seu relacionamento com sua cartela de clientes (e potenciais clientes também). 

Assim como, segundo a minha vó, a forma como um cara trata a mãe dele reflete diretamente em como ele vai me tratar. Se o relacionamento deles é ruim, as chances são que comigo não será diferente.

Na sua empresa, seja num suporte feito de qualquer jeito, seja num discurso que não tem nada a ver com os valores do seu negócio, seja numa conduta que fere a imagem da sua marca… 

Não importa, a falha na comunicação só traz problemas – tanto a curto, quanto médio e longo prazos. 

Para você ter noção de como é importante essa troca de informações, as pessoas simplesmente não querem trabalhar em um lugar que não preza pela comunicação clara e saudável.

Inclusive, para 84% dos colaboradores uma política de comunicação aberta é mais importante do que benefícios na hora de escolher um emprego

Do mesmo jeito que, naquele conselho sábio de vovó, a forma como um rapaz se relaciona com a própria mãe é mais importante do que sua aparência ou inteligência. 

Bom, se você não quer pecar pela falta de uma comunicação eficiente e correr o risco de perder clientes e dinheiro por causa disso, comece pelo primeiro passo.

E o primeiro passo é continuar aqui comigo, porque eu vou te mostrar 10 práticas de comunicação interna para você aplicar no seu negócio agora mesmo.

Além disso, você vai ver o que é a comunicação interna e por que é importante investir nela (além do fator clientes). Vamos lá.

O que é comunicação interna?

O que é comunicação interna?

Comunicação interna é a troca de informações que acontece dentro de uma empresa, seja de forma vertical (seguindo uma hierarquia do líder pro time ou vice-versa), seja horizontal (isto é, entre profissionais de um mesmo nível). 

Essa comunicação vai desde compartilhar os fundamentos da empresa, como sua missão, visão e valores com todos os colaboradores, até dar feedbacks específicos para um time ou um membro da equipe, ou então resolver problemas. 

O maior objetivo desse tipo de comunicação, como eu vou te mostrar em detalhes daqui a pouco, é alinhar empresa e colaboradores para que todos caminhem juntos na mesma direção. 

Não importa o tamanho do time, o fato é que a comunicação interna já acontece no seu negócio, de um jeito ou de outro, mesmo que você não esteja atento para isso. 

Mas assim como em um namoro ou casamento, se a comunicação não for clara e eficiente, maiores são as chances de brigas intermináveis ou que resultem na separação. Afinal, ninguém aguenta um relacionamento baseado em discussões, né?

Pois então, com o seu time é a mesma coisa. Quanto mais você priorizar a comunicação dentro da sua empresa, mais alinhados e engajados seus colaboradores vão ficar.

Aliás, esses são apenas alguns dos benefícios da comunicação interna. Vou explicá-los melhor, junto a outras vantagens, daqui a pouquinho.

Antes, preciso esclarecer uma confusão comum… 

Qual é a diferença entre comunicação interna e endomarketing? 

Embora tenham pontos em comum, comunicação interna e endomarketing não são a mesma coisa.

Porque enquanto a comunicação interna é voltada para a troca de informações que acontece no ambiente organizacional para alinhar empresa e time…

O endomarketing (ou marketing interno) é o conjunto de ações de marketing aplicadas dentro de uma empresa para transformar colaboradores em verdadeiros embaixadores da marca

Logo, endomarketing engloba mais fatores além da comunicação, como enaltecer os benefícios da empresa para atrair novas pessoas para a equipe. 

Uma forma de interpretar é que a comunicação interna seria um pedaço fundamental do endomarketing. Portanto, as duas coisas caminham juntas e são importantes para a saúde da sua empresa.

Agora sim, vamos às vantagens.

Por que é importante investir na comunicação interna?

Por que é importante investir na comunicação interna?

No início dessa conversa, eu já te disse o maior motivo para investir na comunicação interna do seu negócio…

Porque para 84% dos funcionários, a comunicação aberta e clara é mais importante do que os benefícios oferecidos pela empresa na hora de escolher onde trabalhar. 

Existem outras vantagens, além dessa, que justificam a importância de priorizar a comunicação no seu negócio. É sobre elas que eu quero falar agora.

Alinha empresa e colaboradores

Eu lembro de um episódio de Friends (se não assistiu essa série ainda, corre pra ver) no qual um dos casais briga porque eles combinaram de ir ao cinema, mas um entendeu que o encontro era às 18h e o outro achava que era às 19h. 

Eles discutiram e ainda por cima perderam o filme por uma falha de comunicação que poderia ter sido evitada.

Na sua empresa, quando você investe em comunicação interna, previne que essas "brigas" por falha na comunicação aconteçam.

Seja essa "briga" o colaborador ter uma conduta que fere os valores da empresa, ou então aquele projeto que não sai do lugar porque ninguém consegue ter a visão do todo, não consegue entender o impacto que o projeto tem para que as metas sejam alcançadas. 

Com a comunicação interna você previne essas coisas porque os colaboradores ficam alinhados com a missão, valores e objetivos da organização. 

Ou seja, empresa e time falam a mesma língua e ficam em sintonia. E como você vai ver já já, isso impacta na percepção que os clientes têm do seu negócio (ou seja, impacta nas suas vendas). 

A comunicação interna também…

Fortalece a cultura organizacional

Quando a sua cultura organizacional é forte, ela te ajuda a construir um time que acredita nas mesmas coisas. Assim, todo o discurso interno e externo são alinhados e, principalmente, honestos.

Consequentemente, o clima dentro da empresa é mais leve, divertido e respeitoso para trabalhar, as pessoas desenvolvem relacionamentos amigáveis e um senso de ajuda mútua. 

Aí, as chances são que fofocas e boatos maldosos não tenham espaço para crescer na organização, o que poupa muita energia do seu time e otimiza a entrega das demandas

É uma relação de ganha-ganha, tanto para a equipe quanto para você. 

Eleva a produtividade do time

Pense em quantas vezes você desistiu de uma dieta ou deixou a academia de lado porque não tinha um objetivo claro em mente. Agora lembre das vezes que você se dedicou com força porque havia um casamento ou uma formatura para ir. 

Pois é, quando mais clara é a direção, mais fácil e rápido é caminhar até lá. 

Comunicação interna é sinônimo de clareza e clareza mantém o seu negócio em movimento.

Porque quando os seus colaboradores sabem qual é o papel de cada um, o que eles devem fazer e por que cada peça do quebra-cabeça é importante, maior é o foco em alcançar o resultado e não apenas concluir tarefas. 

Assim, a motivação de trabalhar em prol dos objetivos só aumenta. E quanto maior a motivação, maior tende a ser a produtividade da sua equipe

O resultado é um time mais engajado, satisfeito e produtivo. Porque colaboradores felizes trabalham felizes. 

Diminui a rotatividade de colaboradores

Tanto se fala sobre fidelizar clientes para diminuir a taxa de abandono de compradores da sua marca e também porque conquistar novos clientes é 5 vezes mais caro do que fidelizar clientes antigos.

A mesma lógica se aplica aos seus colaboradores. Se você já contratou alguém, sabe como é trabalhoso selecionar, entrevistar e ambientar o novo membro do time até que ele esteja a todo vapor.

Enquanto os mais antigos já conhecem o funcionamento da empresa e estão alinhados com os seus valores. 

Então, ter baixa rotatividade de colaboradores não só é bom para o seu bolso e o seu tempo, como também indica que os funcionários estão felizes na sua empresa. 

Como já conversamos nos tópicos anteriores, a comunicação interna tende a aumentar a satisfação do time e, por isso, diminui a rotatividade.

Assim, você conquista uma equipe fiel e engajada com a sua marca.

Acelera e facilita a integração de novos membros

Sim, a comunicação interna é excelente para fidelizar colaboradores antigos.

E sim, ela também funciona para integrar novos membros.

Pensa comigo… Começar a trabalhar em uma nova empresa é como viajar para uma cidade desconhecida.

Quanto mais informações claras você tiver sobre o local, melhor. Como a localização do hotel onde vai se hospedar, os pontos turísticos que você não pode perder, os números de emergência, os melhores restaurantes, enfim. 

Se a comunicação interna da sua empresa funciona, quando um novo colaborador entrar, ele vai ter todas as informações que precisa para se sentir acolhido e a vontade para conhecer o terreno e desempenhar sua função da melhor forma o mais rápido possível.

Melhora a imagem do seu negócio

Eu não sei se você já se apaixonou na vida, mas se não passou por isso, conhece alguém que já passou.

Quando a pessoa está apaixonada, fica tão escancarado que ela parece um letreiro gigante em formato de coração. Não dá para esconder, todo mundo percebe o quanto ela está feliz com o novo relacionamento. 

Algo similar acontece com o seu negócio. 

Quando a comunicação interna é eficiente, seus efeitos são tão positivos que ficam estampados para os seus clientes (quiçá, até para sua concorrência).

Como assim? Quando a equipe está alinhada com o discurso da empresa, atende os clientes de acordo com o que você quer. 

Assim, em todas as etapas do funil de vendas, desde a prospecção até o pós-venda, o seu cliente recebe informações condizentes com a missão, visão e valores da organização.

Aí, o cliente não corre o risco de achar que está sendo passado para trás ou de que sua empresa é desorganizada (o que pode afetar diretamente a confiança que ele tem em você). 

É o que eu falei antes: colaboradores felizes trabalham felizes e isso, de uma forma ou de outra, chega até o seu cliente.

Agora que você sabe os benefícios da comunicação interna, está na hora de ver como colocar em prática. 

10 práticas para você aplicar a comunicação interna na sua empresa

10 práticas para você aplicar a comunicação interna na sua empresa

Não existe um passo a passo definido para aplicar a comunicação interna. Cada negócio tem suas necessidades, mas as dicas que eu vou te falar agora podem te ajudar a dar os primeiros passos.

Pouco a pouco, conforme as aplica, você vai encontrar novas maneiras de otimizar a troca de informações com os colaboradores e, assim, colocar a sua empresa na direção dos seus objetivos. 

Como você vai ver nas próximas linhas, é bem simples colocar em prática:

1 – Conhecer o seu negócio a fundo

Já tentou falar sobre um assunto que você não domina? É péssimo, você não consegue desenvolver o pensamento, seus argumentos são ruins, o assunto não flui, simplesmente não funciona.

O fato é que se você não sabe tudo sobre o seu negócio, as chances são que não vai conseguir se comunicar com a equipe. Não dá para "cobrar serviço" se você não faz ideia do que está acontecendo. 

Não tem como alinhar e estabelecer nada com o seu time se as informações não estão claras nem para você. 

Portanto, o primeiro passo é conhecer a sua empresa tanto quanto você sabe seu nome e sua data de nascimento de trás para frente. Os números, a concorrência, as metas, a visão, missão e valores, o modelo de negócio, enfim.

2 – Saber quem é o seu time e que pessoas você quer atrair 

Assim como num contexto de vendas você tem que conhecer o seu público-alvo e o perfil de cliente ideal, a mesma regra se aplica quando o assunto é o seu time.

Primeiro que você tem que saber quem são as pessoas que já estão contigo nessa jornada (mais para frente vou te mostrar como estreitar os laços).

Segundo que você precisa definir quais tipos de pessoas quer atrair para integrar o quadro de colaboradores da sua empresa. Porque quanto mais "pronta" a pessoa chega, mais fácil é integrá-la, desenvolver o relacionamento e fazê-lo durar por muito tempo. 

Além disso, entender quais pessoas você quer atrair te ajuda a saber quais habilidades técnicas são necessárias para cada cargo. 

Quando essas informações estiverem claras para você, será mais fácil se comunicar de forma efetiva com o seu time.  

3 – Definir quais objetivos quer alcançar com a comunicação interna

Basicamente todo processo ou projeto dentro de uma empresa fica mais fácil de acontecer quando você planeja o que fazer, quando fazer e que resultados espera alcançar.

Com a comunicação interna não é diferente. Qual é o seu objetivo ao aplicá-la? 

Pode ser, por exemplo: aumentar a retenção de colaboradores, crescer as equipes, promover a imagem do seu negócio, elevar a produtividade

Quem define é você. Para isso, você pode fazer um planejamento estratégico dessa área e definir as ações que deve colocar em prática.

4 – Escolher os canais de comunicação interna 

Para se comunicar com seu time, você precisa escolher a forma como essa comunicação vai acontecer.

Pode ser por meio de diferentes ferramentas, ou então no olho-no-olho (quiçá a mistura dos dois). O importante é que você defina quais canais vai usar para manter a organização e evitar que informações se percam no meio do caminho. 

Alguns canais bastante usados são:

  • Reuniões presenciais

  • Mural de avisos

  • Email

  • Intranet (uma espécie de rede social privada da empresa)

  • Apps como o Whatsapp e Telegram

  • Ferramentas como o Slack.

A vantagem de aplicativos ou ferramentas é que a troca de informações fica registrada. Aí é mais fácil organizar as demandas e resgatar informações que foram passadas. 

Já os encontros presenciais agilizam a comunicação e fortalecem o relacionamento interpessoal.

5 – Criar relacionamentos através da comunicação

Criar relacionamentos através da comunicação

Preze pelo feedback claro e honesto, a transparência, integridade e simplicidade da comunicação. 

Assim como você quer que seu time seja responsável, você também deve ser para que a comunicação interna funcione bem.

É aqui que entra aquele lance de evitar fofocas e boatos. 

Por isso, sente para conversar quando algo sair dos eixos e explique quais são suas expectativas. 

E não se esqueça que comunicação é uma via de mão dupla, então esteja aberto para o que o seu time tem a dizer. 

Além de seus colaboradores poderem te ajudar a melhorar sua gestão, eles também são capazes de trazer ideias inovadoras para o seu negócio (que você provavelmente não teria pensado sozinho). 

6 – Facilitar os processos e o contato entre times

Eu acabei de falar sobre manter a simplicidade na comunicação e é justamente isso que significa facilitar os processos e o contato entre times.

Nada de burocracia, porque além de travar a comunicação e prejudicar o relacionamento, ela também empaca processos. 

Imagina o tempo que leva se o marketing tem que preencher uma papelada gigantesca e ainda agendar uma reunião com você ou com o financeiro para apenas conversar sobre verba de campanhas. 

Não faz sentido. Quanto mais descomplicada é a comunicação, mais eficiente é o seu time.

7 – Promover a integração entre todos

Você e seu time estão juntos todos os dias durante boas horas, mas é provável que você não consiga se comunicar efetivamente e desenvolver um relacionamento com ele se não estreitar os laços.  

E não tem forma melhor de estreitar os laços do que passar um tempo juntos. Por isso, promova eventos internos (você pode aproveitar datas comemorativas como festa junina e Halloween, por exemplo, ou fazer happy hours de vez em quando).

Assim, todo mundo, desde o alto escalão, até gestores e o operacional, terão a oportunidade de conversar e se conhecer melhor.

É importante que você faça parte desse momento para que seu time te veja como alguém que se importa com ele.

Aí, você aumenta as chances da equipe confiar em você, o que torna a comunicação mais fácil e eficiente. 

Dica: tenha um espaço de convivência dentro do escritório para esses encontros. 

8 – Valorizar o resultado que os colaboradores alcançaram

Seu time, assim como você, está todos os dias trabalhando duro para que sua empresa cresça. 

Quando a equipe recebe reconhecimento pelo trabalho feito, as chances são que vai se sentir mais motivado e satisfeito. 

Tanto individualmente quanto em grupo, comunique diretamente e valorize o resultado alcançado. 

Pode ser por meio de elogios, agradecimentos (literalmente falar "obrigado" para as pessoas), ou até mesmo incentivos (dar bônus, brindes, folgas, enfim). 

Assim, as pessoas que estão ao seu lado e colocam a mão na massa todos os dias vão saber que estão na direção certa e que são reconhecidas por isso.

9 – Metrificar os resultados para melhorar suas ações 

Na comunicação interna, assim como funciona em qualquer outra estratégia ou ação que você aplica no seu negócio, para saber se está funcionando você precisa analisar os resultados. Afinal, você não consegue gerenciar aquilo que você não mede. 

É por meio dos resultados e das métricas que você tem clareza se seus objetivos com a comunicação interna estão sendo alcançados. Assim, você sabe o que deu certo e o que precisa ser ajustado. 

Por exemplo, para saber se a rotatividade de colaboradores realmente diminuiu você deve analisar a taxa de turnover do seu negócio em determinado período.

Ou então, para verificar se houve mesmo aumento na produtividade, você pode comparar as entregas de demandas de um período passado com as entregas atuais (sem esquecer de verificar a qualidade!). 

Você pode usar ferramentas, aplicar pesquisas e questionários ou até orientar cada time a fazer uma planilha com os dados que você precisa. 

10 – Estar atento a novas tecnologias que possam facilitar a comunicação

Que atire a primeira pedra quem nunca recusou uma ligação no celular e retornou para a pessoa com uma mensagem ou áudio no WhatsApp. 

Até pouco tempo, ligação telefônica era a forma mais rápida e adotada para se comunicar com quem estivesse longe. Mas isso mudou (pelo menos para as gerações mais novas).

Hoje, a depender do assunto, você nem precisa mais de palavras (emojis e figurinhas dão conta do recado). 

Por isso, para que a comunicação interna seja eficiente, você precisa ficar ligado aos meios e as formas preferidas das pessoas para se comunicar (te falei algumas opções no tópico sobre escolher canais). 

Além da comunicação interna, use isso para conquistar clientes

Além da comunicação interna, use isso para conquistar clientes

Como você viu ao longo do artigo, a comunicação interna impacta diretamente no relacionamento com os seus clientes.

Mas para criar uma relação de confiança com seus clientes e aumentar as vendas, você precisa ficar atento para todo o processo, a partir do primeiro contato com potenciais clientes (ou seja, suas leads). 

Se você não tiver uma abordagem certeira desde o início, corre o risco de perder vendas. 

A melhor forma de desenvolver esse relacionamento é capturar o contato das suas leads (de preferência o email) para criar a sua lista de contatos

Assim, pode nutrir e educar essa lista com conteúdo de alta qualidade até que suas leads estejam prontas para abrir a carteira. 

Na hora de capturar o email de potenciais clientes, você vai precisar de uma landing page otimizada para conversão. Para criar sua landing page, pode contar com o Klickpages.

Porque no KP você cria a sua página em apenas três passos:

  • Escolha o modelo: veja opções de alta conversão comprovada por testes.

  • Customize a página: feita a escolha, edite os textos, as cores e as imagens, além de ocultar elementos que pouco agregam. 

  • Publique: ao final, publique no próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem. 

Viu como é fácil?

Conclusão

Comunicação interna conclusão

Nas últimas linhas, você viu que a comunicação interna é tão importante que você corre o risco de perder 84% dos seus colaboradores se não investe nela.

É como aquele conselho da minha vovó sobre escolher um parceiro: na hora de decidir onde trabalhar, as pessoas prezam por empresas que valorizam a comunicação aberta e clara.

Exatamente o que você consegue ao aplicar uma comunicação interna eficiente na rotina do escritório. 

Como eu te mostrei, esse tipo de comunicação tem muitas vantagens, como: alinhar empresa e colaboradores, fortalecer a produtividade e diminuir a rotatividade do time. 

Você também viu as 10 práticas para aplicar a comunicação interna no seu negócio agora mesmo, como escolher os canais para essa troca de informações, criar relacionamentos através da comunicação e promover a integração entre todos.

Agora é com você. Não deixa de me contar nos comentários quais das 10 práticas você já implementou na sua empresa e quais você quer tirar logo do papel. Abraço!

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Nathalia Melo

Na identidade é Nathalia, mas pode me chamar de Nath. Faço parte do time de conteúdo do Klickpages e me amarro em escrever sobre marketing digital e empreendedorismo. Pratiquei circo por três anos, agora me aventuro no levantamento de peso olímpico e adoro assistir jogos de basquete (por isso o tanto de analogia com esporte nos meus artigos). No time de conteúdo, sou a "mãezinha" da galera. No fone de ouvido, sou uma senhorinha de 80 anos. Na vida, converso sobre assuntos aleatórios, desde composição de shampoo até o sentido da existência humana.

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)