Como criar um canal no YouTube: 16 dicas imperdíveis para fazer seu negócio ser visto

Como criar um canal no YouTube

Tem muita gente que acha que saber como criar um canal no YouTube é simples igual fazer miojo, mas na verdade está mais para um risoto caprichado.

Não faz o menor sentido, eu sei. Mas calma, deixa eu te explicar melhor.

Para criar um canal no YouTube, você pode simplesmente abrir o site da plataforma, seguir as instruções e em 5 minutos estar com o seu canal “pronto”.

Igual a um miojo, que é rápido, prático e você só precisa seguir as instruções do pacote que não tem muito como errar.

O problema é que miojo não é o tipo de prato que você serve quando convida os seus amigos e familiares para um jantar na sua casa.

Se você fizesse isso, provavelmente seus convidados iriam achar que você não sabe cozinhar. Ou pior, poderiam se sentir desrespeitados por terem saído de casa para comer miojo.

E para ser bem sincero, eu nunca ouvi ninguém comentando: nossa, tal pessoa fez o melhor miojo que eu já comi na minha vida.

A mesma coisa acontece com seu canal do Youtube.

Com um canal do tipo miojo, criado em 5 minutos, você dificilmente vai conseguir atrair público para os seus vídeos, ainda que o seu conteúdo seja bom.

Porque saber como criar um canal no YouTube está mais para fazer um bom risoto.

Demora um pouco mais para ficar pronto, você precisa escolher ingredientes de qualidade e até talvez tenha que testar algumas vezes antes de acertar a receita.

Mas é o tipo de prato que quando bem feito faz sucesso e vale a pena convidar os amigos ou familiares para aquele jantar.

E você ainda pode ficar famoso entre os seus conhecidos pelo seu delicioso risoto.

Eu não vou mentir para você, criar um canal no YouTube de sucesso exige dedicação e vai muito além de seguir uma receita de 5 minutos.

Mas o resultado vale a pena. Eu vejo aqui na minha empresa que nos últimos 3 meses o nosso canal no YouTube conquistou, em média, 27 mil novos inscritos mensalmente.

Isso é reflexo da nossa preocupação (minha e da minha equipe) em criar um canal que é tão bom que não só atrai novos visitantes como também os converte em novos inscritos.

Portanto, se você está em busca de como criar um canal assim, continua comigo que eu vou te mostrar:

  • o passo a passo de como criar um canal pelo computador e pelo celular;

  • como personalizar seu canal;

  • como colocar um vídeo no YouTube;

  • e como aumentar a visibilidade do seu canal para aumentar o público.

Vamos nessa?

Como criar um canal no YouTube?

Como criar um canal no YouTube

Criar um canal no YouTube é bastante simples, você literalmente só precisa seguir esses 2 passos:

#1 Acesse o YouTube

Entre no site do YouTube e clique em Fazer login.

Você será redirecionado para uma página onde poderá usar uma conta Google (como um Gmail, se você tiver) ou então criar uma nova clicando em Criar conta.

#2 Crie o canal

Depois fazer o login ou criar uma nova conta, acesse a página inicial do YouTube e clique na sua foto no canto superior direito ou no ícone de novo usuário.

Vai abrir um menu e você deve clicar em Meu canal.

Aí o YouTube vai te levar para uma página onde você vai criar o canal.

Crie o canal

Você tem duas opções: criar um canal usando seu nome e sobrenome ou usar o nome de uma empresa.

Para criar um canal com o nome do seu negócio, clique em Usar um nome de empresa ou outro nome.

E você será direcionado para a página onde poderá colocar o nome da sua marca.

Independente se você vai usar o seu próprio nome ou o nome da sua marca, depois de preencher as informações, é só clicar em Criar.

Pronto! O seu canal no YouTube está criado.

Como criar um canal no YouTube pelo celular

Como criar um canal no YouTube pelo celular

O passo a passo para criar um canal no YouTube pelo celular também é muito simples e se parece com o processo de criação pelo computador.

#1 Acesse o aplicativo

A primeira coisa que você precisa fazer é acessar o aplicativo do YouTube no seu smartphone. Caso você ainda não tenha, pode fazer o download na loja de aplicativo do seu aparelho.

#2 Faça login

Clique no ícone de usuário no canto superior direito da tela e depois no botão Fazer login para entrar no YouTube com a sua conta do Google.

O aplicativo vai abrir uma página para você escolher uma das contas que já estão logadas no seu aparelho, caso tenha alguma.

Caso você deseje criar uma conta no Google para fazer o seu canal é só clicar em Usar outra conta e depois em Criar conta.

#3 Crie o canal

Para criar o canal, clique na sua foto no canto superior direito ou no ícone de novo usuário e depois em Meu canal.

O YouTube abrirá uma página para você colocar o nome do seu canal. Quando esse campo estiver preenchido, clique em Criar canal e ele estará (quase) pronto.

Agora que você já sabe como criar o canal é hora de dar os próximos passos…

Como personalizar o seu canal

Como personalizar o seu canal

Antes de postar o seu primeiro vídeo, primeiro você precisa colocar ordem na casa.

É tipo quando você faz uma reforma ou termina de construir sua casa. Não dá para convidar os amigos para um jantar logo de cara.

Primeiro você precisa dar uma limpada, arrumar a decoração, deixar tudo organizado para receber a galera.

E é a mesma coisa que você faz com o seu canal do YouTube.

Assim que você tiver terminado de criá-lo, a página inicial do canal deve abrir para você.

Nela vai ter um botão azul Personalizar o canal. Clicando nele você vai para uma página onde poderá alterar a foto de perfil, colocar uma descrição, alterar a arte do canal…

Enfim, tudo o que você precisa para deixar ele realmente pronto.

Por isso eu vou te explicar o que é cada uma dessas coisas e como você pode personalizá-las.

Ícone do canal

Ele é a imagem que aparece ao lado do nome do seu canal e é importante para criar e aumentar o reconhecimento da sua marca.

Você pode adicionar ou alterar o seu clicando em Personalizar o canal na página do seu canal e depois no lápis que aparece quando você passa o mouse sobre a área do ícone do canal.

O YouTube vai abrir uma tela para confirmar que você deseja fazer essa edição e depois um assistente para você selecionar uma imagem já existente ou fazer o upload de uma nova.

Arte do canal

Ela é a imagem que aparece no “cabeçalho” do seu canal e, assim como o ícone, ela também contribui para a identidade visual do canal e para o aumento do reconhecimento de marca.

Para adicionar uma ou alterar é só clicar em Adicionar arte do canal na página de personalização ou no lápis que aparece quando você passa o mouse sobre a arte do canal, caso você já tenha uma.

O tamanho ideal para essa imagem é de 2560×1440, de acordo com o próprio YouTube, pois esse formato pode ser melhor adaptado às diferentes telas (computador, celular, tablet…)

Descrição

Ter uma descrição atraente para o seu canal pode te ajudar a ganhar mais inscritos. Isso porque é comum que as pessoas queiram saber mais antes de se inscrever.

Além disso, você pode usar o espaço da descrição para divulgar as principais redes sociais ou site do seu negócio.

Para acrescentar uma descrição, você deve clicar na guia Sobre na página de personalização do canal e depois no botão + Descrição do canal.

Links

Você pode incluir até 5 links personalizados sobre a arte do seu canal. Assim você tem um outro espaço para divulgar as redes sociais, site ou outra forma de contato que o seu negócio tiver.

Você consegue fazer isso, clicando na guia Sobre e depois no botão + Links.

Além dessas alterações que você pode fazer na página de personalização do canal, você também pode criar uma URL amigável, ou seja, um link customizado para as pessoas acessarem o seu canal.

Link personalizado

Para ter um URL customizada no YouTube você precisa ter pelo menos 100 inscritos, ter criado a conta há mais de 30 dias, ter uma foto no ícone do canal e ter uma arte do canal.

Se você preenche esses pré-requisitos é só seguir este passo-a-passo que lá está explicado exatamente o que você precisa fazer.

Agora que você já sabe tudo isso, é possível que você esteja se perguntando: mas, e os vídeos?

Como colocar um vídeo no YouTube

Como colocar um vídeo no YouTube

Depois que o seu canal estiver pronto, é hora de dar vida para ele publicando o seu primeiro vídeo.

E fazer isso é muito simples.

É só clicar no ícone da câmera no canto superior direito, perto da foto do seu canal, e depois em Enviar vídeo.

Aí é só selecionar o arquivo que você quer e preencher o título, descrição e definir a miniatura (ou thumbnail).

Como aumentar a visibilidade do seu canal em 16 dicas

Como aumentar a visibilidade do seu canal em 16 dicas

Talvez você já tenha escutado que se você fizer conteúdo muito bom o seu público vai te encontrar.

Bem… não é exatamente desse jeito que as coisas funcionam.

Produzir conteúdo muito bom, que gere valor, é o primeiro passo. Mas você precisa colocar esse conteúdo no lugar certo e da forma certa para que o seu público possa te encontrar.

Não adianta apenas saber como criar um canal no YouTube e ir colocando vídeos lá.

Para que a sua audiência realmente consiga te encontrar no meio de milhares de outros canais, você precisa saber como aumentar a visibilidade do seu canal.

Assim, o seu conteúdo vai conseguir ajudar, entreter, informar diversas pessoas e até mesmo atrair novos clientes para o seu negócio.

Para te deixar um passo mais próximo de tornar o seu canal um sucesso, eu separei 16 dicas que servem para encurtar o caminho entre o seu público e os seus vídeos.

1. Implemente técnicas de SEO

SEO (Search Engine Optimization) é uma série de melhorias que você pode implementar para deixar os seus conteúdos mais atraentes para as ferramentas de busca.

Isso quer dizer que quando você faz uma pesquisa no Google ou no YouTube, por exemplos, os resultados aparecem na ordem que eles consideram melhor e mais relevante.

Quanto mais otimizado for o seu conteúdo, maiores são as chances de ele aparecer na primeira página de resultados.

E isso é muito importante porque 95% das buscas terminam antes de chegar na segunda página.

Ou seja, quanto mais longe da primeira posição o seu vídeo estiver, menores são as chances de alguém pesquisar sobre um assunto relacionado e assisti-lo.

Mas, então, como você pode fazer isso no YouTube?

Aplicando as técnicas de SEO nos títulos, descrições e legendas externas dos seus vídeos.

Dessa forma, tanto o YouTube quanto o Google vão entender melhor sobre o que é o seu conteúdo e, assim, você conseguirá aumentar as chances de aparecer na primeira página de resultados.

Quer saber mais sobre SEO? Leia O que é SEO e como ele vai aumentar o número de visitas do seu site aqui no blog do KP.

2. Faça pesquisa de palavras-chave

As palavras-chave também fazem parte das técnicas de SEO, mas como são tão importantes para aumentar a visibilidade do seu canal, eu decidi dedicar um tópico apenas para elas.

Palavras-chave são os termos que as pessoas usam na hora de fazer uma busca.

Por exemplo, se eu quero assistir um vídeo que ensina como preparar um risoto para fazer um jantar especial, eu jogaria algo tipo “como fazer risoto” na pesquisa do YouTube e o resultado seria algo assim:

Faça pesquisa de palavras-chave

Como dá para ver, a palavra-chave “como fazer risoto” está presente no título dos dois primeiros vídeos.

E esse é provavelmente um dos motivos pelos quais esses dois vídeos são os primeiros.

Fazer pesquisa de palavras-chave antes de gravar o vídeo é importante para descobrir quais são as principais buscas que o seu público está fazendo, e aí você consegue produzir conteúdos mais focados naquilo que a sua audiência quer saber.

Isso aumenta as chances de o seu canal ser mais visto, porque ele oferece algo relevante e que as pessoas estão interessadas.

A palavra-chave também deve ser usada de forma natural nos títulos e descrições dos seus vídeos como uma forma de melhorar o SEO dele.

3. Publique com regularidade

Um dos maiores erros que você pode cometer quando está em busca de criar uma audiência fiel e ganhar novos inscritos no YouTube é não publicar novos vídeos regularmente.

Mas calma, eu não estou falando que você tem que ter um vídeo novo todo dia, postar conteúdo de manhã, de tarde e de noite.

Não, não é isso.

Mas dentro do que você pode fazer (e da capacidade da sua equipe também), você deve definir com que frequência vai ter conteúdo novo no seu canal.

Você consegue publicar dois vídeos novos por semana? Ótimo! Só um por semana? Bom também. A cada 15 dias? Não tem problema.

O que você precisa fazer é deixar claro para os seus inscritos com que frequência terá conteúdo novo.

Porque isso, além de gerar expectativa neles, vai evitar que o seu canal caia no esquecimento do Youtube.

4. Use títulos e descrições atraentes

Imagine que uma pessoa quer saber sobre um determinado assunto, faz uma pesquisa no YouTube e aparecem vários resultados.

Como ela decide qual vai assistir?

Se você respondeu que é pelo título e descrição, você está parcialmente certo (já te explico mais sobre isso na próxima dica).

Mas, sim, o título e a descrição são responsáveis por persuadir os usuários a assistir ao seu vídeo e não outro que aparece no resultado da busca.

E para conseguir isso você precisa de um título que desperte a curiosidade e faça uma promessa que beneficie o público.

Na descrição, você deve reforçar a promessa do título, explicar melhor sobre o que é o vídeo, mas sem entregar o ouro, e convidar as pessoas para assisti-lo.

5. Use thumbnails personalizadas

A thumbnail é aquela imagem em miniatura que aparece ao lado do título e da descrição nos resultados da busca ou nos vídeos sugeridos.

Você lembra que eu te falei no tópico anterior que o título e a descrição são apenas parcialmente responsáveis por convencer a pessoa a assistir a um vídeo e não outro?

Então, 90% dos vídeos com mais visualizações e engajamento no YouTube têm thumbnails personalizadas.

Ou seja, ela também é responsável por causar uma primeira impressão que conquiste logo de cara.

Para saber como criar uma miniatura matadora, leia Youtube Thumbnail: você perde público por não saber dessas 8 dicas porque lá eu te explico tudo que o você precisa saber sobre esse assunto.

6. Crie uma identidade visual

Uma boa identidade visual é algo muito poderoso, porque consegue deixar a sua marca gravada na cabeça das pessoas.

Por isso criar uma identidade visual para o seu canal não é apenas uma questão de deixá-lo bonitinho, mas sim de deixá-lo com a cara do seu negócio e aumentar o reconhecimento da sua marca.

Funciona mais ou menos assim…

Imagine que você já conheça a empresa X, segue ela no Facebook, sabe que ela presta um bom serviço, reconhece a autoridade dela naquele nicho

Aí você pesquisa sobre um assunto no YouTube e percebe que entre os resultados está um vídeo dessa empresa.

As chances são que você vai clicar nele ao invés de outro, porque você já conhece a empresa e confia nela.

Mas para você reconhecer a marca, a identidade visual dela precisa estar clara no YouTube também. Senão corre o risco de você achar que é só outro negócio usando o mesmo nome, mas que não tem nada a ver.

A mesma coisa acontece com a sua empresa. Se você já tem uma marca estabelecida, aproveite a autoridade dela no mercado e sua identidade visual para atrair mais pessoas para o canal do YouTube do seu negócio.

7. Interaja com seus espectadores

Interaja com seus espectadores

Dentre vários outros fatores, o YouTube leva em consideração as interações das pessoas com o seu vídeo na hora de ranqueá-lo numa busca.

Por exemplo, se tem muitas pessoas comentando ou dando “gostei”, a plataforma entende isso como um bom sinal, de que o conteúdo é relevante e pode ajudar, entreter ou informar outras pessoas também.

É importante que você crie um relacionamento com os seus espectadores, responda os comentários, porque assim você incentiva as pessoas a continuarem interagindo com os seus vídeos.

E quanto mais interação melhor, porque a longo prazo vai acabar gerando mais visibilidade para o seu canal. Além de mostrar que você realmente se importa com o seu público.

8. Faça parcerias

Colaborar com outros canais pode te ajudar a alcançar uma audiência que ainda não te acompanha, mas que pode se interessar pelo seu conteúdo.

Imagina que você tenha um negócio que ensina as pessoas a se exercitarem e você faz uma parceria no YouTube com uma nutricionista que dá dicas de alimentação saudável.

Vocês podem, por exemplo, gravar um vídeo sobre lanches para fazer antes de treinar que potencializem o resultado dos exercícios, juntando assim a sua expertise com a dela.

Quando você faz parceria com uma pessoa que já tem uma audiência estabelecida e conquistou a confiança do público, parte da autoridade dela também respinga em você.

Essa é uma forma de ter o seu conteúdo e trabalho endossado por uma pessoa que já tem a atenção do público que você quer alcançar.

O ideal é que você encontre outros canais que tem assuntos relacionados ao seu, mas que não façam concorrência direta.

Por exemplo, se você fala sobre roupas e acessórios esportivos, um canal que dá dicas para praticantes de algum esporte seria uma ótima opção para fazer parceria.

9. Use os cartões clicáveis a seu favor

No YouTube, você consegue adicionar cartões clicáveis nos seus vídeos que funcionam como um link, que podem redirecionar para outro vídeo ou playlist.

Esses cartões podem ser usados de forma estratégica para fazer com que as pessoas passem mais tempo no seu canal.

Por exemplo, você pode adicionar um cartão no final do vídeo convidando as pessoas para assistir a um outro que é relacionado ao mesmo assunto.

Ou, então, durante o vídeo, se você mencionar algum outro tópico sobre o qual você também já falou, pode colocar um cartão para quem tiver interesse em aprender mais sobre.

Você deve apenas tomar cuidado para que os cartões não cubram nenhuma informação visual importante.

Para saber mais sobre como adicionar os cartões, assista esse vídeo aqui:

10. Use CTAs

O que você espera que o seu público faça depois de assistir a um de seus vídeos?

Curta? Comente? Compartilhe? Se inscreva no seu canal? Assista a um outro vídeo? Visite o site do seu negócio?

Independente do que quer que seja, às vezes tudo o que falta para isso acontecer é um pequeno empurrãozinho.

E a call to action (CTA) está aí justamente para isso.

Se você não sabe o que é, a CTA é uma chamada para ação, é convidar a sua audiência, seja de forma escrita, com imagens, ou no próprio vídeo a fazer aquilo que você deseja.

No YouTube, existem basicamente 3 formas de se fazer isso:

  1. Menção direta: quando no próprio vídeo a pessoa pede para o público curtir, compartilhar o vídeo, clicar no link na descrição, se inscrever no canal…

  2. Cartões clicáveis: você pode usar a última dica que eu te dei para criar CTAs que levem para um outro vídeo ou playlist, por exemplo;

  3. Descrição dos vídeos: você pode aproveitar esse espaço para fazer uma chamada para ação por escrito.

11. Integre seu canal com outras redes sociais

Se o seu negócio já tem presença em outras redes sociais como o Facebook e o Instagram ou até mesmo um blog, as chances são que as pessoas que te acompanham por lá também se interessariam em ver os seus vídeo.

Aproveite esse público que você já tem estabelecido para aumentar a visibilidade do seu canal.

Por exemplo, você pode fazer pequenos vídeos, teasers, convidando os seus seguidores do Instagram a entrarem no seu canal do YouTube e acessarem o seu último vídeo.

Ou, então, complementar um artigo do seu blog com o link para assistir a um vídeo no seu canal.

Apenas fique atento, pois algumas redes sociais como o Facebook e o Twitter tendem a diminuir o alcance de um vídeo quando é publicado o link do YouTube, se comparado com quando o vídeo é carregado dentro da própria plataforma.

Por isso, o interessante é ter um teaser chamando para ver o vídeo completo no YouTube ao invés de simplesmente copiar e colar o link.

12. Invista em tráfego pago

Invista em tráfego pago

Todas as dicas que eu te dei até aqui são excelentes para aumentar a visibilidade do seu canal.

Mas seria uma irresponsabilidade minha se eu deixasse de falar sobre tráfego pago, ou seja, pagar para que o YouTube mostre seus vídeos para mais pessoas.

Porque essa é a forma mais garantida de fazer com que o seu conteúdo apareça para pessoas potencialmente interessadas.

Se você quiser saber mais sobre como fazer isso, eu escrevi um artigo que explica tim tim por tim tim sobre como você pode promover os seus vídeos no YouTube. É só clicar aqui para ler.

13. Fique atento às políticas do YouTube

Assim como toda sociedade, para o YouTube funcionar bem existem algumas regras, conhecidas como as políticas.

Elas servem para manter a plataforma um local divertido e agradável para todos.

Os canais que violam essas diretrizes podem ser punidos, desde a redução da distribuição desse conteúdo até mesmo com o encerramento da conta.

Por isso é importante estar atento para que o seu conteúdo esteja sempre adequado, evitando qualquer tipo de problema.

Para saber mais sobre as políticas do Youtube, clique aqui.

14. Busque referências

A verdade é que para ter sucesso, você não precisa ficar quebrando a cabeça tentando reinventar a roda. Isso seria até mesmo uma perda de tempo.

Já existem vários canais no YouTube fazendo muita coisa massa nos quais você pode se inspirar tanto para melhorar o seu conteúdo quanto a sua estratégia.

Isso não quer dizer que você vai copiar. Buscar referências vai muito além disso.

É você ver conteúdos que você ache tão bons e se perguntar o que é que tem neles que faz com que eles se destaquem em relação aos outros.

Dessa forma, você vai conseguir aumentar o seu repertório e a ter novas ideias para aperfeiçoar o seu canal.

15. Faça testes

Todas as dicas que eu te dei aqui tem realmente potencial para aumentar a visibilidade do seu canal.

Mas algumas podem ser implementadas de diversas formas. Por exemplo, a CTA pode ser feita de forma direta, nos comentários, usando o cartão durante o vídeo ou apenas no final.

A identidade visual do seu canal pode ser de diversas cores e estilos.

Até mesmo a regularidade do seu canal pode ser pensada de diversas formas: diariamente, semanalmente, duas vezes na semana, de quinze em quinze dias.

Não existe um jeito certo ou um único jeito de se fazer. Afinal de contas, cada público é diferente do outro e pode reagir de formas diferentes.

O jeito de descobrir o que funciona melhor para o seu público-alvo é testando.

Não tenha medo de fazer testes para ver se a última ideia que você teve para o seu canal vai funcionar ou não, porque essa é a única forma de ter certeza do resultado.

16. Acompanhe as métricas do seu canal

As métricas são com o termômetro do seu canal. São elas que vão te dizer se o que você está fazendo está dando certo ou não e o que pode ser melhorado.

Por isso, elas devem ser acompanhadas periodicamente para você ter uma noção real do resultado que os seus vídeos estão dando e como a sua estratégia está desenvolvendo.

Se você ainda não conhece as principais métricas de marketing ou o que elas significam exatamente, o artigo Métricas de Marketing: o que são e 18 métricas que você precisa medir, que eu escrevi aqui para o blog do KP.

Converta a sua audiência em clientes

Converta a sua audiência em clientes

Agora que você já sabe como criar e aumentar a visibilidade do seu canal no YouTube, é hora de pensar nos próximos passos.

E um deles é como transformar a sua audiência, os inscritos do seu canal em clientes.

Para fazer isso primeiro você precisa conseguir uma forma de contato, de preferência o email, porque aí você pode estabelecer um relacionamento mais próximo que vai levar à venda.

E a melhor forma de você conseguir o contato dos seus inscritos no YouTube é por meio de uma landing page totalmente personalizada.

Não sabe como criar uma? Nessas horas o Klickpages é o seu maior aliado.

Você só precisa seguir esses três passos:

  1. Escolha seu modelo: veja opções de alta conversão comprovada através de testes.

  2. Customize a página: edite os textos, as cores e as imagens, além de ocultar elementos que pouco agregam.

  3. Publique: por fim, é só publicar no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Conclusão

Como criar um canal no YouTube - Conclusão

Criar um canal no YouTube é muito simples, você literalmente só precisa seguir os dois passos que eu te mostrei.

Mas para ele realmente ser eficiente e contribuir com a sua estratégia de marketing, não basta saber como criar. Você precisa ter um canal que atraía novos visitantes e inscritos.

Por isso, eu te dei 16 dicas de como aumentar a visibilidade do seu canal.

Algumas são muito simples como interagir com o seu público e divulgar os vídeos nas redes sociais.

Já outras são um pouco mais complexas, como investir em tráfego pago. Mas não se preocupe, com os artigos que eu recomendei a leitura, você terá tudo o que precisa para colocar essas dicas em práticas.

E aí, qual foi a sua dica favorita? Tem alguma coisa que você recomendaria? Me conta nos comentários. 😉

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Hugo Rocha é co-fundador da Ignição Digital e do Klickpages. Já atuou diretamente nos bastidores dos maiores lançamentos digitais do Brasil. Atualmente está a frente da equipe de tráfego e crescimento da Ignição Digital e Klickpages liderando pessoalmente mais de R$ 4 milhões de reais em investimento em tráfego nos últimos 12 meses com ROI acima de 300%.