Break even point: quando ficar no zero a zero é bom para o seu negócio

Break even point: o que é e como calcular

Falar de break even point me lembra um pouco do que eu e boa parte da minha turma fazíamos na época da escola.

É bem provável que você já tenha passado por uma experiência assim também.

Quando dava lá pela metade do ano, no final do segundo bimestre, começava o momento de fazer contas.

Na minha turma, era uma parada que movimentava praticamente a sala inteira. Tinha até professor que parava a aula para explicar como funcionava, na tentativa de diminuir o alvoroço.

O que todo mundo queria saber era: quanto eu preciso tirar nos próximos bimestres para passar de ano.

Um ou outro aluno estava preocupado em tirar nota 10 nas próximas avaliações.

A maioria queria mesmo era descobrir qual a nota mínima para alcançar a média final e ir tranquilo para o próximo nível.

Mas o que isso tem a ver com o seu negócio?

As chances são que você quer lucrar com a sua empresa. 

No entanto, a verdade é que se você não conhece o valor mínimo que precisa faturar para pagar todas as contas, fica difícil saber se você vai conseguir ou não passar de ano.

E, neste caso, passar de ano significa não levar prejuízo.

Lucrar é tão bom quanto tirar nota 10 naquela prova, quiçá melhor.

Mas antes de se preocupar em gabaritar, você precisa ter certeza que tem a base para pelo menos ficar na média ou no zero a zero, como você preferir chamar.

Porque, caso contrário, isso pode custar muito caro para o seu negócio.

Por isso, para você saber quanto precisa faturar nos próximos meses para o seu negócio ficar no zero a zero, eu vou te explicar neste artigo:

  • o que é o break even point;

  • por que calculá-lo;

  • e como fazer isso;

De quebra, ainda trago mais 4 dicas para você ter resultados financeiros melhores.

E aí, bora lá?!

O que é o break even point?

O que é o break even point?

Break even point ou, em português, ponto de equilíbrio é o quanto o seu negócio precisa faturar para não ter prejuízo e nem lucro.

Ou seja, é exatamente o valor necessário para pagar todas as despesas da sua empresa e os custos do seu produto ou serviço.

Nem mais, nem menos.

Como você vai ver mais a fundo, o break even point é calculado com base nos resultados de um período.

Isso quer dizer que qualquer alteração no preço do seu produto ou serviço ou nos gastos do seu negócio, modificam o ponto de equilíbrio.

Por isso, esse não é um valor que você encontra uma vez e usa para sempre. Mas algo que constantemente você precisa avaliar para tomar decisões importantes.

E é sobre esse impacto na forma como você conduz o seu negócio que eu te falo agora.

Por que calcular o break even point do seu negócio?

Por que calcular o break even point do seu negócio?

A verdade é que se você não sabe exatamente quanto a sua empresa precisa faturar para estar em dia com todas as contas, você pode sair no prejuízo.

Eu estou te falando isso por dois motivos.

O primeiro é que se você não tem noção do ponto de equilíbrio, pode precificar o seu produto ou serviço muito abaixo do ideal e ter uma margem de contribuição pequena*.

*(Se você não sabe o que eu margem de contribuição, eu já te explico tim tim por tim tim sobre esse assunto, segura aí).

A consequência disso é que para ficar pelo menos no zero a zero, você precisa fechar muitas vendas

E nem sempre isso é possível considerando a quantidade de potenciais clientes que você tem no momento.

O segundo motivo pelo qual você pode sair no prejuízo é que se você não sabe qual é o ponto de equilíbrio, você não tem dados concretos para indicar se precisa cortar gastos para manter as finanças da sua empresa saudáveis.

Esse corte geralmente é necessário quando, por algum motivo, você não consegue escalar, ou seja, aumentar consideravelmente a sua quantidade de vendas para alcançar o break even point.

E aí o ideal é que, até descobrir o que está travando o seu crescimento, você reduza os gastos de forma que o seu faturamento consiga cobrir todos eles.

Além desses dois motivos que eu acabei de te falar, o break even point é um dado importante para identificar a viabilidade de um negócio (ou seja, se a sua ideia de empreendimento tem potencial para gerar lucro).

E também pode ser utilizado para indicar aos sócios (se você tiver) quando a empresa começará a lucrar.

Agora que você já sabe por que o ponto de equilíbrio é tão importante para o seu negócio, eu vou te mostrar…

Como calcular o break even point

Como calcular o break even point

Não sei se esse é o seu caso. 

Mas por ser um conceito da contabilidade e envolver um pouco de matemática, algumas pessoas acreditam que é algo muito complexo.

Mas a real é que não precisa ser assim.

Eu quebrei para você o cálculo do break even point em dois passos simples.

E, ao final da explicação, eu ainda vou te dar alguns exemplos práticos para deixar tudo bem claro para você.

Olha só:

1. Identifique os custos e a margem de contribuição

A primeira coisa, antes mesmo de pegar a calculadora e começar a fazer contas, é separar todas as informações necessárias para descobrir o break even point.

Elas são as seguintes:

Despesas fixas

São todos os gastos do seu negócio que não variam conforme você aumenta ou diminui a produção e as vendas.

Por exemplo, o aluguel do escritório e o salário dos colaboradores.

Custos variáveis

Já os custos variáveis estão diretamente atrelados ao produto. Isso significa que se você fabricar mais unidades, eles tendem a aumentar.

Aqui entram os gastos com matéria-prima e transporte, por exemplo, se você vende um produto físico. 

Mas também podem ser impostos e até mesmo a taxa do gateway de pagamento que você paga por venda.

Margem de contribuição

Se você nunca ouviu falar nesse termo, chegou a hora de descobrir o que de fato ele significa.

Imagina que você venda um curso online por 500 reais e os custos variáveis dele são de 100 reais.

Os 400 reais que sobram (500 reais do curso – 100 reais dos custos variáveis) não é o seu lucro. Isso porque você ainda precisa pagar as despesas fixas do seu negócio.

Esse valor, na verdade, é conhecido como margem de contribuição.

Ou seja, o quanto cada unidade do seu produto ou serviço contribui para liquidar as despesas fixas do seu negócio.

A fórmula para calcular esse dado é bem simples:

Margem de contribuição

2. Aplique a fórmula do break even point

Agora que você já tem em mãos todas as informações, é só jogar os dados na fórmula do break even point e fazer os cálculos.

 fórmula do break even point

E você encontrará o ponto de equilíbrio do seu negócio.

Lembrando que esse é um resultado que é alterado por modificações no preço do seu produto ou serviço e também nos gastos do seu negócio.

Portanto, é algo que você deve sempre revisitar.

E como prometido…

Exemplos de como calcular o break even point

Exemplo 1 – Livro (produto físico)

Uma empresa de idiomas, vende um livro sobre como aprender inglês em apenas 6 meses por 80 reais.

O custo variável para produzir cada unidade é de 20 reais.

E, por mês, são gastos 6 mil reais com despesas fixas.

Primeiro, antes de partir para o ponto de equilíbrio, é preciso encontrar a margem de contribuição. Que seria:

Exemplo 1

Agora é só jogar na fórmula para descobrir o break even point:

Exemplo 1

Ou seja, a empresa precisa vender mensalmente 100 livros ou faturar 8 mil reais (100 unidades x 80 reais por unidade) para atingir o ponto de equilíbrio.

Exemplo 2 – Curso online (infoproduto)

Imagina que você tenha um negócio no nicho de educação física e venda um curso online que ensina as pessoas a se exercitarem em casa.

Mensalmente a sua empresa gasta 20 mil reais com despesas fixas.

No último mês, para produzir o seu curso, hospedá-lo na internet, distribuí-lo, dentre outras coisas como impostos, o custo variável total foi de 10 mil reais.

E o seu negócio fechou 100 vendas desse infoproduto. Cada uma por 500 reais.

Lembrando que para calcular o break even point você precisa saber as despesas fixas, custo variável e margem de contribuição.

Neste exemplo, as despesas fixas são igual a 20 mil reais.

A gente já sabe o custo variável total, mas precisa ainda descobrir o de cada unidade vendida. Para encontrar esse valor é só dividir o total pelo número de vendas.

Exemplo 2

Agora é só pegar esse número e subtrair do preço do produto para encontrar a margem de contribuição.

Exemplo 2

Aplicando esses dados à fórmula do break even point, o resultado seria:

Exemplo 2

Isso significa que você precisa fechar 50 vendas ou ter um faturamento de 25 mil reais (50 vendas x 500 reais do preço do curso) para pagar todas as contas e não lucrar nem um real.

4 dicas para ter resultados financeiros melhores

4 dicas para ter resultados financeiros melhores

Nas últimas linhas, você viu o que é e como descobrir o ponto de equilíbrio do seu negócio. Esse é um número extremamente importante, porque ele indica a viabilidade da sua empresa.

Ou seja, se você está caminhando numa direção que é sustentável e o seu negócio está gerando lucro ou se você precisa rever alguns pontos pois está tendo prejuízo ou pode ter no futuro.

Se o seu caso é o segundo, eu não poderia deixar você sair deste artigo sem algumas dicas para ter resultados melhores.

#1 Planeje

Quando você conhece a situação financeira da sua empresa e estabelece metas claras sobre o quanto quer crescer, você pode traçar quais são as ações que terá que tomar para atingir o objetivo.

Ou seja, definir quais são os próximos passos.

Esse planejamento é essencial para você encontrar e aplicar soluções para transformar um negócio que está dando prejuízo em algo lucrativo ou para melhorar ainda mais os seus resultados.

#2 Reduza os custos de modo inteligente

É possível que um dos motivos pelos quais você não está ultrapassando o ponto de equilíbrio seja que os custos do seu negócio são muito altos se comparados com o volume de vendas que você tem no momento.

Nesses casos, o ideal é identificar quais são as áreas que você pode economizar de modo inteligente.

Isso quer dizer que não é sair cortando custos de qualquer forma. Mas, sim, identificar onde há desperdícios que podem ser evitados.

Por exemplo, uma conta de eletricidade alta pode ser reduzida com simples medidas como substituir lâmpadas antigas por outras mais modernas que têm um consumo menor ou manter o ar condicionado desligado em salas que não estão sendo utilizadas.

#3 Realize a gestão de processos

A gestão de processos pode ser resumida em compreender qual é o fluxo que as demandas seguem até serem concluídas e tornar esse andamento mais eficiente.

De forma que você reduza gargalos, ou seja, controle os pontos onde as atividades ficam paradas por muito tempo antes de passar para a próxima etapa.

As chances são que, quanto mais produtivo for o seu negócio, melhor os recursos estarão sendo utilizados e menos desperdícios vão acontecer.

#4 Automatize tarefas

Uma outra dica para melhorar a gestão de processos do seu negócio e reduzir os desperdícios (tanto de tempo, quanto de recursos) é automatizar as tarefas que forem possíveis.

Por exemplo, no artigo O que é o Klicksend, a Nath conta a história de uma empreendedora que preencheu manualmente uma planilha do excel com cada um dos mais de 2 mil e-mails que ela tinha conseguido.

Só que existem soluções muito mais eficientes, como o próprio Klicksend para construir uma lista de e-mails.

Além disso, existem ferramentas como o Klickpages, que tornam possível criar e publicar uma landing page seguindo apenas 3 passos. 

Sem ter que lidar com códigos de programação e nem mesmo ter que contratar um desenvolvedor para isso.

Olha só como é simples criar páginas com o KP:

  1. Escolha seu modelo: conheça opções de alta conversão comprovadas por testes.

  2. Divirta-se customizando a página: edite textos, cores e imagens, além de ocultar elementos que você não queira.

  3. Publique: com tudo pronto é só publicar no seu próprio domínio, sem custos adicionais de hospedagem.

Conclusão

Break even point - Conclusão

Neste artigo, você viu que o break even point é o ponto de equilíbrio do seu negócio, ou seja, o quanto você precisa faturar para ficar no zero a zero. 

Não levar prejuízo, mas também não ter lucro.

Esse é um dado importante, pois além de indicar a viabilidade do seu negócio, também pode ser usado para entender se você está seguindo na direção certa ou se precisa tomar cuidado com as decisões financeira.

Além disso, eu te mostrei como é simples calcular o break even point e ainda trouxe dois exemplos práticos, um de produto físico e outro de infoproduto.

E, por último, você viu 4 dicas para ter resultados financeiros melhores. Elas são planejar, reduzir custos de modo inteligente, realizar a gestão de processos e automatizar tarefas.

Você já tinha calculado o ponto de equilíbrio do seu negócio alguma vez? Se não, corre lá agora e pegue a calculadora para descobrir o faturamento mínimo para o seu negócio não levar prejuízo.

Ah, e não se esqueça de me contar aqui nos comentários o que achou do artigo! 😉

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Autor

Angela de Oliveira

Meu nome é Angela, mas algumas pessoas me chamam de Angel. Faço parte do time de conteúdo do Klickpages e sou apaixonada por tecnologia e marketing. Sou especialista em SEO, tráfego orgânico e informações aleatórias (você sabia que o Alaska está mais perto da Rússia do que Brasília de Goiânia? Pois é...), fã de country americano e louca em esportes. Acompanho de tudo, mas meus favoritos são Fórmula 1 e futebol, inclusive assisto a jogos mesmo quando o meu time (Palmeiras <3) não está em campo. Ah, eu acredito que música de natal deveria tocar o ano inteiro e Christmas Peaceful Piano está entre as 3 playlists mais tocadas no meu Spotify.

Se você quiser ler outros conteúdos meus é só clicar aqui ;)