Como fazer e-mail marketing criativo de alta conversão e exemplos

Como fazer email marketing criativo

E se eu disser que existe uma forma simples, de baixo custo e super eficaz de levar tráfego para o seu site, melhorar seu relacionamento com leads e clientes e ainda aumentar suas conversões?

Uma ótima notícia, não é mesmo?

O melhor de tudo é que essa forma realmente existe e se chama e-mail marketing.

Hoje, essa é a melhor ferramenta quando falamos de estreitar laços com consumidores e conquistar conversões de forma barata.

É também um dos tipos de tática mais importantes de uma estratégia de marketing digital.

Você sabe por quê?

Se ainda não, está no lugar certo. Nesse artigo irei mostrar a importância do e-mail marketing, suas vantagens e como criar e-mails criativos que convertem.

Para começar, vamos entender o que é o e-mail marketing.

O que é e-mail marketing

O que é e-mail marketing

O e-mail marketing é, hoje, a melhor forma de comunicação entre as empresas e seus leads e clientes, e é uma das táticas mais importantes na estratégia de marketing digital.

Seja para falar sobre uma promoção, contar as novidades que o seu negócio tem a oferecer ou dar boas-vindas, o e-mail marketing é a ferramenta perfeita.

A princípio, muitos enxergavam o e-mail como a versão digital das malas diretas, aquelas propagandas enviadas por correspondência.

Isso porque ele era usado como um canal de comunicação em massa e sem informações relevantes para o usuário.

Por conta disso as pessoas achavam a ferramenta invasiva.

O tempo passou, as estratégias de marketing evoluíram e o e-mail acompanhou essa transição.

A ferramenta agora é vista como uma maneira de se comunicar de forma direta e mais pessoal com os consumidores e de estreitar a relação entre empresa e clientes.

Papel do e-mail marketing na sua estratégia

Papel do e-mail marketing na estratégia de marketing

Quando alguém te dá permissão para que você envie e-mails para ela, significa que você agora tem acesso a uma parte da vida pessoal dela.

Quer dizer também que ela está aberta ao diálogo e tem interesse no que você tem a falar e oferecer.

Logo, o papel do e-mail marketing na sua estratégia de marketing é cultivar esse relacionamento.

Ele faz isso das seguintes formas:

Engaja os leads

Na hora em que o lead estiver pronto para tomar a ação, você gostaria que ele lembrasse da sua marca, certo?

O e-mail serve como um lembrete constante de que, assim que ele quiser fazer a compra, é com a sua empresa que ele deveria fazer.

Nutri os leads

Papel do e-mail marketing: nutrir leads

Isto é, mostra a ele por quê o seu produto ou serviço é melhor e remover as possíveis objeções que ele tem para realizar a compra.

Nutrir um lead é muito importante!

A partir do momento em que um simples visitante vira lead, ele precisa ser alimentado com informações úteis e relevantes.

Isso vai ajudar você a:

  1. Reverter qualquer sinal da parte dele de deixar a sua base de leads

  2. Direcioná-lo confortavelmente ao fechamento da venda.

Vantagens do e-mail marketing

Estreitar a relação entre empresa e consumidor não é a única vantagem do e-mail marketing.

Segundo pesquisa da Radicati, cerca de 2,6 bilhões de pessoas são usuárias de e-mail. Ou seja, é uma forma fácil de entrar em contato com os consumidores.

É também uma estratégia mais direcionada de divulgação da sua marca, uma vez que apenas quem forneceu o endereço de e-mail vai receber.

Existem mais algumas vantagens para usar o e-mail marketing na sua estratégia de marketing digital.

Alcance previsível

Diferente das redes sociais, em que nem toda a sua base de seguidores vai receber o seu conteúdo, o e-mail é garantido.

Isto é, se vocês escolher 200 contatos para enviar uma mensagem, todos eles vão receber o seu e-mail.

A não ser que ocorra algum problema nos servidores, o recebimento é garantido.

Leva (ou traz) tráfego para site

Todo e-mail marketing pode, ou melhor, deve direcionar o usuário para um site ou landing page do seu negócio.

Pode ser para a página de promoção de um produto ou para um outro conteúdo que você produz.

Assim você leva tráfego mais qualificado para a sua página de interesse e encaminha o usuário para fazer uma conversão.

De fácil mensuração

Vantagens do e-mail marketing: fácil mensuração

Por ser um conteúdo direcionado e facilmente controlado, os dados gerados pelo e-mail são fáceis de mensurar e analisar frequentemente.

É possível acompanhar o número de cliques, taxa de conversão e rejeição. Você também pode saber quantas pessoas receberam e abriram a mensagem.

Portanto, também fica simples de criar relatórios e analisar se a estratégia está dando certo e o que é preciso melhorar.

Boa relação custo x benefício

O custo para mandar um e-mail extremamente baixo, não é preciso muito recurso.

Com um domínio, uma ferramenta de e-mail marketing e uma pessoa para executar a estratégia, você já está pronto para colocá-la em ação.

A relação custo benefício do e-mail marketing também é uma das melhores.

Como falei mais em cima, o recebimento da mensagem pelos usuários é certo. Logo, você não gasta muito e ainda alcança um grande número de pessoas.

Personalização e Segmentação

Vantagem e-mail marketing: segmentação

Quando uma pessoa se cadastra para receber os e-mail de alguma empresa ou loja, é comum ela também fornecer dados como sexo e idade.

Com essas informações você pode personalizar os e-mails para cada lead ou cliente, usando o nome deles, por exemplo.

Esses dados também são úteis para segmentar suas campanhas de e-mail marketing.

Você pode criar e-mails específicos para uma faixa etária, ou para pessoas que moram apenas em tal cidade.

E, mais importante, você pode segmentar seu público pelo estágio que ele se encontra na jornada do cliente.

Tipos de e-mail marketing

Uma boa estratégia de e-mail marketing oferece aos seus usuários diferentes tipos de mensagem.

Não basta oferecer promoções e chamar sempre o lead ou cliente para uma venda, também é preciso dar conteúdo, por exemplo.

Dessa forma, você fala com o público e vai criando uma relação mais íntima.

Tem alguns tipos de campanhas e e-mails que devem fazer parte da sua estratégia. Vou falar dos principais.

E-mails transacionais

Tipos de e-mail marketing: transacional

Sabe quando você faz compras em um site e recebe um e-mail de confirmação da compra?

Ou quando você esquece a senha de cadastro em um site e recebe uma mensagem por e-mail para refazer a senha?

Esses são exemplos típicos de e-mail transacionais. Aquelas mensagens automáticas que o usuário recebe após realizar alguma ação na sua página.

Se você tem um e-book, por exemplo, para baixar gratuitamente na sua página, o e-mail de agradecimento com o link para o conteúdo também conta como transacional.

As mensagens de transação, inclusive, são uma ótima forma de chamar o usuário para uma conversão.

Seja uma conversão primária, para baixar outro conteúdo ou fazer uma compra, como conversão secundárias, como chamar a pessoa para curtir as redes sociais da sua empresa.

Newsletter

Tipos de e-mail marketing: newsletter

A newsletter é o tipo de e-mail mais versátil da estratégia. E, exatamente por isso, é uma dos mais importantes.

Bastante usada por e-commerces, ela é uma forma de manter os usuários atualizados semanalmente ou mensalmente sobre ações, promoções ou notícias que envolvem a empresa.

Nela também é possível divulgar conteúdos como um estudo de caso do seu negócio, o novo artigo do seu blog ou um vídeo novo postado no YouTube, por exemplo.

Como na newsletter é possível fazer um mix de informações, isso permite entender melhor o seu público.

Em vez de analisar métricas como taxa de abertura de e-mail, você vai poder analisar qual conteúdo mais chama a atenção dos usuários.

Com essa informação fica mais fácil segmentar suas próximas campanhas.

Promocional

Tipos de e-mial marketing: promocional

Quando digo promocional, não estou me referindo a um e-mail que divulga apenas promoções de produtos ou serviços.

Estou me referindo a promover uma oferta. Poder ser um conteúdo gratuito que você está oferecendo ou um produto de fato.

Esse tipo de e-mail marketing é simples e, quando bem feito, pode levar a grande taxas de conversão.

O segredo está em otimizar a mensagem, isto é, segmentar o e-mail de forma correta.

Por isso, utilize da sua base de informações sobre leads e clientes para definir bem o público da sua oferta.

Não deixe seu e-mail cair no spam

Não deixe seu e-mail cair no spam

A linha que separa o spam do e-mail marketing é muito fina, afinal, em geral, os dois são usados para fins comerciais.

Spam é, normalmente, aquele e-mail que você recebe sem ter autorizado, sem ter fornecido o seu endereço eletrônico para o remetente.

Isso acontece porque muitas empresas compram listas de e-mail para enviar mensagens não só para seu público alvo, mas para qualquer pessoa de forma indiscriminada.

Já no e-mail marketing, você deu o consentimento para receber as mensagens. Isso se chama opt-in.

Logo, o que acaba por ser a maior diferença entre os dois é se o destinatário permitiu ou não o uso do seu e-mail para receber tais informações.

Entretanto, o envio de spam se tornou tão comum que os próprios serviços de e-mail possuem mecanismos para bloquear as mensagens indesejadas.

Vez por outra, um e-mail considerado amigável pode acabar indo para na caixa de spam. E uma vez que você cai nessa caixa indesejada, é difícil sair.

Então é melhor tomar alguns cuidados para que os seus e-mails não caiam no spam.

Não compre listas de e-mails

A prática não é bem vista pelos serviços de e-mail, nem pelos usuários. Afinal, quem gosta de receber mensagens que não são do seu interesse?

As listas também não são benéficas para o seu negócio.

Como já foi dito, os endereços são de pessoas aleatórios que não deram permissão para o uso do e-mail delas e, provavelmente, não têm interesse no que você tem a oferecer.

Além disso, uma vez que o usuário marca sua mensagem como spam, isso prejudica a entregabilidade do seu e-mail para outras pessoas e, consequentemente, a sua credibilidade.

Faça higienização nas suas listas

De tempos em tempos é preciso higienizar suas listas, fazer uma limpeza para separar os e-mails inativos e os que não são válidos para as suas campanhas.

Quando se manda mensagem para um grande número de e-mails que não funcionam, por exemplo, isso significa que a sua lista não tem qualidade.

E os servidores de e-mail passam a entender que a mensagem não é relevante para seus usuários e redireciona para a caixa de spam.

Escreva e-mails sem cara de spam

Normalmente, spams contêm títulos com ofertas muito milagrosas, textos muito coloridos, com frases em vermelho para chamar a atenção, por exemplo.

Então, tente manter o e-mail simples:

  • Escreva assuntos curtos, com até 50 caracteres, e não utilize caixa alta.

  • Não use em excesso os termos grátis, free, promoção

  • Evite o uso demasiado de pontuações como a exclamação

  • Priorize o texto. Tente equilibrar o uso de imagens no e-mail e sempre coloque as alt tags.

Importante!

Assim como existe o processo de opt in, em que o usuário fornece seu e-mail e dá autorização para você mandar mensagens, existe o processo contrário, o opt out.

Ninguém deve ser obrigado a receber o seus e-mails para sempre. Por isso é essencial dar a opção do usuário deixar de ser parte da sua lista.

Normalmente os spams não têm essa opção, então não esqueça de inserir a função em todos os e-mails.

Como fazer e-mail marketing criativo

Criatividade é algo que se trabalha. Na maioria dos casos, as boas ideias não surgem por acaso, são resultado de muito planejamento.

Mas é claro que existem dicas e jeitos para tornar a geração das boas ideias mais fácil.

Conheça seu público e faça segmentação correta

Dicas email marketing criativo: conheça seu público

Um dos segredos de qualquer campanha de marketing é entender seu público, saber a persona do seu negócio.

Isso é importante para que você possa se comunicar da melhor maneira possível com sua base de usuários.

Sabendo disso, segmente suas campanhas para listas específicas de e-mail.

Mandar uma mensagem para todos os seus leads pode não gerar os resultados desejáveis, uma vez que nem todo mundo se interessa por um mesmo assunto.

A segmentação é necessária para você atingir leads apenas aqueles que estejam interessados no que você tem a oferecer no momento.

Isso vai garantir um maior sucesso das suas campanhas.

Produza conteúdo pensando no leitor

Sabendo os gostos do seu público e o que funciona melhor para ele, é hora de produzir o conteúdo direcionado.

Você não conquista o leitor apenas com uma chamada incrível e uma oferta irresistível. Conquista também pela conversa.

Na hora de pensar no conteúdo, é preciso escrever o e-mail de forma com que o usuário ache que a mensagem foi feita especialmente para ele.

Então use uma voz ativa, e dê o um tom de conversa alinhado com o perfil de cada público.

Aproveite também para personalizar os e-mails com nomes e alguns dados do leitor, se for possível.

Crie um um título de e-mail atraente

De nada adianta criar um ótimo e-mail, que se encaixa com o público, se ele não abrir e ler, certo?

Por isso é preciso atrair o leitor já no assunto do e-mail.

Então dedique tempo para pensar em um assunto que seja chamativo e ajude a persuadir a pessoa a abrir o e-mail.

Está sem saber o que escrever? A dica é se utilizar de referências.

Assine newsletter de outros sites que também possam ser interessantes para o seu público  e preste atenção nos assuntos que eles usam.

Faça uma coletânea dos que que você gostou e acha que pode funcionar, adapte para os seus e-mails, e vá testando.

Complemente o assunto com o preview text

Você já percebeu que, normalmente, logo após o assunto aparece uma prévia da mensagem escrita no e-mail?

Esse é o preview text, também conhecido como preheader ou texto de apoio.

Muitos não dão atenção a esse pequeno pedaço de texto, mas ele é uma ótima oportunidade para continuar a cultivar o interesse do leitor.

Essa é a segunda oportunidade para convencer o destinatário a abrir o seu e-mail.

Então não esqueça de pensar também nesses complementos. Mas tome cuidado, quanto maior o assunto do e-mail, menor é o espaço para o preview text.

Utilize do humor

Situações engraçadas e que te fazem rir criam memórias boas, não é mesmo?

Então, por que não criar uma mensagem com humor para que o leitor associe a sua marca a um sentimento positivo?

Mas é é fazer graça com qualquer coisa. O ideal é que seja relacionada a sua área ou aos sonhos e vontades do seu público.

Use imagens e gifs para dinamizar o texto

Use imagens e gifs para dinamizar o texto

As imagens são importantes para o e-mail marketing. Elas chamam a atenção e podem repassar uma mensagem de forma mais fácil.

Então use-as com um objetivo, não apenas para enfeitar.

Elas podem servir de apoio para o texto, para completar ou ilustrar a informação, ou para passar a mensagem principal.

O mesmo serve para os gifs. O formato de imagem, que tem feito sucesso na internet, também ajuda a dinamizar o texto.

Mandar vídeos por e-mail ainda é complicado, eles são muito pesados. E o gif pode ajudar deixar a mensagem mais interessante.

Se o seu público for mais sério e conservador, você pode usar o gif para mostrar a evolução de um gráfico, por exemplo.

Mas se for uma lista mais jovem e descolado, por exemplo, que gosta de conversas mais leves, os gifs são uma ótima opção para brincar com os leads e criar uma conexão com eles.

Não esqueça de equilibrar o uso de texto e imagem. Mensagens com muita imagem e pouco texto têm grandes chances de cair na caixa de spam.

Brinque com as CTAs

No fim das contas, você quer que o lead ou cliente realize uma ação ao abrir seu e-mail, certo?

Seja uma compra, ou levar tráfego para seu site, o objetivo é conseguir uma conversão. Por tanto, as chamadas para ação precisam ser claras e atraentes.

E que tal pensar fora da caixa nesse momento?

Apesar de funcionarem, às vezes é bom fugir dos “baixe aqui” ou “compre agora”, por exemplo.

A loja Cativa criou um gif para incentivar seus clientes a comprarem presentes para o Dia dos Namorados.

Brinque com as CTAs

Em vez e colocar sugestões de produtos e um CTA chamando para a compra, eles criaram uma espécie de checklist com coisas que namorados fazem.

No fim, para fazer a call to action, eles pedem apenas para você completar o checklist realizando a última ação da lista: o presente Cativa.

Use datas comemorativas

Datas comemorativas e/ou datas especiais são ótimas para criar campanhas diferentes.

Além das mais conhecidas, como dia das mães, páscoa ou natal, por exemplo, busque outras datas interessantes que você possa brincar.

Vamos dizer que você seja um coach.

Uma boa ideia é pensar em e-mails criativos usando o dia das profissões, parabenizando ou oferecendo um desconto especial para os profissionais de certa área.

Exemplos e-mail marketing criativos

Como foi dito, procure assinar as newsletter e se cadastrar em sites que possuem boas campanhas de e-mail marketing para você se inspirar.

Aqui vão alguns exemplos de e-mails criativos que fizeram sucesso.

Poncho, Wake Up Wether

Poncho é um serviço de previsão do tempo que manda, diariamente, e-mail dando informações sobre o clima.

As mensagens são sempre divertidas e brincam com a situação, dizendo como o seu cabelo se comporta por conta do tempo, por exemplo.

Enjoei

O brechó online é famoso por suas campanhas de e-mail marketing. Nesse exemplo, a loja resolveu usar leitura das mãos como uma forma de brincar com o usuário.

Repare que, no fim do e-mail, o botão da CTA é diferente, chama o leitor para “Ver o Futuro”, em vez de algo mais comum como “Compre Aqui”.

Use o Klickmail como sua ferramenta de e-mail marketing e garanta sucesso nas campanhas

ferramenta-email-marketing-klickmail.jpg

Uma boa estratégia de e-mail marketing não é apenas criar bons e-mails, criativos e que falem com o público.

Também é preciso escolher uma boa ferramenta de e-mail marketing, como o Klickmail.

Ele vai te ajudar a criar listas com tags, para facilitar a organização da sua base de e-mail e fazer uma segmentação com precisão.

Além disso, com o Klickmail fica mais fácil de mensurar suas campanhas, para saber o que está dando certo ou não, e te ajudar a aumentar sua taxa de conversão.

Juntando as dicas que dei ao longo deste artigo com uma ferramenta poderosa de e-mail marketing, é sucesso na certa.

Conclusão

Se você chegou ao fim deste artigo, com certeza entendeu o que é e-mail marketing e como ele é importante para uma estratégia de marketing digital.

Essa é, sem sombra de dúvidas, a ferramenta que mais eficaz quando falamos em aproximar empresas e sua base de contatos.

É também uma forma simples e barata de estreitar a relação com seus leads e clientes. Como você viu no texto, não é preciso muito para colocar esse instrumento de comunicação para funcionar.

Depois de ler este artigo, você está preparado para criar e-mails criativos e eficazes para aumentar suas conversões.

Agora é só escolher uma boa ferramenta de e-mail marketing, como o Klickmail, segmentar seu público e colocar as ideias em ação!

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Hugo Rocha é co-fundador da Ignição Digital e do Klickpages. Já atuou diretamente nos bastidores dos maiores lançamentos digitais do Brasil. Atualmente está a frente da equipe de tráfego e crescimento da Ignição Digital e Klickpages liderando pessoalmente mais de R$ 4 milhões de reais em investimento em tráfego nos últimos 12 meses com ROI acima de 300%.