Descubra como fazer GIF e aumentar o alcance da sua marca de uma forma que você provavelmente nem imaginava

Como fazer gif

Se você acha que saber como fazer GIF é uma habilidade só para quem é mais engraçadinho e descontraído ou que isso não combina com empreendedores, você está muito enganado.

E pior: deixando passar uma oportunidade incrível de aumentar o alcance e reconhecimento da sua marca.

Não sei se você já ouviu falar no Gary Vaynerchuk, mais conhecido como Gary Vee. O cara é um monstro do empreendedorismo, principalmente no mundo digital.

Além disso, ele é referência para muitas pessoas que querem ter negócios de sucesso.

Um tempo atrás, eu estava conversando com o Oney, um especialista em produção de conteúdo em vídeo, e ele me contou de uma sacada do Gary Vee.

Quando os GIFs nos Stories do Instagram estavam começando, ele foi lá e criou um dele com a frase swipe up (em português, arrasta para cima).

Esse e outros GIFs criados por ele se popularizaram. Gente que nem sabia quem era o cara, de repente, estava usando as imagens animadas dele.

E o melhor. Essa viralização gera um efeito positivo: o aumento do alcance da marca dele. 

Quantas pessoas que nunca tinham ouvido falar no Gary Vee e por causa dos GIFs foram pesquisar quem ele era?

Mas não só isso.

Os GIFs não servem só para você expandir o reconhecimento da sua marca.

Existem casos de pessoas que usam para ilustrar tutoriais e até mesmo mostrar o funcionamento do seu produto e o resultado fica excelente.

Quer saber mais sobre esse mundo dos GIFs e como criar os seus próprios para usar no seu negócio?

Então, continua comigo que nas próximas linhas eu vou te falar:

  • o que é um GIF;

  • passo a passo de como fazer um;

  • ferramentas que você pode usar para criar seus GIFs;

  • como publicá-los nas redes sociais;

  • e ainda tem um bônus especial no final.

Bora lá?

O que é um GIF?

GIF é a sigla de Graphics Interchange Format que, em português, quer dizer formato para intercâmbio de gráficos.

Ele é um tipo de arquivo muito utilizado para fazer imagens animadas como essa daqui de baixo, que podem ser publicadas em artigos de blog, utilizadas em campanhas de email marketing, compartilhadas nas redes sociais e até em aplicativos de mensagens como o WhatsApp

Além de serem usados para tornar uma conversa mais descontraída, como eu te falei, os GIFs também podem ser muito úteis para o seu negócio na hora de criar tutoriais e passo a passo.

Como esse GIF aqui que eu criei para o artigo Analytics do Klickpages: a forma mais eficiente de acompanhar as métricas das suas páginas.

E falando em criar GIF, eles podem ser feitos de duas formas:

A partir de fotos e imagens

Neste caso, a matéria prima do GIF é uma sequência de fotos que podem ser cronológicas ou não (eu te mostro exemplos mais embaixo).

As fotos escolhidas são agregadas em um único arquivo que vai reproduzi-las automaticamente na sequência em que foram organizadas.

Ou seja, ao invés de enviar várias imagens, você manda um só arquivo.

Olha só os exemplos que eu separei para você:

Se você reparar bem, são 3 imagens estáticas (os dois fundos e a imagem da mulher) que estão alterando.

Esse daqui também é uma sequência de imagens que vão passando e formam uma mensagem.

A partir de vídeos

Outra opção são os gifs criados a partir de um trecho de vídeo. Neste caso, o arquivo original é transformado em um de imagem animada.

Se você optar por criar um GIF a partir de um vídeo, boa parte das ferramentas que fazem isso aceitam que você faça upload de um arquivo do seu computador ou celular ou que use links do YouTube e Vimeo.

Olha aqui alguns exemplos desse tipo de GIF:

Como fazer um gif

Mais adiante, eu vou te dar algumas sugestões de ferramentas de criação de GIF que você pode usar no seu computador, iPhone ou Android.

Mas independentemente de qual das opções você escolher utilizar, o passo a passo para fazer o GIF é muito semelhante e se resume às seguintes etapas: 

#1 Escolha as fotos ou vídeos que você quer usar

A primeira coisa é decidir se você vai fazer um GIF a partir de fotos e imagens ou de um vídeo e selecionar qual é o material que você vai usar.

É importante considerar nesta etapa que os GIFs, geralmente, possuem poucos segundos de duração.

Então, você deve optar por uma sequência de imagens curta ou vídeos pequenos.

#2 Defina o tempo de reprodução

O próximo passo é configurar o tempo de reprodução do seu GIF, isso quer dizer se você escolheu criar a partir de imagens, você precisa definir quantos segundos cada uma vai ficar na tela antes de passar para a próxima.

Ou, se você optou por criar a partir de um vídeo, escolha o trecho exato que você quer transformar em GIF.

#3 Personalize o seu GIF

Algumas ferramentas te dão a opção de adicionar textos e emojis para personalizar o seu GIF.

Se você está usando uma que permite fazer isso, aproveite para adicionar elementos extras que vão ajudar a transmitir melhor a sua mensagem.

#4 Publique

E, por último, depois que o seu GIF estiver configurado, as ferramentas automaticamente geram o arquivo e o disponibilizam para você fazer o download.

Algumas também deixam o seu GIF salvo no servidor delas e gera um link que você e outras pessoas podem usar para acessá-lo.

Aí é só inserir seu GIF no seu artigo, compartilhá-lo nas redes sociais ou enviá-lo através dos aplicativos de mensagens.

Ferramentas para criar GIF

Eu lembro que, mais de 12 anos atrás, quando os meus pais compraram o primeiro computador lá para casa, eu me aventurei a fazer um GIF pela primeira vez, era algo muito complexo.

Precisava baixar um programa, que nem sempre funcionava muito bem, a interface era horrível e eu gastava cerca de horas para conseguir ter um GIF em mãos.

Hoje em dia esse processo ficou bem mais simples.

Existem ferramentas que você pode acessar online, sem precisar baixar nada no seu computador, e aplicativos para os diversos tipos de smartphone bem intuitivos de usar.

Aqui embaixo eu listei opções de ferramentas para criar GIFs separadas por categorias de dispositivos (computador, iPhone e Android).

Pode ser que você veja alguns nomes se repetirem em categorias diferentes, isso quer dizer que a ferramenta está disponível para mais de um tipo de dispositivo.

Vamos lá.

Computador

  • GIFMaker.me: é um site que serve para criar GIFs tanto a partir de imagens quanto de vídeos. Ele não oferece opções de personalização com textos e emojis, mas é possível adicionar trilha sonora aos seus GIFs.

  • GIPHY: é um site bem completinho onde você consegue encontrar GIFs prontos para compartilhar ou criar os seus próprios. Ele permite você personalizar o seu GIF e, além disso, suas criações ficam salvas no servidor deles e outras pessoas podem encontrá-las e utilizá-las.

  • Make a GIF: é um site onde você consegue criar GIFs a partir de imagens, vídeos do YouTube, do seu computador ou da sua webcam, conteúdos do Facebook e até mesmo de um outro GIF.

  • imgflip: é um banco de memes e GIFs que também oferece uma ferramenta online para criar esses tipos de arquivos.

  • ezGIF: é um site onde você pode criar GIFs a partir de vídeos e imagens e pode adicionar textos e efeitos em GIFs já prontos. Uma vantagem é que ele suporta uma sequência de até 400 imagens, desde que elas não ultrapassem um total de 30MB. 

iPhone

  • GIPHY: o site GIPHY tem a sua versão em aplicativo para iPhone com as mesmas funcionalidades da sua versão web.

  • 5SecondsApp: esse aplicativo possibilita criar GIFs a partir de vídeos, imagens, live fotos; reorganizar os frames dos seus GIFs e personalizá-los com textos, filtros e figurinhas.

Android

  • GIPHY: o site GIPHY também tem uma versão para Android com as mesmas funcionalidades da web.

  • GIF Camera: é um aplicativo que permite você gravar momentos e transformá-los em GIFs ou criar a partir de imagens. Além disso, ele possui um banco que você pode usar para procurar imagens engraçadas para compartilhar.

  • GIF Studio: ele oferece recursos para criação de slideshow, mesclar vários GIFs em um só, editar GIFs já existentes, criar a partir de arquivos do seu celular ou gravar usando a câmera e tem diversas possibilidades de personalização.

  • Gif Me! Camera: é um aplicativo com poucas opções de personalização na hora de fazer os seus GIFs, mas possui uma vantagem que quase nem um outro app tem, que são os filtros de cores para editar suas imagens e vídeos que serão transformados em GIFs.

Como usar gif nos seus emails 

No início desse artigo, eu te falei que os GIFs são um ótimo recurso para aumentar o alcance e o reconhecimento da sua marca.

Agora, se o seu objetivo é vender, você precisa dar um passo além e criar um relacionamento entre o seu público e o seu negócio.

Não sei se você já sabe, mas o email marketing é um dos melhores canais, se não o melhor, para criar relacionamento com a sua lead.

Isso porque ele cria uma comunicação direta entre o seu público e o seu negócio. 

E por esse motivo, você pode fazer o uso de gifs nas suas mensagens para fazer com que a sua lead se conecte com o seu conteúdo. 

Esse recurso te ajuda a chamar atenção da lead, criar um tom de voz para sua marca, dar personalidade para o seu conteúdo e até mesmo para criar um alívio cômico entre uma informação e outra. 

Outro ponto positivo é que adicionar gifs nos emails é uma tarefa extremamente fácil.  

Sites como GIPHY, por exemplo, permitem que você faça o download do arquivo. Dessa forma, você pode baixá-lo e inseri-lo na sua mensagem. 

Mas atenção! Antes de incluir um gif no seu email, certifique-se de que ele faz sentido com a mensagem que você está enviando. Ok?

Enviar um arquivo de forma aleatória não vai melhorar os resultados da sua campanha.  

E falando em resultados… 

Para ter um resultado satisfatório nas suas campanhas de envio de email marketing, você precisa poder contar com uma ferramenta que automatize as suas estratégias de uma maneira prática e eficiente.

E é justamente para isso que o Klicksend foi criado! 

Com ele você tem total controle sobre o que está acontecendo com as suas leads. Isso porque o Klicksend conta com: 

  • dashboard com as métricas importantes para a sua estratégia de marketing;

  • segmentação da lista de contatos por meio de marcação com tag;

  • suporte em tempo real para tirar qualquer dúvida.

Quer saber mais sobre o Klicksend e como ele pode te ajudar? É só clicar aqui!

Como publicar os GIFs nas redes sociais

Como eu te disse, o último passo de como fazer um GIF é publicá-lo e as redes sociais são um excelente lugar para isso.

Hoje em dia, a maioria delas tem suporte e aceitam esse formato de arquivo, como é o caso do Facebook e do Twitter.

Já o Instagram não permite que você publique GIFs no feed, mas é possível adicionar nos Stories usando a funcionalidade embutida do GIPHY (onde você pesquisa o banco de GIFs da plataforma).

E também você pode copiar um GIF que está salvo na galeria do seu celular e colá-lo nos Stories.

Como existe essa variação de uma rede social para outra, é importante primeiro você avaliar se a plataforma aceita ou não esse formato de arquivo, antes de colocar a mão na massa para fazer um, para que você não tenha retrabalho de transformar o GIF em um arquivo suportado.

BÔNUS: Como fazer um GIF no Whatsapp

Não sei se você sabe, mas o WhatsApp possui uma funcionalidade para transformar vídeos curtos em GIFs para você compartilhar com os seus contatos.

É muito simples fazer isso. Olha só:

#1 Selecione um vídeo

Abra uma conversa no aplicativo e selecione um vídeo salvo no seu celular para enviar.

#2 Corte o vídeo

O WhatsApp aceita apenas vídeos de até 6 segundos para fazer a conversão em GIF.

Então, se a duração do arquivo que você escolheu é maior do que isso, use as marcações que ficam no topo da tela para cortar o seu vídeo.

#3 Escolha o formato GIF

Quando o seu vídeo estiver dentro do tamanho aceito pelo WhatsApp, vai aparecer na sua uma espécie de uma chave que você pode trocar o formato entre GIF e vídeo.

Selecione GIF e clique no botão de enviar.

Pronto! O seu arquivo será compartilhado no chat no formato de GIF.

Se você quiser, você pode salvá-lo no seu celular e enviar para outras pessoas sem precisar repetir todo o procedimento.

Conclusão

Neste artigo, você viu que além de os GIFs serem uma forma divertida de se comunicar, eles também podem te ajudar a aumentar o alcance e reconhecimento da sua marca e servir para demonstrar o seu produto ou exemplificar um passo de um tutorial.

Eu te expliquei que GIF é a sigla de Graphics Interchange Format, um formato de arquivo de imagem animado que geralmente é criado a partir de uma sequência de imagens ou um trecho de vídeo.

Depois, você viu o passo a passo para criar os seus próprios GIFs e uma lista de ferramentas para isso.

Eu também te falei sobre como publicar esse tipo de arquivo nas redes sociais do seu negócio.

Por último, teve um bônus: como fazer GIF dentro do WhatsApp, com um passo a passo completinho.

E aí, você já usava GIFs no seu conteúdo? Tem algum personalizado com a sua marca? Me conta aqui nos comentários! 😉

Não se esqueça de assinar a newsletter do Klickpages para receber mais conteúdos como esse semanalmente na sua caixa de entrada. Clique aqui

(Este artigo foi originalmente publicado em 21 de novembro de 2019 e atualizado em 27 de julho de 2021 por João Pedro Ferreira para oferecer informações mais precisas e completas).

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Meu nome é Angela, mas algumas pessoas me chamam de Angel. Faço parte do time de conteúdo do Klickpages e sou apaixonada por tecnologia e marketing. Sou especialista em SEO, tráfego orgânico e informações aleatórias (você sabia que o Alaska está mais perto da Rússia do que Brasília de Goiânia? Pois é...), fã de country americano e louca em esportes. Acompanho de tudo, mas meus favoritos são Fórmula 1 e futebol, inclusive assisto a jogos mesmo quando o meu time (Palmeiras <3) não está em campo. Ah, eu acredito que música de natal deveria tocar o ano inteiro e Christmas Peaceful Piano está entre as 3 playlists mais tocadas no meu Spotify.