Como ser um empreendedor de sucesso: 30 dicas para dar o primeiro passo hoje

Como ser um empreendedor de sucesso: 30 dicas para dar o primeiro passo ainda hoje

Muita gente tem dificuldade em saber como ser um empreendedor de sucesso.

Eu não sei se você é um deles. O que eu sei é que existe um fator que torna essa missão bastante desafiadora para muitas dessas pessoas.

E eu vou te dar a letra nas próximas linhas de como não deixar esse fator influenciar no sucesso da sua empresa.

É o seguinte. Uma coisa que eu aprendi vendo vários cases de sucesso diariamente aqui na empresa é que o que realmente diferencia as pessoas que QUEREM empreender das que, de fato, empreendem é algo bastante simples: começar.

Isso mesmo. Dar o primeiro passo é o que separa os "homens" dos "meninos", vamos dizer assim.

Porque os empreendedores de sucesso sabem que feito é sim melhor do que perfeito.

Aliás, o que trava a galera que fica pelo caminho é justamente a busca pela perfeição.

O que quero dizer é que você precisa se comprometer com você mesmo para tirar o seu sonho da cabeça e construí-lo na realidade.

E ter em mente que não dá para esperar por algo perfeito. Simplesmente porque a perfeição é algo inalcançável, não existe.

É como alcançar o pôr do Sol. Por mais que você tente, não dá para chegar lá.

Isso não significa que você não pode continuar tentando e se tornar, dia após dia, cada vez melhor do que ontem.

O lance é que, para isso, é fundamental começar a colocar a mão na massa hoje.

Se você estiver buscando motivos para não colocar a sua ideia em prática, a verdade é que você vai encontrar muitos e a tendência é você matar o seu negócio por besteira.

Até porque não existem local e momento mais favoráveis do que o aqui e o agora.

Se você quer saber como dar o primeiro passo no seu empreendimento, é só continuar aqui comigo.

Pois, neste artigo, eu trouxe para você 30 dicas práticas de como ser um empreendedor de sucesso.

Vamos lá?

O que é um empreendedor?

O que é um empreendedor?

Empreendedor é a pessoa que trabalha para criar o próprio negócio. Enxerga novas oportunidades e faz de tudo para colocar suas ideias em prática.

O dicionário define empreendedor como: “Pessoa que possui capacidade para idealizar projetos, negócios ou atividades; indivíduo que empreende, que decide fazer algo difícil ou trabalhoso”.

A primeira definição (“Pessoa que possui capacidade para idealizar projetos, negócios ou atividades”) pode dar a ideia de alguém que nasce com essa característica.

Mas isso não é verdade. Esta habilidade pode ser desenvolvida e mais para frente eu vou te dar algumas dicas para isso.

A segunda definição é: “indivíduo que empreende, que decide fazer algo difícil ou trabalhoso”.

O lance é que, por mais que se trate de algo difícil ou trabalhoso, descobrir como ser um empreendedor começa com a decisão de fazer hoje e não na próxima semana.

Para deixar as coisas mais claras, eu vou te contar a história de uma conhecida minha.

De uma hora pra outra, ela decidiu abrir um pet shop, mesmo sem nenhum “talento” especial e sem experiência, além de cuidar do próprio cachorro.

Para conseguir tocar o negócio sem precisar terceirizar todos os serviços, ela fez cursos, se dedicou e praticou muito.

Em pouco tempo ela conseguia cuidar de qualquer animal doméstico e fazer coisas como dar banho, tosar e etc.

Depois de um ano, mais ou menos, ela já tinha contratado mais dois ajudantes, além de um veterinário, para oferecer cuidados de saúde aos animais.

Ou seja, além de realizar o próprio sonho, ela contratou mais três pessoas. Uma ótima forma de contribuir para o desenvolvimento social.

E você vai entender agora por que isso é tão importante…

Qual é a importância do empreendedor?

Qual é a importância do empreendedor?

Agora que você já sabe o que é um empreendedor, vai se surpreender com a importância dele para a sociedade.

Para começo de conversa, um estudo colocou o Brasil em 26º lugar quanto ao nível de competitividade. Número relativamente baixo em relação aos outros 44 países.

E uma das soluções apontadas para estimular a competitividade brasileiro é justamente o aumento do empreendedorismo, que consequentemente estimula a inovação.

Isso porque um empreendedor geralmente está em busca de novas oportunidades de negócios, soluções para problemas, demandas ou necessidades da sociedade.

Ou seja, além da expectativa de realização pessoal e possibilidade de encontrar o seu propósito de vida ou a sua independência financeira,o empreendedorismo tem uma missão muito maior: a oportunidade de gerar empregos.

É um processo contínuo e cíclico que pode beneficiar todo mundo.

Ainda vale a pena empreender?

Ainda vale a pena empreender?

Depois de perceber o papel fundamental que o empreendedorismo tem para o crescimento do país, você pode querer saber se ainda vale a pena empreender.

E a resposta é: sim, vale muito a pena.

Eu explico.

Imagine que seu vizinho possui uma horta, ele consome o que precisa e vende o excedente para os vizinhos.

Normalmente alface, couve e abobrinha. Você às vezes compra dele, mas um dia olha pro seu quintal e pensa ser uma boa ideia ter uma horta sua.

Os benefícios são claros: você não precisará mais comprar as verduras e legumes, vai poder ter outros cultivos como milho, manjericão e abóbora. Além de poder vender para outras pessoas.

Não demora muito e você começa a pensar no tempo que vai precisar investir, nas mudas e sementes que vai comprar.

Sem contar a possibilidade de acontecer uma infestação de pragas, ou uma temporada muito longa de seca ou de chuvas.

A possibilidade de perder parte ou todo o investimento começa a te desanimar, mas eu vou te lembrar de uma coisa muito importante.

Todas essas dificuldades podem, sim, ser superadas.

Mesmo assim, 46,4% dos brasileiros afirmam existir boas oportunidades para abrir um novo negócio perto de onde vivem, mas só 17,9% querem fazer isso.

Ou seja, de cada 100 brasileiros apenas 17 querem de fato empreender.

Mas vamos lá, voltando para a sua horta… Provavelmente você já teria pensado também em algumas soluções, como utilizar pesticidas para prevenir ou combater as pragas.

Colocar uma cobertura em caso de muita chuva e um sistema de irrigação em caso de seca. Esse tipo de coisa.

A questão é: se você realmente quer saber como ser um empreendedor, pensar de forma preventiva, como no exemplo que eu dei, é um bom começo.

Pois te ajuda a colocar as coisas em perspectiva e focar nas vantagens de ter o seu próprio o negócio que, aliás, são essas aqui:

  • Liberdade: você toma as próprias decisões e pode escolher com o que e com quem vai trabalhar;

  • Flexibilidade: você faz os seus horários de trabalho e, no caso de um empreendimento digital, pode trabalhar de qualquer lugar.

  • Realização: você pode realizar seus sonhos, além de se realizar profissional e financeiramente.

Pronto. Uma vez decidido que vale sim a pena entrar em campo e começar sua própria empresa, hora de saber se…

Existe algum mercado novo para explorar?

Existe algum mercado novo para explorar?

Eu não sei se você já ouviu falar na estratégia do Oceano Azul, mas eu vou te explicar aqui rapidamente.  

Esse termo se refere à busca de um nicho de mercado onde poucas empresas atuam, criando uma demanda muito específica.

Em vez de entrar na competição com empresas que já estão estabelecidas no mercado, seu foco é encontrar consumidores negligenciados ou até mal atendidos.

De forma que a concorrência, se existir, seja irrelevante para você.

Eu acredito que a essa altura você já entendeu que empreender pode, sim, ser pra você. Então, vamos pensar sobre algumas oportunidades?

Lá por volta de 2005, quem precisava ir rapidamente para o aeroporto com muita bagagem, por exemplo, e sem nenhum carro à disposição, já pensava automaticamente em chamar um táxi.

Naquela época, a maioria das pessoas achava que a necessidade de conseguir um carro pra te levar de um ponto a outro da cidade estava resolvida e ponto final.

Até que, em 2009, o Uber chegou ao mercado e hoje quase todo mundo, além de ter o aplicativo instalado no telefone, já tem essa como primeira opção, por ser mais prático e acessível.

E esse é só um exemplo. Quantas outras novas empresas não chegaram ao mercado nos últimos anos com uma inovação desse tipo? Pois é. Isso é algo que você também pode fazer no seu nicho.

E uma boa forma de descobrir do que as pessoas precisam é perguntando para o seu público, através de formulários, pesquisas, enquetes… Hora de colocar a criatividade para jogo!

Depois, com essa informação em mãos, pense em formas de solucionar esses problemas ou necessidades de forma inovadora.

Outra possibilidade no empreendedorismo é levar para o seu nicho ou localidade, produtos que já existem em outros mercados.

Expandir e adaptar, ao invés de criar.

O importante é começar e, nessa parte, eu te ajudo.

Como ser um empreendedor: o planejamento do negócio

Como ser um empreendedor: o planejamento do negócio

Você entraria em um avião sem saber para onde ele está indo? Se é como a maioria das pessoas, acredito que não.

Eu sei que depois do tópico anterior,  você pode estar cheio de ideias querendo colocá-las em prática logo mas vamos por partes.

Talvez você nunca tenha parado para pensar nisso, mas antes de um avião levantar voo acontece muita coisa.

O princípio é o mesmo para os negócios. Se você deseja aprender como ser um empreendedor bem sucedido vai precisar de um bom planejamento.

E é isso que eu vou te mostrar agora.

Escolha do nicho

Escolha do nicho

Enquanto uma área de mercado se caracteriza pela ampla abrangência (como educação, turismo, etc), um nicho é um recorte desse todo.

Essa delimitação poderia ser educação à distância para pessoas com mais de 60 anos, ou viagem internacional para recém-casados, por exemplo.

A grande vantagem da segmentação é encontrar o perfil dos potenciais clientes, para permitir um entendimento profundo das necessidades desse grupo.

Isso vai te ajudar a direcionar corretamente os seus esforços e estratégias.

Pesquisa de mercado

Pesquisa de mercado

A pesquisa de mercado é uma importante ferramenta que vai te auxiliar na definição das suas estratégias.

Serão analisados oportunidades, ameaças, perfil dos clientes, e principais características da concorrência.

Além dos serviços e produtos ofertados, essas informações vão embasar o planejamento estratégico e o plano de marketing.

Modelo da sua ideia

Modelo da sua ideia

O passo seguinte é estruturar sua ideia. Neste caso o protótipo é um modelo construído para testar um produto ou um serviço.

Normalmente ele é feito em menor escala e testado antes do lançamento oficial de um produto ou serviço.

A principal vantagem é permitir que ajustes e mudanças sejam feitos antes das possíveis falhas ou incompatibilidades serem vistas pelo cliente.

Plano de negócios

Plano de negócios

O plano de negócios é o instrumento para definir o melhor percurso e se prevenir contra eventualidades.

Ele é o documento que descreve todos os objetivos de negócio e cada fase a ser elaborada, para que estes objetivos sejam alcançados.

Para que o empreendimento tenha sucesso, você precisa saber qual é o resultado esperado do negócio, se prevenindo de possíveis riscos e incertezas.

Considerando que, quanto maiores forem os detalhes das informações obtidas no plano de negócio, maiores são as chances de acertos.

Como ser um empreendedor com pouco dinheiro

Como ser um empreendedor com pouco dinheiro

Talvez a sua mente já tenha acendido um alerta vermelho na sua cabeça a respeito dinheiro necessário para fazer tudo isso acontecer.

Mas não se preocupe, porque eu vou te mostrar agora algumas soluções para que você não tenha mais desculpas.

Nem sempre as pessoas com boas ideias possuem a grana necessário para colocar seus projetos em prática.

Só que, por incrível que pareça, existem pessoas e instituições que possuem o problema oposto ao seu. Elas têm muito dinheiro e precisam investir.

Logo, se você possuir uma boa ideia pode conseguir levantar o capital que precisa sem colocar a mão no bolso.

Então aqui vão algumas ideias:  

Pense fora da caixa

O exercício que eu vou te recomendar é muito interessante porque é algo totalmente individual.

É o seguinte. Pegue uma ou duas folhas de papel e escreva nelas do número 1 até o número 50, deixando algum espaço entre eles.

Em seguida, comece a listar todas as ideias, realistas e honestas, de coisas que você poderia fazer para obter o dinheiro que precisa.

Como nosso cérebro muitas vezes funciona no piloto automático, eu garanto que você vai se surpreender com as ideias que vão aparecer a partir do número 40.

Talvez a sua própria criatividade te ajude a encontrar uma solução que você não tinha conseguido enxergar até agora.

Busque um parceiro

Encontre um sócio que compartilhe seus ideais e acredite no seu projeto. Além de possuir recursos financeiros para investir.

Você pode procurar na sua rede de contatos profissionais e pessoais, mas deixe as atribuições de cada um bem claras.

Uma conversa franca antes de fechar a parceria pode evitar muitos desgastes no futuro. Caso seja necessário, busque uma consultoria legal para elaborar o contrato.    

Procure o seu banco

A maioria das instituições financeiras prestam serviços como empréstimos e financiamentos que podem te ajudar.

Um bom exemplo é o BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

Claro que existem taxas, juros e riscos, contudo, se o seu plano estiver bem estruturado e você estiver confiante no sucesso, essa pode ser uma alternativa.

Encontre investimento

Uma solução que pode ser novidade para você é o aporte de capital. Nada mais nada menos do que buscar por um investidor para começar e acelerar o seu negócio.

Esse método é muito comum em startups e empresas de inovação e tecnologia.

Nos últimos 7 anos, o volume de investimento em novos negócios aumentou mais de 100% e o número de investidores subiu de 5.300 para 7.615.

Uma ótima notícia para quem precisa de uma forcinha pra começar.

Como ser um empreendedor digital

Como ser um empreendedor digital

O tópico anterior te mostrou formas para levantar a grana para começar o seu negócio.

Agora vamos falar um pouco sobre o empreendedorismo digital.

O empreendedor digital é alguém que começa um negócio que funciona no mundo virtual.

Além disso, a tecnologia e a inovação estão muito presentes na maior parte dos seus processos,  realizados em sua maioria na internet.

O diferencial em relação ao mercado tradicional é o investimento inicial. Consideravelmente mais baixo.

Um dos principais motivos para essa diferença é a estrutura física, que no negócio digital pode ser menor e bem menos complexa.

Em muitos casos, um telefone ou um notebook resolvem grande parte das necessidades, além da conexão com a internet, claro.

Alguns exemplos de negócios digitais são: cursos, serviços online, e-commerce, blog de conteúdos, canais de vídeo e infoprodutos.

Independente do negócio que você escolher, aposte no conteúdo de valor para divulgar o seu trabalho, aumentar a sua autoridade e atrair leads e clientes.

Para te ajudar, aqui estão 4 ideias sensacionais para você conseguir esse resultado:

Redes sociais

As redes sociais são uma parte fundamental de praticamente qualquer estratégia de marketing digital.

Só que, para aproveitar todas as potencialidades que elas podem oferecer para o seu negócio, não adianta simplesmente criar perfis em cada uma delas.

Conheça os pontos fortes e fracos de cada uma delas, escolhas as que se ajustam melhor à sua estratégia.

E parta para a criação de conteúdo pensado para cada rede social em que sua marca estiver presente.

Site

Apesar de saber a importância que as redes sociais têm para divulgar o seu negócio, elas não podem ser encaradas como a sua única plataforma de divulgação.

Para garantir a independência da sua marca, além de autonomia do seu conteúdo, é muito importante que você tenha um site.  

Ele fortalece a sua marca, aumenta o seu alcance, além de criar ou fortalecer um relacionamento com o cliente.

Blog

Mesmo tendo também um site, eu recomendo que você mantenha um blog, porque lá você poderá publicar artigos com conteúdo de valor para a sua audiência.

Uma alta frequência de postagens de qualidade vai atrair mais audiência para todos os conteúdos que você disponibiliza, inclusive no seu site e redes sociais.

Essa é uma ferramenta muito útil para aumentar a sua autoridade e credibilidade como empreendedor digital.

Utilize landing pages

Utilize landing pages

Por fim, utilize uma landing page para obter leads qualificadas.

O princípio é muito fácil: você entrega uma informação valiosa e em contrapartida o leitor te entrega o contato dele.

A partir daí você pode nutrir e educar a sua lead sobre o importância dos seus produtos.

Para criar uma página matadora, lembre-se que o Klickpages é o seu maior aliado nessas horas.

Em apenas 3 passos você cria uma landing page totalmente otimizada para alcançar a conversão que você deseja:

  • Escolha seu modelo: há opções de alta conversão comprovada por testes.

  • Customize a página: feita a escolha, edite os textos, as cores e as imagens, além de ocultar elementos desnecessários.

  • Publique: com tudo pronto, é só publicar no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Como ser um empreendedor: 30 dicas para ter sucesso

Como ser um empreendedor: 30 dicas para ter sucesso

Agora que você aprendeu sobre a importância de empreender, lembre-se que um negócio é feito de pessoas então preserve a sua saúde física, emocional e mental durante esse processo.

Converse tanto com a sua família e amigos, quanto sócios ou funcionários.

Quando você assiste um atleta de esportes individuais, como um corredor por exemplo, ganhar uma medalha você pode ficar tentado a pensar que ele fez tudo sozinho.

Mas deixa eu te contar um segredo: mesmo a pessoa mais bem-sucedida teve ajuda em algum momento. De um treinador, um massagista e um nutricionista, por exemplo.

Quem quer ir rápido vai sozinho. Mas quem quer chegar longe vai acompanhado.

Essa máxima também se aplica para quem quer aprender como ser um empreendedor de sucesso.

Para chegar lá, aproveite as 31 dicas que eu separei pra você.

1) Seja persuasivo

Desenvolver esta característica pode te ajudar desde a concepção do seu negócio.

Ao longo da sua jornada você precisará persuadir investidores, parceiros, funcionários e até mesmo clientes.

2) Seja humilde

Começar ou recomeçar qualquer atividade exige uma boa dose de humildade.

Reconhecer que ainda tem muito a aprender pode ser difícil, mas é um requisito essencial no caminho de como ser um empreendedor de sucesso.

3) Se atualize

Se existe alguma constante na sociedade da informação em que vivemos é a certeza de mudanças.

Por isso atualize constantemente suas informações sobre clientes, fornecedores, concorrentes e sobre o próprio negócio.

4) Encontre oportunidades

Saber como ser um empreendedor de sucesso está ligado à busca constante de  oportunidades.

Seja uma forma mais eficiente de conseguir leads, ou até mesmo um método para economizar algum recurso.

5) Vai lá e faz

Como já ficou claro neste artigo, pensar em um produto ou negócio faz parte do processo.

Mas igualmente importante é colocar essa ideia em prática. É a ação que realmente colocará seus planos em movimento.

6) Seja comprometido

Se você traçou os seus objetivos você precisa estar realmente comprometido com eles.

Por exemplo, se você planejou fazer uma postagem por dia nas suas redes sociais, cumpra o planejamento.

7) Seja persistente

A maioria das pessoas aprendendo como ser um empreendedor acha o começo das atividade a parte mais difícil.

Se você tomou a decisão de construir o seu negócio seja persistente, claro que ajustes podem acontecer, mas não desista diante do primeiro obstáculo.

8) Seja antifrágil

Diferente do que a maioria de nós aprendeu, o contrário de frágil não é forte.

O antifrágil é capaz de se tornar mais forte após sofrer um “golpe”, além de não quebrar, você aprende (e cresce) com cada pancada e adversidade.  

9) Corrija

Embora um bom planejamento diminua muito as probabilidades de falhas no seu negócio, é importante monitorar sempre o seu desenvolvimento e corrigir o seu direcionamento sempre que necessário.

10) Seja exigente

O seu ponto de partida deve ser fazer o melhor possível dentro do prazo estipulado.

Contudo, não se acomode! Sempre há espaço para melhorias e você e sua equipe precisam estar em busca delas.

11) Esteja bem informado

Esse item dialoga com tópico “Planejamento do negócio”. Porque quanto mais bem informado você estiver maiores vão ser as suas chances de sucesso.

Você precisa saber tudo sobre o seu ramo de atuação e o nicho no qual atua.

12) Amplie seu networking

Networking nada mais é do que criar uma rede de contatos profissionais, ou seja conexões de relacionamento.

Existem associações e fóruns de empresários e empreendedores que se reúnem para discutir, criar ou atuar sobre oportunidades de negócios.

Procure uma no ramo de negócios próximo à sua região. Essa pode ser uma grande oportunidade para trocar informações que te ajudem a crescer.  

13) Autoconfiança

A primeira pessoa que precisa acreditar na sua ideia para transformar seu sonho em realidade é você.

Você será julgado e muitas vezes questionado, por isso precisará ser capaz de defender sua ideia com segurança.

14) Seja íntegro

Essa é uma premissa que deveria ser seguida por qualquer pessoa, mas no caminho de como ser um empreendedor de sucesso ela é ainda mais importante.

Não tenha atitudes que contradigam os valores da sua marca, pois as impressões a seu respeito podem ser transferidas para ela e vice-versa.

15) Comece devagar

Se a sua ideia não vai ocupar todo o seu tempo, existe a possibilidade de começar o seu negócio enquanto ainda trabalha em outros projetos.

Com o retorno dos primeiros clientes e a avaliação do negócio vá fazendo os ajustes necessários e dedicando ainda mais tempo ao crescimento da sua empresa.

Mas, lembre-se: o importante é dar o primeiro passo.

16) Se necessário, monte uma equipe

Caso você precise de ajuda para colocar suas ideias em prática, procure pessoas de confiança.

Além de acreditar no seu sonho, elas precisam compartilhar valores e serem capazes de resolver os problemas na sua ausência.

17) Relaxe

Que trabalhar duro é importante, você provavelmente já está ciente.

O lance é que a sua mente também precisa descansar.

Para te ajudar a aproveitar sem culpa os momentos de lazer, aqui no blog você encontra uma lista com 16 filmes inspiradores. Confere lá!

18) Pratique uma atividade física

O seu negócio pode estar bem encaminhado e ser bastante promissor. Mas para conseguir tocá-lo do jeito que você planejou a sua saúde precisa estar em dia.

Por isso, encontre alguma atividade física que você goste e pratique regularmente.

Até porque nenhum sucesso profissional justifica um fracasso na saúde.

19) Extravase

As taxas de estresse podem ser muito altas neste ramo de atividade.

Uma boa ideia para aliviar a tensão pode ser encontrar um hobby. Algumas pessoas se dedicam a atividades manuais, artísticas ou meditação, por exemplo.  😉

20) Crie uma rede de apoio

Você pode até conseguir atingir seus objetivos sem nenhum apoio, mas a verdade é que não precisa ser assim.

Aprender como ser um empreendedor de sucesso passa pela sua habilidade de realizar vendas.

E a venda mais importante que você pode fazer é para a sua família. Quer sejam seus pais, cônjuge ou filhos.

Se eles comprarem a sua ideia você terá uma importante rede de apoio.

21) Leia mais

Além de estudar sobre a sua área de atuação. Você precisa desenvolver a sua mentalidade empreendedora.

Aqui você encontra uma lista com 15 livros indispensáveis para isso.

Outro ponto que precisa ser incrementado é o seu domínio do marketing digital. No blog do KP, você pode conferir uma seleção de 15 obras para impulsionar a sua estratégia.

22) Aprenda sempre

Aprenda sempre

É muito importante que você esteja antenado com todas as informações minimamente relacionadas ao seu produto.

Outra boa pedida é ler pelo menos um artigo ou matéria sobre a sua área de atuação todos os dias.

E, claro, estar sempre aberto para aprender com suas experiências e situações do dia a dia.

23) Tenha mentores

O processo de tomada de decisões importantes pode ser desafiador, assim como ser um empreendedor iniciante.

Caso seja possível, busque a orientação de pessoas que sejam referência para você.

Aprenda com a experiência de erros e acertos que eles viveram e aplique o que for adequado para o seu negócio.

24) Peça ajuda

Se no meio do caminho você se sentir sobrecarregado ou perceber que sozinho não vai conseguir terminar uma tarefa… Levante a mão!

Peça ajuda. Pode ser para alguém na sua equipe, um familiar, ou até mesmo um especialista na situação específica.

25) Escute o seu cliente

Não adianta esperar feedbacks 100% positivos. O mais importante é realmente levar em consideração o retorno do seu cliente.

A sua visão pode estar viciada e nada melhor do que a opinião sincera de um consumidor para te ajudar a colocar as coisas em perspectiva.  

26) Repense o produto

Na grande maioria das vezes, nada é tão bom que não possa ser melhorado.

Por isso não se esqueça de implementar melhorias e ajustes ao seu produto sempre que possível.

27) Defina seu  avatar

Se você já fez o dever de casa e definiu o perfil do seu público alvo, criar um avatar pode te ajudar ainda mais.

Enquanto o público alvo de uma personal stylist podem ser mulheres de classe média, entre 30 e 50 anos, que trabalham fora.

O avatar seria uma advogada de 42 anos, com renda mensal de R$ 20.000, que precisa de ajuda para modernizar o guarda-roupas.

28) Crie seu método de trabalho

Como ser um empreendedor de sucesso exige que você encontre a rotina que melhor se encaixa às suas necessidades.

Por exemplo, se você se sente mais criativo pela manhã, reserve esse período para atividades como criação de conteúdo.

29) Seja UAU

Aqui na empresa nós temos a cultura de lutar pelo UAU.

Isso quer dizer que um dos nossos valores é sempre surpreender positivamente as pessoas ao nosso redor.

Sejam elas nossos fornecedores, colegas de trabalho, clientes ou leitores como você.

Entregar um produto com qualidade, eficiência comprovada e no prazo prometido é a sua obrigação.

O seu cliente não estará esperando menos do que isso. Portanto encontre formas criativas de surpreendê-lo sempre.

30) Construa autoridade

Independente do nicho de atuação escolhido por você, torne-se referência e uma autoridade dentro dele.

Compartilhe a sua história e disponibilize conteúdo de valor para o seu público. Dessa forma, você constrói uma relação de confiança.

Mais do que vender um produto você precisa ser percebido como alguém capaz de entregar soluções.

Por isso, crie conteúdo de qualidade periodicamente. A plataforma pode ser um blog, um canal no Youtube ou mesmo um podcast.

Conclusão

Conclusão Como ser um empreendedor

Depois desse artigo, você não tem mais motivos para ficar parado no tempo vendo o sonho do seu negócio próprio ficar para trás.

Porque eu te dei a letra do que é necessário para dar o primeiro passo e começar ainda hoje.

Você acabou de ver como ser um empreendedor é importante para o Brasil e formas para descobrir novos mercados para atuar.

Você também aprendeu 4 maneiras para superar problemas financeiros e começar o seu negócio sem colocar a mão no bolso.

Além disso, eu te mostrei como construir começar um negócio digital pode ser uma ótima maneira de dar início ao seu empreendimento.

E a cereja do bolo foram as 30 dicas práticas de como ser um empreendedor de sucesso. Com elas você aprendeu, por exemplo, a importância de ser antifrágil, pedir ajuda, construir autoridade e causar UAU nas pessoas ao seu redor.

E aí, quando é que você vai começar o seu próprio negócio? Me conta aqui nos comentários!

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Adriana Carvalho

Apesar de ter os dois pés bem plantados na realidade, adoro me transportar para os universos da fantasia como Nárnia, Terra Média e Hogwarts. Sou apaixonada por viagens, livros, filmes e pessoas, não necessariamente nessa ordem (hahahaha). No time de conteúdo do Klickpages, escrevo sobre empreendedorismo e marketing digital porque acredito no poder das histórias.

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)